CPI proibida para menores

04.02.22

Entre os muitos terabytes dos arquivos da CPI da Covid, hoje guardados em um cofre do Senado, há uma pequena parte proibidíssima para menores. São cenas tórridas encontradas no telefone celular de um dos investigados. Nas imagens, ele aparece com outra figura cujo nome é recorrente no noticiário da corte brasiliense.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéO relatório da CPI: história não contada da comissão tem passagens picantes

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Deve ser uma espécie de chantagem da revista, tipo: eu sei o que vcs fizeram, sejam meus informantes ou publicamos as fotos sórdidas. De bobos os jornalistas não tem nada!

    1. Se vcs soubessem quem são os protagonistas, não achariam dispensável.

  2. Adoro uma fofoca! Mas quem está com quem, pelo amor de Deus. Não conseguirei mais dormir ou comer se vocês não me derem um pouco mais de altitude. C’mon! MS

  3. Crusoé...não precisa disso (do expediente de fofoca) para atrair seus leitores e assinantes. Continuem trazendo notícias sérias e verdadeiras. Não nos deixem esquecer os desmandos de quem não merece nosso voto, ajude-nos a expurgá-los da política e do uso do dinheiro público (nosso dinheiro). Por favor, não nos decepcione. Foco no bom jornalismo e na isenção - não importa quem, mostra quem e o que fez de errado ou de certo.

  4. Efetivamente divulgações iguais a esta não faz parte do bom jornalismo e compromete às opiniões emanadas de seus articulistas. Como bem o disse um assinante: Fofoca...e eu aumento...Candice de fofoqueiras da janela do sobrado na praça de cidade interiorana. Cuidado Sabino! Isto macular Crusoé.

  5. Concordo com quem deu a opinião de que uma notícia sem nomes é fofoca. E fofoca não se faz numa revista que tem tantos assinantes.

  6. Parece aquela nota dos "30 mil pontos de audiência" que saiu na Veja (Radar) há uns 20 anos. Naquela vez, diz-se que o resto da informação teria sido espalhado em outros veículos de imprensa. E essa aqui? Cadê o resto?

  7. Parece aquela nota dos "30 mil pontos de audiência" que saiu na Veja (Radar) há uns 20 anos. Naquela vez, diz-se que o resto da informação teria sido espalhado em outros veículos de imprensa. E essa aqui? Cadê o resto?

  8. que jornalismo chinfrin ... se o repórter soube algo seu dever profissional é informar nunca ficar neste maniqueismo idiota cínico vergonhoso .. vá cara seja homem e dê nome aos bois ... ou à vacas.

    1. Coisas definidas pelo diegomaisbostaemaisnada. Cupinchas e incapazes.

Mais notícias
Assine agora
TOPO