Foto: Reprodução, FacebookJair Bolsonaro: em busca de um bode expiatório para o aumento dos combustíveis

Petrobras, essa quimera

Jair Bolsonaro mente ao dizer que grandes petroleiras abrem mão de seus lucros, enquanto a Petrobras os multiplica. A mentira tem método
17.05.22 18:55

Jair Bolsonaro tem lembrado muito Dilma Rousseff. A petista odiava o lucro. Queria fazer concessões de serviços públicos com taxas de retorno ridículas e se indignava quando não apareciam empresas interessadas. Bolsonaro, nos últimos tempos, resolveu atacar os lucros da Petrobras, chamando-os, aos urros, de “estupro”. Segundo ele, enquanto grandes petroleiras mundo afora reduzem voluntariamente suas margens, a Petrobras mantém taxas de lucro elevadas. Trata-se de uma mentira. 

Todas as grandes petroleiras do mundo viram seu lucro explodir devido à guerra na Ucrânia. No final da semana passada, o jornal inglês The Guardian compilou os resultados financeiros de 28 grandes empresas do setor. Só no primeiro trimestre do ano, elas tiveram um lucro combinado de 93,3 bilhões de dólares, mais da metade de todo o ano de 2021: 183,9 bilhões de dólares. A Petrobras, que não consta da reportagem, teve lucro de 8,6 bilhões de dólares. Isso a põe na vizinhança de gigantes como Shell, com 9,1 bilhões, e Exxon, com 8,8 bilhões. Ela faz parte da regra, não da exceção. 

Bolsonaro quer tirar de suas costas o ônus pelos aumentos do diesel, da gasolina e do gás de cozinha, que atormentam os brasileiros a pouco mais de quatro meses das eleições. Se ele encontrasse alguém disposto a carregar um cartaz com os dizeres “PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS – A CULPA É MINHA“, sua inquietação desapareceria, mesmo que as pessoas continuassem pagando caro na bomba de combustíveis. Como nem governadores, nem gestores e acionistas da Petrobras aceitam esse papel, ele tenta marcá-los à força como culpados. Mentir faz parte da estratégia. 

Os ganhos extraordinários das petroleiras ensejam discussões legítimas, e até inesperadas. A Noruega, por exemplo, é um dos mais importantes fornecedores de petróleo para o restante da Europa, e discute se é justo colher benefícios financeiros que decorrem da tragédia ucraniana e do aumento do custo de vida em outros países. A maior parte da receita do petróleo, transformada em impostos, abastece um fundo soberano que protege a Noruega de choques econômicos e garante previdência social para toda a população. Um dos mais importantes jornais noruegueses, o Dagbladet, publicou recentemente um editorial sobre o tema. “A Noruega não pode escapar desse fato incômodo: estamos lucrando com a guerra”, diz o texto.  Discute-se a destinação do dinheiro extra. O Partido Verde norueguês, por exemplo, sugere que ele seja reservado para a reconstrução da Ucrânia.

Assim como os noruegueses debatem sua responsabilidade para com os demais europeus, faz todo sentido buscar soluções para o custo que o aumento dos combustíveis impõe aos brasileiros. O ponto a destacar é que Bolsonaro não se posiciona firmemente em discussões sérias. Ele jamais disse um pio em público sobre a ideia de depositar os royalties pagos pela Petrobras em um fundo, destinado a evitar que os aumentos dos combustíveis fossem repassados na íntegra aos consumidores. Como bom populista, ele prefere criar quimeras para combater.

Ao nomear o economista Adolfo Sachsida para o Ministério das Minas e Energia, na semana passada, Bolsonaro não hesitou em dizer que o propósito é “mexer” na Petrobras. A demonização da estatal aparece, assim, como o prenúncio de uma intervenção. É a praxe de quem trabalha a maior parte do tempo no modo “atacar e demolir” – e pouco sabe sobre construir soluções racionais.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Economista mostram como diminuir preço de combustível aos consumidores, mas Bolsonaro quer atrito e não soluções. Pior governante de todos os tempo, tomara que termine na cadeia.

  2. Um fato pouco comentado é que uma parcela dos custos da Petrobrás são incorridos em reais, mas ao calcular seus preços a empresa considera que eles são 100% incorridos em dólares. Além disso, como são calculados ad valorem, os impostos abusivos incidentes sobre o preço na bomba estão servindo para alimentar a gastança dos estados, que também poderiam e deveriam dar sua colaboração para conter a inflação.

  3. Bolsonaro sempre esconde o fato do governo ser o maior acionista da Petrobras - e, portanto, quem mais está lucrando com o lucro recorde da empresa. Para onde está indo este dinheiro? Por que não utilizá-lo como um "colchão" para reduzir os aumentos sucessivos nos preços dos combustíveis na bomba? Não, o governo prefere ficar insultando a Petrobras e condenando o lucro, quase como se este governo se tratasse de um governo de esquerda. Ridículo!!

