MarioSabino

Antes que o mundo acabe

04.03.22

Sim, meu amigo, meu irmão, o mundo pode acabar. Não é uma metáfora política, religiosa ou sentimental. Pode acabar, ter um fim, ser completamente destruído por uma terceira guerra mundial, que será a última, a derradeira, não um suspiro, mas uma explosão nuclear. Estou sendo literalmente apocalíptico. 

Se o pior ocorrer — e o pior ainda está por vir, constatou o presidente francês Emmanuel Macron —, será por obra de um ditador cínico, um carniceiro, um criminoso, um cleptocrata, um chantagista chamado Vladimir Putin, a pior sujeira já produzida pela Rússia desde Stalin. Neste momento em que escrevo, mais de 2 mil civis ucranianos foram mortos e 1 milhão de cidadãos já fugiram do país cuja existência o ditador cínico, o açougueiro, o criminoso, o cleptocrata, o chantagista, quer simplesmente cancelar do mapa, como ele próprio afirmou, ao anunciar a invasão da Ucrânia. 

Da semana passada para cá, os líderes do Ocidente deram-se finalmente conta da enormidade que eles e os seus antecessores cometeram, ao fechar os olhos para as atrocidades perpetradas por Vladimir Putin, ao longo de mais de vinte anos, e não ter mostrado os dentes quando o ditador cínico ainda empilhava soldados e armas na fronteira com a Ucrânia. Depois de deixar o fato ser consumado, compelidos pela resistência heroica do povo ucraniano e o seu honrado presidente, Volodymyr Zelensky, os ocidentais impuseram sanções econômicas severas à Rússia e agora ajudam a Ucrânia com dinheiro e armamentos. Ao mesmo tempo, ainda tentam pateticamente negociar com o açougueiro — que afirmou que poderá usar o seu arsenal nuclear contra quem se meta no seu caminho de destruição.

Esse é o nó górdio. Na verdade, não há negociação possível. Ceder a Vladimir Putin um único metro quadrado de território ucraniano significa romper a barreira entre a barbárie e a civilização. O criminoso quer reviver o império soviético e, se o Ocidente acovardar-se, ele avançará sobre outros países independentes e democráticos que antes padeciam atrás da Cortina de Ferro. Não existe racionalidade nenhuma na sua realidade paralela, apenas nostalgia e cálculo mortífero. “Se cairmos, depois será a vez da Estônia, da Lituânia, da Letônia etc. Até o Muro de Berlim”, resumiu Volodymyr Zelensky, em entrevista coletiva.

O cleptocrata está isolado internacionalmente, mas é rato acuado. E ratos acuados avançam contra quem os ameaça. O prêmio Nobel da Paz Dimitri Muratov, editor-chefe da Novaya Gazeta, praticamente o único jornal independente que sobrou na Rússia, disse à comissão de direitos humanos do Parlamento Europeu que conversou nesta semana com Mikhail Gorbachev, 91 anos recém-completados no hospital. De acordo com Dimitri Muratov, o ex-líder da União Soviética, que assinou o atestado de óbito do comunismo, afirmou que “é preciso fazer o que for possível para deter a ameaça de uma guerra nuclear”. E o jornalista confirmou: “Essa possibilidade se tornou real. Temo que alguém no Kremlin fique tentado, cedo ou tarde, a apertar o botão vermelho”. 

O chanceler Sergey Lavrov, o Von Ribbentrop do chantagista de Moscou, disse que uma Terceira Guerra Mundial será nuclear e, numa inversão desavergonhada, afirmou que o Ocidente é que representava uma ameaça atômica. O temor aqui na Europa é que Vladimir Putin lance mão de uma arma nuclear tática — basicamente, uma bomba pequena, de efeito limitado —, para exterminar um foco de resistência mais duro na Ucrânia. O Ocidente poderia aceitar essa monstruosidade? É claro que não. A escalada seria inevitável.

