A estratégia patrocinada por Gilmar Mendes é tentar robustecer o processo que corre contra Marcelo Bretas no Conselho Nacional de Justiça

O novo alvo

Não satisfeita em tentar aniquilar Sergio Moro para tirá-lo do páreo eleitoral, a ala anti-Lava Jato do Judiciário, comandada por Gilmar Mendes, agora parte para o ataque contra o juiz Marcelo Bretas
18.02.22

Na quinta-feira, 10, quando o plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu arquivar o inquérito que apurava suposta propina aos senadores Renan Calheiros e Jader Barbalho nas obras da usina de Belo Monte, no Pará, sob a alegação de falta de provas, o ministro Gilmar Mendes entrou em cena, ao seu estilo já conhecido. Fez questão de divulgar um voto em separado, para criticar não apenas “vícios e fragilidades” que ele via na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, responsável por originar a investigação, em 2016, como também para tentar colocar em xeque outros acordos de colaboração que impulsionaram a Lava Jato. “Caberá ao STF reavaliar a legalidade e a higidez desses pactos”, anunciou o decano, notoriamente o mais ferrenho opositor da operação de combate à corrupção dentro da corte. Pelo visto, para Gilmar há delações e delações, a depender de conveniências. É que agora, sem poder contar com o arsenal de mensagens hackeadas usado para desacreditar o ex-juiz Sergio Moro e implodir a força-tarefa do Paraná, Gilmar vale-se do instrumento condenado por ele como munição principal contra o alvo da vez, o juiz Marcelo Bretas.

Há três delações fechadas com a Procuradoria-Geral da República, na gestão de Augusto Aras, que miram o juiz. Uma delas está sob relatoria do próprio Gilmar. Na última semana, o ministro compartilhou com o Conselho Nacional de Justiça um anexo do acordo. O objetivo é turbinar uma reclamação disciplinar feita pela OAB contra Bretas e, claro, tentar anular suas sentenças, como as que condenou políticos e empresários próximos do ministro do STF.

Crusoé antecipou o plano hoje em curso há cerca de um ano, quando mostrou como os detratores da Lava Jato pretendiam usar uma disputa envolvendo advogados do Rio para fustigar a operação. No centro da trama está o jovem criminalista Nythalmar Dias Ferreira Filho, de 32 anos, investigado pelo Ministério Público Federal por “vender” uma suposta proximidade com Bretas e com a força-tarefa, para captar clientes. Após ser alvo de busca e apreensão em 2020 e acusado de ameaçar o juiz com mensagens de celular apócrifas, Nythalmar fez uma manobra jurídica para levar o caso para o Superior Tribunal de Justiça, colocando o magistrado e os procuradores na condição de investigados. A estratégia foi prontamente acolhida pelo ministro Humberto Martins, presidente do STJ, e pela subprocuradora-geral Lindôra Araújo, representante do MPF na corte — ambos críticos da Lava Jato.

Nesse período, Nythalmar ganhou o rótulo de “homem-bomba” da Lava Jato. Circulava no meio jurídico carioca a informação de que o advogado tinha gravações que poderiam comprometer Marcelo Bretas e colocar suas decisões sob dúvida. O nome do criminalista chegou a ser citado por Gilmar durante o julgamento da suspeição de Sergio Moro nos processos do ex-presidente Lula, em março do ano passado, como protagonista de um “escândalo que ainda não veio à tona”. Como revelou Crusoé naquela época, Nythalmar recebeu até uma oferta de dinheiro para ajudar a destruir a operação no Rio. A um interlocutor, ele disse ter recusado a proposta. Meses depois, o advogado fechou um acordo com Lindôra na PGR, acusando o juiz Bretas de interferir indevidamente nas delações. Pela lei, cabe ao magistrado apenas homologar os termos pactuados previamente entre o investigador e o investigado.

Como principal prova contra Bretas, Nythalmar apresentou um áudio de dois minutos e meio de uma conversa que ele gravou escondido em 2017, no gabinete do juiz. Crusoé teve acesso ao áudio. Com o advogado à sua frente, Bretas conversa por telefone, no viva-voz, com o procurador Leonardo Cardoso de Freitas, coordenador da Lava Jato fluminense à época, sobre o interesse do MPF em manter os termos do acordo com o empreiteiro Fernando Cavendish no Rio, independentemente da adesão da PGR ao caso. Após o procurador assegurar que continuaria patrocinando o pacto, Bretas desliga e diz ao advogado que o MPF não iria “embarreirar” o acordo e que ele próprio iria “aliviar” a pena para o empreiteiro que confessou ter pago propina em troca de contratos públicos no governo de Sergio Cabral.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisComo principal prova contra Bretas, Nythalmar Dias apresentou um áudio que não mostra qualquer ilícito
O diálogo usado contra Bretas versa sobre um instrumento tradicional de toda delação: o delator topa detonar o esquema em troca da diminuição da pena. Não há fato ilícito no acerto nem trama, como Nythalmar e os adversários do juiz no Judiciário querem fazer crer. A despeito do tom informal, trata-se de uma conversa usual entre o juiz, o advogado que representava o réu e o procurador responsável pelo acordo. Além disso, quando fala em “aliviar” para o empreiteiro, Bretas deixa claro que faz uma comparação com a pena de 43 anos aplicada a Othon Luiz Pinheiro da Silva, ex-presidente da Eletronuclear – seguindo a lógica que rege os acordos de colaboração premiada, o almirante não poderia receber os mesmos benefícios de um delator e, por isso, sua pena foi bem maior. Mas Cavendish, um dos empresários presentes na famosa viagem de Cabral a Paris, em 2009, batizada como “farra dos guardanapos”, e cuja delação foi efetivamente concluída em 2018, também foi condenado por Bretas. Como ele aceitou revelar detalhes do esquema, viu-se sentenciado a quatro anos de prisão na primeira ação penal.

