Reprodução

Mario Draghi reúne forças políticas para formar novo governo na Itália

08.02.21 20:50

O economista Mario Draghi (foto), de 73 anos, concluiu neste final de semana as negociações com os partidos italianos para formar um novo governo. Só ficou de fora o partido de extrema-direita Fraternidade da Itália. Todos os demais aceitaram o seu convite, incluindo o Movimento 5 Estrelas, a Liga de Matteo Salvini, o Força Itália de Silvio Berlusconi e o Partido Democrático. Draghi ainda conta o apoio de 71% dos italianos para ser o chefe de governo.

Draghi é muito respeitado por deputados de vários partidos da Itália. Sempre foi reconhecido como alguém muito inteligente e em quem se pode confiar“, diz Renata Bueno, que foi deputada no Parlamento italiano.

Como ex-chefe do Banco Central Europeu, Draghi é conhecido por ter salvado a zona do euro na crise de 2012. Apenas o anúncio de que ele tinha sido escolhido pelo presidente Sergio Mattarella para formar um novo governo fez as ações dos bancos italianos subirem. O economista então passou a ser chamado de “o salvador da pátria” pelos jornais italianos.

As negociações políticas ainda não terminaram. Draghi ainda precisa elaborar um programa de governo e nomear as pessoas para os cargos do Executivo.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Nossa democracia italiana é certamente o modelo que inspira o Brasil. Temos corrupçao e incompetencia generalizada, responsabilizaçao zero e fura-filas nas vacinas...Elegemos um governo de direita mas somos governados pela esquerda e nada de voto. Votamos pela reduçao do numero de parlamentares e quase certamente terminaremos com um aumento.

Mais notícias
Assine agora
TOPO