MarioSabino

Em fuga do monstro Brasil

12.06.20

Estou às voltas com um menino de catorze anos que tem como objetivo sair do Brasil. Ele não fala de outra coisa. Quer ir para os Estados Unidos. Especificamente, Nova York. Pesquisa escolas, entra em contato com as respectivas secretarias para verificar se concedem bolsa de estudos — e tenta me convencer de que permanecer num internato sai mais barato do que o habitual intercâmbio em escola pública e estada na casa de uma família que aceita estrangeiros durante um ano. Para ele, um ano é pouco, quer fazer o inteiro ensino médio fora. Idem para a faculdade. O meu filho de catorze anos quer ir embora e não voltar nunca mais.

O mais velho, de 26 anos, sobre o qual já falei aqui, foi embora para a Austrália. Faz curso de pós-graduação em Sydney e  ganha a vida trabalhando de garçom. Trabalhava, quero dizer. Com restaurantes funcionando em horário reduzido e eventos cancelados por causa da Covid-19, ele agora dá expediente numa imobiliária. Faz de tudo, inclusive limpeza. Ganha menos do que um australiano para executar o mesmo serviço, mas entende que o país é deles e não deixa de ser uma sorte ter um emprego. Um dia, se tudo der certo, a Austrália também poderá ser a sua pátria. Ao longo de dois anos, economizou dinheiro para enfrentar o baque da pandemia, mas a mãe e eu ajudamos na medida do possível. Há um mês, mais ou menos, ele me enviou a foto de um pôster que comprou para enquadrar e pendurar na sala do apartamento que aluga. Era a reprodução de uma obra de Jackson Pollock. Com seus gestos quase convulsivos, Pollock borrifava a tinta sobre a tela, não importava o tamanho dela, e depois a cortava, adaptando a superfície à pintura abstrata, numa subversão material que espelhava a organização do seu caos interior transformado em liberdade. De certa maneira, é o que faz o meu filho, ao tentar encontrar um recorte próprio numa sociedade estranha. Todas as visitas que fizemos juntos a museus ganharam um sentido comovente nesse pôster. Em algum momento, fui um bom pai.

O menino de catorze anos não faz por menos do que Nova York. Outro dia, apareceu na minha frente com “camisa social” (a sua definição para camisa de mangas compridas), calça jeans no lugar da bermuda de praxe e o tênis chique. Estava penteado. Era para fazer uma “reunião” comigo sobre as perspectivas dele. Fizemos a “reunião”. Eu lhe disse que a princípio não seria possível pagar uma escola particular em Nova York, e que permanecer num internato não era o mesmo que viajar comigo em férias e ficar num hotel legal numa área bacana da cidade. De qualquer maneira, antes de examinar o assunto mais detidamente, era preciso ter boas notas e melhorar o seu currículo com iniciativas extracurriculares. Sugeri que se inscrevesse numa olimpíada internacional de matemática da qual o seu colégio participará, lembrando que era um privilégio ter aulas e atividades escolares virtuais, ao contrário da filha da moça que trabalha aqui em casa, que pena inutilmente para acessar o aplicativo que a Prefeitura de São Paulo alardeia estar salvando o ano letivo dos alunos da rede municipal de ensino. Ao final, ele achou que tivemos uma “reunião produtiva”. Tentei saber mais de uma vez porque queria tanto sair do Brasil, para além das miragens americanas, uma vez que tem vidinha boa. “Porque este país é uma bosta, você entende? Os caras nem se preocupam em fazer quarentena. Não tem futuro”, foi a resposta mais longa que obtive. Espero que ninguém xingue o garoto porque ele apoia a quarentena.

Quando o mais velho se mudou para a Austrália, o meu caçula afirmou que jamais sairia do Brasil. Ele começou a dizer que iria embora daqui pouco antes do início da pandemia, e a intenção agora virou ideia fixa. Pode ser que, terminado este pesadelo sanitário que ganhou fortes tintas nacionais, o menino volte a pensar que vale a pena ficar no seu próprio país por qualidades que só o Brasil tem. Infelizmente, não consigo imaginar nenhuma para dizer a ele neste momento.

Despedi-me do meu caçula com “camisa social”, calça jeans e tênis chique. De volta às minhas leituras, deparei, então, com a seguinte descrição do Brasil, feita por Paulo Mendes Campos, que também já foi meu tema:

Imaginemos um ser humano monstruoso que tivesse a metade da cabeça tomada por um tumor, mas o cérebro funcionando bem; um pulmão sadio, o outro comido pela tísica; um braço ressequido, o outro vigoroso; uma orelha lesada; a outra perfeita; o estômago em ótimas condições; o intestino carcomido de vermes… Esse monstro é o Brasil: falta-lhe alarmantemente o mínimo de uniformidade social. Profissão entre nós mais incerta que a de sociólogo, só a de estatístico: as generalizações no Brasil nada valem, as médias aritméticas são grotescas, a busca de um padrão social é uma vaidade que não podemos ostentar.

Li a descrição de Paulo Mendes Campos e concluí tristemente que a pandemia deu ainda mais nitidez às feições desse monstro que parece saído de uma pintura de Hieronymus Bosch. Ele nos aprisiona nos seus limites pré-concebidos de tela antiga. Na estreiteza empoeirada, na assimetria desejada, cultivada, eternizada. O Brasil nunca será um Pollock, “porque este país é uma bosta, você entende?”. Entendo, filhote, e sinto muito.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Onde estão os meus comentários??? Foram censurados pelo Antagonista?? Cambada de sem vergonhas São discípulos do juiz do PCC?

  2. Esse tal de José que não deve ter mais nada à fazer. É o campeão dos comentários aqui na Crusoé. Desconfio que seja um falso assinante. Pra mim ele deve ser integrante da equipe de jornalistas esquerdista dessa porcaria de revista. Me arrependo de ter assinado essa merda.

  3. Mande ele pra Correia do Norte! No Brasil foi praxe a corrupção derrubar ministros, e presidentes, "a rodo" ! Agora , quando as torneiras secaram, derrubam o presidente, não mais por corrupção, mas por pandemias! E vejam que assinei Crusoé por prometerem um jornalismo isento! "Ahaaha "!