Foi com base nos anexos da delação de Nythalmar vazados no ano passado que a OAB representou contra Bretas no CNJ, pedindo o afastamento do juiz – o pedido, contudo, foi rejeitado pela ministra Maria Thereza de Assis Moura. Ocorre que o acordo feito por Nythalmar com a PGR, mantido sob sigilo, travou no STJ. No fim do ano passado, a ministra Laurita Vaz se declarou impedida e o caso foi redistribuído para o ministro Herman Benjamin, que até agora não decidiu se o homologa ou não. Viabilizar o acordo de Nythalmar é essencial para o plano de aniquilar a Lava Jato fluminense, reconhecidamente o braço da operação que mais avançou sobre o Judiciário. Mas, como o caso segue paralisado no STJ, a estratégia patrocinada por Gilmar é agora tentar robustecer o processo que corre contra Bretas no Conselho Nacional de Justiça.

A tática, porém, pode não funcionar. As outras duas delações fechadas pela PGR que envolvem Marcelo Bretas estão ancoradas na tese de que Nythalmar tinha uma relação privilegiada com o magistrado — que, por sua vez, garantiria acesso a informações sigilosas e proteção a seus clientes com decisões favoráveis. A questão é que, no relatório produzido pela Polícia Federal sobre os arquivos encontrados no computador e nos celulares de Nythalmar, ao qual Crusoé teve acesso, não há nenhum indício dessa atuação de Bretas – ao menos é o que se sabe até agora. Com isso, só restaria o tal áudio, que os detratores da Lava Jato querem usar para desqualificar todo o trabalho da operação no Rio.

Os delatores anti-Lava Jato são José Antônio Fichtner e Sergio Côrtes, ambos alvos da operação. Os anexos ainda permanecem em sigilo, mas os relatos que miram o magistrado estão centrados na mesma abordagem que levou a OAB do Rio a representar contra Nythalmar em 2019, antes de ele virar uma arma contra a Lava Jato. José Antônio Fichtner, que também é advogado, é irmão de Regis Fichtner, ex-chefe da Casal Civil no governo de Sergio Cabral e preso duas vezes acusado de lavagem de dinheiro no esquema de corrupção comandado pelo ex-governador. Após ser alvo de busca e apreensão, em 2019, José Antônio Fichtner fechou um acordo de delação com a Lava Jato do Rio, homologado pelo próprio Bretas. Nele, admitiu que o irmão usou sobra de dinheiro de campanha para arrendar uma fazenda na Bahia e afirmou ter devolvido, em dinheiro vivo, para a irmã do deputado Aécio Neves o valor pago pela compra de um apartamento seu em Florianópolis. Os depoimentos foram gravados em vídeo e na presença dos advogados de Fichtner. Só que, em 2020, depois que a maré virou contra a Lava Jato, ele mudou de postura e passou a dizer que só delatou porque sofreu “tortura psicológica” do juiz Marcelo Bretas e dos procuradores.

Divulgação/Prefeitura de CamposDivulgação/Prefeitura de CamposAlvo da operação, Sergio Côrtes resolveu “delatar” a Lava Jato
No pedido de suspeição de Marcelo Bretas feito no ano passado, Fichtner coloca Nythalmar como protagonista da pressão psicológica para que fizesse a delação. Ele conta que o advogado o abordou durante o Carnaval de 2019, logo após a segunda prisão de seu irmão, com informações sigilosas sobre suas movimentações financeiras e dizendo que ele seria preso se não delatasse o próprio irmão. Segundo Fichtner, Nythalmar “contava vantagens da sua relação não só com o magistrado como com integrantes da força-tarefa, sem identificá-los”, e disse que, se fosse contratado “por alguns milhões de reais”, ele teria “proteção” e não seria delatado por outros clientes.

Fichtner não contratou o advogado e também não foi preso, mas sofreu uma busca e apreensão naquele mês, o que ele reputou ao fato de não ter contratado Nythalmar, só que sem apresentar qualquer prova. “Doente e pressionado pelas reiteradas afirmações de Nythalmar, no sentido de que quem falasse de Regis obteria a delação, seu estado de saúde o levou a criar a história das verbas de campanha e a sofisticá-la, afirmando, inclusive, que elas também teriam sido usadas em anos posteriores. Tudo consequência da mesma neurose que só a psiquiatria pode explicar”, diz o pedido de suspeição de Bretas feito no ano passado. Integrantes da força-tarefa classificam a teoria como “estapafúrdia”.

