Adriano Machado/Crusoé

Telegram assina acordo de parceria com o TSE

17.05.22 20:13

O TSE (foto) assinou nesta segunda-feira (16) uma parceria com o Telegram para enfrentar a desinformação na eleição deste ano. O aplicativo de mensagens abriga comunidades com milhares de apoiadores de Jair Bolsonaro.

Segundo o memorando assinado, o Telegram irá criar um canal oficial da corte eleitoral dentro da plataforma para divulgar informações sobre as eleições.

O acordo prevê também que o aplicativo preste suporte técnico para o TSE operar um robô que tira dúvidas sobre as eleições e desenvolva uma ferramenta para marcar conteúdos “desinformativos”. Haverá ainda, diz a nota do tribunal, “um canal extrajudicial para que o TSE realize denúncias na plataforma”.

Em março, o ministro Alexandre de Moraes acolheu um pedido da PF e ordenou que plataformas e provedores de internet bloqueassem o funcionamento do Telegram em todo o Brasil. Para evitar o bloqueio, o aplicativo assumiu com o STF e o TSE compromissos de combate à desinformação.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine agora
TOPO