    1. Coitado. Esse transtorno sado-masoquista do Marcos está o deixando cada vez mais desconetado com a realidade. Bozo é corrupto, tai o Queiroz para confirmar. O problema é que ele além de corrupto é desqualificado, desmiolado e desprezível como pessoa. Você entendeu agora porque ele deve cair para o bem do Brasil?

  4. Vejam o protagonismo do STF contra as "merrecas" das fatiadinhas d Flávio Bolsonaro. Nunca se preocuparam c/ as roubalheiras d Lula, Dilma e seus filhos, q foram certamente trilhões d reais. Durante 14 anos do PT no poder, corrupção total em todos os entes de governo, em todas as estatais, ministérios, câmara e senado, judiciário, etc. Tudo corria solto e incentivado pelos petistas. A esperança p/ mim foi Bolsonaro. Hoje estou triste e não vejo + como nos livrar desta sina. Melhor ir embora.

    1. Estas triste e contrariado porque o teu mito se mostrou tão ladrão quanto aqueles que tanto críticas? Coitado! É isso que dá esquecer o bom senso e a inteligência na hora do voto!

  5. Ter horizonte é importante para um jovem de 14 anos e, hoje com esse Brasil capenga e inóspito em oportunidades, resta o sonho de buscar além mar uma proposta de um futuro. É uma pena.

  6. Faz o seguinte Mario Sabino: Vá junto com ele. Tome cuidado pois aqui você não conseguiu faze-lo um patriota e gostar de sua terra natal. A educação que você deu a ele, seu filho, o mesmo explicitou na reposta que lhe deu. Uma bosta. E antes que eu me esqueça, toda a sua equipe da Crusoé, deveriam mesmo ir para o inferno. Não sei porque assinei essa revista de merda. Todos são jornalistas de péssima qualidade.

  7. Censura no c.... dos outros é referesco , correto Mario ? .... Todo o apoio que voces tiveram...e agora...o silêncio reina... isso é covardia ......https://www.youtube.com/watch?v=MAfX2dPENyE

  8. Prezado Mario, sou pai de 2, indico, como indiquei aos meus, que ele assista a série "Dinheiro Sujo" da Netflix, talvez alguma coisa de Michael Moore, under the supervision of dad, ajudou-os na busca por um senso mais crítico da "America"...obrigado pelo texto, vou insistir para que os meus leiam.

  9. Posso contrariar a grande maioria, porem apesar de tanta baderna que vemos todos os dias e um país tentando se recuperar independente de seus dirigentes, ainda o Brasil é o país de oportunidades sim. Conheço muito bem boa parte do mundo e todos os meus filhos já moraram fora do país por longos anos. O que precisamos ter em mente é não abandonar o nosso país e criar mecanismos que tornem aqui melhor para quem vem pela frente, netos e todos os jovens...

    1. Ocorre que o Brasil cansa. Jovens que podem: FUJAM DAQUI. FUJAM o quanto antes!

    2. Luiz — Ou vergonha por ter que conviver com uma população que vota em Lula, Bozo e outras figuras semelhantes!

    3. No Brasil , o mais usual eh formarmos nossos filhos em universidades publicas e usarmos esse investimento, que veio do dinheiro dos impostos pagos por todo povo brasileiro, para o bem de outra nacao, em geral rica e que em parte deve essa riquesa a nossa exploracao em tempo de colonia. Vide Australia colonisada por ingleses, que levaram boa parte do nosso ouro. Fugir do Brasil tem , no minimo, um nome: ingratidao.

    4. Basta votar e, gente decente. Coisa simples. Infelizmente, a população prefere sofrer e votar em corrupto. Deve ser maldição do Frei Caneca!

    1. 46 ainda é tempo. Vai já. Vai ser cucaracha onde conseguir. E continue assinando Crusoé de onde estiver e sem se integrar no país. Assim fazem os tão incríveis que emigraram e deram testemunho aqui. Uma piada.

  10. Ajuda ele a escolher um país mais decente. Que tal a Nova Zelândia, a Islândia. Os EUA estão pior do que o Brasil. Vc tem o dever de ajudar e apontar o melhor caminho para o seu filho. Mas como jornalista nem sempre cumpre esse papel com a informação, tome atento, é o seu filho.

    1. Os países escandinavos, Fernando, os países escandinavos.

  11. Quantos Bozistas são necessários para construir um país? Nenhum, pois bozista não constrói nada. Quantos Bozistas são necessários para destruir um país? Basta eleger um dos pervertidos do grupo para presidente. .

  12. Um País onde 90 % dos políticos são ladrões e estão sendo processados onde o Judiciário toma o cargo do presidente e manda no Brasil, um país que não tem sequer um hospital equipado para atender os mais necessitados que morrem na fila de espera para fazer uma cirurgia um país onde morrem quase 50 mil pessoas com vírus chinês por falta de condições de atendimento medico-hospitalar, um presidente que fez mil promessas para se eleger e depois de quase 2 anos não cumpriu sequer uma delas.

  13. Quero ver quando as armas de destruição em massa forem detonadas no Hemisfério Norte, quero ver esses amantes do estrangeiro, querendo voltar para o Brasil

  14. Na prisão, alta noite, após a sentença à cicuta, Sócrates recebeu o convite da fuga, perpetrada pelos amigos, recusou-se, se aceitou viver sob as leis e na sociedade em que nasceu, não as renegaria agora. Para um adolescente, "conquistar" o mundo é um desafio encantador, deslumbrante até. Acho importante, antes, ter experimentado o próprio país, em tudo o que é e tem, até com participações periódicas em intercâmbios bem planejados, para que, ao sair, haja uma consciência forte do próprio berço.

  15. No seu próprio país, ele não se sujeitaria a fazer de tudo para construí-lo, não é mesmo? Fico só imaginando como seria se os australianos, os americanos, os canadenses e outros, tivessem pensado e agido do mesmo modo!!!....

    1. Já pedindo perdão pela expressão 'nada ortodoxa' mas, é incrível a facilidade de algumas pessoas, para 'cuspir no prato em q comem'!... Eu não deseducaria um filho p/ tal, muito antes pelo contrário! Observo os cidadãos fortes, em plurais sentidos, q reconstruíram seus países nos pós-guerras e faço uma comparação c/ os q tripudiam e desertam do seu próprio país em razão de um desgoverno passageiro... é inevitável comparar! Penso, e sei, ser ótima experiência viver um tempo fora mas, apenas isso.

