André Carvalho/CNIFoto: André Carvalho/CNI

Ministério da Defesa apresenta notícia-crime contra Ciro Gomes

24.06.22 09:48

O ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, e os comandantes das Forças Armadas apresentaram nessa quinta-feira (23) uma noticia-crime à PGR contra Ciro Gomes (foto) por causa de declarações dadas durante entrevista à CBN na última terça (21).

A pasta pede que o pré-candidato do PDT ao Planalto seja investigado por “incitar, publicamente, animosidade entre as Forças Armadas, ou delas contra os Poderes constitucionais, as instituições civis ou a sociedade”. Na entrevista, Ciro disse que parte das forças armadas é conivente com o crime organizado, especialmente o tráfico de drogas, na Amazônia e que houve um desmonte um desmonte de órgãos de fiscalização desde que Jair Bolsonaro a Presidência da República.

Em nota, a Defesa afirmou que as declarações do pedetista são “levianas” e “afetam gravemente a reputação e a dignidade” das Forças Armadas. “Não é admissível, em um estado democrático, que sejam feitas acusações infundadas de crime, sem a necessária identificação da autoria por parte do acusador e sem a devida apresentação de provas, ainda mais quando dirigidas a Instituições perenes do Estado brasileiro”, diz outro trecho do texto.

Na manhã desta sexta (24), Ciro se pronunciou no Twitter sobre a apresentação da notícia-crime.

“Não me surpreende que a iniciativa desta ação política contra mim – e contra a minha pré-candidatura – parta de um Ministro da Defesa que, possivelmente obedecendo ordens de seu comandante supremo, vem se notabilizando por tentativas de interferência no processo político”, escreveu.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Ao invés de investir contra indivíduos que questionam a eficiência das Forças Armadas no combate às organizações do narcotráfico e na defesa das nossas fronteiras, os ilustríssimos Ministros das três armas deveriam vir a público demonstrar, com a apresentação de fatos, o que realmente tem feito pelo Brasil! O povo brasileiro merece uma satisfação!

  2. Ora senhores sejamos honestos PARA QUE MESMO? Neste país puteiro logo será rei quem mais tem processos dormindo nas gavetas desta justiça lixo ... Ciro deveria ser REI deste pardieiro afinal com este são apenas 68 processos na verdade por crimes contra a honra de um monte de pilantras ... país de merda.

  3. As FA nada fizeram contra as investidas de Bolsonaro para dificultar a rastreabilidade de armas e munições. Membros seus se apossaram de cargos oferecidos por Bolsonaro, cargos que nada têm a ver com as atribuições das FA. Não controlam adequadamente as fronteiras do país, permitindo a livre circulação de armas, drogas e bandidos graúdos.

  4. Esse Cangaciro não toma jeito mesmo. E pretende ser presidente do Brasil. Primeiro precisa se educar, depois se aculturar, depois saber viver socialmente, depois deixar de ser uma pessoa risivel. Se acha a última bolacha do pacote!!!

  5. Acredito que Ciro Gomes está muito próximo do segundo turno. Para o bem de nosso País, amado e desarmado.

  6. O que afeta gravemente a reputação e dignidade das Forças Armadas é a inação delas frente às diversas provas de agressões à Amazônia. Sim, as imagens de satélites do INPE, que o presidente contestou violenta e ignorantemente, são provas. E não há só inação, há também descaso e ignorância - o próprio vice confessou que ignorava que os dados do Inpe fossem públicos. E aquelas reuniões de centenas de balsas de garimpo nos rios da Amazônia? Houve ação porque vieram a público.

  7. Mas que o exército poderia ser mais presente na Amazônia, defendendo o patrimônio nacional, poderia! De repente, é mais confortável ficar nas grandes cidades, com todas as facilidades! (longe de mosquitos, lama, alagamentos, traficantes, garimpeiros ilegais, madeireiros criminosos, ....)

    1. Caro Marcelo, se me permitir assino gostaria de também assinar o seu brilhante comentário. Como cidadão é exatamente isto que as forças armadas deveriam fazer, defender os interesses da Sociedade Brasileira. Com coragem o candidato Ciro (não sou eleitor dele pelo seu histórico luloptista e, com isto, crises de porra-louquice) corajosamente põe em debate um assunto pra’ lá de importante para Nação: para que (e quem) serve as FAs? Froteiras totalmente escancaradas para a bandidagem e litoral

Mais notícias
Assine agora
TOPO