Reprodução/redes sociais

Deputado bolsonarista quer que Queiroga impeça exigência de vacinação pelas escolas

09.02.22 07:03

O deputado federal Dr. Jaziel (na foto, à esquerda), do PL do Ceará, quer que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, rebata promotores de Justiça que apontam a obrigatoriedade da vacinação infantil contra o novo coronavírus e adote providências para tentar impedir a exigência do comprovante de imunização em escolas.

Dr. Jaziel é um dos mais fiéis seguidores da cartilha bolsonarista na Câmara. Presidente da Frente Parlamentar do Homeschooling, o deputado coleciona fotos de agendas com o presidente da República nas redes sociais.

O parlamentar formulou um pedido de informações a Queiroga após o Ministério Público do Estado do Ceará emitir uma nota técnica em que aponta o “dever legal” dos pais de levarem os filhos aos postos de vacinação sob pena de denúncia aos conselhos tutelares e de atuação das Promotorias de Infância e Educação.

Dr. Jaziel declarou que, em razão do documento, escolas passaram a atuar “constrangendo os pais e as crianças no ato da matrícula e, em alguns casos, impondo aos não vacinados acesso ao ensino apenas pelo acesso remoto, em evidente discriminação“.

O congressista quer que Queiroga responda se a nota técnica “se coaduna com o entendimento uníssono e atuação do Ministério da Saúde“. O deputado ainda indagou se “atos discriminatórios entre crianças vacinadas e não vacinadas” poderão resultar na abertura de processos administrativos sancionatórios pela pasta.

Ao longo dos dois últimos meses, Queiroga tem repetido que a imunização infantil contra a Covid-19 não é compulsória. Promotores, procuradores e juízes, porém, destacam que o Estatuto da Criança e do Adolescente estabelece ser “obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias“, como a Anvisa.

O pedido deve ser respondido no prazo de 30 dias, sob pena de enquadramento do ministro em crime de responsabilidade.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. entendi Zé você tem relação homossexual com um belo bofe e adotaram um lindo jumentinho pimba XG e vivem felizes a três ... mas tenha cuidado junentinhos crescem e causam um estrago lascado ... nada pra quem tem ku de aço kkkkkkk.

  2. Eu já te falei chiquitita cornuda. Ter galhadas é um das características mais marcantes da tua tribo. A outra é procurar de forma desvairada um Aristides para chamar de seu. Conte ai: Você já encontrou um, sua múmia paraplégica?

  3. 1- Negacionismo virou negócio para alguns, seja para fins pecuniários ou políticos. Passado este tempo do início da vacinação, está comprovado a segurança e a eficácia das vacinas, bem como é inegável, que elas tem controlado a pandemia e acelerado a recuperação econômica. Nosso governo, mesmo não querendo, investiu bilhões na compra dos imunizantes. Dinheiro nosso. O negacionismo do governo está colocando em risco esse investimento.

    1. 2- Apostar contra isso, é um risco considerável, que pode resultar em bilhões de perdas. EU QUERO SABER, QUEM SERÁ RESPONSABILIZADO CASO ISSO OCORRA? Este deputado? Queiroga? Bolsonaro? MORO 🇧🇷

  4. Vacinar-se nunca foi problema no Brasil! Na falta de algo mais para "mostrar serviço", se apegam à oposição à vacinação!

    1. Verdade Marcello. Você acabou de destruir os bozistas. Agora eles zurrarão como nunca!

Mais notícias
Assine agora
TOPO