Nelson Jr SCO/STF

“O Judiciário não vai se acovardar”, diz Moraes, sobre milícias digitais

14.05.22 12:21

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, afirmou neste sábado (14) que o Judiciário “não vai se acovardar” diante dos ataques das milícias digitais nas eleições deste ano.

Durante discurso no Congresso Brasileiro de Magistrados, em Salvador, Moraes afirmou que a democracia no Brasil será garantida com uma votação “limpa e transparente”

Vamos garantir a democracia no Brasil com eleições limpas, transparentes e por urnas eletrônicas. Quem ganhar vai ser diplomado nos termos constitucionais, e o Poder Judiciário vai continuar fiscalizando e garantindo a democracia.”

Moraes também afirmou que as milícias digitais atuam para fazer com que a população duvide da imprensa tradicional.

“A internet deu voz aos imbecis. Hoje qualquer um se diz especialista, veste terno, gravata, coloca painel falso de livros [no fundo do vídeo] e fala desde a guerra da Ucrânia até o preço da gasolina, além de atacar o Judiciário.”

Disse também que o Poder Judiciário não vai abaixar a cabeça para movimentos populistas que são contra a democracia.

Cada um de nós, isso não é só o Supremos Tribunal Federal, não são só os tribunais superiores, cada um de nós magistradas e magistrados, cada um de nós tem a sua responsabilidade para garantir que o país continue essa democracia, completou.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A REVOLUÇÃO DOS IM.BE.CIS começou.Tudo por causa da postura do stf e do im.be.cil indicado que deu guarita aos cor.ruptos da hora.SENTARAM ENCIMA DA CONSTITUIÇÃO E CA.GA.RAM NELA e agora querem calar os im.be.cis.

  2. Falar em democracia depois de nos empurrar goela abaixo o LADRÃO de nove dedos é fácil,né Xandão? STF desmoralizado geral...#É MORO OU NULO#

  3. Esses ministros estão desmoralizados. Eles estão provocando os outros poderes e a população com absurdas decisões. Receber apoio desses " senadores" é mais uma evidência que a coisa está do avesso. Nosso PR infelizmente está correto. Tenho orgulho de vê-lo denunciando essa turm. Pena que parte da população não enxerga isso. Passamos muitos anos assistindo o bom relacionamento entre os poderes, só que saqueando a população. BOLSONARO 22

    1. Que denunciando nada, Júlio, Bolsonaro só se preocupa com Daniel Silveira e Lula. Não se preocupa com o fim da lava jato (até colocou um PGR para dinamitá-la), não se preocupa com os corruptos que foram soltos (exceto Lula), não se preocupa em melhorar o STF (falou que iria colocar juízes de carreira, nenhum dos dois é), etc. .

  4. Se o STF é controlado por uma quadrilha descondenada por que imbecis não podem influir na internet? Bafo, intimidação e só ... até quando o povo será agrontado pela corte solta ladrão? Mas é isto nenhum ditador respeita o cidadão que não reage ...Art 142 da CF Já para a pacificação e dignidade da nação.

  5. Acredito que a insegurança jurídica, fortemente disseminada por reiteradas decisões erradas, monocráticas e/ou coletivas, provenientes do STF, representa forte ameaça às instituições e à própria democracia do País. A Lei deve ser aplicadas a todos de forma isonômica. A crença no STF está cada vez mais corroída, junto à sociedade. Falar em democracia, na atual conjuntura, é varrer a sujeira para debaixo do tapete, porque sem credibilidade as instituições não se sustentam. O Senado ainda existe?

Mais notícias
Assine agora
TOPO