Agência Brasil

Bolsa brasileira tem o pior mês desde início de pandemia da Covid

30.06.22 18:50

A Bovespa (foto) encerrou junho com o pior resultado para um mês desde março de 2020, quando a pandemia de Covid teve início. Com a queda de 1,08% desta quinta (30), o índice registrou desvalorização de 11,5% em junho.

No mercado brasileiro, as ações em queda da Petrobras seguiram as tendências da cotação do petróleo no exterior e puxaram a desvalorização de outros papéis. Já o dólar encerrou o dia a R$ 5,25 e fechou junho com valorização de 10,13%.

O saldo do mercado brasileiro acompanha o pessimismo da economia global, com riscos de recessão e inflação persistente e generalizada. Nos EUA, as bolsas registraram o pior semestre desde 1970. Desde janeiro deste ano, o índice Dow Jones caiu 15,31% e o S&P, 20,58%; a Nasdaq recuou 29,51%.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine agora
TOPO