Rosinei Coutinho/SCO/STF

Em evento no TSE, Fachin manda recados a Bolsonaro

01.07.22 17:44

No encerramento dos trabalhos do TSE no 1º semestre, Edson Fachin (foto) disse que as eleições no Brasil não “se condicionam à produção de um resultado que confirme a vontade isolada de um ou de outro ator político”.

O discurso do presidente da corte eleitoral, que será sucedido no cargo por Alexandre de Moraes a partir de agosto, não citou Jair Bolsonaro nominalmente, mas incluiu uma série de indiretas para o presidente, segundo o relato da Folha.

Fachin afirmou que o TSE oferece “todos os meios legítimos de auditoria” —uma resposta a Bolsonaro, que insiste que as urnas eletrônicas não são auditáveis. Segundo o ministro, trata-se de “auditar os meios de instrumentos e procedimentos”, e não “uma proposição aberta direcionada prioristicamente a rejeitar o resultado das urnas que porventura retrate que a vontade do povo brasileiro é oposta a interesses pessoais de um ou de outro candidato”.

O presidente da corte eleitoral acrescentou: “Em 2022 haverá eleições, haverá eleições livres e seguras e auditáveis, e [elas] exprimirão a vontade do eleitorado brasileiro. Isso significa respeitar a legitimidade da vontade do verdadeiro e único titular do poder na República Federativa do Brasil, que é o povo brasileiro”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Grande politico, governador da Bahia Otavio Mangabeira dizia “imagina um absurdo, na Bahia já aconteceu”. Imagina o maior dos absurdos. O stf já cometeu. Na figura de Gilmar Mendes, já absolveu a chapa Dilma/temer por excesso de provas, articulou, por pura inveja a destruição da lava jato e soltou o maior chefe de quadrilha que já tenha ocupado à presidência da república.

    1. Pois é Luiz somos apenas um povo acostumado a ser estuprado ... os do STF doem mas vem com vaselina ou xilocaína.

  2. A nossa suprema corte banalizou-se com a soltura do maior ladrão brasileiro de todos os tempos o Luladrão. Fez um contorcionismo e um malabarismo jurídico jamais visto nem mesmo no Brasil, jogando o conceito da nossa justiça no ralo perante a comunidade internacional. E o nosso pior congresso de todos os tempos assinou embaixo, validando a esculhambação da nossa justiça. Eles se merecem, mas deveriam respeitar a nação. A casa pode cair, estou avisando. FUI!

  3. Esse ministro é um petista de carteirinha. Soltou o luladrão para ser candidato de novo. Com certeza sua conta bancária na Suíça deu uma boa engordada e continuará engordando se lula for eleito. O atual STF é uma vergonha.🤮🤮🤮🤮

  4. A quem este ridículo comunazista quer enganar? o resultado que os ditadores da pátria que tutelam o Estado pelo terror querem é óbvio e o povo percebeu e se vai reagir com dignidade é outra coisa ... para esta gente prepotente que se julga dona da nação só um resultado interessa a vitória do seu ladrão descondeando de forma imoral única no mundo por uma corte odiada pelo povo ... a festa só começou pode acabar muito mal pois o Brasil não será escravizado não tenho o menor receio de afirmar.

  5. Este sujeito não tem moral pra falar nada, foi o autor da soltura de um corrupto condenado em tres instancias e agora vem com este blá...blá...blá... ridículo.

  6. É necessário reafirmar, para júbilo geral, que o "Poder emana do povo e em seu nome é exercido (e usurpado)". Nunca é demais repetir, Caro Ministro Fachin.

  7. Esse sujeito perdeu a moral e a decência depois de livrar o molusco ladrão. Renuncie e tenha hombridade !!! 🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮

  8. Não tem quem aguente mais: 1- STF dá tantos dias para, seja lá quem for, explicar seja lá o quê. 2- Ministro manda recado para não sei quem; viraram simples moleques de recado e não autoridades constituídas? Mais compostura, senhores!

    1. Ué PAULO você entendeu sim a nossa suprema côrte virou moleque de recados da quadrilha petralha e violenta a lei ... e a meu ver esta guerra suja e criminosa está longe de acabar e pode acabar muito mal pois a nação não aceitará ser escravizada por ditadores assassinos ladrões não há mais a menor dúvida MAS ainda há a saída institucional do Art 142 da CF para pacificar o país e já antes que seja tarde e tenhamos um banho de sangue ... esta gente brinca com fogo.

Mais notícias
Assine agora
TOPO