Mesmo assim, a teoria sem pé nem cabeça de Fichtner foi levada adiante por Lindôra Araújo, na PGR. A subprocuradora pediu o compartilhamento do acordo feito no Rio e homologado por Bretas e fez uma espécie de aditivo na delação, abrindo um anexo específico para tratar da relação do juiz com Nythalmar. O caso ficou sob a relatoria do ministro Gilmar Mendes, que é o relator da Lava Jato fluminense no Supremo. No último dia 8, o anexo foi enviado por Gilmar ao CNJ. Não satisfeito, o decano também decidiu enviar o material, mesmo sem ter sido homologado, para o Conselho Nacional do Ministério Público, o CNMP, para uma eventual apuração sobre a conduta dos procuradores da força-tarefa.

Fellipe Sampaio/SCO/STFFellipe Sampaio/SCO/STFGilmar Mendes decidiu enviar o material sobre Bretas, mesmo sem ter sido homologado, para o CNMP
A corregedora responsável pela reclamação contra Bretas aguarda ainda o envio de um anexo da delação premiada feita no ano passado por Sérgio Côrtes junto à PGR, que também mira o juiz Marcelo Bretas com base na atuação de Nythalmar. Secretário de Saúde no governo Cabral, Côrtes já foi preso duas vezes e condenado por Bretas por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ele tentou celebrar um acordo com a força-tarefa do Rio, mas as tratativas não prosperaram. Em 2020, quando investigava a atuação de Nythalmar, o próprio MPF apresentou como indício de possível exploração de prestígio uma mensagem de WhatsApp que o advogado enviou para Côrtes, afirmando ser “fundamental que você ‘receba’ o compromisso de solução do seu caso”. No ano passado, o ex-secretário firmou acordo com Lindôra no STJ, sob relatoria do ministro Félix Fischer, e o caso também virou munição contra a própria Lava Jato na ação contra Bretas no CNJ. O cerco ao juiz no conselho foi comemorado por políticos que abominam a operação de combate à corrupção, como o deputado petista Paulo Pimenta, que afirmou nas redes sociais, sem apresentar nenhum documento, que Bretas “vendia sentenças em troca de muito dinheiro, segundo as delações”. O juiz respondeu dizendo que irá processá-lo.

Crusoé já ouviu relatos de outros réus da Lava Jato que foram abordados por Nythalmar de forma bastante atípica dentro da cadeia, com a mesma “promessa” de solução dos casos, por meio de uma suposta relação de proximidade com Marcelo Bretas. Diante do atual cenário, estão dispostos a engrossar a fila de “delatores” anti-Lava Jato, para conseguir gerar suspeição sobre o juiz da 7ª Vara Criminal do Rio e, com isso, anular suas sentenças — foram 183 condenações em cinco anos. Uma estratégia que agora soa como música para os algozes da operação que tanto atacaram o instrumento da colaboração premiada. A dúvida é se, como disse Gilmar a respeito das delações que ele condena, o STF vai avaliar a legalidade e a higidez desses pactos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Meu Deus, como é podre o nosso judiciário e OAB,isso em um país sério levaria estes STF e famiglia a execrado. Me revolta como cidadão.

  2. Um governo q se elege com a bandeira da lava jato e depois a destrói, não merece respeito, ao contrário, merece ficar se mandato pra poder ser julgado pelo mal q fez. Bandido se une a bandido e tem q ser punido por isso. Moro22

  3. Pouco importa esta reportagem. Acho mais producente se os nobres de.put.a.dos e senadores criarem uma lei oficializando a corrupção, rachadinha e outros tantos esquemas. Fica tudo legal. Não precisa mais destes embustes e safadezas perpetradas por estes doutos senhores defensores da constituicao e das leis. Os grandes, magnânimos, heróicos, impávidos ministros do STF e STJ.

  4. Que elemento infecto, produzindo sempre ambientes infectos, esse corvo inadjetivável, de tão repugnante!!! Tudo o q toca e todo lugar p/ onde se arrasta tornam-se lama. Como pode - impunemente - 1 subespécie minúsculo como esse giunada, se sobrepor a SERES HUMANOS DECENTES, valendo-se covardemente de seu cargo p/ cometer seus crimes???!!! Como pode 1 psicopata - oficialmente - perseguir BRASILEIROS NORMAIS E DECENTES e apaniguar marginais???!!! Isso é coisa de """instituição""" da Idade Media!!!

    1. O jogo marginal é pesado mas estamos atentos, 🇧🇷 DR. MARCELO DA COSTA BRETAS 🇧🇷 e Vossa Excelência distingue-se como um dos CIDADÃOS VERDADEIRAMENTE BRASILEIROS DOS QUAIS O BRASIL SE ORGULHA. E tudo isso terá - com toda certeza - o desfecho "adequado" para os marginais. Sejam eles quem forem.

  5. É o mesmo esquema utilizado na Itália contra a operação MÃOS LIMPAS. Aqui no Brasil o rabo corre atrás do cachorro. A carroça vai na frente dos bois. Vc acredita que o país tem futuro ¿ eu não, infelizmente.

