Marcelo Camargo/Agência Brasil

Bolsonaro embarca para o Suriname para negociar parcerias comerciais

20.01.22 10:43

O presidente Jair Bolsonaro (foto) embarcou na manhã desta quinta-feira, 20, rumo a Paramaribo, no Suriname, para seu primeiro compromisso do ano em solo internacional. Na sequência, ele seguirá para a Guiana.

Em entrevista na noite de quarta-feira, 19, Bolsonaro destacou que negociará parcerias comerciais e econômicas para a exploração de reservas de óleo e gás, dado ao potencial recentemente descoberto pelos países vizinhos.

Além disso, segundo o presidente, tanto Suriname quanto Guiana devem pedir a cooperação do Brasil para investimentos em infraestrutura. “Tem uma agricultura ali que (parte dela) interessa para a gente. De vez em quando o arroz (produzido nos países vizinhos) vai para Roraima – depois que demarcaram a Raposo Terra do Sol, incluindo as áreas de rizicultura, nem sempre Roraima tem autossuficiência para isso. Eles vão fazer pedido para nós também, em questão de infraestrutura”, pontuou.

A agenda de Bolsonaro prevê uma reunião com o presidente do Suriname, Chandrikapersad Santokhi. Além disso, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os dois almoçarão com o presidente da República Cooperativa da Guiana, Irfaan Ali, na capital surinamesa. “Discutirão projetos de interesse comum“, diz a nota.

Os líderes passarão em revista temas das agendas bilaterais, em áreas como comércio, investimentos, energia, infraestrutura, segurança, defesa, cooperação técnica e questões da pauta regional“, completa.

Os compromissos de Bolsonaro para sexta-feira, 21, na Guiana ainda não foram divulgados.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Grande negociador. Fará a diferença nas relações internacionais do Brasil e causará um grande impacto na nossa economia. Esse Genocida é um zero à esquerda.

    1. O Bozo zurra, igual ao Joãozinho lá embaixo. A sina dos bozistas é zurrar!

  2. Países fracos economicamente, deve ser algum esquema bom, se não o Bozo não perderia seu tempo precioso. Talvez sobre alguma coisa pra rachar depois.

    1. Vc matou a charada...Enquanto isso o Joãozinho abaixo defeca pelas patas. Como defeca o Joãozinho Bozista!

  3. Bem, enquanto o mundo todo quer desinvestir em combustíveis fósseis, o Brasil segue caminho contrário. Esse negócio de agricultura é apenas para facilitar a vida dos grileiros brasileiros que querem ocupar as terras dos dois países. Bozistas são criminosos!

Mais notícias
Assine agora
TOPO