Adriano Machado/Crusoé

Centrão vai relatar processo de Eduardo Bolsonaro no Conselho de Ética da Câmara

25.05.22 14:03

O Conselho de Ética escolheu nesta quarta-feira (25) o deputado federal Hiran Gonçalves (PP-RR) para relatar uma representação contra Eduardo Bolsonaro (PL-SP), por causa de um comentário feito sobre a jornalista Míriam Leitão.

No início de abril, Eduardo (foto) debochou de Miriam e disse ter “pena da cobra” utilizada para torturá-la na ditadura.

O filho zero-três de Bolsonaro é alvo de quatro representações no Conselho de Ética da Câmara.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Onde Eduardo aparece pode ter certeza que há maldades contra o povo e país sendo praticada. Ele faz parte do gabinete do ódio, orçamento paralelo, altas transações visando destruição das instituições da República e exala frases desse tipo quando fala. Meu Deus salve-nos desses malfeitores!

  2. Forasteiro que os paulistas distraídos devem deixar de fora nas eleições. Que vá cantar de galo de briga grosseiro noutro galinheiro, na sua terra natal!

Mais notícias
Assine agora
TOPO