  6. No Brasil quem se mete a confrontar corruptos que tem amigos no poder, tá procurando chifre na cabeça de cavalo. Virão réus.

  7. Quando interessa, a delação premiada é prova insofismável. Quando não interessa, a delação premiada é apenas uma declaração sem valor algum se desacompanhada de provas ou não confirmada por provas... Em qualquer caso envolvendo os poderosos da pátria, se não houver interesse, a delação, mesmo com provas, vale o mesmo que nada... Você pode chamar isso de...segurança jurídica brasileira...

    1. Isso aí. Aqui, tendo dinheiro, o crime compensa. Parece série mexicana onde os narcotráficantes têm influência direta nos poderes do Estado. E, como se diz no México, estamos … odidos…..

  8. Gilmar Mendes, a ratazana. Nunca se viu um ser tão desprezível ocupar o cargo que ocupa, não sou só eu quem digo, seus colegas de colegiado também, Joaquim Barbosa, Barroso, Fux, Fachin, Nunes Marques, etc; etc; etc...

  9. NÃO ADIANTA. NO BRASIL O CRIME COMPENSA PARA OS PODEROSOS. O MINISTRO VAI CONSEGUIR SOLTAR TODOS OS CRIMINOSOS E PRENDER OS JUÍZES. TOTAL INVERSÃO DE VALORES, A COMEÇAR NO stf.

  10. E tem gente querendo que essa corja volte a nos governar. Gente sem caráter. Mas um dia todos vão pagar pelos seus crimes. A lava jato provou que isso é possível.

  11. Está claro para a população como os tentáculos do Mecanismo atingiram as instituições da República. A corrupção que grassa no país não poderia prescindir da força de seus agentes muito bem alocados nos três poderes e nas três esferas do Estado.

  12. Advogados, politicos, magistrados, parentes desses, são uma corja que envergonha o Brasil. Essa história imunda só mostra que o Juiz Marcelo Bretas é o único honesto, e por ser honesto é vitima dessa camarilha de vagabundos comandadas por uma "Vossa Excelência" protetora de bandidos e ladrões.

  13. pobre país, com 230 milhões de Brasileiros, impotente assistindo a corrupção vencer , e nada podendo fazer para acabar com a banda podre do judiciário, e com um senado composto pelo que tem de mais ruim e que só avaliza essa triste situação ,tornando o Brasil um país sempre do futuro, mas sem futuro.

    1. é fato, porém o senado e a camara são o espelho da sociedade, quem os elege não é o formador de opinião e sim o povão pobre, ignorante acostumado com assistencialismo e promessas de melhoria de vida que nunca chegam. O país é tomado por castas e seus interesses, o povão é massa de manobra pra ser útil nas eleições e votar em quem eles quiserem. O judiciário é o que é porque é protegido pelas castas, togados corruptos virou modismo sem sofrerem qq sanção, ou "punidos" c/ aposentadoria compulsória

  14. No final nas contas, esse Nythalmar é simplesmente um farsante que vendia o que não tinha ou um infiltrado pra plantar as sementes da sabotagem de todo o trabalho da força tarefa?

  15. inacreditável como esse ministro age, penso que seja o pior entre os piores que habitam a justiça brasileira

  16. Os "garantistas" do STF valem-se de falhas processuais para livrar criminosos de alta patente. Quanto ao mérito das ações, que se dane. Foi assim que Marco Aurélio Mello, antes de se aposentar, mandou soltar André do Rap_ hoje o narcotraficante mais procurado do mundo. Não acho que seja de graça. Esses criminosos têm muito dinheiro. Mas vamos reclamar a quem? Ao supremo?

  17. Até quando o país vai permitir que esse ministrinho, que se julga o imperador do Brasil continue com suas tramóias e narrativas, para proteger os seus correligionários, parentes e amigos, impedindo que poderosos tipo Lula, Eduardo Cunha, Gedel e muitos outros corruptos comprovados cumpram as penas às quais foram condenados, usando de todos os artifícios imagináveis para livrá-los da cadeia a que foram condenados em todas as instâncias.

  18. É o maior advogado de corruptos com o poder de juiz do STF. Nós pagamos o salário e mordomias dele mais os bilhões que ajuda a desviar. Parasitas!!!! ele, OAB e seus apoiadores.

  19. Ao fim e ao cabo, quem irá sair ileso dessa situação é o tal advogado Nythalmar. Assim que o mecanismo funciona. Vergonhoso!

  20. Não sei se Boca Murcha é o próprio poço imundo ou é expert em conchavos “rendosos”. Até parece moldado na mesma substância do Lulaladrão e do GenocidaSociopata. É o trio dos mancomunados.

  21. Beiçola Nefasto, Aras, Humberto Martins, Lindora esse grupo não consistência moral para criticar e ou julgar o impoluto Marcelo Bretas.

  22. Gilmar Mendes é sempre com condutas impróprias é um verdadeiro câncer no judiciário brasileiro. Sempre em prol a impunidade provavelmente com interesses escusos. O país somente irá mudar quando esse rábula aposentar.

