Alan Santos/PR

Planalto trabalha em ‘política de desenvolvimento’ para nove mandatos

18.10.20 16:05

A Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, SAE, comandada pelo almirante Flávio Rocha — amigo pessoal de Jair Bolsonaro — trabalha na criação de uma nova “Política Nacional de Desenvolvimento” para o país. O instrumento, segundo o Planalto, deve ser adotado como referência para o planejamento de ações consideradas “estratégicas” em um horizonte de 36 anos, o equivalente a nove mandatos presidenciais — é isso mesmo o que você leu. 

Fontes da ala militar dizem que o coração da proposta partiu de um diagnóstico do Planalto de que o país carece de “visão de longo prazo” para as políticas governamentais e que, muitas vezes, as diferentes áreas do governo remam em direções opostas. “Não é uma questão desse ou do próximo mandato. É um legado para as próximas gerações”, assegura um dos defensores do projeto. Segundo o Planalto, a iniciativa facilitará o ingresso do Brasil à OCDE.  

A SAE pediu a todos os ministérios do governo a tarefa de “planejar, considerando uma moldura temporal de 36 anos, como o país deveria estar em se tratando dos assuntos estratégicos nacionais de competência da sua pasta”.

A expectativa otimista de auxiliares de Bolsonaro é de que a proposta em forma de projeto de lei, a ser encaminhado para aprovação pelo Congresso, esteja pronta em dezembro, embora algumas pastas tenham atrasado a entrega, como foi o caso do Ministério da Economia, que pediu a extensão de alguns prazos.

Após a publicação da reportagem, a Secretaria de Assuntos Estratégicos informou, em nota, que “o propósito desse projeto é sanar a lacuna de um marco referencial e orientador para o planejamento estratégico do País, estabelecendo a visão, os objetivos e as diretrizes estratégicas de longo prazo do Estado brasileiro”. “Trata-se de um projeto de Estado, e não de Governo, daí a intenção de submetê-lo, no momento oportuno, ao Congresso Nacional, a fim de propiciar amplo debate público a respeito de seu conteúdo”, diz o texto. 

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Considero correta a iniciativa de realizar um planejamento estratégico para o país. Lembro que a última tentativa de se fazer algo assim foi do Gushikem, no primeiro governo Lula. Como eram todos corruptos e incapazes não deu certo. Tomara que esta tentativa seja bem sucedida, ainda que seja quase impossível que seja usada pelos sucessores do presidente. Digo isso, porque no Brasil raramente uma iniciativa anterior é aproveitada pelo mandatário de ocasião.

  2. André Spigariol, estão te exigindo produção, fio?! Que matéria idiota. E eu tenho um bocado de críticas a este governo, mas virar um robô reclamento não ajuda em nada.

  3. Com tantas evoluções tecnológicas chegando a cada dia, engessar nosso futuro por 36 anos é o máximo da pretensão desses senhores, que não sabem sequer como fazer a travessia de 2021 da maneira menos dolorosa para o povo brasileiro

  4. Ninguém deveria questionar os aspectos positivos em se ter um planejamento a médio e longo prazo pra política pública de ESTADO. O problema que se coloca é: haverá espaço pra todos os segmentos participarem? Serão ouvidos ONGs, pesquisadores, cientistas etc?!?Ou será um plano apenas pra permanecer no poder?! Simples assim.Exige se grandeza de espírito público, que infelizmente não temos visto há décadas no Brasil!!!

  5. Crusoé está começando a viajar. Desde quando planejar é uma coisa reprovável? Desde quando planejar para o longo prazo é ruim? Pergunta à Crusoé ambientalista: metas de descarbonização de longo prazo são ruins? Parem de fazer oposição por pura birra. Vocês precisam fazer jornalismo.

  6. Os caras não conseguem nem enchergar o fim do mes como vão fazer um plano para 36 anos. Está mais para circo, é só ver a foto tem até papagaio. Só Bozonarista para acreditar nessa baboseira.

    1. Oh Wilson, faz plano não presta, não faz plano é incompetente. Quando se é contra de olhos fechados nada presta ou funciona.

  7. Isso é tarefa para equipes de planejamento de escol, com PHD's, com formação e cultura muito superior do que se vê na mediocridade, incompetência, despreparo da grande maioria dos membros que compõem os ministérios atuais!

  8. Quanta ignorância a destes militares estrategistas. O mundo muda constantemente e nenhum plano viável deve passar se 2-4 anos. O mais importante de tudo é ter um sistema eficiente e honesto de gestão pública baseada em ciência com foco na cidadania plena.. Este tipo de coisa o a Bozismo nunca conseguirá entregar. Qual a razão? Bozismo é anti-ciência, anti-eficiência e anti-cidadania.

