Foto: Reprodução, Facebook

Bolsonaro mente e diz que Fachin foi “advogado do MST”

27.05.22 20:01

Em segundo nas pesquisas e ameaçado de perder para Lula no primeiro turno, Jair Bolsonaro dedicou sua live (foto), adiada de quinta para esta sexta (27), a atacar Edson Fachin e Alexandre de Moraes, ministros do STF e do TSE.

O presidente acusou Fachin, que atualmente chefia a corte eleitoral, de trabalhar para ver o petista de volta ao Planalto e citou a decisão do ministro que anulou as condenações de Lula na Operação Lava Jato, fazendo com que ele volte a ser elegível. Também afirmou que Fachin foi “advogado do MST”, o que é falso.

Bolsonaro também voltou a criticar Moraes e o inquérito das fake news, relatado pelo ministro no Supremo. “O alvo sou eu”, disse o presidente, que também acusou Moraes de “se atirar em cima” de Carlos Bolsonaro. “Reviram a vida dele de cabeça pra baixo e chacoalham o tempo todo, porque ele é o coordenador mais importante das mídias sociais”, afirmou Bolsonaro sobre seu filho 02.

Mais cedo hoje, Alexandre de Moraes participou de um evento na USP e negou que o inquérito das fake news vise censurar as redes sociais, mas argumentou que as plataformas foram cooptadas “pelo populismo de extrema direita”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Pois é, certas acusações precisão serem comprovadas. Cabe ao ofendido processar o acusador e neste caso, não se pode deixar passar batido. Quando o Bolsonaro acusa se esquece olhar para o próprio rabo. Tem um certo candidato a Pres. de República que fez por várias vezes sérias acusações contra o Bolsonaro, e nunca vi qualquer reação do acusado. E o acusador ainda desafia o acusado a processa-lo. Porque será que o Bolsonaro não faz nada.?? Com certeza tem o rabo preso.

  2. Se não foi via pessoa física, escritório dele pode ter sido. Sempre estiveram envolvidos em questões de terras, além disso, Fachin foi militante radical do PT, principalmente na campanha da ex-presiDENTA inoCENTA dilmANTA.

Mais notícias
Assine agora
TOPO