União Europeia dá à Ucrânia status de candidata ao bloco

23.06.22 16:36

Chefes de Estado e de governo da União Europeia anunciaram nesta quinta (23) que conferiram à Ucrânia o status de “candidato” a ingressar no bloco.

Também foi aprovado o status de “candidato” para a Moldávia e, sob algumas condições, à Geórgia, outros dois países ameaçados pela Rússia —cuja invasão do território ucraniano completará quatro meses nesta sexta-feira (24).

“Hoje é um bom dia para a Europa. Esta decisão fortalece a todos nós. Fortalece a Ucrânia, a Moldávia e a Geórgia diante do imperialismo russo. E fortalece a UE”, disse Ursula von der Leyen (foto), que preside a Comissão Europeia.

O status de candidato não significa que o ingresso da Ucrânia no bloco será tão rápido. Com base na última grande expansão da UE, que incluiu países do centro-leste europeu em 2004, estima-se que leve mais de uma década para que a Ucrânia cumpra as reformas exigidas. A decisão desta quinta, porém, serve de símbolo da oposição europeia à invasão militar das tropas de Vladimir Putin.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A Ucrânia ocupa a posição 122 no Índice de Percepção de Corrupção 2021, mais corrupta que o Brasil (posição 96). Desde a independência em 1991 até 1999 a Ucrânia perdeu 60 pp de seu PIB. Só a partir de 2000 passou a ter crescimento econômico real constante. Desde 1991 teve situação política instável com denúncias de fraude eleitoral, desestímulo à liberdade de expressão, enriquecimento ilícito de oligarcas, etc. E agora o porco carniceiro Putin. Talvez demore mais que 10 anos para entrar na UE.

    1. A Ucrânia precisava desta guerra pra se auto-afirmar. Dezenas de milhares de mortos. Esse é o preço da corrupção. Se Lula vencer as eleições, provavelmente teremos nossa guerra civil e a oportunidade de pôr esse país nos trilhos novamente. Tem males que vem pro bem. Tô de saco cheio de ouvir comunistas. E de ver bolsonaristas defender esse Ze Arruela. Prefiro ouvir e ver brasileiros corações. E só uma boa e velha guerra pode mandar os primeiros e os segundos pro diabo que os carregue.

  2. Ainda que a duras penas, a Ucrânia vem avançando bravamente em direção ao seu objetivo de se estabelecer como uma democracia livre e soberana, liberta dos grilhões de Moscou e da ditadura de Putin! Que Deus abençoe e proteja o presidente Zelensky e todo o povo ucraniano! 🇺🇦💛💙🙏🏼🇧🇷

Mais notícias
Assine agora
TOPO