Agência Brasil

Após livrar Arthur Lira, STF manda inquérito contra Youssef à primeira instância

19.03.22 18:21

O Supremo Tribunal Federal livrou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, da acusação de receber propina de 1,6 milhão de reais da empreiteira Queiroz Galvão, mas não poupou o delator do caso, o doleiro Alberto Youssef. A corte rejeitou a denúncia contra Lira em fevereiro e, na última semana, enviou o inquérito à Justiça Federal do Distrito Federal, para que o processo contra Youssef e outros três acusados prossiga na primeira instância.

Fachin determinou o envio à Justiça do DF tanto dos autos do processo, bem como de todas as mídias e eventuais anexos sigilosos. A medida vale para a documentação relacionada a Alberto Youssef, e aos investigados Francisco Ranulfo Magalhães Rodrigues, da Queiroz Galvão, e Henry Hoyer de Carvalho, que seria operador do Progressistas.

Arthur Lira foi denunciado em 2019 pela Procuradoria-Geral da República, mas, três meses depois, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo enviou parecer ao Supremo defendendo a rejeição da denúncia apresentada pela própria PGR. Braço-direito de Augusto Aras no Ministério Público Federal, Lindôra argumentou que a acusação estaria baseada exclusivamente nas palavras do delator.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Inacreditável tudo isso o que está ocorrendo na Justiça e Procuradoria brasileiras. Todo o trabalho da Lava Jato escoando pelo ralo. Será que estamos condenados a viver essa situação de impunidade eternamente?

  2. o STF é o grande culpado por esse quadro deprimente...Lula favorito seguido pelo mito e Moro derretendo...sem esperanças...estarrecedora a situação atual.

  3. Claro o ex ficha suja Lira do partido podre ,aliado do capetao ,teria a barra limpa .QUANDO TEREMOS MINISTROS CONCURSADOS E NÃO INDICADOS

  4. Cada vez mais claro que existe uma acordo entre Bolsonaro e Lula. Se Bolsonaro fosse o que apresentou durante a campanha a campanha eleitoral ele não teria feito esse acordo para liberar Lula da prisão e acabarem com o processo contra seu filho Flávio Bolsonaro. Nós eleitores é que precisamos nos unir, eles nos enganam com essa pseudo briga entre Lula e Bolsonaro.

    1. ai você acordou todo cagado e o fedor é insuportável .. haja boXta.

  5. como diria a vovó tá tudo dominado pela quadrilha que usa seus tentáculos para oprimir e humilhar a nação e não por acaso o povo a chama de corte solta ladrão .. muito justo e não duvidem que Youssef o doleiro mor da quadrilha seja indenizado pelas vítimas.

  6. CAMBADA DE CORVOLÂNDIA INDECENTE... URUBÚS COMPARSAS, DEMENTES, PSICOPATAS, MARGINAIS, PREDADORES DO BRASIL, ASSALTANTES DO POVO BRASILEIRO, ASSASSINOS FÍSICOS E MORAIS PELA FOME E PELA IMORALIDADE GENERALIZADA!!!! EXEMPLOS CRIMINOSOS PARA AS NOVAS GERAÇÕES!!!!

    1. De frente uma coisa, viram as costas e estão todos juntos a fim de se manterem em Brasília, enganando bem os eleitores que não reconhecem o poder que tem nas mãos, bem claro ! Por isso que só uma pessoa de fora do circuito conseguiu estremecer, mas já perdeu a força, uma pena, mas ainda tenho esperança

Mais notícias
Assine agora
TOPO