Os ex-adversários Lula e Alckmin, em jantar em São Paulo: o futuro vai dizer se esse foi um abraço ou não de "afogados"

O velho ‘normal’

O jantar que reuniu Lula e Geraldo Alckmin, organizado pela facção jurídica do PT, foi uma celebração da volta das práticas que pareciam ter sido eliminadas pela Lava Jato. Um mau augúrio para 2022
24.12.21

Inúmeras legendas já foram feitas para tentar descrever o abraço entre Lula e Geraldo Alckmin fotografado no último domingo, 19, quando o petista e o ex-tucano protagonizaram o primeiro encontro público desde o início da articulação em torno da chapa para a eleição presidencial do ano que vem. Para reproduzir fielmente o espírito da foto que selou a união de dois adversários históricos, é preciso saber quem estava ao redor dela e o que celebravam no concorrido salão de uma churrascaria de grife em São Paulo. De cara, a julgar pelos convivas do já notório jantar na capital paulista, é possível afirmar que a cena guarda muito mais relação com os triunfos nos tribunais neste ano do que com a vitória que se almeja nas urnas em 2022. Para além do cenário que emoldura a retrato de Lula e Alckmin, a picanha e o vinho degustados ali tinham um tempero adicional: incluía os festejos pela aparente normalização de práticas já condenadas pela população num passado bem recente, como as travas ao combate à corrupção, a volta da impunidade, a retaliação aos integrantes da força-tarefa da Lava Jato e o sinal verde para as alianças heterodoxas de objetivos, não raro, pouco republicanos.

O evento foi organizado pelo grupo Prerrogativas, espécie de facção jurídica petista, criado há seis anos por advogados para tentar desqualificar a Lava Jato. Enquanto os assentos para o jantar foram vendidos por 500 reais a empresários, a extensa lista de políticos convidados “de graça” pareceu ter sido extraída da relação de codinomes do departamento de propinas da Odebrecht. Perto do “Amigo” (Lula) e do “M&M” (Alckmin), que dividiram a mesa com o “Paris” (Márcio França), um dos articuladores dessa chapa presidencial, sentaram-se a “Amante” (Gleisi Hoffmann), a “Barbie” (Marta Suplicy) e o “Aracajú” (Aloizio Mercadante). O “Justiça” (Renan Calheiros) circulou com desenvoltura pelo restaurante e distribuiu declarações aos jornalistas presentes, ao passo que o “Forte” (Paulinho da Força), que já abriu as portas do seu partido para o “M&M” ser vice do “Amigo”, ficou na mesa reservada aos chefes das legendas. Nela, sentou ainda Baleia Rossi, presidente do MDB, que, apesar de não ter ganhado um apelido, também é investigado por suposto recebimento de caixa dois da empreiteira baiana e da J&F, a holding dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Outros sinais de que a festança celebrava mais a destruição da Lava Jato do que qualquer conchavo eleitoral foram as presenças ilustres de “Botafogo” (Rodrigo Maia) e “Kimono” (Arthur Virgílio), respectivamente, secretário e correligionário do governador tucano João Doria, rival de Lula na corrida ao Planalto em 2022.

Sem o menor pudor, o coordenador do Prerrogativas e anfitrião do jantar, o advogado Marco Aurélio de Carvalho, ele próprio delatado pela J&F, por ter recebido 1,4 milhão de reais sem prestar nenhum serviço, escancarou aos presentes que as únicas “personae non gratae” no evento seriam João Doria e Sergio Moro, maior algoz de Lula e presidenciável pelo Podemos, porque “apoiaram Bolsonaro em 2018”. Mas coube ao advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, um dos inspiradores do Prerrogativas e defensor do ex-presidente Michel Temer, cunhar a frase que seria a cereja do bolo do convescote da impunidade. “O crime já aconteceu, o que que adianta punir? Que se puna, mas que não se ache que a punição irá combater a corrupção, presidente”, disse Mariz a Lula, como mostrou O Antagonista nesta semana.