  16. Meus filhos também tem sonho de viver em um país que respeita a democracia, viver em um país onde todo o poder emana do povo e para o povo. Viver em um lugar onde os impostos destinados ao governo retornam na forma de serviços de qualidade como rodovias, segurança, liberdade para empreender, salários justos, estado mínimo e decente. Infelizmente nosso país se compara a uma baleia arpuada, conforme descreve Guedes, se alimenta do suor do povo brasileiro e está infestada de parasitas.

    1. José, você está cuspindo esse discurso repetitivo: seus malucos que elegeram um genocida. isso enche a paciência. sabes que seria Haddad ou o Genocida. sendo que esse prometia decência e escondia comportamento de excesso de insanidade. era continuísmo de corrupção e saque da nação com PT, ou reverter. Por isso votamos nessa bosta. O candidato mais decente tinha 3% de intenção de voto. ou preferia que Lula (ops!Haddad) estivesse na presidencia? Não enche tanto!

    2. Quem me paga Benício Bozista? Minha consciência. Ela não está a venda. É isso que irrita mais os Bozistas. Gente com consciência!

    3. Quanto vc ganha para falar merd.. o tempo todo? você é contra JB, mas não fala quem você apoia, vai fala ai quem esta te pagando?

    4. Todo mundo quer isso Benício Bozista. Entretanto, não se chegará a este ponto elegendo um delinquente genocida tal como o que vocês elegeram. Para chegar a este ponto é preciso de muita inteligência e muito trabalho. Como podemos ver pelo seu caso, bozista possui limitada capacidade cognitiva e nenhuma ética de trabalho. Portanto...temos que nos livrar do Bozo e dos bozistas para prosperar. Neste ínterim, vai pensar, estudar, etc. Quem sabe você não evolui um pouco. Tente limpar a sua biografia!

  17. Posso garantir.,as nossas mentes mais brilhantes já deixaram o Brasil faz muito tempo. Eu não estou falando destes cucarachas como o Alberto, que posta eventualmente aqui, que foi servir de mulambo no exterior, mas sim de gente com potencial para iniciar e mudar o país. A nova geração sabe que é pedir tempo tentando mudar um país que vota consecutivamente no bozolulismo. Como a vida é curta e tem muita coisa para fazer, os jovens sabem o que fazem. Bye Bye Brazil!

    1. E Silvio continua com a sua dose diária de Lexotan..Difícil, né Bozista! A verdade dói no teu couro!

    2. Kkkkkkkkkkkkk. O que não me falta é oportunidade de emprego na Terra do Tio Sam. Por enquanto, vou esperar no Brasil mesmo. Quero estar aqui para ver a cara dos bozistas como você quando o ídolo delinquente de vocês for expurgado do cargo. Este momento será impagável. Zurrem bozistas, zurrem!

    3. Já vai tarde, espero que viva feliz na Venezuela ou quem sabe agora na Argentina, onde comunistas como você devem viver, não se atreva a ir para os EUA pois não tem perspectiva de sucesso uma vez que não dá valor a liberdade, é mais um carrapato esperneante por ter perdido alguma mamata.

  18. Tenho 4 filhos e todos tiveram a mesma vontade obcecada do seu filho. Eu não entendia... afinal também tinham uma vidinha boa no Brasil... mas igualmente achavam que o Brasil era uma bosta. Hoje as duas meninas moram nos Estados Unidos, um filho na Inglaterra e outro na Austrália. Tenho 8 netos, dos quais 3 australianos e 3 americanos, que me incentivaram a fazer minhas primeiras viagens internacionais.Comparando a escola deles aqui com a brasileira, dou total razão a seu filho! Deixe-o ir!

    1. Também acho. O Mario Sabino deveria deixar e pagar os estudos do filho no exterior.

  19. Compartilho das impressões e dos incômodos cotidianos com um país caótico que, em sentido figurado, pode ser equiparado a um dos personagens dramáticos descritos pelos grandes clássicos. Além de Hieronymus, que tal "o Quasimodo de Notre Dame, com sua larga envergadura, curvatura bem como a força gigante aprisionada por descerebrados inescrupulosos. Por fim, texto rico e raro, em um Brasil dominado pelo analfabetismo funcional. Parabéns!

  20. Não tenho boa notícia p teu filho esse ano: o governo dos EUA suspendeu visto escolar a todos os brasileiros. Minha filha já estava c o seguro pago por um ano e irão ressarcir, infelizmente.

  21. Nos anos 1970, Sueli Costa e Vitor Martins fizeram uma música que marcou época. Dizia: Ontem de manhã quando acordei/Olhei a vida e me espantei/Eu tenho mais de 20 anos... Era o símbolo do começo da vida adulta. Com o tempo, parece que mudaram para 30 anos, e desconfio que já é 40. Sabino, não contribua para eternizar a adolescência de seu filho mais velho. Pare de protegê-lo, senão ele não vai crescer. E para o seu mais novo, tente convencê-lo que, se ele não for covarde, o lugar dele aqui.

  22. Seu filho está certíssimo. Sou empresário, tenho 62 e se tivesse 20 anos a menos também iria embora para nunca mais voltar. Este país é realmente uma bosta.

  23. Existem dois lados para serem analisados. se você já é velho acima de 50 anos e é pelo menos classe média, vale mais a pena ficar aqui no Brasil. o Brasil não é só política tenho diversos lugares que você pode morar e viver em paz longe destes trapaceiros habituais. parece morar fora primeiros precisa de dinheiro por que o real não vale nada para frente as moedas estrangeiras, logo você terá uma velhice de péssima qualidade.

  24. Graças a Deus, Mário sua coluna mantém a lucidez de sempre. A coluna do Diogo Mainardi para que ele tomou um LSD e está escrevendo sobre as Crônicas de Nárnia. Ele finge esquecer o decreto presidencial de calamidade pública pedindo o cancelamento do carnaval e depois a retirada do poder do presidente pelo STF da condução da pandemia. Isso é desconexão da realidade! Sorry.

  25. Talvez seu filho esteja querendo sair do país por conta do que você e o Diogo andam escrevendo. Esta não é mais a revista que assinei

    1. Dois Bozistas abaixo fazendo a única coisa que sabem fazer: zurrar, zurrar! Zurrem bozistas! A realidade dói no couro de vocês, né?

