Divulgação/Itaipuxxx

Procurador pede que MPF investigue farra de Itaipu

16.08.19 19:40

O procurador da República Alexandre Schneider, do Rio Grande do Sul, pediu a instauração de um inquérito civil a partir da reportagem “Usina de mordomias”, publicada na edição da semana passada de Crusoé, sobre como a companhia Itaipu Binacional se tornou uma fonte de recursos para bancar viagens e outras comodidades a autoridades do Judiciário.

Crusoé, Schneider afirmou que enviou para o Ministério Público Federal de Foz de Iguaçu uma representação “como cidadão” pedindo a investigação dos fatos citados na reportagem. O procurador avaliou ser necessário que os antigos e atuais diretores de Itaipu respondam sobre os gastos com passagens e hotéis. Na representação, ele pede a “apuração da responsabilidade civil e criminal” pelos pagamentos.

“Sem embargo do eventual patrocínio público de palestras pelas autoridades judiciárias referidas na reportagem, ocorre que a empresa pública despendeu valores para cobrir estadia e passagens aéreas não contempladas nos referidos eventos internacionais, demonstrando que houve manifesto desvio de recursos públicos para fins não republicanos”, afirmou o procurador na representação.

Entre os magistrados que tiveram despesas bancadas pela usina, estão os ministros do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli (na foto, de capacete amarelo, em visita a Itaipu), que preside a corte, Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Também está na lista de beneficiados por convênios de Itaipu com entidades que diziam buscar difundir o conhecimento jurídico o presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Matéria super importante e atual , percebemos de onde vem a ira da cúpula do judiciário contra o atual presidente. A Crusoe tem que explorar mais essa matéria , ou se acorvadou?

  2. O que aconteceu com a Crusoé? Esqueceu da matéria sobre as mordomias na Itaipu? Não tocou mais no assunto e deixa clara a sua mudança editorial, pois deixou de ser a "ilha" no jornalismo.

  3. Nao vou comentar essa materia, mas digo que se soubessem iriam vomitar. Itaipu srmpre foi explorada pelas construtoras e os militares coitados eram enganados. Crusoé volte no tempo e levante minuciosamente a obra desde o inicio

  4. Quem deve apurar e punir estes larápios do dinheiro público. Qdo o STF está envolvido parece q o Senado - onde existem seus lobos - se acovardam nas apurações.

  5. Os bandidos de sempre. Cadê o exército? Até quando esse país será essa merda. Só um IRA, ETA, GESTAPO, pra por fim à esses crápulas.

    1. Gestapo? Gestapo era a polícia de Hitler, longe de ser um grupo revolucionário.

  6. Alguém tem dúvida que os ditadores do STF vão aniquilar esta investigacao com uma canetada (de ouro, naturalmente, como as excelências merecem)? E o nosso bravo Presidente vai continuar ignorando as ações vergonhosas destas excelências? É neste tipo de problema que o senhor precisa intervir com a determinação contra a corrupção que nos prometeu em sua campanha!!!!!

    1. Que político cumpre suas promessas de campanha? Escreve aqui!

  7. Tem muito pra se investigar na Itaipú Binacional,as benécies começaram nas gestões petista.Gleisi Hoffman,era funcionária + ou - fantasma e comandou uma "boa trupe" especialista em subornos.Hoje, temos o General Joaquim Sil va e Luna, no comando da hidrelétrica e a faxina começou a todo vapor,nada mais justo que voltar pros Generais o comando,foram eles que a construíram.

  8. Seria altamente interessante aprofundar sobre dispêndios talvez extravagantes efetuados pela hidrelétrica. É possível que sejam encontrados pagamentos a Genésio Darci Boff (nome verdadeiro de Leonardo Boff), ou a empresa dele Animus Anima Produções Ltda., ou a entidade por ele dirigida Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis.

  9. Nós, pobres contribuintes, precisamos continuar defendendo que ninguém está acima da Justiça. Posar de idiotas a quem cabe “apenas” pagar a fatura dos inacreditáveis gastos representantes do Supremo já deu.

  10. Que que é isso? Ministros se portando como mero mortais para receber benesses e mordomias de estatais? Isso é compatível com a função de ministros do STF e do STJ, que se julgam deuses do Olimpo, acima da lei e da ordem? Nessa hora, são todos míseros mortais a aceitar presentes...

  11. Nada mais justo que se abra um procedimento para que saibamos como isso ocorre. Da mesma forma, espero que venha à tona os vc critérios para nomear diretores como é o caso do ex ministro de Temer, o Marun.

  12. Será que o todo poderoso Gilmar Mendes e suas marionetes irão permitir.O resultado já sabemos : NADA, como sempre foi e sempre será !

    1. clica na seta de encaminhamento acima... na barra de controle da notícia...

  13. Fico curioso em saber qual a utilidade deste pessoal aí da foto nesta usina hidroelétrica. São engenheiros eletricistas? Vieram fazer uma vistoria nos geradores ou quem sabe mais além, nas turbinas? Ou foram dar alguma manutenção na planta de energia, nas subestações, etc...Alguém do governo pode nos informar?

  14. Tem que apurar responsabilidades pelo mal uso do dinheiro público, para acabar de vez com esse péssimo jeitinho brasileiro de querer mordomias com dinheiro do cidadão pagador de impostos. Quanto mais alto o cargo ocupado, maior deve ser o exemplo dado.

  15. Parabéns Procurador Alexandre, você está fazendo sua parte para mostrar a vergonha que são esses canalhas que aproveitam dos recursos públicos.

  16. Vcs acham mesmo que vai dar em alguma coisa essa questão que envolve os soberanos do STF? Esperemos sentados pois em pé vai cansar.

    1. Claro que não vai dar em nada. A qualquer momento, surgirá um ministro do STF determinando o impedimento da apuração e ordenando a destruição das provas já descobertas. E olhe, se não houver ainda, uma punição para a revista Crusoé que publicou a reportagem da Farra das Passagens". Que país, esse nosso! onde a "Lei de Gerson" funciona sem cinismo, sem escrúpulo e com a maior naturalidade.

  17. O q me impressiona é q pagamos tantos e quantos agentes públicos para nos defender, e a coisa sempre vai correndo solta por anos. Como exemplo o filhão q passou pro concurso e foi prestar o serviço como preposto do MP no Vale pobre do Jequitinhonha. Casa boa, carro do ano, esgoto a céu aberto maltratando o seu pneu, gasolina a 5,50, droga rolando solta e jogo do bicho. Seu salário dobrando. +8mil do prefeito, + 10mil do delegado. Mas se lembrar do juramento na formatura, foge sem delatar.

  18. Tem que investigar sério. Esta empresa, criada pelos militares, sempre foi uma eterna fonte de recursos para os políticos no poder.

  19. parabéns Alexandre por sua atitude e coragem porque os semideuses que se julgam acima da lei vão tentar te ferrar, pq pra eles é inadmissível alguém se manifestar contra eles, e questionar as mamatas bancadas com dinheiro público que eles defendem e usufruem. Precisamos de muito mais gente como você, Moro, Deltan, Bretas, pq hj com bandido se auto defendendo com aprovações de leis nada republicanas, o povo vai ter que fazer coro com vocês pra acabar com esta palhaçada.

    1. É o povo tem que sair do CASULO se quiser ter um país melhor para nossos NETOS. Cruz CREDO.

Mais notícias
Assine agora
TOPO