MarioSabino

A condição humana

25.03.22

A semana que termina contou com quatro momentos interligados que me deixaram ainda mais convicto em relação ao Brasil.

O primeiro momento foi quando o ministro Gilmar Mendes, decano do Supremo Tribunal Federal, mais uma vez abriu a boca, em declaração incompatível com as atribuições do seu cargo. Entrevistado pela Bloomberg, ele disse que teve uma conversa com Jair Bolsonaro, na qual o presidente da República afirmou que se arrependia de ter nomeado Sergio Moro ministro da Justiça e Segurança Pública. O simples fato de um ministro do STF conversar privadamente com o presidente da República, e presidente da República que é alvo de ações judiciais na Suprema Corte, já deveria ser motivo de escândalo. Mas, aparentemente, ninguém se deu conta disso. Como Gilmar Mendes vive conversando com quem não deveria, normalizou-se a coisa.

O decano do STF relatou que Jair Bolsonaro lhe disse o seguinte: “Olha, cometemos muitos erros, entre eles ter nomeado Sergio Moro. Se tivéssemos um ano de experiência antes, talvez não tivéssemos feito isso”. Gilmar Mendes, então, respondeu: “Não, presidente. Entre seus legados está ter nomeado Sergio Moro ministro da Justiça e depois tê-lo devolvido ao nada”. O escândalo, aqui, dobra de tamanho. Gilmar Mendes não poderia emitir opiniões fora dos autos sobre cidadãos julgados por ele, muito menos opiniões de caráter político. Ao atacar Sergio Moro, ele atingiu um pré-candidato à Presidência da República, intrometendo-se no processo eleitoral. Mas, outra vez, como Gilmar Mendes parece ter licença para matar com as palavras, tudo ficou por isso mesmo: na maior imparcialidade, porque parcial mesmo é o juiz que condenou Lula.

O segundo momento foi o voto do ministro Luis Felipe Salomão, do STJ, contra o ex-procurador Deltan Dallagnol, que terá de pagar indenização a Lula por causa do famoso PowerPoint. Disse o ministro: “Houve excesso de poder. Atuou para além de sua competência legal. O erro originalmente de tudo isso, me parece, deveu-se àquele típico juízo de exceção que se deixou funcionar em Curitiba. Criou-se um juízo universal. Sempre fui um crítico desse funcionamento, a meu ver, anômalo. Levou-se muito tempo para reconhecer e só agora se está corrigindo o desvio”. Fiquei e continuo estupefato. No que Deltan Dallagnol excedeu-se? Como o Ministério Público é titular da ação penal, cabe a ele fazer a denúncia. Se é com tintas fortes ou fracas, vai do processo. No caso, o denunciado era um ex-presidente da República acusado de envolvimento no maior esquema de corrupção da história brasileira. Se a exibição do PowerPoint, que ilustrava a convicção do Ministério Público, foi marcante, isso deveria contar a favor do procurador. Também fiquei espantado com o fato de Deltan Dallagnol ter sido condenado na pessoa física, embora naquele momento estivesse investido no cargo de procurador. Não seria o Estado que deveria pagar a indenização por um ato funcional, assim como ocorre com os juízes? Se não estou certo nesse ponto, acho que o Direito brasileiro está errado, ao ter dois pesos e duas medidas. Quanto ao Juízo Final de Luis Felipe Salomão sobre a Lava Jato de Curitiba, é despropositado que, em ação contra um integrante do Ministério Público, um ministro estenda os seus comentários ao Poder Judiciário.  

O terceiro momento desta semana tão especial foi o tuíte do senador Renan Calheiros sobre o hacker Walter Delgatti, que roubou as mensagens do então procurador Deltan Dallagnol, propiciando que os integrantes da Lava Jato fossem considerados suspeitos por essa gente bacana que habita Brasília. O senador postou que ‘Walter Delgatti, o hacker que denunciou as delinquências da Lava Jato, mudou a história do país. Ele possibilitou as punições, ainda brandas, que estamos vendo e mostrou quem era Sergio Moro, Deltan Dallagnol e sua turma. É hora de retomar o projeto que apresentei para anistiá-lo”. Depois de o tagarela Gilmar Mendes ter usado material roubado, e interpretações de texto bastante livres, como “reforço argumentativo” para destruir a Lava Jato, Renan Calheiros homenageia o ladrão e quer anistiá-lo. Só faltou defender que Walter Delgatti, uma vez anistiado, compusesse chapa com Lula. Mas já antevejo, de qualquer forma, uma carreira política para o salafrário. Por que não? Sempre cabe mais um.