    2. Por aí Ricardo! É muita torcida contra! Sabino, quem sabe uma mudança para Veneza!?

    3. Concordo plenamente! Era uma revista muito boa. Agora virou manual de depressão. E não acrescenta nada!

  26. Tal pai, tal filho, o pai demonstrou a verdade de um país destruído pela uma ideologia do comunismo derrotado é implantando no Brasil nesse povo submisso e subserviente. Tal filho já tem a verdadeira história de país decadente.

  27. com um pai pensando assim, nada mais natural do que ter os filhos desajustados em seu próprio país. Daí partir pro exterior é mera consequência. Sugiro ao pai que acompanhe os filhos e sejam felizes juntos.

  28. Entendo, meu filho saiu do Brasil com 16 anos, largou aqui a universidade federal onde cursava Economia e uma outra estadual onde cursava Administração, acabou a faculdade nos EUA, onde por ter excelentes notas consegui bolsa e fez mestrado e doutorado com bolsa tb. Já há alguns anos foi convidado para trabalhar na Amazon e já tem cidadania americana e eu mãe de um único filho fiquei à distância de sua jornada e na saudade e o Brasil perdeu um cidadão da maior grandeza...

  29. Estou curioso para saber se incentivou o(s) seu(s) filho(s) a saírem do Brasil. Qualquer que for a resposta (se terá) gostaria de saber o porque.

  30. O garoto tá certo! É uma lástima mas infelizmente tá certo!! Tenho 69 anos, três filhos e dois netos. Minhas esperanças já ruíram há muito tempo, mas sigo firme - porém convicta! - o país dos meus netos será muitíssimo pior do que este que meus filhos são obrigados a enfrentar todos os dias para ganhar o sustento. Os da minha geração que partiram e não voltaram estão muito bem obrigada, vivendo suas vidas de aposentados em outras plagas. Foram mais corajosos do que eu e os meus. Fato!

  31. Comentário seletista como do Mainardi. Achar que o país está uma "m" e colocar todos em um mesmo balaio é não ter noção da realidade. O governo Bolsonaro não é perfeito, porem infinitamente melhor do que os ladrões do PT que dominaram o país por décadas. O que acontece é que o povão burro que colocou estes canalhas em Brasília continuam reclamando que o país está ruim. Tá difícil...

  32. O Brasil nunca será uma nação civilizada. A elite econômica e política prefere assim: tolos e subservientes. Elegem se por mecanismos antidemocraticos, com poucos votos, e subjugam o executivo pra fatiar o poder e a arrecadação. Se um dia acontecer um presidente com 2/3 de honestos no congresso, a coisa muda. Mas milagre não existe. Restou ir embora. Eu e muitos amigos já saímos. Assistimos envergonhados de longe o desastre. Vá e salve os seus pra longe daí se e quando flexionarem as restrições.

  33. Nesses dias de pandemia psicólogos e psiquiatras estão dando consulta online grátis. Aproveita e marca uma. Não esqueça de levar o Diogo Mainard também

    1. A contar pelo comportamento de vocês dois, a terapia sugerida não dá resultado. Se o que lês não te agrada, deixe de ler. Monte grupos que odeiam contemplar a própria ignorância e pensam igual, e se retro alimentam com feeds que confirmam suas ideias.

    2. Ótima ideia! Quem sabe com ajuda profissional essa revista melhore?

  34. Se os bons ou os que se acham bons forem embora , aí sim só vai sobras os bostas. Todos nós enojamos da política por isso os bostas estão nela , eles não tem concorrentes à altura.

  35. Num País, onde políticos como Renans, Gleises, Barbalhos filho, R. Maias, são eleitos para nôs representar, como ter esperanças....

  36. Quarentena não é vacina! NY descobriu isso. O que houve aqui foi uma briga de políticos FDP, desprezíveis e corruptos. Se tivessem fornecido cloroquina, ivermectina e nitazoxanida em massa para todos os que apresentassem sintomas logo no início teria sido diferente. Pelo menos não teriam tantos hospitais de campanha vazios ao custo de bilhões na corrupção. De um lado o tosco PR, do outro políticos e juízes corruptos e safados

    1. Falou o especialista em medicina. em época de pandemia, agora todos de arvoram de especialistas. Menos meu camarada

    1. A classe média/alta segura essa peteca há décadas e não vê luz no fim do túnel! Ou alguém discorda?

    2. concordo! na hora do sufoco só pensam em salvar a própria pele. o resto que se dane!

  37. Cada um faz o que quer dentro das suas convicções e possibilidades financeiras. Agora, ir para os USA, o país campeão de mortes por coronavírus e sabotador da quarentena? Governado pelo maluco do Trump? Qual a diferença para o Brasil?

  38. Lamentável a matéria, só bla bla bla, pra dizer que meu PAÍS É UMA BOSTA! Assim você não está ajudando Mario Sabino, melhor seguir com seu filho pra Austrália.

  39. O Brasil está uma bosta, em GRANDE parte, porque estão jogando contra fortemente. Quem podia ter um mínimo de amadurecimento e entender que nem tudo é perfeito e tudo tem um começo, mesmo que o final esteja longe, não tem porque não quer. O otimismo é o que nos resta. Não desistimos do Brasil.

  40. “O Brasil é uma bosta”. Concordo, mas com a correção evidente: O Brasil é o que é por causa dos brasileiros em geral, que, esses sim, são dejetos fecais. Para não esquecer, o chichê: cada povo tem os políticos que merece.

  41. O Brasil não é bosta. O Brasil é resultado do trabalho e esforço cotidiano de um cem número de sua gente que trabalha e produz. E, mesmo tantos, acabam sendo poucos para sustentar Estado cada vez maior, mais gastador e elite improdutiva e inútil que se pensa intelectualmente superior porque pode ajudar o sonho pueril de adolescentes fugidios. Precisamos mais brasileiros para lutar por um País melhor. Essa é a luta. Lá fora nunca deixaremos de ser nada mais do que reles cucarachas tontas.