  9. Esses militares e a abin não conseguiram nem evitar "o constrangimento" da indicação do petista Kassio Nunes para a vaga de sinistro (sic) do STF --- Kassio foi nomeado 2 vezes por Lula para TRE-PI e como Desembargador do TRF-1 por Dilma, além de liberar a licitação da LAGOSTA, dentre outras... então, sinceramente, depois de 2 anos no governo, agora, já caminhando para seu final, NÃO TEM CABIMENTO NENHUM ESSA PROPOSTA, mais um engodo da famíglia!!!

  10. Que enviem o projeto para o congresso, planejamento se faz com líderes e técnicos competentes, tenho minhas dúvidas de este governo tenha capacidade de apresentar algo bom .

  11. Impossível acreditar que após 2 anos de palanque só escondendo as rachadinhas, a lavagem de$$$, os Micheques, acabando com a Lava Jato orgulhosamente, cercado de militares da mesma laia e abençoando sua psicopatia... Dá para acreditar pelos asseclas que tem que sairá alguma proposta decente para o País??? Nem se batizar novamente no Rio Jordão 🤣🤣🤣

  12. Planejar estratégias para longo prazo precisa de políticas públicas convincentes. Como bem mostrou a matéria no fim, o Ministério da Economia atrasou na proposta, porque eles não sabem de onde tirar dinheiro para tirar o Brasil do buraco. Senhores, trabalhem com o presente. O cidadão agradece.

  13. Não adianta planos deixados em lei como o Estatuto da Terra _ Lei nº 4.504/64 _ que praticamente nunca saiu do papel. Juscelino Kubitscheck não só fez Brasília como tinha em mente implantar para o Brasil um Plano de Desenvolvimento de 50 ANOS EM 5. Será que temos hoje no Governo cabeças dispostas a pensar nisso nesse PLANO DOS 9 MANDATOS? Precisamos aliar patriotismo, capacidade intelectual e disposição politica para tirar o Brasil do caos. E o primeiro caminho seria a MORALIDADE ADMINISTRATIVA.

  14. Devemos ler nas entrelinhas " projeto da família Bolsonaro para se perpetuar no poder". Não sei não. Não confio neste pessoal.

  15. Fico só imaginando a ""projeção"" para 36 anos que virá por exemplo da pasta do ""Ministério do Meio Ambiente""..... com certeza o ""sales de baixo"" entregará um expressivo ""planejamento tridimensionalizado"": ""um saco de carvão"", demonstrando ""o que acha que deverão se tornar os nossos biomas ""para o bem do BRASIL"""".

    1. O que nos salva e consola é que até lá, a maioria deles já "bateu-as-botas" e o conjunto da ""proposta, com toda certeza, de conteúdos indecentes"", já terá igualmente virado pó, nas mãos das próximas gerações, começando pela faxina que faremos nas urnas para iniciar o processo!!!!

    2. Imagina se, os majoritariamente corruptos, incompetentes, nepotistas e ignorantes têm competência para uma tal empreitada que exige cérebro e probidade!!!! Dá arrepios pensar nas ""propostas predatórias"" que aparecerão!!!! E que, claro, serão aprovadas pelos ""zés-poupanças"" do ""congresso""!!!!

  16. Sem planejamento onde esse país vai chegar? A esquerda já vai começar a dizer que o Bolsonaro é um ditador e que vai querer ficar 40 anos no poder. Isso sim é visão, planejar nosso futuro independentemente de quem vai governar.

    1. Amigos parem de dar ibope a esta mídia canhota que enganou muitos e terminará como a globo lixo!!!

    2. Sim, é isso mesmo. Mas os esquerdopatas, como este jornalistazinho que fez essa reportagem (o nojento comentário "é isso mesmo que você leu" denuncia a militância dele), não têm visão de futuro.

  17. Dinastia bozó? So q não..rs... brincadeiras a parte, é estarecedor ver que uma coisa basica dessas nunca foi posta em pratica no Brasil. Aqui se governa visando o segundo mandato e quando ele termina, não sobra nada no cofre. É assim com governo federal, estadual e municipal. Reforma politica já, fim de reeleição e regras rígidas para representantes políticos nao poderem ter parentes trabalhando por indicação e em cargos comissionados em todas as esferas de governo.

    1. Que tal pensar em 36 anos desenvolvendo a educação neste país.Fundamental e Médio onde estão?

Mais notícias
Assine agora
TOPO