Convescote da impunidade em São Paulo reuniu de Renan Calheiros a Paulinho da Força
Lula era a estrela do evento, mas a presença de Alckmin na churrascaria, obviamente, atraiu os holofotes — e esse era o objetivo político do convescote. Bajulado por petistas que até pouco tempo atrás queriam fustigá-lo com uma CPI para apurar desvios em obras nos governos do PSDB — investigação engavetada neste mês sob o silêncio sepulcral do PT na Assembleia Legislativa –, o ex-governador paulista já admitiu a aliados que o que o aproximou do partido de Lula foi o fato de também ter se tornado “vítima” dos “excessos” da Lava Jato. Em julho de 2020, o ex-tucano virou réu e teve seus bens bloqueados pela Justiça Eleitoral em uma ação de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e caixa dois movida pelo Ministério Público, por suposto recebimento de 11,3 milhões de reais da Odebrecht, nas campanhas de 2010 e 2014. Para Alckmin, que ainda tenta obter as mesmas benesses de Lula nos tribunais, o jantar de domingo trouxe uma “esperança”, palavra que ele passou a repetir nesse novo momento político. “Não importa se no passado fomos adversários, se trocamos algumas botinadas, se no calor da hora dissemos o que não deveríamos ter dito. O tamanho do desafio que temos pela frente faz de nós aliados de primeira hora”, discursou Lula diante de Alckmin, na noite memorável.

Se Lula não mudou, quem parece ter mudado foi Alckmin. Em 2018, o então tucano acusou Lula de querer ser eleito para “voltar à cena do crime”. Quatro anos depois, Alckmin parece querer não só passar pano sobre a cena do crime como fazer parte dela – a julgar pelo que ele próprio falou lá atrás. Guinadas ideológicas e elasticidades morais à parte, é fato que alianças heterodoxas não são uma novidade da política nacional. As composições de José Sarney, então presidente da Arena, com a Frente Liberal, a união entre o PSDB e PFL para eleger o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, são casos emblemáticos da história recente do país.

Ocorre que as parcerias celebradas por Lula, para variar, costumam embalar propósitos muitas vezes inconfessáveis. Em 2002, ao convidar José Alencar para sua chapa, o petista pretendia se tornar mais palatável ao empresariado, que à exceção dos donos da Odebrecht, com quem Lula àquela altura já cultivava uma relação simbiótica, sempre desconfiou de suas reais intenções. Soube-se depois, e não muito tempo depois, que o apoio de Alencar e do seu então partido, o PL, ao governo petista seria a gênese do mensalão – o PL, então presidido pelo ínclito, reto e vertical Valdemar Costa Neto, hoje aliado de primeira hora do presidente Bolsonaro, negociou um milionário financiamento de campanha para aderir à chapa de Lula.

Zanone Fraissat/FolhapressZanone Fraissat/FolhapressDirceu costura alianças nos bastidores: ele voltará a dar as cartas, se Lula for eleito em 2022
Passados quase 20 anos, ninguém sabe de que maneira o ‘chuchu’ irá agregar à aliança petista, para além de tentar fingir para parte do eleitorado refratário ao PT que a união terá o condão de “moderar” o cabeça de chapa, mentor intelectual do ainda presente na política nacional “nós contra eles”.

Em termos de voto, o desempenho do ex-tucano nas urnas nas últimas eleições dá a medida do seu prestígio entre os eleitores. Com 4,7%, em 2018, ele amargou o pior resultado da história do PSDB. Fora do tucanato e ainda sem partido, Alckmin nem sequer tem um grupo político. Ou seja, o que ele representará num eventual governo do PT é um mistério.

O mesmo não se pode dizer de José Dirceu, que já foi preso e condenado no mensalão e no petrolão, e deixou a cadeia junto com Lula, há dois anos. Dirceu tem rodado o país na tentativa de robustecer o palanque lulista. Se Lula voltar ao poder, claro, o ex-capitão do time voltará a dar as cartas em Brasília. Em encontro com o presidente do PV, José Luiz Penna, há duas semanas, em Brasília, Dirceu alinhou a adesão da sigla que já abrigou Marina Silva à coligação do PT. “Ele (Dirceu) faz alguma prospecção importante para os caminhos do Lula e me pareceu estar afinado (com o ex-presidente) tanto quanto a Gleisi”, relatou Penna a Crusoé. Em junho, Dirceu já havia discutido o cenário eleitoral com Gilberto Kassab, em um jantar na casa do advogado Roberto Podval, na capital paulista. Alguns meses depois, foi a vez de o próprio Lula sentar-se com o dono do PSD, a quem ainda tenta atrair para a sua “frente ampla”.

Por ora, o PT ainda esconde José Dirceu dos holofotes, mais ou menos como tem feito com Dilma Rousseff, que não foi convidada para o jantar de domingo e ficou fula da vida. Petistas acreditam, no entanto, que é questão de tempo para Lula e seu entourage naturalizarem a atuação do ex-ministro, assim como Jair Bolsonaro perdeu completamente o pudor e se associou a Valdemar Costa Neto, igualmente condenado no mensalão, para tentar a reeleição.

