Divulgação/Anvisa

Anvisa vai decidir nesta sexta se autoriza venda de autotestes no Brasil

28.01.22 09:02

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária vai se reunir nesta sexta-feira, 28, para decidir se libera o uso de autotestes para diagnóstico da Covid. Há três dias, o órgão regulador recebeu do Ministério da Saúde as informações que faltavam para analisar o pedido. Na semana passada, a Anvisa adiou uma decisão sobre o assunto após apontar lacunas na política para uso dos produtos.

O Ministério da Saúde não havia definido, por exemplo, as medidas que devem ser adotadas se o teste der positivo, como uma possível notificação compulsória. Também não informou se o resultado precisaria ser confirmado em laboratórios. O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, afirmou que a aprovação da proposta sem esses detalhes possibilitaria o acesso da população a autotestes, mas atrapalharia o controle do governo sobre o avanço da doença no país.

O governo vê nos autotestes a possibilidade de redução da pressão sobre o sistema hospitalar. A pasta indica como público-alvo da política qualquer indivíduo, sintomático ou assintomático, independentemente de seu estado vacinal ou idade, que tenha interesse em realizar a autotestagem. Especialistas em saúde pública cobram que os testes sejam gratuitos e distribuídos de forma ampla.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. E porque não distribuiu gratuitamente? A população já estão na miséria e o governo quer ainda aprofundar ainda mais a crise.

Mais notícias
Assine agora
TOPO