Roque de Sá/Agência Senado

Justiça diz que senador do Republicanos enriqueceu ilicitamente

26.01.22 19:09

O senador Mecias de Jesus, do Republicanos de Roraima, foi condenado por improbidade administrativa e deverá pagar multa de 1,9 milhão de reais. A Justiça Federal também condenou o parlamentar à perda dos direitos políticos por cinco anos. Mecias é acusado de envolvimento no esquema que ficou conhecido como escândalo dos gafanhotos.

Segundo o Ministério Público Federal, políticos do estado participaram de um esquema de inclusão de servidores fantasmas na folha de pagamento do governo. O ex-governador de Roraima Neudo Campos também foi condenado no mesmo processo.

O escândalo foi revelado em 2003, a partir da Operação Praga do Egito, deflagrada pela Polícia Federal em Roraima e outros três estados. A Justiça entendeu que a participação de Mecias ficou clara, pois o nome do senador, à época deputado estadual de Roraima, aparece expressamente como beneficiário em planilha extraída do computador da empresa que fazia os pagamentos dos valores indevidos. A Justiça também apontou que Mecias foi o único dos acusados que enriqueceu ilicitamente

Em nota, o senador do Republicanos disse que as denúncias “têm motivação política”. “A sentença se baseia em meras suposições e em depoimentos vagos, todos de pessoas que, por diversas razões, gostariam de me imputar falsamente algum ato ilícito”, afirma o senador, que é líder do Republicanos no Senado.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Político/Pastor (pelo nome)/Corrupto: nem precisa de processo para saber. Outra coisa é que não precisa ser esperto para saber que as condenações não vão dar em nada. Talvez o juiz seja punido.

  2. Mecias de Jesus. A praga dos gafanhotos, segundo consta, causou muitos danos no passado. A praga da corrupção é o que causa mais males no Brasil atualmente. E para nossa infelicidade, Mecias de Jesus está com os corruptos. Assim como deus pai, ou seja, GM. Enquanto isso o Espírito Santo fala em línguas com a Micheque. Até tu, santíssima trindade, se curvou para a corrupção? MORO É O ÚNICO CAMINHO 🇧🇷

  3. Calma Mecias, muita calma nessa hora, não fique aflito antes de saber da última palavra para esses casos. Temos o paladino da justiça de plantão, o Sr. João Plenário, mias conhecido como Beiçola, que resolverá de imediato seu problema, vai culpar o Gafanhoto,erros na planilha, ou ainda que foram delações sem qualquer valor jurídico para condenação. Afinal, somente provas ilícitas valem para declarar suspeição de um juiz por mero capricho, ou seja, a notada ciumeira do suposto magistrado do STF

  4. E não perde o mandato? E não tem que devolver o dinheiro? E não vai para a cadeia? Então o poltrão corrupto respondel que é vítima e está tudo bem? Este é o regime de quadrilhas.

    1. Neste Governo não, nem no de Lula mais no dia que entrar um homem de bem de vergonha no Governo ele devolve aos cofres públicos e vai pra cadeia

  5. Qdo o processo chegar no stf um togado sem conhecer o mérito determinará que o forum federal não tinha competencia, simples assim.....e tudo volta a estaca zero.

    1. Quase todos políticos tem processos e quando e não são punidos. o STF cuida de arquivar, engavetar ou anular

    2. um caso de 19 anos atrás! se houver o desaforamento a prescrição beneficia o meliante.

  6. Justiça tardia e de duvidosa realização… é o Brasil da impunidade, que tem que acabar! Esperança dos brasileiros é: Sérgio Moro, presidente do Brasil 🇧🇷

    1. Ainda mais quando temos o STF que temos, Maria, e as leis que temos.

    2. Verdade Maria. No Brasil, a vida é fácil para os bozolulistas. Até quando?

Mais notícias
Assine agora
TOPO