Reprodução/YouTube/PLReprodução/YouTube/PLTudo “normal”: Valdemar, que já foi aliado de Lula, agora é naturalizado por Bolsonaro
O clima do acordão em favor da impunidade há tempos contagiou Brasília e tem provocado um efeito deletério sobre os instrumentos capazes de impor algum limite ou temor aos desmandos e desvios praticados pelas autoridades. A manobra para desmontar o trabalho desenvolvido pela comissão da PEC da Segunda Instância exemplifica – e explica – esse fenômeno. Durante dois anos, parlamentares que defendem a prisão após a condenação em segunda instância costuraram acordos para viabilizar sua aprovação. No último dia 8, quando o colegiado se encaminhava para votar o relatório do deputado Fábio Trad, do PSD, partidos do Centrão mudaram 17 integrantes da comissão e indicaram nomes declaradamente contrários à PEC. Na iminência de ver o relatório rejeitado, Trad retirou o texto de tramitação. Com isso, o assunto pode ser enterrado de vez. Antes da pandemia, a estratégia dos deputados contrários à PEC era evitar a votação a qualquer custo. À época, se posicionar contra a prisão em segunda instância era visto como suicídio político e, portanto, a saída era manobrar para evitar o debate – assim como a Câmara faz há quatro anos com o fim do foro privilegiado. Agora, o jogo virou: os parlamentares perderam o pudor de se posicionar publicamente contra a proposta.

O menosprezo por alguns valores basilares e pelo que pensa uma expressiva parcela do eleitorado lembra uma passagem que ficou registrada na história da política brasileira por uma célebre declaração do ex-deputado Sérgio Moraes, do PTB gaúcho. Em 2009, ao ser questionado pelo arquivamento do pedido de cassação do deputado mineiro Edmar Moreira, por ter ocultado um castelo de 20 milhões de reais do seu patrimônio, Moraes escandalizou o país ao dizer, em tom de indolência: “Estou me lixando para a opinião pública”. Somente após as manifestações de 2013, que sacudiu a classe política, é que os parlamentares passaram a temer o ronco das ruas. Com os podres tirados debaixo do tapete pela Lava Jato, os poderes se viram obrigados a aprovarem novas legislações, como a lei anticorrupção e até o fim do foro privilegiado, um marco da moralização da gestão pública. De lá para cá, porém, o Brasil enfrentou uma escalada de retrocessos desencadeados pela reação do establishment – para o deleite dos políticos encrencados e advogados de criminosos, como os que se reuniram domingo numa churrascaria de São Paulo, entusiastas da volta do “velho normal”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Parabéns pela reportagem da capa. Adorei o texto ! vcs retrataram exatamente o que está acontecendo no Brasil ! Feliz 2022 para toda equipe de jornalistas e editores da Crusoé !

  2. A Lava Jato, prisão da segunda instância, fim do imposto sindical, reforma da previdência, etc, foram um hiato de racionalidade no Brasil. Já acabou, não vai voltar tão cedo. Voltamos à mediocridade e leniência corrupta onde sempre estivemos. A tragédia é que não podemos culpar ninguém, nenhum golpe ou medida de exceção. Os culpados somos nós mesmos, sempre elegemos e provavelmente elegeremos democraticamente, a nossa ruína moral e econômica. Sorte que o aeroporto continua aberto, até agora.

  3. Daqui pra frente, tudo vai ser diferente, temos que aprender a ser gente que sabe votar, nossas bandeiras serao nao reeleicao pra acabar com os currais eleitorais, nao somos gado pra nos adquirirem de porteira fechada nem aberta, voto distrital e facultativo, acabar a ditadura dos partidos politicos que so querem os fundoes de bilhoes, candidatos independentes pois ja PODEMOS impor isto via nao reeleicao nas proximas eleicoes ja ja JAIR caindo fora.

  4. A escória da política se juntando para lesar o Brasil novamente! Quando será que os desgovernos do Luladrão Dedos Leves e Capetão 666 usarão os impostos do povo para o bem do povo?

  5. BolsoNero x Luladrao de novo! so pode ser pesadelo, acordem meu povo e comecemos nossa reforma politica nao reelegendo nenhum candidato, esta em nossas maos a decisao, so querermos, PODEMOS isso votando em Moro e o elegendo, ele nao vai se reeleger pois se candidatando, o povo nao o reelegera, e ele se propoe a isto, nao reelegendo nenhum deles acabamos com esta safadeza de politicos profissionais, vao trabalhar pra sobreviverem iguais a todo mundo, UFA!

