OECD

Após convite, Brasil inicia negociação para adesão à OCDE

25.01.22 16:57

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, OCDE, formalizou nesta terça-feira, 25, convite para que o Brasil e outros cinco países iniciem as negociações para a adesão à entidade, que reúne as nações mais desenvolvidas do mundo.

De acordo com comunicado realizado pela OCDE, o processo incluirá uma avaliação “rigorosa” e “aprofundada” sobre o alinhamento dos países candidatos com as normas, políticas e práticas da entidade. A análise ficará a cargo de mais de 20 comitês técnicos.

Como resultado dessas revisões técnicas, e antes de qualquer convite para ingressar na organização como membros, serão necessárias mudanças na legislação, política e práticas dos países candidatos para alinhá-los com os padrões e melhores práticas da OCDE, servindo assim como um poderoso catalisador da reforma“, completou.

O processo de negociação deve durar de dois a cinco anos, segundo estimativas do governo federal. Não há, portanto, um prazo pré-estabelecido para a conclusão da adesão. “O resultado e o cronograma dependem da capacidade de adaptação e ajuste de cada país candidato para se alinhar aos padrões e melhores práticas da organização“, emendou o informe.

Com sede em Paris, a OCDE reúne, atualmente, 38 países.

O pedido do Brasil de adesão à OCDE foi feito durante o governo Michel Temer e reforçado pela equipe do presidente Jair Bolsonaro. Desde então, o Brasil aderiu a 103 dos 251 instrumentos normativos exigidos para entrar no organismo.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. com a ascensão da China hoje nosso maior parceiro comercial seria ótimo termos alternativa mas não na forma imposta que sempre quiseram.

  2. Otima noticia,pena que os que nao se conformam com a vitoria eleitoral democratica do P.R. Jair Messias Bolsonaro fiquem mais uma vez minimixando e boicotando as conauistas do Brasil

    1. Eu votei nele e hoje não me conformo por ter votado. Um ser humano imbecil e incapaz. O país só piorou deste o início deste governo, só o apoia hoje em dia é quem não vive no mundo real. Quem é pequeno empresário teve seus insumos aumentados em mais de 130%, não estou falando de comida e sim de produção de bens de consumo. Acorda para a vida REAL.

  3. 1- O mundo se tornou multipolar. Rússia e China, cada uma a seu modo, estendem os seus tentáculos, sobretudo sobre os mais fracos. A OCDE então busca cercar os vulneráveis estratégicos. A Rússia tem interesses em Cuba e na Venezuela. Imagina se consegue um alinhamento do Brasil.

    1. 2- Com o advento da guerra cibernética, que vai desde o conflito da Rússia com a Ucrânia, até os HACKERS DO PT, q conseguiram livrar todos os corruptos, o mundo tanto físico, qto virtual, vai se tornando cada vez mais perigoso. Fake news, verdades alternativas e pós verdade, são as novas armas, capazes de destruir uma nação ou um candidato. No final parece q teremos todos contra todos. MORO PRESIDENTE 🇧🇷

  4. Essa é uma ótima notícia para os brasileiros. Apenas espero, que o processo legislativo para a adaptação da nossa legislação não seja moroso.

  5. Daqui a 10 anos talvez, se escolhermos políticos decentes. De qualquer forma, ser da OECD não ajuda muita coisa não do ponto de vista comercial. No fundo, a OECD é apenas um think-tank dos países ricos. Só isso!

    1. O muar mais fétido do Bozismo zurrou de novo. Zurra Nyco Penyco, o repositório dos produtos gastrointestinais dos bozistas genocidas.

    2. Fecha essa fossa seu vagabundo, vai procurar um emprego seu excomungado.

Mais notícias
Assine agora
TOPO