Escrevi em O Antagonista que os russos têm de derrubar o ditador cínico, o açougueiro, o criminoso, o cleptocrata, o chantagista Vladimir Putin. O jornalista Dimitri Muratov afirmou que, apesar de toda a propaganda falsa do Kremlin, de que o governo da Ucrânia é “nazista”  (neonazista é o chefe dos mercenários do ditador cínico) e representa uma ameaça os cidadãos de língua russa que vivem no país, 70% da população da Rússia desaprova a guerra contra a nação vizinha e irmã. Essa gente precisa enxotar urgentemente Vladimir Putin do poder, repito. Repitamos. Antes que o mundo acabe. O nosso e o deles. O escritor e cineasta franco-americano Jonathan Littel, que atuou em organizações humanitárias, inclusive na Chechênia, o primeiro palco de horrores de Vladimir Putin, foi cristalino no jornal Le Monde: “Há 22 anos, uma guerra já viciosa levou Vladimir Putin ao poder. Desde então, a guerra é uma das suas principais ferramentas. Ele a utilizou continuamente, sem hesitar, no decurso de seu longo reinado. Putin existe graças à guerra e prosperou graças à guerra. Esperemos que seja também uma guerra a causar a sua queda. Enquanto ele permanecer no poder, ninguém estará em segurança. Nenhum de nós”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. o mundo não acaba mas o filé poderá comido por bombnas nucleares e lá se vão a Europa parte da Eurásia e os EUA e de quebra leva parte do Canadá e parte do México e ilhas caribenhas e aí sobram a China, Japão e América Latina ... saímos do xerifado ianque para o mandarinato chinês e quando isto ocorrer a fila do haraquiri no patropi será incomensuável.

  2. Ja que o mundo ocidental nao foi inteligente o suficiente para abrir os olhos de Putin e dissuadi-lo em disistir desta desgraca sobre o povo ucraniano colocando em risco iminente a paz mundial, que o coloque na prensa agora enquanto ha tempo nas maiores sancoes economicas e politicas sobre o insano e todos os oligarcas que o sustenta no poder, tomando tudo de todos, e assim a pressao interna sobre Putin fica irresistivel e ele cai. O povo russo agradece junto com o resto do mundo. Queremos PAZ.

  3. Brilhante Mário. A história de repete, com Hitler foi igual. Foram deixando e quando acordaram já era tarde demais. Novamente o Ocidente civilizado tentando ser civilizado com Ditador canalha. Ele NÃO VAI PARAR. Ele usa o fato do ocidente ser civilizado contra nós. Porque ele não é civilizado.

  4. O que pode ser mais cruel, tudo isso que já está acontecendo, ou saber que pode piorar com o apoio dos enrustidos que, nesse momento, são capazes de silenciar, para garantir a ganância pelo Poder ? O que estão dizendo os que sempre apoiaram esse tipo de regime, e têm como sonho chegarem lá, para manterem o mesmo modelo de Poder e de privilégios? Transformaram o sentido de Democracia em algo suspeito, questionável, até pelo uso e abuso inadequado da palavra por eles.

  5. Texto impecável, lúcido e assustador. Também acredito que será o fim do mundo SE o louco do Putin não for deposto. Que os oligarcas russos consigam fazer isso! Que sejam duramente feridos no único lugar sensível em seu corpo: o bolso!

  6. Texto estarrecedor, pois nos chama à realidade, à reflexão e ao que estava em nossos quintais esse tempo todo, mas deixamos crescer. “Criem corvos e eles lhes comerão os olhos.” Não damos mais importância para sabedoria antiga e assim criamos muitos corvos. E agora eles podem nos comer os olhos.

  7. Não imagino que o povo russo seja de má índole, mas foram descuidados com a ascendência deste ditadorzinho magalomaníaco. Precisamos ficar atentos por aqui ...

    1. Pois é, verdade! 8^0 Nos precisou 13 anos pra perceber e tirar uma quadrilha do poder... agora corremos o risco de votar tudo pra trás!