  42. Permitam me extrair do seu texto este trecho: "O Brasil nunca será um Pollock, "porque este país é uma bosta, você entende?" Entendo, filhote, e sinto muito." Só faltou você explicar e pedir desculpas por ter participado ativamente dos anos que construíram essa bosta!!!! Um país, aliás, nenhum país, é uma bosta, gerações de irresponsáveis, sim, transformam alguns períodos de seus países, em bosta, porque assim o são: merda pura!!!

  43. Dois de meus três filhos já se foram há anos. Tinham experimentado a vida lá fora quando lá fui trabalhar por três anos, com toda a família. Sinto a falta deles, mas não tenho nenhum argumento contra a decisão que tomaram, por iniciativa própria. E que atualmente, infelizmente, considero mais do que acertada.

  44. Prezado Mario Meu filho disse para mim : Pai quero ir para Israel? fiquei estático não sabia que dizer, deve ser o Covid 19 ou Quarentena ,sei lá o que, mas após o silencio perguntei porque? Estados Unidos nem pensar estão nos caçando disse e Israel não leio notícias dessa caça e o índice de violência é baixo ,ensino publico é bom ,desemprego é baixo ,não é isso que nos queremos? sim mas tu sabes Hebraico? Não mas aprendo entrei no meu quarto fechei a porta e pensei : tenho 58 será que......

  45. concordo plenamente com o filho de catorze anos,"0 Brasil é uma bosta". Quisera eu voltar aos meus vinte anos em 1964 e poderia ter deixado esta bosta para traz e ter aproveitado a oportunidade que tive e ter ido para a Suecia.

  46. Quando olhamos as imagens pelas fotos tudo parece maravilhoso. Mas quando estamos lá, a vida real também mostra as faces que não apareceram nas fotos.

  47. Muito bom, Mario. Não que minha opinião valha alguma coisa, mas eu adoro ler os seus textos. Eles também me fazem rir. Eu sou um desses perdedores que nunca fez nada de relevante na vida, que de repente tem um lampejo de inteligência e assina uma revista como a "Crusoé". Talvez ainda haja salvação para mim. Um abraço.

  48. Nossa, que pai mais pão duro! Paga logo os estudos para seu filho nos EUA ou qq paiseco da Europa. E para você recomendo, como outros já escreveram, um psicólogo. Viver dependendo da boa vontade de Presidente da República é muita falta de maturidade. Os brasileiros deveriam todos se exilar? Como diziam, o Brasil não cabe na Flórida. Boa sorte para você e todos que gostaram da sua mensagem nesse artigo.

  49. A imagem que os outros países tem do Brasil e muito pior do que a realidade,graças à varios veículos de imprensa e ao complexo de vira-latas de alguns cidadãos.Ter o SUS hoje e a garantia que todos tenham assistência e algo de que deveríamos nos orgulhar! Ninguém fala disso!Concordo que temos que melhorar o saneamento e a educação e o governo devia ficar nisso.

    1. Não existe saneamento to básico nesse país. E educação... também não. E SUS?

    2. Com certeza, você nem passou na calçada do SUS durante essa pandemia...

  50. Sabino, pare de ajudar um marmanjo de 26 anos em sua "aventura" fora do país. Ele que se sustente. Talvez se torne adulto. Diga a ele que a Austrália é um país de imigrantes britânicos, ele será mais um brazuca, não adianta ter a cidadania. Quanto ao de 14 anos não sei o que dizer, talvez ele precise de um pouco mais de Brasil, esse monstro tragicamente descrito pelo Paulo M Campos. Sugira a ele fazer algo relevante aqui, quem sabe desperta nele um sentimento forte de querer ajudar.

  51. Também eu sinto muito. Não diria que é uma bosta, mas que é uma falsa democracia, muito peculiar, que favorece uns poucos desde sempre.

  52. A Crusoe virou revista da depressão e desespero! Fala sério? Virar imigrante sem necessidade? Entendo perfeitamente pessoas que vão embora de seus países por guerra, fome, perseguição política, oferta de trabalho irrecusável. Mas por piti juvenil? Corta a mesada do infante que ele sossega! E o mais velho um dia verá que ser garçom allien não é tão bom assim aos 50 anos.

  53. Verdade, eu moro na Europa , lá vão vinte anos, estou louco para voltar para o meu país, mas o desânimo que tenho, ao pensar que realmente, nosso país é uma bosta, como voltar? Que tristeza, como conseguimos involuir tanto?

  54. Parabéns Sabino! Artigo muito bom , argumento convincente ,analogia bem aproveitada , o Brasil é esse monstro ! Pior ainda que a teratologia é o mar de fezes e lama em que chafurda .S ão T rês F alsos (STPH ) profetas messiânicamente ocultos sob ínclitas capas pretas os ministradores da extrema unção ao quadro abjeto chamado Brasil que causa compreensível repugnância ao teu filho de 14 anos .Nada nesta Pocilga parece normal ,nada neste monstro é normal ou sano. Vai embora menino de 14 anos.

    1. Ivan, o Sabino escreve com propriedade, mas tua observação resume o motivo pelo qual o brasileiro, não tem sequer direito a esperança em dias melhores.

  55. Infelizmente a moça geração está correta. O Brasil é um grande fracasso. Basta ver que perdemos uma década e agora perderemos outra década graças às péssimas escolhas que fizemos. Não há perspectiva de melhora não. Em outro país com um pouco de brio e inteligência coletiva, a população já teria colocado o genocida para correr. Aqui, ele recebe aplausos. A garotada tem razão: a única saída do Brasil é um voo internacional, o problema é que ninguém quer mais nos receber. Somos os párias do mundo!

  56. Posso dizer a seu filho: o SUS é maravilhoso. Sonhei com o Obama Care. E sim, nosso Brazil é BIZARRO. But so are the United States of América who elected THE DONALD. And yes, they did so.

  57. No KY, vão à falência e perdem suas casas e saúde psicológica para se safarem da COVID-19. E usam armas não porque são apaixonados por elas, mas porque comem o que caçam. Muito do que escandaliza seu filho aqui, ocorre na surdina do lado de lá. E ele, sendo latino na visão americana, pode enfrentar o mesmo desespero lá. Sim, fui feliz e bem tratada lá. Ainda sou. Mas hoje tenho minha ingenuidade brasileira lapidada. Vejo além do que parece, é isso é importante. E como psicóloga da rede pública,

  58. Fiz intercâmbio nos EUA no ano escolar 88/89. No Kentucky, não em NY, admito, mas por escolha minha. E, digo ao seu filho que, hoje, enxergo os USA com outros olhos, embora não lhe tire os méritos. De fato, somos mais cidadãos lá, do que aqui (mesmo quando latinos). E eles respeitam mais as leis e têm mais noção, quando em situações de vida ou morte. No entanto, aconselho que leia e assista Michael Moore, principalmente SÓS Saúde (o documentário). As pessoas que não têm plano de saúde MORREM.

