PGR pede ao STF inquérito sobre ataques de Jorge Kajuru a Gilmar Mendes

14.01.22 14:47

A Procuradoria-Geral da República pediu que o Supremo Tribunal Federal a autorize a investigar o senador Jorge Kajuru (foto), do Podemos de Goiás, por ataques a Gilmar Mendes. A suspeita é de que o parlamentar tenha praticado crime contra a honra ao acusar o ministro de “vender sentenças“.

Gilmar protocolou uma representação contra Kajuru depois de uma entrevista do senador à Jovem Pan, em 10 de agosto de 2020. À rádio, o parlamentar afirmou que o ministro recebeu dinheiro para para “não botar na cadeia gente safada, canalha, da qualidade Aécio Neves, do ex-governador do Mato Grosso Silval [Barbosa]“.

Em petição protocolada no STF na última quinta-feira, 13, a PGR afirma que precisa destrinchar o caso para entender se as declarações de Kajuru estão ou não ligadas ao exercício do mandato e, portanto, protegidas pela imunidade parlamentar.

Para o exato desenlace desses pontos é, ao ver do Ministério Público Federal, coerente e prudente a investigação no foro do Supremo Tribunal Federal, em lugar de um juízo inicial de declínio à primeira instância ou arquivamento de plano e prematuro da notícia de fato, até porque vigora nessa fase pré-processual o princípio dubio pro societati, havendo interesse na apuração adequada dos eventos, a fim de elucidar pormenorizadamente as circunstâncias das afirmações do senador da República“, completou a PGR.

Na peça, o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques, propõe a tomada de depoimentos de Gilmar Mendes e Jorge Kajuru, além da perícia e preservação da entrevista. Ainda não houve o sorteio do ministro que atuará na relatoria do processo.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. 1- Esta PGR, paga por nós contribuintes, trabalha pelo jeito p/ o Gilmar Mendes. Vamos pontuar às coisas. GM É UM POLÍTICO. As atitudes dele é de político. Isso fica claro em diversos momentos, como por ex no Fórum de Lisboa, e agora como cabo eleitoral do Lula, quando ataca adversário do ex-presidiário. Kajuru está coberto de razão, e suas declarações de senador não são um caso p/ a justiça. Tem que ser resolvido na política.

    1. 2- Se o GM se sentiu ofendido, que ele faça o que todo político faz, chama o Kajuru p/ um debate. Moro Presidente 🇧🇷

  2. Tem que investigar é o Gilmar Mendes. Padrinho de casamento do Barata. Não se manifestou como impedido e julgou um HC que o livrou da prisão. Sem contar outras decisões claramente fisiológicas que estão a fomentar a impunidade e a corrupção.

    1. .. muito bem Ederval palmas você descobriu a pólvora ... só uma coisinha posso? quem pode investigar a até impedir um ministro do STF? o Senado e mais ninguém .. o que fez o frouxo e covarde Pacheco quando pediram o do Xandão néo Imperador do Patropi? se omitiu e se submeteu .. por que? por mais de 150 processos contra parlamentares no STF lá dormindo "ad eternum" só contra o CaGAlheirios são 17 .. resta o Art 142 da CF mas dizem que as FA não querem e o "hômi" obedece . é lixo fedendo mermão.

    1. Silvia ... infelizmente não rem sido assim sem nenhuma dubiedade e sob claros estupros à lei quem ousou atacar os imperadores estão presos ilegalmente ... e Kajuru viu que quando o executivo tentou frear o STF no Senado o forum que tem este poder a covardia omissão e submissão de seu presidente deixou o país nas mãos dos ditadores ... in dubio quem se lasca somos nós.

  3. O Kajuru será o próximo mocinho que será transformado em bandido. Todos os que procuram a justiça neste país, são perseguidos por uma corja MORO22 PRESIDENTE!

  4. onde já se viu colocar em dúvida a honra do ínclito, probo, magnífico, onisciente, onipresente, catedrático, lutador contra os corruptos, imutável em defender seus valores, duela a quiem duela.

  5. A PGR é ágil para defender os seus cupinchas. Acredito no Kajuru. Mas não acredito nessa justiça de Brasília. O que vai por baixo daquela toga... Até Deus dúvida!

  6. assim deveria ter feito o ministro Morais quando acusado pelo tolo deputado Silveira que só poderia ser processado com autorização expressa da Câmara com o processo levado à devida instância no caso a primeira ... mas somos um pais dividido com insanos aplaudindo e se rendendo a ditadores e isto pode ser só o começo de uma longa agonia de uma nação sem rumo.

    1. Kajuru, você é fantástico! Muitos brasileiros gostariam de ver diversos Kajurus no nosso congresso. Vc é uma peça muito importante para a eleição do MORO. MORO2022🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    2. AMAURY, no Brasil o STF pode tudo. Moraes pode até investigar suspeito de praticar crime contra ele mesmo. Vide caso do Roberto Jefferson. Pra mim, não que RJ SEJA INOCENTE, mas a ilegalidade da suspeição está escancarada.

    3. no caso a abertura de processo deveria ser por autorização do Senado e não do STF que no caso é parte no processo.

Mais notícias
Assine agora
TOPO