  8. E sobre a possibilidade de Putin lançar logo uma bomba H… não perco 1 min de sono, tomara que erre a pontaria e jogue uma sobre Brasília em plena quarta-feira útil. Estimo. Um pouco constrangedor é seu ca-gaço de medo da morte… ela chegará com ou sem bomba H.

  9. Coitados dos russos, viveram sob a aristocracia mais perversa, insensível e incompetente da historia recente. Aguentaram o Stalin e o comunismo mais falso e carniceiro. Foram bucha de canhão para derrotar o Hitler, sofrendo atrocidades sem fim. Estão agora, submetidos de novo, a um ditador completamente irresponsável, cujo único consolo é ser tido pelo Trump como esperto e inteligente. Eles tem uma adoração atávica por governantes despóticos, criminosos e ineficientes. Coitados de nós.

  10. QUEDA DO ASSASSINO, CARNICEIRO, ETC., CONFORME MARIO SABINO, SERIA A SOLUÇÃO? MAS...... O POVO RUSSO ESTÁ LONGE DE CONSEGUIR ESSE ATO. LAMENTAVELMENTE!

  11. Sempre pedi ao bom Noel p/trazer-me um asteróide como presente de Natal e jogá-lo em cima da Pça dos 3 Poderes.Mas o bom velhinho já está gagá,em vez disso mandou o Putão.Espero q a nova namorada,ex faxineira e hoje milionária,c/quem ele tem uma filha,torne-se o seu "Brutus".Já pensou uma manchete no NYT: MUNDO RESPIRA ALIVIADO: EX FAXINEIRA MATA DITADOR RUSSO NA CAMA!Cuide-se,velho.Se ñ for a ex faxineira,será o guarda-costas,o motorista,a cozinheira. Ñ terá + sossego nessa sua vida infeliz!!

    1. Que os anjos digam amém. Impotência dos líderes ocidentais.

  12. Mario Sabino, permita que seu texto seja compartilhado e, enfim, lido por todas as pessoas que insistem em afirmar que o povo ucraniano é anti-semita e merece passar por essa desgraça. Ninguém merece as atrocidades da guerra! O mundo já sofreu tantas, e recentemente padeceu com uma pandemia! Não aprendemos nada! Precisamos de informação verdadeira e confiável. Só assim mudaremos conceitos e comportamentos equivocados. Sua contribuição é mais que bem-vinda!

  13. Obrigada Mário. Sempre enriquecedores seus textos. Também acho que melhor solução tem que ser dada pelo povo russo, por alguém próximo ao carrasco. Seria libertador para o mundo e principalmente para os russos.

  14. Excelente artigo como sempre mas porque não reunir todos os epitetos usados em um só; Putin é o que seu nome diz, um grandississimo FdaP!

    1. O PUTIN(ho) é filho da PUTIN(h)A. Assim é na Rússia.

  15. Putin extrapola porque certamente tem muitos aliados que concordam com a crueldade e intento em conquistar de volta as repúblicas soviéticas, para realizar o que seus pares não conseguiram no século passado, graças a outros russos que tiveram bom senso. Talvez seja hora de apelar aos russos de bom senso e de algum poder sobre o déspota. Psicopatas não têm limite nem sensibilidade. Nenhum diálogo pacificador , direto com Putin, obterá êxito. Falta combinar com os russos de boa vontade!

  16. Perguntado como seria a terceira guerra mundial dizem que Einstein respondeu que não sabia, mas sabia como será a quarta: com arco e flecha!

  17. Com a minha mão machucada, decepcionado pela minha insignificância diante da Guerra do Putin, já que nem eu, nem pessoas melhores do que eu, conseguimos vislumbrar uma forma de neutralizar o carniceiro russo, estou por ora, de cabeça baixa. Parabéns pelo texto, Mario. A partir de agora, em vez de chamar um povo de CORAJOSO, vamos falar: ESSE POVO É UCRANIANO. Meu coração e a minha mente, está com os meus irmãos ucranianos. Quando nos sentimos mais fracos, é que ficamos mais fortes.

