Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress

Ao projetar 2022, Santos Cruz afaga Mourão: ‘Qualquer partido gostaria de tê-lo’

02.12.21 07:10

Filiado há uma semana ao Podemos, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz afirma que só entrou na política porque acredita que o ex-juiz Sergio Moro pode ganhar as eleições. “Senão, não iria me expor”, disse. Santos Cruz rasga elogios ao presidenciável do partido ao mesmo tempo em que afaga o vice-presidente Hamilton Mourão, que já foi procurado pelo Podemos e ensaia uma candidatura ao governo do Rio em 2022 ou mesmo ao Senado.

Colegas de farda e amigos há quase cinco décadas, Santos Cruz e Mourão mantêm diálogo frequente, apesar de o general ter deixado o governo Bolsonaro, onde ocupou a Secretaria de Governo, em junho de 2019. Na época, foi submetido à fritura pela ala ideológica do Planalto e demitido pelo presidente. A Crusoé, Santos Cruz definiu Mourão como uma pessoa equilibrada, preparada e culta. Qualquer partido gostaria de ter uma figura como ele”, pontuou.

O sr. acredita que uma candidatura da terceira via possa ser competitiva?
Só entrei porque acredito que o Sergio Moro vai ganhar. Se a gente trabalhar certo, se der o recado certo e se mostrar para a população que temos que parar com esses estelionatos eleitorais a cada eleição. Senão, não iria me expor. Me coloco à disposição para você depois vir me cobrar se eu me comportar de maneira diferente. Na filiação, Moro prometeu que uma das primeiras medidas seria acabar com a reeleição. Bolsonaro falou isso, mas no dia seguinte da eleição já começou com interesse pela reeleição. Na nossa cultura, reeleição se mostra algo muito ruim. Não pelo princípio, mas pela prática. Começa a governar pensando no próximo mandato, deforma toda conduta. A reeleição tem que acabar. E quando Moro for eleito, sem dúvida nenhuma, serei um dos que vou lembrá-lo: lembra do que a gente prometeu?

Não teme se decepcionar como aconteceu com Bolsonaro?
São duas pessoas completamente diferentes. Um tem medo de responsabilidade enorme, não assume uma responsabilidade. O outro foi a única pessoa que enfrentou, julgou e submeteu sua decisão a tribunais superiores, pessoas influentes, ricas, poderosas, numa estrutura de Justiça no Brasil que realmente quem tem poder e dinheiro, consegue protelar. Entre um que não tem coragem para nada, vive de um show, e o outro que teve coragem de dar esperança ao Brasil, de que é possível combater a corrupção, eu fico com Moro.

O sr. é apontado como a ponte entre o general Hamilton Mourão e o ex-juiz Sergio Moro. Tem conversado com o vice-presidente? Acredita que ele seria um quadro relevante para o Podemos?
Claro, sem dúvida nenhuma. É uma pessoa que tem cultura, que é equilibrada. Mourão é meu amigo, conheço ele há quase 50 anos. Posso dizer com tranquilidade que Mourão é uma pessoa preparada e equilibrada. Qualquer partido gostaria de ter uma figura como ele. Não preciso cortejar meus amigos. Com meus amigos falo de maneira franca, direta e tranquila. Mourão é reconhecidamente uma pessoa capaz. Não preciso tentar convencer um amigo do nível do Mourão de que outra pessoa (Sergio Moro) tem qualidades. Ele sabe que tem.

O sr. foi chamado de comunista por declarar apoio a Sergio Moro. Como responde a esse tipo de provocação?
A capacidade intelectual máxima dos extremistas é chamar alguém de comunista. É a única coisa que eles sabem fazer. Quando não tem argumento nenhum, chama de comunista. É gente medíocre. É outro problema sério nosso. Tem muita gente medíocre fazendo análise política. Nosso problema é de gente de baixo nível. Esse pessoal não é de direita. Estão destruindo a direita no Brasil. Bolsonaro é a destruição da direita no Brasil. Disseram que Moro é comunista, o que é algo inimaginável, numa tentativa de manipulação da opinião pública.

Aproximar Sergio Moro dos militares descontentes com Bolsonaro seria uma forma de apoiá-lo?
Não é função minha, não. Os militares em geral são todos eleitores, cada um tem sua liberdade individual de escolher o candidato que quiser. De votar em quem quiser. Como instituição, ela não se envolve politicamente e nem deve. Todos eles como cidadãos assistem televisão e terão suas opções. Tem de tudo, tem gente que é Bolsonaro, tem gente que é Moro. E os que não sabem ainda quem vão escolher.

