Agência Câmara

Bolsonaro tentou ‘sabotar’ reajuste de professores e agora quer ‘surfar na onda’, diz deputado

28.01.22 11:23

Coordenador da Frente Parlamentar Mista de Educação do Congresso, o deputado Israel Batista (foto), do PV do DF, afirmou nesta sexta-feira, 28, que o presidente Jair Bolsonaro tenta colher os louros do reajuste do piso salarial de educadores mesmo após ter buscado brechas para evitar a concessão do aumento.

O parlamentar manifestou-se nas redes sociais um dia após Bolsonaro anunciar o ajuste de 33,24% na remuneração inicial de professores da educação básica e frisar que “esse é o maior aumento já concedido pelo governo federal desde o surgimento da Lei do Piso”.

Nas últimas semanas, a gestão Bolsonaro chegou a discutir a edição de uma medida provisória para alterar as regras da Lei do Piso, que vincula o reajuste dos ganhos mínimos dos professores à variação do valor por aluno anual do Fundeb, principal mecanismo de financiamento da educação básica do país.

A ideia era conceder um aumento menor a professores, em torno de 7,5%. Diante da reação da categoria e de parlamentares, porém, o governo recuou.

A equipe de Jair Messias Bolsonaro tentou sabotar reajuste do piso salarial de professores. Foi a rápida reação da Frente de Educação no Congresso que o constrangeu a obedecer a lei. Agora ele tenta surfar na onda, já que não conseguiu impedi-la“, escreveu Israel Batista, nas redes.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine agora
TOPO