Adriano Machado/Crusoé

STF e TSE pagam até 19 mil reais em horas extras durante recesso

20.05.22 08:16

Durante o recesso de fim de ano, o STF (foto) e o TSE turbinaram os contracheques de servidores com pagamentos de horas extras que representaram um incremento de até R$ 19 mil, diz o Estadão.

O aumento no holerite foi registrado em dezembro e em janeiro, época em que o volume de trabalho costuma ser menor. O total dos custos dos tribunais com os salários dos servidores que permaneceram de plantão no período chegou a R$ 1,5 milhão.

No caso do STF, os custos com horas extras são 4 vezes maiores do que no TSE. A Corte constitucional dispensou R$ 1,2 milhão de seu orçamento no pagamento de serviços extras essenciais em dezembro, quando 5 dos seus 11 ministros trabalharam. O montante foi destinado a 347 servidores. O valor caiu para R$ 5 mil pagos a 45 pessoas no mês seguinte.

Apesar de ter desembolsado menos do que o Supremo com horas extras, foi no TSE em que as maiores foram cifras aos servidores. Um analista jurídico do Tribunal Superior Eleitoral chegou a ganhar R$ 19 mil pelas horas extras no recesso.

O TSE afirmou, em nota enviada ao jornal, que “os pagamentos se referem ao serviço extraordinário prestado em anos anteriores, bem como a serviços realizados para manter o tribunal em funcionamento durante o período de recesso”, previstos em resolução sobre o trabalho nessa época do ano.

No entanto, a Corte eleitoral não detalhou quais foram as funções essenciais desempenhadas por esses servidores que justificariam os aumentos significativos nos holerites. O STF não se pronunciou até o momento.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O Brasil tem duas classes, a de uma elite de privilegiados encastelados nos tres poderes e o povão pra pagar a conta destes privilégios.

  2. Casta miserável, parasita dos brasileiros, umas das justiça mais caras do mundo pra que? ou pra quem? tantas tribunais no país para julgar leis parecidas e pra que tantas tribunais no país? corja o que precisamos é uma revolução para fazer esses parasitas irem embora.

  3. Vejam como tudo funciona maravilhosamente bem! Esses abnegados que sacrificam seus descansos de fim de ano e só ganham a mais míseros 19 mil!!! Essa é a nossa "justiça" fazendo "justiça" a afilhados e apaniguados; tem quem pague!...

  4. Grande parte dessas horas-extras foi para atender as demandas do Randolph Friederich, Barão de Caruaru-Amapá, que faz do STF sua delegacia de polícia para processar quem ele não gosta.

  5. É assim que funciona a casa de mãe Joana e a de Zé Mané. Qualquer semelhança com um puteiro, é mera coincidência, afinal estão no Brasil dos brasileiros trabalhadores e honestos, pagamos impostos absurdos pra ostentação desta putaria desta casta. Trabalhemos muito meus senhores, pois temos agora inflação alta, impostos dos olhos da cara, e estes burgueses não podem baixar seus salários, teem é que ganhar mais, inclusive pela via das horas extras estravagantes pra sociedade pagar.

  6. Se for para impedir que os HACKERS trafeguem a 450km/h nos sistemas do TSE de minha parte nenhum problema ... senhor Zeus dos ignorantes salvai este país de urnas devassáveis ... limpe bem o caminho entre o disquete da urna e a planilha da apuração ... amém ... toc toc toc.

Mais notícias
Assine agora
TOPO