  59. Tenho filho de 23 anos, recém formado em Direito, que manifesta essa mesma disposição e, pior, por valores semelhantes aos apontados por seu filho de 14 anos.

    1. Sabino, como todos os pais vc tentou o melhor mas criou uns mimadinhos. Olhe o que diz Nietzsche:”não vos fazeis de delicados pois não passais de grandes bestas de carga”. Manda todo mundo cair na real! Minha amiga pagou 10 anos de uma faculdade de direito. Todas as oportunidades foram dadas. Ele foi embora p USA. Hoje é ilegal, dirige Uber e entrega pizza. A fila anda. E depressa...

  60. Sabino, entendo o seu filho!. Depois d quase 13 anos de PT, mais quase 2 d Temer e + 4 d Bolsonaro, teremos passado 18 anos sem qualquer perspectiva de melhora! Continuam os privilegiados funcionários públicos d TODOS os escalões, parasitas q sugam nossas vidas sem dó incluídos os políticos e o judiciário. Não têm pressa, para eles está muito bom. Hoje, c/ 75 anos e 4 filhos, vejo q errei muito, deveria ter saído qdo. jovem. Nosso presidente e os anteriores, incluído FHC são mesmo uns bostas!

    1. Em 1988 eu pensava como seu filho de 14, criei coragem e me mandei,32 anos depois a coisa em vez de melhorar piorou, melhor lavar pratos onde se possa ter perspectivas. Roze Silva

  61. Triste ver você divulgando esse desamor tão grande ao nosso país, originado em sua família... afinal, o que enfeia nosso país e traz esse desânimo é a baixa qualidade ética, moral e técnica daqueles que nos governam! Que tal melhorar a qualidade e a educação de nossas crias? No mais a feiúra é internacional e a pandemia é mundial...

  62. Entendo perfeitamente seu caçula, se tivesse dinheiro tb iria embora, não para os EUA mas pra Portugal ou Irlanda onde amigos foram há 10 anos e estão muito felizes.

  63. Felizes daqueles que podem sairem ou bancar a saída de seus filhos da bosta ou merda,eu como uma simples mortal meus filhos e netos ficamos por aqui torcendo para um dia a bosta melhorar. É o que nos resta.

  64. Recebi um soco no estômago com o argumento do seu filho, Mário. Por que ele tem razão. Agora gente me imaginar: aos 72 anos, em meio a uma pandemia horrorosa, com um filho doente mental grave. Que será do futuro dele??? É exasperante!!!

  65. Acho lamentável quando vejo textos com mensagens tão pessimistas. Eu estudei nos EUA e na Alemanha quando jovem. Acho normal um jovem querer experiência internacional. Foi o que eu fiz quando jovem e adulto. Amigos meus da Alemanha já emigraram para cá e vivem no Brasil com filhos nascidos aqui. O Brasil é quase um continente. Não ter esperanças é o maior problema. Difundir a falta de esperança é mais que lamentável.

    1. Com essa sua opinião, Eduardo, voltei a ler meu clássicos aqui e bom fim de semana para você. Se você assim pensa, ajude mais alguém a não ter esperanças no futuro nessas latitudes. Bom semana.

    2. Acho que difundir a esperança que este país um dia vai mudar para melhor é um convite para que a alienação assuma o comando da realidade.

  66. VOCÊ DEVERIA IR JUNTO COM O SEU FILHO PARA "PQP". FAÇA COMO O SEU CHEFE MAINARDI. VÁ EMBORA. GENTE COMO VOCÊS NÃO FAZEM FALTA EM LUGAR NENHUM.

  67. E interessante notar tantos comentários colocando a culpa de todas as nossas mazelas na câmara, no senado, no STF, no executivo e nos esquecermos de falar de nós . Aqueles homens que estão nos representando saíram do meio de nós, muitos de nossas famílias . Nossa crise e moral e não escolhe participantes. Temos que repensar nossos valores, nossa ética , nossa educação familiar.

    1. Concordo que nós fizemos essa merda, por ação ou omissão, mas quem tem o poder tem mais responsabilidade.

  68. Na adolescência é muito comum ,para lidar com a ansiedade ou angústia de escolhas,fazer um divisão no pensamento onde separa o bom do ruim.Fora do Brasil fica tudo bom não existe o ruim lá e no Brasil é tufo ruim e não existe o bom aqui.Enquanto está separado não tem argumentos que convençam.

  69. O Brazil é uma bosta pq somos uns bostas. E somos ainda mais bostas por não aceitar isso. E por causa disso, viveremos muito tempo numa bosta de país.

  70. Antes da pandemia eu via nosso desgoverno e me consolava: "ok, votei nele mas com o PT seria muito pior." Tentei agora fazer uma "ginástica mental" e ver se ainda funciona o "com o PT seria muito pior" e funciona! O PT estaria comemorando o fato do Covid-19 estar acabando com os idosos . Iria sobrar mais dinheiro para roubar no INSS. A "culpa" pela pandemia seria dos americanos, que criaram o vírus para contaminar a China, mas a coisa se descontrolou. E para 2022, Gleisi para presidenta!

  71. Seu filho está certo. O país que ele vai viver, se ficar, ainda carregará por muito tempo a natureza deste moribundo descrito. Isso é doença político-social a ser testemunhada por seus netos e bisnetos.

  72. Dos que estão aí a criticar, se tem alguém da esquerda ou direita que teve a oportunidade de assumir a Presidência do Brasil e não se compactuar com esquemas lesivos à nossa pátria, que atire a primeira pedra. Como médico digo que debitar toda essa mortandade ao presidente é de uma injustiça sem tamanho. Levamos de 7x1 desde o Brasil colônia.