    1. Ninguém merece tanta maldade e tirania. Todo o meu respeito e solidariedade e esses ucranianos. Estou esperando um milagre que termine esse pesadelo.

  18. Este é o problema do Ocidente Cristão (ainda que não seja mais) tratar dos temas políticos como se Deus fosse uma metáfora religiosa. Não se trata de uma metáfora religiosa mas sim de um fato, por exemplo, o que Nossa Senhora do Rosário revelou aos pastorizinhos em Fátima: a Rússia será o flagelo de Deus. Para ser sucinto trago apenas dois exemplos, como foi em Nabucodonosor, e como foi igualmente na época de Santo Agostinho. Metáforas são as frouxas análises políticas de nosso tempo.

    1. Se é um flagelo divino, o que sugere o colega? Aceitar que dói menos?

  19. Genial, Sabino! Se tivesse muito $ daria a vcs para tornar a Crusoé e O Antagonista de acesso público... Brasil precisa ter acesso a gente q pensa.. para perceber a diferença... as colunas e as reportagens de hj estão fantásticas.. parabéns!

    1. O Papo Antagonista é gratuito no YouTube. Assistam, deem like e compartilhem pra ajudar!

  20. Talvez uma operação cirúrgica da CIA pudesse dar cabo a este monstro, mas sempre sobrariam os Sergey Lavrovs para apertar o botão. Parece que a humanidade não tem saída mesmo.

  21. Nunca desejei o mal de ninguém! Mas como é difícil ser só uma reles mortal nesse caso! Como um homem tão cruel, insensível e desequilibrado (caricatura russa dos filmes americanos!) pode causar tanta morte e destruição e ñ acontecer nada?! Se por um lado o Zelenski e o povo ucraniano despertou uma solidariedade no mundo q estava adormecida o Putin desperta o pior em mim! Tenho lido as suas aulas de história, Mário (arrasa, hein!), tentando entender os fatos, mas estou derrapando como ser humano.

    1. Juliana, ele desperta o pior de mim também. Somos humanas, não robôs, nem santas. Temos emoções. Quando vejo crianças e idosos sofrendo, o pior de mim aparece.

    2. Não está derrapando não. Putin é tão mau que faz despertar o mal que há em todos nós, mesmo dos bons entre nós...

  22. Também torço pra população da Rússia se mexer contra o autocrata e o retirar do poder. Será o caminho mais tranquilo para o resto do mundo, evitando sofrimento para as populações dos países vizinhos à Rússia

  23. Entendo que A Russia não deveria invadir a Ucrânia, mas a Otan não deveria avançar para o leste europeu. Ambos estão errados.

    1. A OTAN é um dispositivo de DEFESA contra invasões ditatoriais, como essa a que assistimos! Não representa perigo algum para o mundo livre. Aprenda!

    2. Por que a OTAN não deveria avançar? Porque Putin não quer? Por acaso algum país foi obrigado a entrar na OTAN? Não, é o contrário, eles fazem fila pra isso!!! Pra você, um país tem o poder de vetar o que o vizinho faz ou deixa de fazer?

    3. Uma relativização da Agressão do Carniceiro Putin.

  24. Imagino que Jonathan Littel seja o mesmo Jonathan Littell que escreveu Les Bienveillantes. Se for, o livro e o título do livro se entrelaçam do inicio ao fim. E continuam insinuando o mal atual. Melhor: denunciando o mal de sempre.

  25. É, Mário, meu amigo desconhecido, um dos 5 jornalistas que mais admiro. Parece que tudo irá acabar mesmo, a menos que o povo russo tire o tirano do poder. Desculpe a tristeza! Gostaria de ler sobre arte, cinema e literatura; coisas que você conhece tão bem, e que nos dá alento, mas sei que não é hora para isto. A hora é de chorar pelos mortos, de lamentar pelos sobreviventes, de admirar a força e grandeza moral do presidente da Ucrânia. Obrigada por seu artigo!

Mais notícias
Assine agora
TOPO