Wallace Martins/Futura Press/Folhapress

Rodrigo Maia vai coordenar programa de governo de Doria

21.01.22 12:22

Ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (foto) assumirá a função de coordenador do programa de governo do presidenciável João Doria, do PSDB. Com bom trânsito entre políticos de diferentes espectros políticos, o deputado licenciado alinhará as propostas que serão apresentadas pelo tucano na campanha para as eleições de outubro.

Maia trabalha desde agosto de 2020 como secretário de Projetos e Ações Estratégicas do governo de São Paulo. À época da posse, o deputado propôs que os partidos que se autodeclaram independentes do governo Jair Bolsonaro deixassem “as vaidades” de lado e se unissem para a consolidação de uma frente ampla. Não teremos cinco caminhos, resumiu, na ocasião.

O ex-presidente da Câmara recebeu o convite para atuar na campanha de Doria na última terça-feira, 18. Hoje, Maia agradeceu ao tucano. “É preciso compreender a realidade de cada área e construir soluções baseadas em dados concretos, em programas que possam de fato ser viabilizados, e não em projetos populistas“, argumentou.

De acordo com comunicado expedido pela equipe de Doria, Maia definiu três eixos principais para o programa de governo: o refortalecimento da democracia; o compromisso do país com o meio ambiente e a adoção de um novo regime fiscal. “Temas como desigualdade de gênero, racismo e combate a fome terão papel central na agenda liderada por Maia“, completa o texto.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. 1- Doria já foi mais esperto. Colocar um detrator da Lava Jato e lambe saco do ex-presidiário Lula, como coordenador, é uma péssima decisão. Então somente o Bolsonaro é autoritário? O PT q comprou o Congresso é o quê, democrático? Maia quer a volta do Lula, então ñ tem qualquer apreço pela democracia. Compromisso do país com o Meio Ambiente, é uma pauta comum entre os adversários do Bolsonaro. Novo regime fiscal, o PSDB não avançou, o PT também não, Temer ídem e Bolsonaro não fez nada.

    1. 2- Podemos, Cidadania e Novo, são os únicos que tem bem clara a sua posição: NEM LULA, NEM BOLSONARO. Maia é menos Bolsonaro. Doria deu um tiro no pé. MORO PRESIDENTE 🇧🇷

  2. Sabem o que significam esses programas de governo pré eleitoral?. Nada. São como pontes que ligam nada a coisa nenhuma. Apenas retórica.

  3. Três eixos principais: Divisão de ministérios e estatais, volta da roubalheira institucionalizada e corrupção desenfreada. BOLSONARO 2022, para o Brasil continuar crescendo.

    1. O Centrão bolsonarista já está fazendo isto. Aliás, Ricardo Barros continua líder do governo na Câmara? MORO PRESIDENTE 🇧🇷

    1. Que lixo .. . podia passar sem essa .. ia ter 5% agora cai para 2%. Totalmente incoerente.....

Mais notícias
Assine agora
TOPO