Reprodução

Seguidores de Evo Morales causam mais pancadaria em Congresso na Bolívia

04.07.22 11:02

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales tem buscado controlar totalmente o seu partido, o Movimento ao Socialismo (MAS), para tentar uma nova eleição, em 2025. Mas os integrantes da sigla já deram diversos sinais de que estão descontentes com a hegemonia de Morales e gostariam de promover outros nomes.

Em um congresso do MAS em Potosí neste domingo, 3, apoiadores de Morales se envolveram em uma pancadaria dentro de um ginásio (foto) para escolher a direção do partido na região. Eles foram acusados de impor os candidatos de Morales, o que gerou uma rebelião entre setores mais próximos dos agricultores.

Já ocorreram brigas em encontros do MAS em mais de vinte lugares diferentes na Bolívia desde que Morales retornou do seu exílio autoimposto no México e na Argentina, em novembro de 2020.

Dois meses depois de voltar ao país, Evo Morales tomou uma cadeirada na cabeça quando participava de um encontro do MAS no Chapare, a região que exporta pasta de coca e cocaína para o Brasil. Naquela ocasião, Morales estava forçando para que seus candidatos disputassem as eleições regionais. Depois da confusão, ele teve de se esconder por três horas em uma sala da prefeitura municipal para não ser agredido pelos seus correligionários.

Além de submeter os membros do seu próprio partido, Morales tem orientado a Justiça boliviana para perseguir seus possíveis rivais na eleição de 2025. Em junho, a ex-presidente interina do país, Jeanine Añez, foi condenada a 10 anos de prisão, acusada de conspirar para destituir Evo Morales, em 2019. O presidente, contudo, fugiu do país de avião e deixou o cargo vago. Jeanine apenas assumiu o comando do país, que tinha sido deixado no vácuo, e conduziu um novo pleito.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Quem é a cara do Brasil? Bela peça a ser utilizada na campanha do Apedeuta. As conclusões, estapafúrdias, todas elas avalizadas por quem? Pelo próprio PT. Nesse caminho a revista será um mero apêndice daquela agrupação.

  2. A esquerda latino-americana é uma colcha de retalhos de qualidade podre e pobre. Mas cada povo e região tem o governo que merece.

    1. A nossa pertence ao establishment politico, gruposvque dominam o país. E o mando maior é da 2a turma do stf, conduzida pelo gm.

  3. Com certeza, nosso sociopata-mor se inspira em gente como Evo... os radicais de direita e de esquerda são apenas as faces da mesma moeda!!

  4. Bolivia= vamos tomar e mandar todos os nossos índios e seus defensores pra. Primeira que vai? Deputados do psol. Comer mandioca até cagar pedra.

  5. Pobre Bolívia. Perdeu, junto com o Peru, grandes áreas ricas em minerais para o Chile na Guerra do Pacífico (1879-1883). Perdeu a saída para o mar e hoje pleiteia, sem sucesso, uma mísera faixa de 100 m para recuperar o acesso ao Pacífico. Teve golpes de estado às dezenas. País exportador de coca e cocaína. Já legalizou muitos veículos roubados por brasileiros aqui e exportados para lá. O judiciário é horrível, pior que o brasileiro.

  6. Uma prévia do que pode ocorrer em breve no Brasil sob o domínio da quadrilha clepto-comunazista ladravaz ... só que aqui haverá forte e dura oposição à quarilha e seus tentáculos serão desmontados pela força da lei que é o ideal e fezemos para isto OU pela lei da força e aí rabo de cotia vai arder isto é de uma clareza e obviedade ímpar ... idoso aposentado que venceu até um câncer e de quem sob estupros tudo tiraram nada tenho a perder nem medo de que me estuprem mais ... meu bolso esgotou.

  7. Escolhendo políticos esquerdistas da corja do Luladrão, certamente faremos do Brasil futuro tudo que estamos vendo na Bolívia hoje, só que em proporção muito mais grave, dadas as características do tamanho territorial e população brasileira. Evidente que, os brasileiros que têm mais que um neurônio jamais irão desejar isto para seu povo. Luladrão nunca mais...nunca mais...nuca mais. Abram os olhos meu povo. Queremos viver em paz, exercendo nossa cidadania.

    1. Joel, o problema é que mais de 75% dos brasileiros tem um só neurônio. Veja quantos bolsolulistas estão aí infernizando a vida de quem quer um país melhor, mais justo e honesto.

    2. Por mim, nem a corja do luladrão nem a horda do bolsonaro, que está incentivando a polarização e semeando a discórdia entre o povo. Com qualquer um dos dois o país só tem a perder.

Mais notícias
Assine agora
TOPO