O sr. acredita que Bolsonaro seguirá sendo o candidato favorito entre os militares em 2022?
Você tira pela sociedade em geral. Não vai. O militar é um cidadão comum, vai ao supermercado. Ele está vendo. Ele tem as opções eleitorais dele. Não é manipulado por plano institucional para votar em candidato. Pode ver pelo andamento social, a sociedade não quer mais saber desse show. Quer que os problemas reais sejam solucionados e o militar quer a mesma coisa.

Hoje o sr. se enxerga fazendo campanha em 2022?
Se eu for disputar alguma vaga, você tem que se aproximar dos eleitores. Ainda não está definido. O que pesa é a conversa com o partido. Entrei na política por duas razões: participar de maneira mais direta dos problemas nacionais e apoiar o doutor Sergio Moro. Sobre a minha eleição, ainda vou conversar com partido, se tem espaço para me colocar nesse planejamento. Minha vontade pessoal e política é o próximo presidente não ser Bolsonaro e nem o ex-presidente (Lula). 

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Também tenho um plano político! Brasil sem o MOLUSCO e sem o MINTO! Os dois maiores mentirosos que dirigiram este País!!!

  2. Não é só eleger o Moro Presidente, temos que renovar o Congresso Nacional. Não vamos reeleger ninguém.

  3. O General Santos Cruz é a voz do bom senso, da razão. No governo Bolsonaro não há espaço para pessoas com luz própria, dotadas de grandeza moral, intelectual, ética e competência para servir ao país. Quanto ao General Hamilton Mourão, um homem de bem, seu apoio ao SERGIO MORO seria muito bem vindo. Aqueles que devem lealdade canina aos saqueadores da República, gritam, esperneiam, fazem barulho, mas não conseguirão segurar essa onda. SERGIO MORO Presidente 🇧🇷 Pedro Geraldo

  4. Da’ dois recados fundamentais para o bem da Democracia neste pais de povo historicamente massacrado pelos golpes eleitorais: o fim da reeleição ( em todos os niveis) e o basta aos “salvadores da pátria” hoje representados pelo lulismo/ptismo e o bolsonarismo repugnantes, abjetos.

    1. Mourao é capacitado e poderia ajudar muito o país . Nao teve oportunidade de mostrar seu potencial....Tomara que escolha o lado certo. Moro!!!

  5. Competente em que? General melancia. Apenas um traíra que se juntou a outro. Mostrem um feito relevante deste ex militar. Entrou no governo de JB por pedido de Mourão e deu caca. Se candidatar terá não votos nem prá síndico de quarteirão. Vai vendo...

    1. PAULO quem diria adora uma gandola kkkkkkkkkk . só que o Santos Cruz não é nenhum idiota pois estudou estratégia e guerra revolucionária sabe bem o que está acontecendo .. ah e é espada da boa.

    2. 2- Gal Pazzuelo por assumir um cargo que ñ tinha expertise, desencadeando um genocídio por ter tomado uma série de decisões erradas. Antes da eleição de 2018, tínhamos um problema mais grave, o PT corrupto e a sua legião de aloprados. Agora temos dois, o PT e esse governo com a sua trupe de lunáticos. Tanto os petistas, qto os bolsonaristas, têm ídolos, não políticos. E eles estão acima do bem e do mal, podendo cometer atrocidades. Por isso precisamos eleger o Moro. Moro Presidente 🇧🇷

    3. 1- O gal Santos Cruz é respeitado dentro e fora das FAs. Chefiou diversas missões. Mas a questão para os bolsonaristas não são essas. Bom para o bolsonarismo é quem se curva a todas às imbecilidades de um governo incompetente, autoritário, genocida e corrupto. Santos Cruz entrou e saiu do governo com a cabeça erguida. Gal Ramos entrará para a história, por ter tomado vacina escondido. Gal Augusto Heleno por cantar contra o Centrão, e hoje se acomodar no colo desse grupo.

  6. GENERAL SANTOS CRUZ SERÁ UMA PEÇA FUNDAMENTAL NO GOVERNO DE SÉRGIO MORO. É RESPONSÁVEL PELO ÊXITO DAS AÇÕES MILITARES QUE LHES FORAM CONFIADAS E TEM O RESPEITO DA CÚPULA DAS FORÇAS ARMADAS, ENTÃO FALA COMO QUEM CONHECE SEU AMBIENTE. MOURÃO ESTÁ TERMINANDO A SUA MISSÃO COMO VICE DE UM PRESIDENTE DESEQUILIBRADO MAS ASSUMIU ESSE RISCO E MOSTRA CAMARADAGEM MESMO TENDO QUE ENGOLIR CERTOS MALFEITORES POR SER FIEL A SEUS PRINCÍPIOS MILITARES. MORO SERÁ ELEITO E O CONGRESSO RENOVADO, ESSA É A SAÍDA 🇧🇷

  7. Sensacional. Não tenho dúvidas de que é o que pensam os militares competentes que passaram pelo governo Bolsonaro. Os que só sabem dizer "sim senhor" talvez continuem com JB para garantir os cargos e o acréscimo salarial. Provavelmente serão presos ao final do mandato.

