Reprodução

Caso de Ômicron nos EUA indica transmissão comunitária

02.12.21 19:15

O segundo caso detectado de Ômicron nos Estados Unidos demonstra que o país já tem transmissão comunitária, que é quando o vírus circula entre as pessoas de uma localidade, independente de terem viajado ou não para o exterior. Até então, só havia sido identificado um caso, de uma mulher que tinha ido para a África do Sul.

Autoridades de saúde do estado de Minnesota relataram nesta quinta, 2, que um homem que não deixou o país recentemente desenvolveu sintomas leves no dia 22 de novembro. Entre os dias 19 e 21 de novembro, ele participou de um evento sobre desenho animado japonês, o Anymé NYC 2021 (foto).

O homem já tinha se vacinado e tomou uma dose de reforço no começo de novembro. Ele não tem mais sintomas.

A governadora do estado de Nova York, Kathy Hochul, pediu nesta quinta para que os frequentadores do evento façam o teste de Covid. “Se vários casos forem encontrados, então teremos uma situação de transmissão comunitária sustentada, o que geraria uma preocupação ainda maior“, diz o infectologia Julival Ribeiro, membro da Sociedade Brasileira de Infectologia.

O episódio mostra que a Ômicron, embora tenha sido reportada inicialmente por Botsuana e pela África do Sul no dia 24 de novembro, pode ter circulado antes em outros países. O americano fez o teste no dia 24, mas o resultado demorou para ficar pronto.

Os Estados Unidos já confirmaram três casos da Ômicron. No Brasil, já se contam cinco casos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Bolsonaro errou, erra e pelo jeito, continuará errando no enfrentamento da pandemia, até que seja chutado da presidência. O mínimo que se espera do governo, que é da alçada dele, seria obrigar que o viajante apresente a carteira de vacinação, como é feito em todos o mundo civilizado. Mas Bolsonaro, um antivacina, continua tomando decisões que agradam somente ao cercadinho, expondo todo o povo brasileiro, a um risco desnecessário. Moro Presidente 🇧🇷

  2. So uma questao de mais dias menos dias, ja vimos este filme com relacao as cepas anteriores, imagino que aqui no Brasil esta Omicron ja tenha tambem sua comunidade, e logo, logo, ficaremos sabendo. Tambem quem mandou anunciarem que haveria carnaval. Pelo visto, o Omicron tambem gosta do carnaval e veio logo ja pra participar do reveion tambem. Haja cloroquina.

Mais notícias
Assine agora
TOPO