  73. Sabino, vc só não disse com todas as letras porque o Brasil é uma bosta?! Mas eu digo no seu lugar. É porque temos um Nhonho/Botafogo no comando da "câmara, Temos um Batoré no "senado". É porque temos Doria, Witzel, RuiCosta, Wellington Dias, CamiloSantana, FlavioDino, CiroGomes, ZéDirceu, GleisiHoffman. É porque temos um "stf" cheio de canalhas. É porque temos PT, PSOL, PCdoB, PSDB,PSB e outras bostas. Você sabe quem é Lee Kuan Yew? É o exemplo dele que precisamos seguir.

    1. É qdo todos os “péssimos” forem embora, teremos outros péssimos para substituí-los. Apesar disso não arredo o pé. Voltei p ca para ficar. É monstro, é torto, mas ainda tem mais qualidades que defeitos.

  74. Interessante notar que os comentários sobre os desmandos brasileiros deixaram de fora o "poder" legislativo. Onde são feitas as leis que nos governam. A meu ver a melhora do país passa necessariamente pela melhora dos nossos representantes no legislativo e para isso é necessária uma reforma do sistema eleitoral.

    1. O país e’ “uma bosta” porque isto é o que nós fazemos e fizemos com ele. Meus filhos vivem aqui e não tem estes delírios. Todos são bem resolvidos . Será que não é falta da presença paterna está fuga????

  75. Muita gente botando a culpa da nossa triste realidade nós outros. Não esqueçamos que somos parte do problema. Nossa classe política está lá posta por nós mesmos. Podemos mudar tudo isso mandando para o ostracismo as velhas oligarquias políticas. Tem muita gente nova, com novas ideias, mas as pragas conseguem sempre se reeleger.

  76. Concordo com seu filho. Este país é um GRANDE bosta e meu filho já mora nos Estados Unidos a 30 anos por ter essa mesma opinião. Está feliz

    1. corrigindo: "....mora nos Estados Unidos há 30 anos....."

  77. Parabéns pelo artigo brilhante, tudo que você escreveu é a clara e dura realidade do nosso país. Fico triste e completamente sem esperança de que um dia esse Brasil melhore. Seu artigo é um soco no estômago, uma sirene nos avisando para acordar e enxergar a verdade.

  78. Não tem como não concordar que o Brasil está a piorar. Tenho notado um aumento da violência. As pessoas têm medo até mesmo de praticar caridade, pois, a bandidagem não tem escrúpulos.

  79. Mario, esta sua coluna, é a mais triste de todas já escritas. Ao terminar de ler tive uma sensação não muito agradável. Tenho três filhos - 28, 30, 32 anos; a filha já esta em Londres e os outros dois flertam constantemente sobre o assunto de sair do país. Sempre disse a eles que, o que define o lugar são as pessoas, suas ações e compreensão do mundo. Isso para dizer a eles que qualquer lugar do mundo, pode ser bom ou ruim, dependendo de você. Infelizmente o Brasil têm se mostrado contrário.

  80. O sistema politico montado desde os tempos da colonia foi para privilegiar os que vivem nas cercanias dos tres poderes, excesso de benesses, mordomias regadas a lagosta e vinhos de safras especiais, carros com motoristas exclusivos, salários inflados e a contrapartida é um serviço público, tosco, ineficiente, ruim e gastador. O que resta aos verdadeiros brasileiros que tentam ganhar a vida trabalhando são as migalhas oferecidas pelo poder público. É preciso refundar a república, chega.

    1. Tivemos candidatos dispostos a abrir mão disso tudo, o que fizeram os eleitores? Viram como último biscoito do pacote alguém que há 30 anos se utiliza de toda estrutura sem devolver um bom trabalho para a sociedade. Escolhemos estupidez e incompetência e nem conseguimos nos responsabilizar por isso. Só pode restar migalha mesmo...

  81. O que fazer? Todos os brasileiros pegar as trouxas e indo morar nos EUA? O que nos resta é ficar aqui mesmo e tentar fazer um país melhor.

  82. Adoro ler Mario Sabino porque consegue materializar aquilo que está na minha mente quase sempre! E agora, descubro que seu filho de 14 anos já sente essa necessidade de se libertar desse país. Não é facil! Espero poder, em alguns meses possibilitar que meu filho de 5 tenha outra tela diante de si... grata por partilhar suas angústias, Mario Sabino!

  83. Me permite um conselho? Trabalhe e prepare seu filho para sair deste “país de bosta”. Vamos amargar por pelo menos uma década o estrago que a Pandemia fez com o auxílio do governo de plantão e agora com o auxílio do Centrão.

  84. Sabino - O monstro do Paulo Mendes Campos é hoje totalmente disfuncional. Graças ao Bozolulismo transformamos o nosso país em uma terra de bárbaros delinquentes. Basta ver as postagens dos Bozistas em resposta ao seu artigo.

    1. A bonequinha ficou transtornada com a verdade. Bozistas são seres sofríveis.

    1. Sabino certamente faz algo que vc jamais terá capacidade de perceber tendo sido um fracassado a vida inteira.

    2. Podem chamar qq um de corrupto, mas tem um que está querendo endireitar isto, e com o auxilio do povo, 60 milhões, vai conseguir, mesmo contra a vontade de muitos admiradores do comunismo chinês.

    3. Fazer o que quando a população ou vota em corruptos lunaticos de esquerda ou em corruptos lunaticos de direita?

  85. Lendo os comentários, vejo com clareza, o pessimismo que norteia a cabeça da esquerda, um menino de 14 anos achar o Brasil uma merda? Ainda nem trocou as fraldas, a culpa é sua que como pai deveria ensiná-lo a amar o Brasil. É triste ver um homem com sua inteligência fracassar como educador, como pai. O menino vai pra NY e você alegre se livra dele.

    1. O patriotismo é o último refúgio dos canalhas, e isso já diz muito do caráter de quem escreveu o comentário. No outro comentário dá pra ver de onde vem esse Marco, ele quer que todo mundo mostre devoção fanática por alguém que só pensa em si mesmo. Na Coréia do Norte também se confunde país com mandatário. No resto do mundo, vale a lei do "mercado liberal", se o país não entrega o que promete, procura-se outro lugar melhor. Nem Deus pede amor sem prometer algo maior em troca, só o Deus Jair.