Para completar, em entrevista à rádio Super Notícia, de Minas Gerais, Lula saiu-se com esta sobre a Lava Jato: “Eu não tenho ódio, eu estou leve. Mas isso não quer dizer que eu vou esquecer o que aconteceu comigo e com a minha família. Eu ainda vou abrir alguns processos contra as pessoas que espalharam tanta mentira contra mim. Não vai ser agora, no meio da campanha eleitoral, mas vai acontecer. Eu fiquei satisfeito com a condenação de ontem no caso do PowerPoint. Eu tinha pedido 1 milhão, os juízes disseram que ele não ganha tanto assim e foram condescendentes. Mas já está bom. As pessoas que fizeram acordos com revistas, jornais, TVs, para passar informação falsa: isso não pode ficar por isso mesmo. Eu tive 13 horas de matérias contra mim no Jornal Nacional em 9 meses. A Globo deveria pedir ao Bonner que faça um editorial, dizendo que a emissora foi enganada pela força-tarefa de Curitiba. E eu espero também que o próprio Ministério Público repare essas situações, porque uma instituição dessa importância não pode fazer denúncia sem prova para ganhar manchete. Não pode acontecer de novo o que essa meninada messiânica fez contra mim”. 

“Denúncia sem prova”, “meninada messiânica”. Uma sinapse de colunista me levou ao século XVII.

Muitos anos atrás, interessei-me literariamente por Blaise Pascal, o grande matemático e filósofo francês que argumentou que acreditar em Deus seria mais racional do que não acreditar — o que, ao fim e ao cabo, seria prova da Sua existência. Ao analisar a condição humana, cega e miserável diante de um universo para o qual as explicações contribuem para que ele pareça ainda mais inexplicável, Blaise Pascal escreveu: “Imagine-se um grupo de homens acorrentados, e todos condenados à morte, dos quais alguns são degolados a cada dia à vista dos outros, os que sobram vendo a sua própria condição naquela dos seus semelhantes e, olhando-se uns aos outros com dor e sem esperança, aguardando a sua própria vez. É a imagem da condição dos homens”.

O Brasil é a mais dolorosa prova divina da condição humana.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Diogo, você é um dos sócios da revista. Por que não organiza uma série especial de reportagem sobre a corrupção? Organizada em 3 séries, abordaria primeiro Corruptos e Suspeitos do Executivo, Legislativo e Judiciário. Na segunda série, abordaria como esses crimes são julgados, destacando os julgamentos da ala suspeita do judiciário e a leniência do MP com essa gente. Na última série, mostrar as mazelas que isso causa. QUEM CONCORDAR, COMENTE PRA APOIAR A IDEIA. Seria Ótimo nesse ano de eleição.

  2. Excelente! Vivemos no pais da impunidade e da mentira. A ordem dos valores se inverteu de tal maneira que pessoas que deviam estar aposentadas da política pela vergonha passam a ditar a regra de uma moralidade inexistente. Um ministro do STF dando entrevistas, como faz Gilmar Mendes, é a mostra da estultice do país. Nunca perdemos tanto como agora. E saber que esse cidadão foi nomeado por FHC.

  3. Possivelmente quando este magnífico texto foi escrito, a façanha de meio milhão de reais serem depositados por mais de 12.000 brasileiros na conta de Deltan D’Alagnol ainda não era notícia . A ponto dele ter cancelado seu PIX porque os depósitos não paravam de acontecer . Lavou a alma de todos nós ! Mário Sabino . Não vamos nos desesperar . Vamos aguardar as urnas . Delas pode vir a condenação que almejamos. Saneando o CN e Executivo os Tribunais políticos mudam também . É lutar e lutar .

  4. Os posicionamentos de Gilmar Mendes são uma vergonha para nosso país. Somente Moro para dar seriedade no projeto de nação para o Brasil.

  5. Gilmar Mendes sim, é um NADA, absolutamente um NADA!!! A demonstração do país ao doar para Deltan, foi a demonstração que parte da população brasileira está a favor de Moro. O Brasil precisa de mudança . Vamos vence!!!! MORO 22.

  6. Antes de Moro lançar sua candidatura, eu comentei que ele devia ficar nos EEUU e até se naturalizar. Do modo que as coisas vão indo, ele vai acabar preso.