  23. Gilmar Mendes é podre!!! O Brasil está nesse buraco graças ao STF que proteje seus cúmplices!!! E detalhe pagamos uma fortuna para esses bandidos!!! Gilmar Mendes e Levandowiski são os maiores cabos eleitorais do luladrao!!! #Nem lula #Nem bolsonaro #Moro22

  24. O pior é saber que Gilmar mendes quando abandonar a toga, vai viver em Portugal longe dos alofotes e da indignação do brasileiro, e se um dia for pego alguma maracutaia dele...ele já ta longe torrando a grana que recebeu do Brasil...

  25. O problema é que Bretas incomodou o compadre de Gilmar, o corrupto Barata. Gilmar sabe que se Barata ficasse preso, poderia entregá-lo. Depois o suspeito é o Moro.

  26. o ministro é o advogado particular dos políticos e empresários corruptos, ñ bastassem os sócios (parentes de ministros) de escritórios que circundam os tribunais superiores. É importante observar que os petistas e congêneres ñ escondem a satisfação pela impunidade no país.Nunca terão o meu voto.

  27. Esse crapula do Gilmar teve a sua melhor definição nas palavras do ex-ministro Joaquim Barbosa em plena Sessão do Supremo e tudo ficou por isso mesmo

  28. É UMA PENA O CENÁRIO DO PAÍS ONDE BANDIDOS SÃO BENEFICIADOS POR QUEM DEVERIA CUMPRIR A LEI E FAZER O COMBATE AO CRIME ORGANIZADO. ISSO É O BRASIL DE LULAS E BOIZONAROS. O PAÍS TERÁ TALVEZ A ÚNICA CHANCE DE SE LIVRAR DESSES MELIANTES EM OUTUBRO ELEGENDO MORO E OS GUERREIROS DA LAVA JATO QUE SE DISPUSERAM ENTRAR NO CAMPO DO INIMIGO. NÃO TENHAM DÚVIDA QUE SE POR AZAR UM DOS 2 CANALHAS GANHAR A VENEZUELA SERÁ UM PARAÍSO PERTO DA REALIDADE DO BRASIL. SALVE MORO E VIVA A LAVA JATO 🇧🇷🇧🇷🇧🇷⚖️🚔⚔️☠️

  29. em toda minha vida quando vi pessoas reagindo de forma vingativa contra alguém ou alguns, era por que tinha ou tem muita culpa no cartório, nos casos moro/bretas, nos indicam que se levantar os tapetes da corrupção a poeira será muito mas densa do que tudo aquilo que já nos foi revelado até agora.

  30. Vais insultar Gilmal Mentes? Lembra-te antes de quem o colocou lá, o heroi do Mainardi (que nem vive no brazil), quiçá de todos os cruzoístas: FHC, o repugnante, um zero à esquerda que ganhou notoriedade explorando o êxito e o brilho dos outros.

  31. Esse tal de NYTHALMAR se exercesse sua profissão nos Estados Unidos, já estaria engaiolado há muito tempo e a AMERICAN BAR ASSOCIATION já teria cassado sua carteira de advogado.

  32. 1- Eu acreditei que a Operação Lava, nos tornaria antifrágil perante à corrupção. A corrupção é inerente a um ser humano imperfeito, então sempre vai ocorrer. Com o advento da Lava Jato, descobrimos que além de sindrômica e endêmica, ela tinha sido sistematizada no Brasil. Com a prisão de políticos e empresários poderosos, acreditei que seria um passo para desenvolvermos processos que alcançariam outros esquemas de corrupção, preparando o país para novas estratégias dos corruptos.

    1. A corrupção esta no DNA do brasileiro, a cada medicamento para combate-la, aparece um nova variante, e assim endêmica e dinâmica, legitimamos o sistema. Criando e alimentando os escrotos vilipendiados na manutenção do espetáculo da corrupção!

    2. 2- E o que ocorre é somente retrocesso, e velhos vícios. Elegemos um traíra, que se curvou ao status quo, que aliás sempre foi um parasita do establishment, e corremos o risco da volta ao poder do maior corrupto do Brasil, juntamente com outros. Os japoneses criaram a melhoria contínua. O Brasil poderia exportar para  mundo, a desconstrução contínua dos processos civilizatórios. Moro Presidente 🇧🇷

  33. Como alguém pode acreditar num homem com a cara de safado deste tal Nythalmar. Por onde andam os juízes, procuradores e advogados honesto que engolem calados essa falta se justiça do Gilmar e de sua turma. É hora de se revoltar pq amanhã serão eles que vão perder sua fama Tem juízes que só pensam em destruir as boas reputações.

    1. verdade ...roube que as cortes garantem.

  34. Bretas sempre será lembrado por receber auxilio moradia duplo com sua esposa juiza apesar de terem imovel no rj Um casal que faz isso pode falar em desigualdade socoal?

    1. É feio, se fosse candidato nao votaria nele. Mas ele é juiz e estas sao as regras (erradas) do auxilio moradia. Ele nao esta roubando. Salario de juiz com adicionais é um absurdo.