  4. Esse individuo tem cara de maluco e é louco mesmo, veja o comportamento no dia a dia, deveria está em um manicômio não na presidencia

  5. Falar o que do Boso. Deveria com a reserva ajudar a população que não tem moradia, não tem o que comer enfim pensar mais na população brasileira. Não pensa e é mais facil embolsar como tofos fizeram e faz

  6. Analise perfeita a respeito da forma de pensar e agir de nosso presidente. E' uma ofensa gigante dizer que uma das maiores empresas de energia do mundo e' um problema, que estupra uma sociedade. O Presidente deveria dizer que a Petrobras, durante seu 3 anos de govento, ja' depositou nos cofers da Uniao algo como 447 bilhoes de Reais, o que da' uma media de 12.4 bi por mes, dinheiro mais do que suficiente pra fazer inumeros programas de Estado a fim de proteger a populacao mais carente.

  7. Num país capitalista- como o Brasil- o atual homem das cavernas, mentiroso, que preside o seu povo quer que o lucro de empresas públicas financie a compra de votos direto da bomba de gasolina, óleo e gás. O bom do capitalismo é ser capitalista principalmente financiado pelo dinheiro público, como esse cara que, infelizmente, preside o Brasil e se prepara- com muito desespero- devolver este presente dado pela "democracia brasileira" para outro capitalista: o luloptista.

  8. Compra a participação dos outros sócios, estatiza e põe o preço que quiser nos combustíveis! Simples assim! (coitados dos brasileiros que terão de bancar a conta da esbórnia!)

  9. Excelente artigo, Graieb. Boldonaro se parece muito com Dilma. Fala muita besteira, tem uma visão populista da economia e destila ódio. Só que, ao contrario dela, chamou o Centrão pro governo e se livrou do impeachment.

  10. Essa estratégia do Bolsonaro é puro diversionismo pra agradar seu gado. Os ataques à Petrobras não resolvem o problema dos preços, até porque ela não é a única importadora de petróleo e derivados. É uma vergonha esse desgoverno

  11. O lucro das petroleiras reduziu sim e a informação é manipulada para idiotas ... Bolsonaro como alternativa privatiza o refino e mantem totalmente estatal a extração proíbe importação de petróleo e vende unicamente no mercado nacional a preços compatíveis em reais nacional mantendo a lucratividade justa e honesta da empresa ... e por lei e por tempo determinado unifica a política de combustíveis ... o que não pode é a nação ficar refém da Petrobrás usada na guerra suja contra o Estado.

  12. Perfeita a análise sobre os ataques do cara queimada sobre a Petrobras feita pelo Graieb. O método populista eleitoreiro abusa da omissão e da mentira é só.

  13. Artigo de conteúdo perfeito, irretocável, CARLOS GRAIEB. O "eleitoreiro" de sempre, só tem na caixa craniana acéfala uma única coisa: medo da CADEIA e, cerca absolutamente tudo, na tentativa de impedir que todos os marginais da familícia percam as eleições e a imunidade parlamentar que os protege - por um tempo - da CADEIA. Somada à estupidez e à perversidade inerentes, eis a razão suprema da completa irracionalidade.

    1. A falsidade e a conduta mentirosa fo bolsodralha, são exatamente as mesmas do luladralha, o seu igualmente asqueroso clone!!!

  14. A mentira é método dele (e não só dele, claro) desde o início do seu governo. é asqueroso mas tão evidente que, nesse momento, só se engana quem quer.

  15. Vixe! , a Petrobrás lucrou 30% ou 150 bilhões (em 12 meses terminados em março passado) sobre vendas totais de 508 bilhões de reais no período. A Exxon Mobil, nos mesmos 12 meses, vendeu 316,9 bilhões de dólares; no trimestre de outubro a dezembro 2021, lucrou U$ 8,8 sobre vendas de U$ 84 bilhões. (10% de lucro sobre faturamento; portanto, lucra somente um terço do que a Petrobrás tem lucrado.)

    1. Certíssimo, caro Amaury! Ele tem que estatizar totalmente a Petrobrás(fechar o capital com 100% das ações sob propriedade exclusiva da União), e, me permita sugerir, recomprar a BR Distribuidora, porque ela servia também para balizar os preços.

    2. Perfeito Ferreira lucro em demasia mata o consumidor algo totalmente absurdo e estúpido ... não dá para ser 8 ou 80 de empresa assaltada a bando assaltante ... o governo já deveria estar intervindo na empresa e se for o caso estatizá-la totalmente passada a crisse em dois anos privatizá-la ... o país não pode ser refém de maus empresários e pior sendo estas estatais ... o homem está sob a espada de Dâmocles ou usa o poder ou entrega a cadeira à quadrilha já que não haverá mesmo terceira via.

    3. Portanto, Senhor Graieb, sua contabilidade adentrou o mundo da quimera: migrou nacos do leão para a cabra, e expeliu o resultado pela cauda da serpente.

    4. ou seja: proporcionalmente a Petrobrás tem lucrado o triplo do lucro da Exxon.

  16. Paulo Guedes a mando de bolsonaro quando assumiu o governo deu o recado, o brasileiro estava no paraíso, estava pagando pouco pelo que consumia, dizer que ninguém sabia do plano é se esquivar da verdade.

Mais notícias
Assine agora
TOPO