  6. Parecia um sonho impossivel, mas de repente surge a oportunidade do povo comecar a se libertar e comecar a reforma politica nossa, nao reelegendo o Bozo e nem Luladrao, e descarregando em Moro a votacao, ai sim reforma politica do povo para o povo. Descobrimos que PODEMOS, so querer e outras decisoes virao logo que eles receberem esta porrada nos chifres. Vamos meu povo, acordem pra vida.

  7. Os velhos anormais pensam que vao enganar o povo, mas ja acordamos de ha muito com este tipo de safadeza e falsidade com o povo, vao se lascar em seus projetos criminoso de poder, vao pra Cuba que os pariu seus falsos, bandidos, ladroes fdp. Moro presidente, sem reeleicao e com lavajato, ladroes na cadeia e sem suprema bandidagem dos adv. togados.

  8. Excelente reportagem. Não vejo solução pra essa bandidagem, isso só vai piorar a não ser que o povo reaja. E o povo só tem uma solução #MoroPresidente

  9. Ou agora ou nunca. Acabemos com esta bandidagem da reeleicao, acabemos com estes politicos profissionais de 40 ou 50 anos mamando nas tetas do povo, pois no que depender destes vagabundos, eles vao continuar ad eternum, mas agora PODEMOS sim, votando em Sergio Moro e comecando o povo mesmo, como tem que ser a fazermos a reforma politica que estes lesa patria jamais farao. UFA! esta em nossas maos meu povo. Nem Luladrao, nem Bolsonaro, Moro presidente, melhor pra gente, ja, ja, JAIR caindo fora.

  10. Um certo locutor esportivo transmitia uma final de campeonato com seu time ganhando o jogo de 1 a 0 e aos 44 minutos do segundo tempo ocorreu um lance de quase empate, momento em que no desespero o mesmo berrava, acaaaba, acaaaba. Assim estamos com a oportunidade de os eleitores fazerem com a reeleicao, acaaaba, acaaaba, votando em Moro presidente, melhor pra gente ja, ja, JAIR caindo fora. Com os demais, o mesmo remedio cura esta endemia da reeleicao.

  11. O velho normal dos VELHOS ANORMAIS sim, porque so no Brasil um criminoso com mais de vinte anos de condenacao e preso, a injustica suprema o coloca na rua e o torna elegivel, e pra viabilizar esta sacanagem ainda soltou outros bandidos ate do PCC, ja AlkMINTO, esculhambou Luladrao, agora sao companheiros, se merecem.

  12. É preciso que os petistas sejanm muito dementes pra aceitarem a aliança de Lula com um ex-tucano de 33 anos de partido, após 30 anos de rivalidade entre os petistas e o PSDB! Lula realmente confia 100% na imbecilidade total de seus eleitores!!!! É do mesmo jeito que o Bolsonaro faz com seu eleitorado, ao se aliar a um bandido condenado, que só está solto porque recebeu um indulto de natal da Dilma, e ainda querer passar recibo de que é contra a corrupção, confiando na cegueira dos bolsominions..

  13. assistimos incredulos a uma reunião para celebrar o fim da lava jato e a liberdade dos encrencados com a justiça de planejar novos assaltos e conchavos para se manterem no poder.

  14. Eis o perigo de uma catástrofe iminente para o país quando a moral torna-se "elástica". Quando o resultado das urnas indica que a maioria dos eleitores fingiu que o vencedor não é safado. A catástrofe provocada por essa maioria de eleitores, ao aceitar o famigerado "Rouba, mas faz." Para a minha infinita tristeza, o prognóstico que faço é de que Luladrão vai vencer. A militância petista é profissional, organizada, e mantém-se unida. Não entendo esses malditos,que empurram o Brasil para o pântano

  15. Não é culpa do safado ser safado desde que nasceu. Ele pratica as safadezas porque as leis são ruins, feitas para manter o "mecanismo" firme e forte, e porque o stf é leniente com safados e safadezas (...e não sei bem para que serve). Então, se há safados nos 3 poderes, pergunta-se: de onde vem tudo isso? Simples: do mau voto. Infelizmente, o grosso dos eleitores do brasil ainda não sabe votar. Quando os eleitores despertarem, seremos um novo Brasil.

    1. Mas existem os eleitores apaixonados, radicais, aqueles que se recusam a enxergar seus safados de estimação como safados. É o caso dos eleitores de Lula e de Bolsonaro, os chamados "raíz". Bem, já esses são eleitores safados. Tão safados quanto os safados que admiram e neles votam.🤮🇧🇷🤮🇧🇷🤮

  16. Reunião de ímpios, um dia serão alcançados pela justiça divina, o povo cego é surdo se deixa enganar por ladrões e corruptos e caem como patinhos no papo de estlionatario eleitoral.