  86. Falar que o Brasil é uma bosta , bem vestido e bem tratado é uma coisa. Será que o filhote já considerou os jovens que vivem confins da Amazonia eque vivem em palafitas?

    1. Maria, para estes excluídos do Brasil profundo, o Brasil não é uma bosta. É uma fossa completa e sem fundo!

  87. Me considero um exilado, mas muito feliz! Sai do Patropi há exatos 21 anos, e apesar de grandes dificuldades que passamos ao longo do tempo, quando vejo meus filhos (23 e 19 anos), tenho a certeza que fizemos a coisa certa. Moramos na Holanda, UK, Itália, UAE e agora tornamos a Itália. Minha filha de 23 faz universidade na Escócia e o menino de 23 acabou de entrar numa universidade na Holanda. Infelizmente a vida é uma só e, não vale a pena desperdiça-lá no Brasil.

    1. Crusoé retirou meu comentário ao seu Post, Sergio. Que pena. Escrevi com cuidado. Então, de levinho, você está há 21 anos fora do Brasil e por que assina a Crusoé?

  88. Caro Mario: o que mais me chamou a atenção foi como nesse caos social tua sensibilidade psicológica permanece lúcida e em contato com o inconsciente profundo. E como isso te permite navegar ternamente por lá e revigorar pontos de compreensão entre teus filhos e tua história com eles. Esse equilíbrio só persiste em mentes poderosas nas quais o instinto de vida consegue sossegar o instinto de morte e pensar um futuro feliz. Abraço

  89. Já passei por essa experiência Mário. Quem sabe, um dia nossos filhos retornam... e o Brasil poderá ser outro com a colaboração deles.

  90. Já tenho uma filha morando em Portugal, outra em vias de ir. Depois iremos todos? Triste isso, mas confesso que estou cheio dos petistas, dos bolsonaristas, do centrão etc. É muita sujeira junta para acreditar num país melhor...

  91. Não sei exatamente de quem foi a frase, mas para mim é a melhor definição que já ouvi do Brasil, tendo estudado e trabalhado por vários anos no exterior. "Lá fora é bom, mas é uma merda. Aqui é uma merda, mas é bom." Eu até tentei me firmar no exterior mas sempre fiquei com aquela sensação de ser um "cidadão de segunda classe" e acabei voltando após 7 anos. Eu mostraria essa frase ao se filho, para ver o que ele entende pela mesma. Boa sorte! Para seu filho, e para todos nós!

    1. Gostei Mauro!! Meu filho mora nos USA há 4 anos, em excelentes condições já que foi transferido pela própria empresa em que trabalhava aki e, por incrível que pareça, gosta mesmo é de “seu” país onde não é um estranho!! E note bem, é loiro de olhos azuis e é confundido com um Mariner pelo corte de cabelo e tamanho!! Ele é brasileiro e gosta!!!

  92. Mário Sabino, essa sensação, essa ânsia, não é só de seu menino e de outros poucos. Tristemente estamos fazendo com que uma minoria de jovens com grande potencial para darem contribuições relevantes e imprescindíveis para o país, num futuro breve, se desencanta com o Brasil e queiram abandoná-lo, como refugiados de uma guerra surda e invisível aos olhos, mas também cruel, como toda guerra.

  93. Quando vejo políticos aproveitando da desgraça alheia para roubar dinheiro destinado ao combate a Pandemia chego a conclusão que o Brasil não tem cura. Obrigado, Mário.

  94. Mario estou vivenciando algo parecido, com um detalhe, meu filho tem 10 e minha filha 09 anos. É muito triste ver que crianças já tem noção e sofrem por perceberem que este País não tem futuro.

  95. Quatorze anos do molusco no poder (a mulher-sapiens não conta, era só um avatar) nos conduziram - com uma breve passagem pela estação Temer/Joesley - até a famiglia Bozossauro e suas olavetes amestradas.... Não há mérito nisso, na verdade é só desgraça, mas agora está patente que nunca fomos uma Belíndia... somos simplesmente uma mistura de miseráveis e de ignorantes.... ir embora é a opção racional; quem sabe daqui a algumas décadas seus bisnetos podem voltar a dar uma olhada para o Brasil...

  96. Lindo e melancólico texto. Insistir no Brasil, cansa. Somos e o melhor e o pior dos mundos. Obrigada Mario por me presentear com as suas reflexões. Não me sinto sozinho.

  97. Gosto muito dos seus textos. Tens uma vasta cultura. Sobre seu filho na Australia, desejo lhe muita sorte. Moro aqui há dez anos e admiro muito este país. Pena que o Brasil perde todas as chances de desenvolver e ser um lugar melhor para nosso povo viver.

  98. Sugiro que explique ao seu filho sobre os tratamentos para as diferentes fases da Covid-19 utilizada por médicos brasileiros com quase 100% de êxito com Hidroxicloroquina, azitromicina e Zinco ou anticoagulantes, corticóides e antibióticos. Tratamentos de sucesso não são divulgados, somente mortes. A imprensa manda ficar em casa, porém nem todos possuem uma geladeira cheia ou alguma conta bancária recheada. Se vocês agissem informando corretamente, muitas mortes seriam evitadas.

    1. Sim, o conto é de minha autoria, Elazir. Foi publicado originalmente no livro "O Antinarciso".

    2. Sabino, não fique preocupado com o filhote, vai passar, já vivi isso. Ah, estou revirando a biblioteca aqui em casa, achei um pequeno livro: "Contos para Ler na Escola", tem um "Da Amizade Masculina", gostei. É seu ou você tem um homônimo ?

  99. Tenho 59 anos. Tivesse eu menos idade e/ou fosse menos preguiçoso e conformado já estaria com minha passagem comprada. Triste o nosso lindo país!

    1. Sr. José, também tenho a sua idade e pensamento. Nossa geração foi parte dela como rãs, foi sendo cozida lentamente, se acostumando, até agoniza nesse mar de corrupção, criminalidade, mediocridade e frivolidade que vemos por aí. Mas penso que uma hora dessas, mesmo que seja por exaustão, as coisas comecem a tomar rumo. Conserto, em uma ou duas gerações, no mínimo!

  100. É com com pesar que concordo com seu filho menor. Tive essa chance há trinta anos e recusei. Hoje, sinto uma baita inveja do que saiu e do que quer sair.

Mais notícias
Assine agora
TOPO