Para vice-presidente do PSB, discussão de federação com PT só cria tensão

22.01.22 10:02

Vice-presidente nacional do PSB e pré-candidato ao governo do Rio Grande do Sul, o ex-deputado federal Beto Albuquerque é contra a formação de uma federação do partido com o PT e diz que essa negociação está criando tensão entre as duas legendas

Albuquerque é até favorável à montagem de uma coligação para apoiar Lula, mas sem o compromisso de “estar amarrado” com o PT por quatro anos, que é o que exige a regra das federações partidárias, instituídas na reforma eleitoral de 2021.

Essa discussão da federação está mais atrapalhando nossa relação na construção do apoio a Lula do que ajudando. Só criou tensão. Não posso fechar um negócio até 1º de março que vai valer para outubro de 2024 e envolve eleições em cinco mil municípios”, diz Albuquerque. 

O Rio Grande do Sul é um dos estados em que a discussão sobre a aliança entre os dois partidos ainda está em aberto, a exemplo de São PauloNo estado, o PSB quer lançar Albuquerque e o PT trabalha pelo nome do deputado estadual Edegar Pretto.

Em reunião na quinta-feira, 20, em Brasília, dirigentes das duas siglas acertaram que o PSB lançará candidatos em Pernambuco, Rio de Janeiro e Espírito Santo, enquanto o PT ficaria com a cabeça de chapa na Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte. Na mesma conversa, PT e PSB decidiram ir ao Tribunal Superior Eleitoral para tentar ampliar o prazo para selar a composição da federação. A intenção é ganhar tempo para resolver os impasses que ainda existem entre as duas legendas.

Se a esquerda não tem sabedoria de construir unidade, o preço é dividir voto. O grande problema que está ocorrendo no nosso diálogo é que todo mundo está olhando para o ponto de partida, e não para o ponto de chegada”, acrescenta Albuquerque.

Em 2014, Beto Albuquerque foi vice na chapa presidencial de Marina Silva, da Rede, que terminou em terceiro lugar.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. 1- A esquerda que se une ao ex-presidiário Lula, é a vertente caquética, cujo ideário são os regimes de Cuba e da Venezuela, onde o Estado controla tudo, com a elite política controlando a massa famélica e ignara na bordoada, através dos cupinchas graduados do sistema. Tanto Bolsonaro, quanto Lula, são anticiência. Bolsonaro venera a vaquinha sagrada cloroquina. Lula promoveu as EMPRESAS CAMPEÃS, contrariando a biologia, que preconiza que uma floresta é mais resistente que uma monocultura.

    1. 2- Isso resultou num desastre. A Oi foi escolhida pelo governo. Deu 132 milhões para o Lulinha 01. Mas não foi a escolhida pelo consumidor. MORO PRESIDENTE 🇧🇷

  2. Todo e qualquer acordo com o PT há riscos gritantes. O Lula vai querer mandar na federação, seja qualquer uma, até do futebol. Só há um jeito do Lula ganhar a eleição; some, vai pra Sibéria e desliga o celular, leva só a namorada para a canja da noite. Se foi para o outdoor, ferrou!

  3. Tudo farinha do mesmo saco, gente do atraso que tem como sonho um socialismo estilo cubano e venezuelano pro Brasil onde a corrupção é a peça chave do regime, os que estão no poder e seus apoiadores tudo, ao resto as migalhas e porrada se for do contra. Fora cambada de esquerdopatas sanguessugas de cofres públicos e que só querem uma coisa O PODER.....

Mais notícias
Assine agora
TOPO