  17. REALMENTE COMO DISSE O ADVOGADO MARINS: "PRA QUE PUNIR, O CRIME JÁ FOI CONSUMADO". ENTÃO QUE SE SOLTEM TODOS OS CRIMINOSOS DESSE PAÍS POIS OS CRIMES JÁ FORAM FEITOS. IMBECHÍL É O ELEITOR QUE VOTA NESSES MERDHAS.

  18. A história vai cobrar o papel miserável desempenhado pelo STF, notadamente por Gilmar Mendes. Mas não esquecerá dos votos de Celso de Mello, que só permitirá prisão após condenação em milionésima instância para ricos e de Carmen Lúcia, que sacramentou jogar a Lava Jato e todas suas investigações no lixo. Nunca encontrarão paz com suas consciências. Miseráveis.

    1. 👏🏻👏🏻👏🏻Sim, miseráveis, com moral elástica. Ministros que desonram suas togas e o Brasil. Malditos sejam.🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮

  19. Um texto belíssimo sobre o teor do jantar destas figuras detentoras de apelidos que mostram com clareza suas personalidades parecidas com os piores marginais do mundo do crime.

  20. Não convidaram o grupo da segunda turma? É brincadeira gente , vamos demitir o responsável pelos convites, é muita sacanagem, talvez eles não querem os holofotes , poderiam ficar muito na vista, quem sabe.

  21. Fábio e Helena meus parabéns. Matéria bem escrita, direta, esclarecedora. Máximas que definem esdrúxula união: "A política é dinâmica"(Ex-Governador). "Mão de pilão no ânus de pinto" (desconheço autoria). Por essas e outras defendo candidatura Ciro Gomes: autêntico, honesto, preparado, conhece Brasil norte a sul - leste a oeste, suas potencialidades e carências. Tem projeto País pronto e viável. Rumo segundo turno, e lá não tem prá ninguém.

  22. O que se tem nesta infelicitada República é (aparentemente) uma indigesta  Risotada Trina, composta de Mentecaptocracia e Apedeutocracia! Haja esperança de progresso!!

  23. Resumo Ópera : alguns empresários graúdos, os congressistas corruptos que sempre se reelegem em seus currais, parte da mídia, dos veículos de informações, etc querem o "velho Lula de Guerra" para continuarem a nos assaltar. Ponto

    1. Maravilhoso texto, muito esclarecedor para quem tinha dúvidas. Estes políticos viviam se ofendendo e não se envergonham de se aliarem. Decepcionante para seus eleitores. Ainda bem que Sérgio Moro é coerente com seus atos, teve suas sentenças confirmadas pelos Tribunais Superiores de Juízes Concursados que julgam baseados nas leis e não de Juízes do STF escolhidos pelos políticos e que interpretam as leis ao seu critério mudando seus votos conforme o julgamento.

  24. Infelizmente o que estamos vendo às claras é o embuste eleitoral que sempre existiu, porém, de forma mais velada! O STF foi a Instituição que proporcionou esse triste fim. Nem sei como Gilmar Mendes não estava nesse jantar!! Realmente teremos que sair às ruas novamente para externar nossa indignação !!

  25. Em primeiro lugar eu quero dizer que também acho injusto o tratamento que a população brasileira dá ao senhor ao chamá-lo de "LULALADRÃO". Acho injusto porque muitas vezes um ladrão se regenera, mas o senhor não. É injusto com os ladrões. Do senhor eu não tenho pena. Tenho ódio. Talvez não seja um sentimento muito bonito, mas acho que também não faz mal nenhum sentir ódio de alguém tão desprezível e com tal envergadura de abjeção. Pena mesmo eu tenho dos seus políticos, admiradores e eleitores

  26. Nunca tivemos tanta informação de como os politicos votaram e se posicionaram então e so olhar as pautas que vc acredita e quem não votou de acordo com o que vc acredita ou votou contra a sua posição e so não votar nele, fácil, assim vc não era na hora de votar. Sugiro relembrar a população como cada politico votou nas pautas principais e dai separaremos o joio do trigo. Contamos com Crusoe/OAntagonista por essas informações claras perto das eleições. Aquele papinho que votei errado não cola +.

  27. Que tristeza! Como é que um País pode dar certo, quando o povo apoia quadrilhas como essa?! Não tá sendo fácil ser otimista ...

  28. Só o Alkmim não percebeu a jogada do lula, ele foi destruído politicamente com esta união. Agora o lula já pode dispensa-lo e escolher seu verdadeiro vice.