  8. Concordo com "A capacidade intelectual maxima dos extremistas é chamar alguém de comunista", eu apenas acrescentaria comunista/fascista, assim englobaria dos dois tipos mais comuns de extremistas no Brasil.

  9. Se puder, voto nos dois, Moro e Santos Cruz. Eles são tudo de que o Brasil precisa. Mais ainda considerando as alternativas apocalípticas: Lula e Bolsonaro.

  10. santos cruz concordo contigo ! obrigado por nos ajudar a tornar o brasil mais justo e civilizado. em 2018, no segundo turno, 30% dos eleitores não votaram em ninguém, então eu acredito que o moro possui total condições de representar a pauta anticorrupção que arrebenta qualquer tipo de política pública. em 2018, ficou provado que não é necessário ter estrutura partidária para ganhar eleição, então o moro não precisa fazer nenhuma aliança sórdida ou barganha ! moro vai ganhar no primeiro turno !

  11. Parabéns ao general pela entrevista. Se for candidato aqui no estado do Rio de Janeiro votarei nele para qualquer cargo.

  12. O general Santos Cruz sempre equilibrado e transparente, contribui e contribuirá para mudarmos essa bagunça que virou nosso país. Varrer para o lixo os bolsonaros, liras, nogueiras, canalheiros e outros quetais.

  13. Torcendo para que o Moro ponha um fim nessa polarização, que impede o Brasil de crescer, de acabar com a miséria.

  14. Alguns bajuladores e ou donos de alguma boquinha esperneiam, normal, olhando pra barriga, entendo porque, como muitos hoje, ja passamos muitas necessidades neste Brasil do nordeste, ralei, e sem nenhum emprego politico, venci e gostaria de ver todos os brasileiros serem independentes pra andarem com altivez, cabeca erguida e consciente dos seus direitos e deveres enquanto cidadao de carater. Cntinuo sonhando com isto, desde que sejamos instruidos e saibamos escolher dignos representantes do povo

    1. Globolixo, que covardemente se esconde atrás deste apelido, você sim é um insignificante que só participa para encher o saco dos outros, vá procurar tua turma! Xô!

    2. Estou apenas alertando vocês pobres alienados q acreditam nesta revistinha! A única alternativa e bolso.22. Porque não se informem direito! O Brasil tá muito bem ! Acredite! Esses caras são do quanto pior melhor! E tão claro! Acordem!

    3. @Renato, não percamos tempo com esse ser que tem o que ele é no codinome: lixo. Ele é muito fraquinho. Coitadinho.

    4. Não seja contraditório; se ele é tudo o que você escreve então qual a razão de se ocupar dele? Vá cuidar do seu bolsopetismo!

  15. Com muita clareza o General Santos Cruz se posicionou e explicou a razão de ser a favor de Sérgio Moro! Moro Presidente! E, é claro, Santos Cruz deverá ser um dos ótimos suportes à administração do Governo Moro, ocuoando cargo de relevo estratégico.

  16. Nesse eu confio, pessoa séria, idônea, incorruptível e honesta. É disso que precisamos no Congresso, para dar o suporte para o MORO fazer a coisa certa - acabar com o instituto da reeleição.

  17. General Santos Cruz está com uma excelente leitura da próxima eleição , tenho certeza que Moro será o próximo presidente da República.

  18. O general Santos Cruz nao puxou o saco de errados, nao se submeteu como tantos e por interesses escusos ou meramente pela boquinha a bajular a quem terminaria aderindo a velha politica do toma la da ca como estes bandidos do centrao com os quais BolsoNero se juntou pra continuarem roubando o Brasil e o povo. Moro sem duvida sera nosso presidente mais confiavel.

  19. Parabens General, a terceira via eh uma realidade e vencera graças ao empenho de patriotas como o senhor !!! Estamos juntos !!!

  20. o gen. Santos Cruz é um homem decente mas militar que ainda confunde a nota na academia à política real nada aprendendo no poder e contra Moro o herói ingênuo a imaginar que o poder real emana do povo . a meu ver Moro será a tal terceira via e receberá apoio (que não pode ser recusado se quiser vencer) de elites irresponsáveis como MDB . DEM e PSDB bandos à beira da extinção nas urnas . a conta virá depois e Moro viu como ela chega . eu repetiria meu voto em Álvaro Dias e num MAL MENOR no ato.

Mais notícias
Assine agora
TOPO