KCNA

Kim Jong-un joga culpa da pandemia em seus funcionários

18.05.22 09:25

O ditador Kim Jong-un (foto) culpou autoridades da Coreia do Norte pela piora da pandemia no país. Durante reunião do Partido dos Trabalhadores da Coreia, ele se queixou da “negligência” e da “falta de ação” de funcionários do Estado diante do avanço da Covid.

Segundo a agência estatal KCNA, Kim também afirmou que há “imaturidade na capacidade de o Estado para lidar com a crise” e prometeu “despertar todo o partido” para combater a propagação do vírus.

A população da Coreia do Norte não foi vacinada contra a Covid por determinação do próprio Kim Jong-un, que não quis receber imunizantes de outros países. A mídia estatal descreve a doença como uma “febre” e afirma que houve 62 mortes. Os números oficiais do país indicam que já foram registrados mais de 1,7 milhão de casos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esse ditador sempre recebeu apoio do PCdoB, o partido da então vice do candidato Haddad em 2018. Aliás o Partido Comunista do Brasil é o aliado mais fiel do PT.

  2. Se ele culpa "o Estado", sgnifica que ele se declara culpado, visto que, lá, ele é o Estado, a Constituição, a Lei, o Costume, a Regra e o executor do que queira, dentro ou fora de todas essas "normas"; é um tiranete que deveria ser excluído de qualquer forma de acesso ao mundo exterior.

Mais notícias
Assine agora
TOPO