    2. O juiz tinha direito ao auxílio moradia por lei. Era um direito dele. O Brasil tem que se livrar dos bandidos e dos que os seguem.

    1. já recebe a MeRdalha do Mérito Judiciário.

  35. Sinceramente, se esse mecanismos anti corrupção são desmontados, como se prova então um crime? Contando com a boa vontade do réu?

  36. Bom depois desse pessoal dar ouvido a teorias malucas e provas infundadas, fica fácil entender porque tem tanta gente que acredita na terra plana, kkkk

  37. PODE UM JUIZ DA SUPREMA CORTE SE ENVOLVER EM HISTÓRIAS COMO ESSAS? NO BRASIL PODE. EM QUE MUNDO VIVE O BRASIL? SÓ DEUS SABE...

  38. falar de Gilmar Mendes e perda de tempo. Gabeira disse, tem casco grosso. mais o resto está virando farinha do mesmo saco. Não sabemos votar, não temos esperança. esse STF é uma turma de urubus

  39. até quando a impunidade para os poderosos irá imperar. Tem "supremos" em nosso país q pensam ser superior a Deus. Lamentável.

  40. É uma vergonha esse Gilmar e o pior de tudo é que nenhum outro ministro do STF faz nada, mas sabem de todas as picaretagem desse sujeito.

    1. Uma vergonha termos um Gilmar Mendes no STF. Não tem ninguém que consiga parar esse corrupto.

  41. esse sujeito, gilmar mendes (minúsculo de propósito) é o maior defensor do crime do Brasil (não dentro da corte, como diz a notícia). Só que junto com ele há pelo menos mais uns 7 ou 8 morcegos de togas pretas. Talvez, eu disse talvez, se salve um dois. Talvez! Todos os 10 se calam. Assim, são cúmplices. Aceitam ver seu país sendo vilipendiado. Bando de porcos caipiras, daqueles imundos, que não comem ração, mas, sim, vivem na lavagem e nas fezes que eles mesmos vertem! E, viva os corruptos!

  42. O que mais me impressiona é a inércia do nosso povo. Eta povo miserável. Estes vermes deste tribunal, fazem os maiores absurdos e ninguém se indigna a ponto de correr com estes bandidos à ponta-pés. Merecemos tudo que tá acontecendo. Acorda Brasil!!! MORO 22, última esperança. 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    1. A maioria da população é ignorante, não tem estudo, não tem nada e o pior quem tem estudo não vê que esse pessoal que faz parte do sistema corrupto incluindo ministros do STF, STF, desembargadores do Estados são colocados para manter o status quo. Nossa CF foi feita por bandidos que ali só funciona para as pessoas que estão no poder e consequentemente muito dinheiro. O Brasil está no fundo do poço e não vai sair tão cedo com Lula, Bolsonaro, grande parte do CN, TCU e outras instituições.

  43. É uma vergonha! Todo mundo sabe de tudo que ocorre e nada acontece. É que uma mão lava a outra e as duas lavam a cara.

  44. È simplesmente lamentável o que ocorre no país da impunidade reinante graças a atuação do protetor geral Sr. João Plenário, mais conhecido como Beiçola. Agora não contente com suas relações espúrias junto a turminha de sempre volta suas baterias contra o último dos moicanos, o juiz Marcelo Bretas. Será que não existe alguém para barrar as pretensões desse profeta do inferno?

    1. O culpado de toda a lama em que vivemos é do Moro? Acho que não. É de pessoas como você, que aponta o dedo para pessoas decentes. Enquanto tivermos um país com pessoas com a sua mentalidade, seremos governados por seres bestiais como o Lula e o Bozo.

    2. você mente!! certamente levou alguma vantagem com a corrupção. Bandido não gosta de juiz e policial decentes.

  45. Como é que alguém faz tanto mal a uma nação, durante anos e anos e nada acontece? Será que ele jamais será contestado pelo povo? Sapao escapará ileso?

  46. A realidade é uma só, a justiça brasileira apodreceu e no caldo de cultura, uma bactéria sobressai, a gilmarium corruptium.

    1. Seria um covid especializado em fortalecer a tal “justiça brasileira”. Como diria Chapolim Colorado e $$antos: “não contavam com a minha astúcia?”

  47. Ele é mais do que um pseudo juiz que protege seus amigos e associados. Um advogado e protetor de corruptos e da bandidagem. Ele e outros aliados da corrupção, tiram recursos que poderiam evitar, ou minimizar, o sofrimento de milhões de brasileiros. Veja os que estão morrendo sem recursos médicos, os que estão morrendo em deslizamentos de terra, os sem escolas minimamente preparadas, os que sofrem sem ter emprego, dentre outros flagelos. A Lava Toga é imprescindível.

    1. Verdade, Marina. Infelizmente esse povo só pensa no Big Brother e no carnaval que tá chegando! Nunca vai saber pensar é muito menos VOTAR.