  29. Parabéns pela reportagem,muito esclarecedora. A foto da capa , Alckmin com lula pra mim é a melhor do ano. Alckmin retrata a completa degradação a que se pode chegar. Sinto vergonha por ele.

  30. A Lava Jato desqualificou-se.E o artigo está demasiadamente fora da realidade. Confunde política com corrupção.Como se houvesse só houvessem anjos lavajatistas

    1. .....sou mais Bolsonaro, mesmo c seu jeito grosseirão, autêntico!!! E corajoso!!!

    2. A lava jato com qualquer equívoco q tenha ocorrido,foi e é de longe, a melhor e maior operação contra os assaltantes do Brasil!!!!

    3. É responsável pelo país que somos, deixa de ser ridículo.

  31. Agora está explicada essa atitude do Alckmin, ele também está sendo investigado, eu não lembrava disso. Triste o país o nosso com essas quadrilhas orbitando tanto em torno do Lula quanto do Bolsonaro.

    1. triste essa situação ao ler uma reportagem sobre fatos verdadeiros , vc fica sem esperança sem luz, viva a corrupção , viva a roubalheira , misericórdia .

  32. Falam tanto do PT que conseguiram criar um Bolsonaro e família que e muito pior que o PT.Falem menos e criem ambiente , para algo melhor .Terceira via não se cria em um ano.A cria de 06 meses , no caso Bolsonaro , e uma trajedia para o país.

  33. O BRASIL é como um paciente com infecção hospitalar generalizada não tem cura, a doença só acaba com a morte do paciente. até lá só existe agonia e tentativas inúteis de cura. Jovens esqueça este país eu voto a 12 eleições com consciência e nada mudou. autoria está preocupada com a sobrevivência não tem tempo para entender o que vivemos por arroz na mesa é a prioridade e na hora de votar o voto de todo mundo tem.peso 1. É só esperar a morte financeira do País e desligar os aparelhos. FIM....

  34. nós eleitores somos meros fantoches que servem para validar os escrutínios realizados em nome do povo. merecemos cada linha desta reportagem. votamos errado sempre hora influenciado pela TV aberta ora pelas mídias sociais. não temos uma identidade honesta somos especialistas em levar vantagem. A arma é o voto e o projétil a educação política. mas nosso povo só atira com festim, faz barulho mas não resolve. eu sempre experimento o diferente por isso vou de MORO em 2022.

  35. Os FATO estão postos, os resultados idem, a MISÉRIA, a INFLAÇÃO de volta aos lares dos brasileiros, e eleitores brasileiros que ainda insistem em eleger essa ESCÓRIA a grande maioria PASSA fome e começa a comer COMIDA do LIXO, a CRACOLÂNDIA aumenta todos os dias seus sócios, políticos cada vez mais RICOS as custas dos cofres públicos. O mundo vai acabar e o Brasil LATA de LIXO vai continuar. Acorda brasileiros fiquem ATRÁS de BBB e esquece a politica, é o melhor a fazer.

  36. A política brasileira é inacreditável. Vemos bandidos se alinhando a outros bandidos, como se usurpar os recursos públicos fosse algo natural (no Brasil é). Sinceramente não acredito que o povo brasileiro vá cair em novo golpe, seja com Lula, com Bolsonaro. Esses dois imbecis vão levar uma sarrafada nas urnas que vai ser bonito de ver. No entanto o gado brasileiro dessas mulas ainda acreditam nas mentiras e isso é incrivelmente um horror.

  37. O STF é o maior responsável por essa escória voltar ao poder! O senhor Gilmar Mendes e seu grupo de insensatos despudorados permitiram que o molusco voltasse à ativa e reorganizasse a máfia, composta por advogados, magistrados, políticos e empresários. Só Deus pode nos ajudar nessa causa! Moro Presidente !

  38. O Brasil já acabou, só não vê quem não quer. O butim é dividido em Brasília, não importando qual partido político, todos fazem parte do mesmo mecanismo.

  39. A PF perdeu a oportunidade de dar uma enorme contribuição para o avanço do país lacrando as portas desta churrascaria durante este evento e só voltando a abri-las após 30 anos . SÉRGIO MORO 2022 .

  40. Tenho muita pena do Brasil que estamos deixando para as futuras gerações. Esta já está ferrada. Acordem por favor: MORO JÁ.

  41. Bandidos! Mas eles não têm toda culpa. Mais de 40% dos eleitores brasileiros acabam de mostrar nas pesquisas que não se importam com os desvios morais dessa corja.

