O Capitólio, após invasão, pronto para a festa

Congresso dos EUA aprova maior restrição a armas em 30 anos

24.06.22 16:19

Enquanto a Suprema Corte dos EUA oficializou nesta sexta (24) uma decisão que implicou a revogação do direito constitucional ao aborto, o Congresso americano (foto) aprovou, em medida endossada por democratas e republicanos, a maior restrição ao uso de armas no país em 30 anos.

A proposta foi aprovada pela Câmara também nesta sexta, por 234 votos a 193, depois de ter sido aprovada no Senado por 65 votos a 33. Os mais recentes massacres a tiros nos EUA foram decisivos para o apoio bipartidário à lei.

O projeto inclui maiores impeditivos e certificações para liberar a posse de armas, como verificação de antecedentes de pessoas entre 18 e 21 anos. Também deixa mais claras regras para vendas de armamentos que obrigam à verificação dos antecedentes criminais e do histórico médico de compradores.

O texto ainda endurece penas para tráfico e compra ilegal de armas e prevê investimento 13 bilhões de dólares em políticas para segurança nas escolas e saúde mental. Para que ele se tornar lei, falta apenas a sanção de Joe Biden, que, na quinta-feira (23), já havia prometido aprovação imediata do projeto.

 

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Aqui em nosso país é uma questão de tempo para que tudo isto que esta ai, relacionado com porte e posse de armas, seja revisto e outras medidas de restrições ao porte e posse de armas sejam adotadas para conter esta exibição descarada de armas nas ruas deste país. Onde a bandidagem aproveitou para se aparelhar com melhores de armas. Uma coisa é certa, tem gente no Poder Público, que tem acordo com a indústria de armas para incentivar esta liberação de armas que assistimos neste país desde 2019.

  2. Finalmente os americanos estão despertando para a realidade. Infelizmente o Brasil, com o bolsonaro, está seguindo na direção oposta.

Mais notícias
Assine agora
TOPO