  48. É impressionante a obsessão de Gilmar em proteger seus amigos corruptos. Gilmar num divã seria um prato cheio para qualquer psiquiatra

  49. A chan e nossa seria se o povo que escolhe, votasse em pessoas dignas pra nos representar no congresso, e nao safados, canalhas como a maioria dos que hoje compoem este senado e camara federais, se a maioria do povo dicernisse isto, e botasse pra fora via voto, estes vagabundos todos, talvez tenhamos futuro digno como povo, do contrario, melhor todo mundo cruzar os bracos e nem impostos recolher, e de onde receberao salarios! vao receber dos banqueiros pro resto da vida. MORO PRESIDENTE ja.

  50. Esse Gilmar Mendes já deveria ter sido defenestrado do STF! O Ministro Barroso já disse poucas e boas a seu respeito. Ele agora, não satisfeito em perseguir o Moro, mira sua artilharia no grande juiz Marcelo Bretas! #MoroPresidente2022

  51. Se a imprensa não denunciar toda a banda podre da magistratura, liderada por Gilmar Mendes, e apoiar a banda nobre, liderada por Moro, Bretas, Deltan e outros, o povo não tem nenhuma chance!

    1. João Carlos, a GRANDE IMPRENSA está com Lula. Assim, está com o STF também. Os menores, como exemplo a nossa integra Crusoé, são os que não se calam. Mas o povão não quer nítida seria. Quer espetáculo, quer show, futebol, carnaval, praia, BBB, novelas, pornografias, bailes funks…

  52. Enquanto persistir este criterio de bandidos politicos escolherem supostos juizes da suprema corte, que passam a advogar para os bandidos que os escolheram, este Brasil continuara sendo isto que vemos, e cada dia pior. Bandidos jamais escolherao desiguais para julga-los, e os resultados serao sempre os que temos comtemplado pelos sinistros supremos, de sorte que, ou o povo e a sociedade derrubam esta casta de corruptos ou vamos andar na bosta destes cagoes pra sempre. NEM PASSADO, NEM PRESENTE.

  53. taí concordo com o dr. GILMAU em algo .. neste país todos estamos viciados em alguma coisa e nós o povaréu ignaro viciados em sucessivos estupros de sua suprema corte a impunizar e a soltar ladrões .. mas Moro não precisa ser desmontado por simples cometeu sucessivos e tolos erros .. ao ir pro governo .. ao sair do governo como fez .. a de forma tola falar tanta abobrinha que só ajudam ao seu real algoz a rir de sua ingenuidade corajosa e digna .. a 3ªvia morreu no barbeiro e isto é péssimo.

  54. A corrupção mata, estamos mais uma vez vivendo isso em Petrópolis - RJ. Alguém poderia pesquisar quem foram os juízes, desembargadores e ministros que libertaram o prefeito e vice prefeito da cidade de Petrópolis??

  55. A justiça não Rio de janeiro está dominada pela máfia de juízes, que em troca de milhões de reais e as vezes em moedas estrangeiras negociam investigações, sentenças e a cabeça de quem está na frente para combate-los. Contando ainda com a ajuda de um dos principais juizes e outros da suprema corte. Realmente eu acredito que alguns desses juízes já estão sofrendo pressão,e que agora não podem mais voltar atrás ajudando essa turma que não vêm a hora de se livrarem de uma vez por todas da L. Jato

  56. Só Bolsonaro e o Glorioso Exercito Brasileiro ainda não perceberam, que os verdadeiros governantes do Brasil hoje são Lula e Gilmar Mendes. Namastê!

  57. Gilmar Mendes e PGR, representam os interesses de corruptos e criminosos, condenando juiz e a justiça verdadeira. Até quando está máfia continuará mandando

  58. Gilmar Mendes é o câncer do Brasil. E NÃO SE ESQUEÇAM: QUEM COLOCOU ESSE CÂNCER NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL FOI FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.

    1. Domingos Chaves, respeitosamente, Gilmar não vai pagar nada. Aqui no Brasil quem paga é o "Zé Povim". Esse cara vai viver até aos 99 anos curtindo o status que Fernando Henrique concedeu a ele e numa boa. No Brasil, se vc é rico e poderoso, ou pelo menos amigos dos poderosos, o crime compensa.

  59. A escolha dos ministros do STF, deveria ser através de concurso público. E não escolhidos por mandatário de um país. Se fosse por concurso público, nenhum desses estariam lá agora!

  60. É bom que se investigue mesmo a atuação do Juiz Bretas. O que não falta contra ele são acusações de irregularidades nos corredores da Justiça do Rio de Janeiro. Aliás, um juiz que é proprietário de quatro imóveis na cidade e recebe auxílio moradia dos cofres públicos, provavelmente tem muita coisa a explicar.

    1. É mesmo, Eduardo? Fiz alguma acusação sem fundamento? Ou, ao contrário, esqueci de dizer que a esposa do Bretas também recebe auxílio moradia. Não seja inocente, ninguém é santo nessa podridão que infesta o judiciário brasileiro. Esgotou mina paciência também

    2. Velhinha de Taubate’ você está mais envelhecida que a monarquia e suas benesses que a embalam. Essa acusação é o perfume inebriante da enganação do luloptismopessedebismo (vote! com circunflexo de robô). Quando indefensável acusa-se o justo. Não pega mais. Nem para defender o Gilmar. Esgotou a paciência.