  42. Bandidos e mais bandidos se aliando como hienas e urubus para se banquetearem na carniça putrefata em que se transformou este pais sob o comando do PSDB, PT , MDB, PL, FHC, LULA, ALKMIM, BOLSONARO E SEUS COADJUVANTES. SALVAÇÃO SERIA SERGIO MORO E UMA BOA EQUIPE, SE NAO MANDAREM MATÁ-LO ANTES. O PT FAZ ISSO!!!

  43. o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  44. Eleitores que amamos este Brasil, nao acreditemos nas mentiras deste Xuxalkmin e menos ainda nas do Sapo barbudo do Lularapio, querem voltar ao lugar do crime pra continuarem nos roubando, sera que nunca vamos ter vergonha de continuarmos sendo roubados por estes fascinoras travestidos de honestos somente enquanto nao se elegeram, depois, metem o tapa em nossa cara e nos dao bananas da forma mais descarada que se pode imaginar, roubando-nos e apresentando a conta pra o povo pagar. Humilhacao!

  45. ... "de tanto ver triunfar os criminosos o ser humano tem vergonha de ser honesto" .. (Rui Barbosa) .. que Deus tenha piedade do Brasil e nos livre desse lixo.

  46. Todo este retrocesso politico e judicial que lascou com a nacao e o povo, devemos aos lacraios sinistros desta suprema bandidagem brasileira que faz e desfaz e manda fazer de novo, nesta corte politica ideologica comunista dos infernos, libertando todos os que roubaram o povo, agora sao os paladinos da etica, da honra segundo os padroes da nossa suprema justica atual que rasgou a CF a servico de quem! do povo e do Brasil nao foi, so se foi da China, onde deveriam morar Vao pra China que os pariu

  47. Bravo! Extraordinária reportagem. Ah! Eu juro que voltei a ter fé neste país por alguns minutos. Obrigado, Fábio e Helena. Estou respirando. Ufa!

  48. Triste constatação de que eleição no Brasil não resolve nada. Como o poder de fato emana do Congresso e ali estão encastelados, em sua maioria, os principais megaprocessados da República, o eleitor vai seguir amargando sucessivas derrotas. 20 anos se passaram e ninguém se lembra do Mensalão. Ao que tudo indica a LavaJato será esquecida em muito menos tempo. E neste caso, o chefe da quadrilha do Petrolão, coincidentemente o mesmo do Mensalão, tem grande chance de reassumir o controle dos cofres.

  49. São como dois bêbados, um apoiado no outro pra não caírem. Mas tal estratégias vai dar certo. Não têm a menor chance de ganhar em 2022.

  50. Esta foto representa ao vivo e a cores tudo de espurio e seus dignos representantes da verdadeira politica brasileira, reunidos o maior corrupto o Luladrao e todos os seus baba ovo, e todas os demais aves de rapina da velha politica da esquerda brasileira, e pra conhecermos os demais em quem o povo que ama o Brasil nao deve votar sera quando Bolsonaro fizer o encontro baba ovo. Vote Moro, o unico que bate de frente com todos estes lesa Patria Brasileira, inimigos do povo. Moro incorruptivel.

  51. Quando vemos o Luladrao de amores com o xuxu e vice versa, quem ainda nao acreditava que nas faccoes politicas do Brasil nao importam o povo e sim o poder, se conscientizem de uma vez por todas e para sempre que PODER pra estes bandidos significa DINHEIRO, MUITO DINHEIRO na mao, mas o povo devia se conscientizar quem vota nestes vagabundos somos nos, os elegemos quem quizermos, se escolhemos porcos, vamos comer farelos, mas eles comem lagosta e vinhos envelhecidos com nosso dinheiro. Abram olhos

    1. Quando a corja e os indiferentes se tornam maioria, Deus não derroga suas leis. Ele permite que o livre arbítrio da maioria prevaleça, sendo a semeadura sempre livre mas a colheita sempre forçada. Essa é a Lei de todos os tempos. E é por isso que o país é o que é. E, pelo jeito, vai continuar sendo.

  52. A falta de caráter é a maior "qualidade" desses políticos além claro da ganância pelo poder a qualquer custo, está na hora do povo acabar com esse tipo de gente com voto consciente.

    1. cadê a lei da ficha limpa? só vejos imundos neste jantar....

  53. Confraternização do Mecanismo, jesus homem que virou deus através da santíssima trindade: executivo (seja Lula ou Bolsonaro), legislativo e judiciário (representado pelos super advogados). Moro Presidente 🇧🇷

    1. O limite da canalhice é o poder da maioria. Atualmente a maioria brasileira, seja por ação ou omissão, apóia.

  54. Eu nem sei o que pensar , dá nojo , raiva, ódio, não sei nem mais quais adjetivos usar. Tenho 72 anos e sem esperanças de um futuro melhor. Espeto que o meu neto possa ter esse futuro , eu perdi as esperanças.

