Reprodução

As dúvidas sobre a saúde do ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu

24.03.22 17:11

O jornal investigativo russo Agentstvo publicou nesta quarta, 23, uma reportagem afirmando que o ministro de Defesa da Rússia, Sergei Shoigu (foto), estaria com problemas de saúde. Desde então, cresceram as suspeitas de que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, teria punido seu conselheiro após a desastrada guerra da Ucrânia, que nesta quinta, 24, completa um mês.

Apesar de ter tido um papel central na decisão de Putin para invadir a Ucrânia, Shoigu tem sido mantido fora dos holofotes. A última vez em que ele apareceu em público foi no dia 11 de março, quando disse a Putin que a invasão da Ucrânia estava “indo como o planejado“.

Nesta quinta, 24, a agência russa RIA divulgou um vídeo (foto abaixo) em que Shoigu aparece no canto à esquerda da tela, na parte de cima, durante uma videoconferência com Putin. Mas há vários indícios de que o vídeo tenha sido adulterado.

Pouco antes de a imagem de Shoigu aparecer, seu canto da tela aparece com manchas em preto e branco, mas todos os demais integrantes da videoconferência já estavam nela desde o início. O vídeo divulgado pela RIA não tem áudio e Shoigu não aparece falando.

Reprodução

Nesta quinta, 24, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, negou-se a falar sobre o estado de saúde de Shoigu.

O ministro da Defesa tem muito o que fazer no momento“, disse Peskov. “A operação militar especial está acontecendo. Naturalmente, agora não é exatamente o momento para Shoigu aparecer na mídia. Isso é bastante compreensível.”

Shoigu, de 66 anos, foi escolhido para ser o ministro de Defesa em 2012 apesar de não ter carreira militar. Engenheiro, ele tornou-se ministro de Situações de Emergência no governo de Boris Yeltsin. Ganhou notoriedade ao comandar uma brigada pronta para prestar socorro em qualquer canto do país. Aparecia com frequência conversando com vítimas de desastres naturais e de atentados terroristas. Com o impasse na Ucrânia, sua falta de experiência passou a ser considerada como uma das causas dos fracassos da campanha militar russa.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine agora
TOPO