Marinha americana

Drone americano Global Hawk sobrevoa Ucrânia para coletar informações e ser visto

24.01.22 19:40

A agência russa Tass anunciou na sexta, 21, que um drone americano Global Hawk (foto) sobrevoou a Ucrânia e a Belarus para coletar informações sobre tanques e soldados russos. As coordenadas da aeronave não tripulada foram obtidas no site FlightRadar.

O drone Global Hawk pode ser usado para obter dados de inteligência a uma altura de até 20 quilômetros. Segundo a Tass, a aeronave teria decolado de uma base americana nos Emirados Árabes Unidos.

O Global Hawk é um drone de grande porte, entre os maiores do mundo, e tem um tempo de voo superior a 30 horas. Ele foi projetado para fazer o levantamento de grandes áreas, assim como o avião espião U-2“, diz o analista de segurança americano Seth Frantzman, autor do livro Drone Wars.

Notícias em agências russas sobre drones americanos no Mar Negro e na Ucrânia já circulam há alguns anos. Isso porque o Global Hawk não tem capacidade de passar despercebido pelos radares. Não é considerado “furtivo” ou “invisível“. Em 2019, um deles foi abatido quando sobrevoava o Irã.

Seth Frantzman acredita que, ao despachar o Global Hawk para a Ucrânia, os americanos não apenas estão obtendo informações valiosas, como estão enviando um recado para a Rússia.

Não parece que os Estados Unidos estejam fazendo isso em segredo. Essas missões também têm como objetivo enviar uma mensagem aberta para os russos, a de que os Estados Unidos os estão observando“, diz Frantzman. “O Global Hawk não é o melhor drone para missões clandestinas, como aquelas que podem se tornar necessárias caso o conflito estoure na Ucrânia. Para esse tipo de operação, os Estados Unidos poderiam usar outros drones, com características furtivas.”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. 1- O movimento da Rússia é multifacetado, e pode ter estendido os seus tentáculos até o Brasil. Depois do teste da guerra cibernética na Letônia, na Crimeia  e agora contra a Ucrânia, o russos dominam uma expertise notadamente eficiente. A Letônia tinha saído do comunismo, qdo foi atacada pela Rússia. Venezuela e Cuba são aliadas da Rússia. Será o Brasil o próximo aliado? Alguém em sã consciência, acredita que aqueles hackers pés de chinelo, sabiam da vulnerabilidade do Telegram?

    1. Paulo,você nunca vai fazer o Zezinho entender o Putin pois ele além de PT ,ele é muito burro

    2. Paulo, não esqueça que a paixão do Putin é o Bozo. Tudo documentado! De comunismo a Rússia não tem nada. Lá o que funciona é o cleptocapitalismo, tal como aqui!

    3. 2- As msgs hackeadas salvaram o ex-presidiário Lula. OS MÉTODOS DO PT DE DESINFORMAÇÃO, COM RELAÇÃO AO JULGAMENTO DO LULA, TEM TUDO HAVER COM OS MÉTODOS RUSSOS. MORO PRESIDENTE 🇧🇷

    1. Ouvi um muar zurrar…Kkkkkkkk. Deixa para lá. É apenas o Nyco Penyco, o mais fétido dos bozistas. Zurra Nyco Penyco, zurra!

Mais notícias
Assine agora
TOPO