  55. Tristeza sem fim. Dá um certo desânimo, vou votar no Moro e fazer a minha parte, mas está difícil viver neste país.

  56. QUE TODOS BANDIDOS SE PROTEGEM NÃO É NOVIDADE. MAS ATUALMENTE TOMARAM CONTA DO PODER PARA ACABAR DE VEZ COM O COMBATE A CORRUPÇÃO. O COMANDO DO CONGRESSO E O SUPREMO VIABILIZANDO O RETROCESSO COM UM DESQUALIFICADO NO PLANALTO É A COMBINAÇÃO PERFEITA PARA ESSA TRAGÉDIA QUE JÁ CEIFOU A VIDA DE MILHARES NA PANDEMIA. ENTÃO É BOM QUE TODOS SABEMOS: MORO É A ÚNICA VIA E SEM DÚVIDA A VERDADEIRA CHANCE MUDAR O DESTINO DO PAÍS. FAÇA A COISA CERTA SEMPRE INDEPENDENTE DO PREÇO A PAGAR 🇧🇷 SALVE MORO⚖️🚔

  57. Saudade das manifestações de 2013. Só com o povo nas ruas poderemos voltar à pauta republicana do combate à corrupção. #nemlulanembolsonaro

  58. No BR, a corrupção ético-financeira contra o Estado alimenta uma cadeia de “ vampiros do orçamento público” formada por grandes empresários, servidores públicos dos altos escalões da República, políticos dos 3 poderes e escritórios de advogados, que se realimenta nas eleições custeadas pelos contribuintes que produzem o trabalho e a renda. Para essa laia de sanguessugas, mudanças devem ser aprovadas somente para realimentar o status de sempre tendo à frente líderes populistas que as garantam.

  59. Porque o povo Brasileiro não consegue enxergar o futuro, um homem ladrão condenado, volta para a política novamente, ele vai terminar o que começou, poder e dinheiro andam juntos, eles continuarão desviando dinheiro público. Temos que mudar tudo para 2022.

  60. O retrocesso ganha força e caminha a passos largos para nos tiraros poucos e importantes avanços já conseguidos e impedir a sua continuidade. Só a 3ª via em 2022 pode quebrar essa tendência!

  61. Alckmin perdeu o meu respeito e voto. Aliar-se ao ex presidiário foi o golpe de misericórdia dele. Nunca mais ganha nada em AP

  62. Acabei de assistir um vídeo com Alkimin falando horrores do presidiário, ladrao candidato à presidência, agora se submete a essa baixaria 😳, que horror , sempre votei no Alkimin mas se unir à um presidiário que não foi inocentado . VAI SE CATAR. MORO PRESIDENTE

  63. Excelente matéria. Seria de suma importância que os eleitores desses bandidos refletissem bem antes de voltarem a votar nesses bandidos, depois dessa matéria, que refrescou a memória de defensores de bandidos pensem bem antes de votar.

  64. O livro “Por Que Falhamos:1992-2018”, põe o antagonismo PTxPSDB como o primeiro erro dos democratas-progressistas no período 1992-2018. A aliança Lula e Alkimin é um passo na correção deste erro.

  65. Parabéns por ajudarem Lula e quadrilha a se reabilitarem! Vocês têm uma visão tão pontual da política, tão pouco estratégica, que não percebem o imenso risco que a liberdade de expressão correrá com um Governo PTIsta!!! A imprensa será a primeira a ser calada, ou a ser comprada!! Vocês desaparecerão, ou ficarão ricos!

    1. Não entendi. Quem colocou o ex-presidiário Lula novamente no jogo político, foi o STF. E quem garante a competitividade eleitoral do maior corrupto da história, é o Bolsonaro. Moro Presidente 🇧🇷

  66. Sensacional o artigo dos jornalistas da Crusoé , que não se cansam de mostrar a HIPOCRISIA das quadrilhas que dominam nossa república. Vergonhosa realidade!!!

  67. Estou certa que no final de 2022 surgirá a frase "Quem ri por último ri melhor"...ainda acredito nessa nação que não deixará tamanha tragédia acontecer...a volta do PT é o sonho da "corja" e o pesadelo dos que amam o Brasil #Moro22...eu acredito!

    1. Excelente matéria. Faz o sangue ferver ante o pesadelo que pode ressurgir e nos deixar entregues, espoliados, combalidos. Pensar que está em nossas mãos reverter tudo isso através do voto, já dá algum alívio.

Mais notícias
Assine agora
TOPO