    3. Pode ser! Seja este, seja aquele: afinal, qual é a Verdade? Que está interessado na Verdade?

  61. DESDE QUE A COAF PEGOU A DONA GUIOMAR O ÓDIO DE BEIÇOLA O PROTETOR DAS BARATAS COR RUPTAS DO RIO,PELA LAVA JATO E POR MORO SE INTENSIFICOU .QUANDO TEREMOS EXCELÊNCIAS CONCURSADAS NO STF ?

  62. Gilmar Mendes, essa figura desprezível que emporcalha o judiciário brasileiro, encarna a teoria de que, no Brasil, o crime compensa - pelo menos para os poderosos. Enquanto esse vampiro maligno estiver atuando no STF, o Brasil segue condenado a ser o paraíso dos corruptos.

  63. A "JARARACA" e Aécio devem ter " pedido " a GM para livrar a cara de Sérgio Cabral e/outros. Imaginem qto não valerá e€€a liberdade?

  64. Guardiões da impunidade lava e limpa corruptos da lama com água que mina dos cofres abarrotados de dinheiro vindo da pilhagem da nação e do povo brasileiro.

    1. Ou Gilmar Mendes é comprometido com a corrupção ou TODO o Judiciário e MP não funcionam, pois TODAS as operações que tocaram corrupção de poderosos (poderosos mesmo !) foram anuladas com a participação de Gilmar. Será que vale a pena gastar tanto $$ bancando uma justiça de primeira instância e um MP incompententes ? Ou será que o problema é Gilmar e amigos ? Não tem nada a ver com Moro e Lava Jato. Foram dezenas de operações anti-corrupção de poderosos e TODAS enterradas.

  65. Gilmar mendes , Faz o que FHC pediu. Livrar o corrupto AECIO, SERRA, Aluisio Nunes e Alckmin . Pra isso em Conluio com Tofoli, Lewan e Carmen Lucia Soltaram o Criminoso Lula Mas um dia a casa cai .

  66. Não concebo que esse ser chamado gilmar mendes, seja inatingível ,ele faz o que quer , só trabalha pra bandidos , faz de tudo pra salvar corruptos , em troca de que ???????????????????????

  67. MEU LIVRO “O INROTULÁVEL”. Link de acesso: https://www.amazon.com.br/dp/B09HP2F1QS/ref=cm_sw_r_wa_awdo_PQSA5Z6AXXH2SX16NH87 ..............................................……. o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. Cláudio Roberto, respeito e admiro seu otimismo, mas, de boa, a hora de Gilmar não vai chegar nunca. Aqui no Brasil, quando se trata de poderosos, o crime compensa e Deus já virou as costas há muito tempo para o Brasil. Deus não é brasileiro, mas o diabo tenho certeza.

  68. Dá uma tristeza ler essa matéria, saber, que, àqueles que são pagos pra fazer justiça, fazem o contrário. Até quando ficaremos inertes as ações desses bandidos de togas? GM o chefe da quadrilha, tenho medo do futuro do Brasil, com sua população que ao invés de cobrar, idolatra os seus políticos. Juízes deveria ser concursado e não apadrinhado por presidente. Parabéns o Antagonista, em apresentar a podridão de todos. A mídia em geral, esconde esses fatos. 🤔

  69. A “ lama” no judiciário brasileiro é bem maior que a constatada nas tragédias naturais: pobre país que aceita e abençoa os corruptos de estimação. Vergonha. Parabéns pela reportagem.

  70. O STF, ao que tudo indica, guarda em seus quadros o que há de mais podre na Justiça brasileira. É a ditadura do Judiciário, com o beneplácito do Congresso e Executivo, descaradamente implantada no Brasil.

  71. Apesar de toda podridão moral algum dia, com certeza, o ambiente estará menos poluído. Essa é a única certeza da vida independentemente do poder político ou financeiro.

  72. A resoluçao de GM contra a lava jato e todos os movimentos anti corrupçao so confirmam o quanto ele esta submerso no mundo do crime. Um verdadeiro criminoso de toga. Impressionante como ele age na base do tudo ou nada.

  73. Ao redor de GM, Grande Meritríssimo, gravita muitos aliados porcos: Humberto Martins e seu filho advogado, Lindôra Araújo, Augusto Aras, OAB - RJ, políticos corruptos. Realmente o Grande Meritríssimo passou a agir mais descaradamente quando os ventos tornaram-se totalmente favoráveis a ele, com Bostanaro colocando seu capacho Aras como PGR.

  74. Maldito Gilmar Mendes. Como ministro do STF, é um ótimo político, desses que não valem nada, que jogam sujo, e que existem em escala industrial neste país de merda. Maus bofes como ele se dão bem em qualquer governo, que nem o "big center". Estamos lascados na mão dessa gentalha de 5a categoria. Maldito seja esse verme.

    1. Maldito mesmo! Não tem limites!!!! Mas tem inúmeros seguidores, a começar por seus pares…Até quando, meu Deus????

Mais notícias
Assine agora
TOPO