Jefferson Rudy/Agência Senado

Associação de promotores critica escolha de Doria para comandar o MP

06.04.20 17:59

A Associação Paulista do Ministério Público criticou nesta segunda-feira, 6, a decisão do governador João Doria de indicar o segundo colocado em vez do vencedor da eleição interna para o cargo de procurador-geral de Justiça, o chefe do MP de São Paulo.

Nesta segunda, Doria divulgou um vídeo no qual afirma que a indicação do procurador Mário Sarrubbo, candidato da situação e mais alinhado ao tucano, significa “prestigiar” o Ministério Público e “garantir a sua autonomia”. Sarrubbo teve pouco mais da metade dos votos obtidos pelo procurador Antonio Carlos da Ponte, o vitorioso na eleição realizada no sábado.

Para a associação do MP, porém, Doria não respeitou a vontade manifestada nas urnas por promotores e procuradores e utilizou “critério subjetivo” para escolher o segundo colocado. A entidade, que representa 2 mil servidores da instituição, havia pedido ao governador, antes da eleição, que indicasse o mais votado.

“Nessa quadra, é forçoso concluir que a autonomia do Ministério Público é realmente prestigiada quando a democracia interna é observada, nomeando-se o primeiro colocado da lista formada pela instituição”, afirma o presidente da associação, Paulo Penteado Teixeira Júnior (foto).

A associação lembra que uma das funções do MP é justamente “combater eventuais ilicitudes praticadas por detentores de poder e de parcela da soberania estatal”. No caso do governador, que detém foro privilegiado, apenas o procurador-geral de Justiça pode denunciá-lo à Justiça na esfera penal.

Esta é a terceira vez que um governador paulista não escolhe o nome mais votado na eleição do MP. Os tucanos Mário Covas e Geraldo Alckmin já fizeram o mesmo no passado. Para a associação, a atitude não é sinal de prestígio nem de autonomia do Ministério Público, embora seja constitucional.

“Cumprir a Constituição é dever de todo mandatário. Prestigiar a autonomia do Ministério Público, com a nomeação de candidato mais votado, é opção de cada
governante”, afirma Paulo Penteado Teixeira Júnior.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Sugiro que os poderes desse país que faz eleições pra escolher os seus mandatários e que depende do governador a escolha do mais votado, que antes das eleições eles se dirijam ao governador e perguntem em quem eles devem votar, porque eles vão continuar passando vergonha diante da sociedade, porque o governador não vai avalizar quem não compactue com ele na hora que ele mais possa precisar. Isso que eles chamam de democracia? governadores hipócritas, demagogos.

  2. Não entendo, se o governador pode escolher entre três candidatos segundo a sua preferência, porque escolher o segundo é inconstitucional e antidemocrático? Detesto o Dória, mas nesse ponto ele escolhe quem for da sua preferência. Ponto final. A instituição escolheu três na preferência dela, é assim a regra do jogo.

    1. então me fale porque se faz eleições com lista tríplice se cabe ao governador escolher o candidato dele? você chama isso de democracia ? que os poderes tem autonomia? não amigo, o governador escolhe aquele que não vai incomodá-lo quando começar a pipocar as denúncias.

    1. Ops n° 2... Votei no João Botox pra prefeito e... prá nunca mais, mas mantenho minha posição no comentário que fiz. Questão de separar as coisas!

    2. Pra que lista? O governador assuma as m.. que cara fizer e seja responsabilizado junto. Esse super bodocado EU NUNCA VOTAREI NELE E NEM MINHA FAMÍLIA.

Mais notícias
Assine agora
TOPO