Marcelo Camargo/Agência Brasil

Bolsonaro sanciona orçamento com fundão eleitoral e reajuste de servidores

24.01.22 08:55

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o orçamento de 2022, aprovado no dia 21 de dezembro pelo Congresso Nacional. A íntegra da peça orçamentária foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 24. Bolsonaro vetou um total de despesas de 3,1 bilhões de reais. O valor inclui emendas de comissão, além de 1,8 bilhão de reais em despesas primárias discricionárias.

O governo justificou o veto e argumentou que a medida visa ao ajuste de despesas obrigatórias. “Será necessário, posteriormente, encaminhar projeto de lei de crédito adicional com o aproveitamento do espaço fiscal resultante dos vetos das programações”, argumentou, em nota, o Palácio do Planalto.

O texto sancionado por Jair Bolsonaro incluiu a previsão de 4,9 bilhões de reais para o fundão eleitoral. Os recursos serão usados por candidatos para financiar as campanhas eleitorais deste ano. Havia uma expectativa de que o governo mantivesse os 5,7 bilhões de reais previstos na Lei de Diretrizes Orçamentárias, mas Bolsonaro incluiu o valor aprovado no orçamento do Congresso.

O presidente da República também manteve a reserva de 1,7 bilhão de reais para o reajuste salarial para servidores. Bolsonaro já anunciou os planos de aumentar os vencimentos de integrantes de forças de segurança pública, mas, diante da reação do funcionalismo ao reajuste de policiais, a equipe econômica ainda analisa quais categorias serão beneficiadas com esses recursos.

O orçamento de 2022 prevê despesas de 4,7 trilhões de reais. Desse montante, 1,9 trilhão de reais estão reservados para o refinanciamento da dívida pública. O texto inclui ainda 89,1 bilhões de reais para o programa social Auxílio Brasil, uma das apostas de Jair Bolsonaro para alavancar sua aprovação antes das eleições.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Bozo só faz o que Ciro Nogueira manda ou Waldemar da costa neto .LULAA LUTA PARA OCULTAR O PASSADO DE MENSALÃO ,PETROLAO , PROPINAS DA ODEBRECHT ,,O FILHOTE QUE SAIU DO ZOOLÓGICO ,PARA FAZENDAS NO PARA ,AS PICARETAGENS DE DIRCEU ETC

  2. O que eu não consigo entender é: se há espaço para aumentar a grana q vai pro Fundão, porque não há dinheiro pra reajuste MÍNIMO dos servidores públicos? A Constituição prevê, no mínimo, correção da inflação. Na minha opinião, o negócio é fazer o seguinte: quem ganha mais que 15 mil, DEVE esperar mais. Se um brasileiro comum sobrevive com um salário mínimo, quem ganha 15 mil não pode segurar as pontas um pouco mais? Reajusta os valores dos servidores q recebem os menores salários. É a maioria...

  3. O psicopata sem caráter precisa manter as cuecas dos aliados lá droes recheadas .MILHARES SEM TETO E SEM COMIDA E O SOCIOPATA FAZENDO A FESTA DOS COR RUPTOS

  4. O governo lulobolsonarista, já que o atual é uma continuidade dos governos petistas, comeram toda a nossa colheita. Agora estão comendo as nossas sementes para o futuro. Executivo, Legislativo e Judiciário rindo à toa, satisfeitos com o Lula e o Bolsonaro. Primeiro o Estado, depois se sobrar alguma coisa, os cidadãos. Por que o Estado vai melhorar a saúde e a educação? Seus integrantes usam os serviços particulares. MORO PRESIDENTE 🇧🇷

  5. O teto constitucional precisa ser reajustado para contemplar a todos os servidores públicos ativos, inativos e pensionistas. O seu reajuste tem que ser periódico. Precisamos respeitar a Constituição da República.

    1. Esse governo conseguiu colocar a mídia e à população contra o funcionalismo público, mas não se esqueçam que estes ingressaram por competência e não por indicação. E não vejo porque não respeitar a constituição? Dinheiro para campanha sem precisar prestar contas pode?

    2. Deve ser funcionário/a público/a pelo velho corporativismo. Um nativo da ilha.

  6. Bolsonaro trabalha para o centrão!!!! O que o centrão quer ele faz, caso contrário sofrerá impeachment e os filhos serão presos!!! Bolsonaro já perdeu as eleições!!!! #Moro22 por um país mais justo!!!

    1. Antônio —- Os Bozistas só mudaram a direção do ditado: agora é da cá e toma lá!

    2. Lembrando que uma das promessas de campanha era acabar com o "toma lá dá cá".

Mais notícias
Assine agora
TOPO