  7. O povo do Bananão é mulher de malandro, gosta de apanhar... não tem capacidade mínima de pensar por conta própria fora do maniqueísmo ideológico: direita e esquerda. Não veem que direita = esquerda = fascismo = comunismo = ditadura = miséria espiritual e intelectual...

  8. Incrível a miséria intelectual e espiritual por aqui. Para pseudointelectuais e pseudoartistas só existe "direita" e "esquerda", induzindo as massas embrutecidas ao maniqueísmo, ao alinhamento automático a uma destas categorias criadas no século XVIII, pelo iluminismo tacanho e elitista, dono da verdade absoluta. Fascismo = comunismo = bolsopetismo = putinismo = ditaduta. "Cada povo tem o governo que merece": na Rússia elegeram o Putin, aqui quem vai ser ?

    1. Não posso dar parabens! Só chorar 😪 por tudo que está acontecendo e dizer que é tudo muito sórdido e como real desumano para o nosso país!

  9. Eu ando tão decepcionada com a política e a sociedade brasileiras que ando desanimada de comentar as matérias. Mas não posso deixar de agradecer à Crusoé que está diariamente na briga da existência conosco, com seu timaço de jornalistas imparciais e corajosos. MS

    1. ... Excelente, Maria!! ...Também só vejo Luz em Crusoé e n'O Antagonista. ... O que assistimos no bananão é uma "luta" de salafrários ditos de esquerda e de direita. .. O troféu é o dinheiro.

  10. Com toda essa sua exposição admirável, já que defendo com ardor, Sérgio Moro, me pergunto como ele iria governar ao estilo dele nessa zona tenebrosa que se encontra o país. Seria ele contra todos, mas como não tentar pelo menos mudar o rumo mais à dignidade, à prosperidade e à justiça. A continuidade desse sistema perverso vai nos levar a Venezuela e outos países famigerados. Só temos MORO para tentar e eu confio que ele está determinado a dar esse passo em direção promisora

  11. Se juntar Lulaladrão, FAMILICIA BolsoNero, o Beiçola, os cristãos propineiros da espécie ouro bruto e tentar ver se sobra desta mistura algo prestimoso, nem para fazer sabão de coada de cinzas serve.

  12. A Crusoé é uma revista sensacional, excelente time de colunistas, jornalistas, mas infelizmente lê-la é um soco no peito toda sexta feira!

  13. No final da leitura eu não sabia o q comentar... lembrei das colchas de retalho da minha avó: pedaços de pano sem sentido q ela junta, emoldura com outro tecido e fica lindo. Vc pegou os fatos juntou e colocou numa moldura de desgosto, amargura, vergonha e vontade de fugir. Seu texto ficou lindo, mas doeu.

  14. Mário, é um horror diário acompanhar a política. A esperança de construção de um país melhor e mais sério morreu com o fim da Lava-Jato. Eu só posso fazer a minha parte: votar em Sérgio Moro e em políticos e partidos bem contados no Ranking dos Políticos.

  15. Um Salomão sem nenhuma sabedoria, um decano da corte suprema transtornado pela inveja. Um país tão míope, capaz de eleger um execrável ou um idiota! Meu Deus, onde você está? Assisto a isso há mais de meio século e não me conformo!

  16. Mário, parece que o amadurecimento político brasileiro tem uma longa estrada pela frente. Digo, muitas administrações desastradas e cleptocráticas passarão até que os atuais habitantes dessas terras se tornem, enfim, cidadãos. Lúgubre.

  17. No Brasil o óbvio tem que ser repetido à exaustão, pois é assim que os corruptos fazem com suas mentiras. Há que equilibrar a balança e não ficar calados diante dos absurdos dos mesmos.

  18. O Brasil merece o que tem. A cultura brasileira privilegia esse tipo de narrativa e esse tipo de gente. E as minorias pagam o preço.

    1. Olá, Paulo, nossa equipe entrará em contato com você. Obrigado.

  19. O Beiçola Nefasto, descambo do STF, fez escola e provocou a grande decadência do judiciário brasileiro que livra delinquentes como o Lularápio e o Canalheiros da cadeia e condena gente honrada como o Deltan.

    1. lotofacilA ho Acho que o brasileiro merece tudo isso!Um país que tem 50 por cento dos eleitores que votarão num ladrão com certeza merecem os beicolas que existem por aí.Triste muito triste

  20. Num país, onde cerca de 60% de sua população, ou mais, é conivente com bandidos e todo tipo de safadeza e canalhice, pode haver alguma esperança de decência pública? Certo que não. As pesquisas de aprovação e eleitorais mostram isso. O próximo pleito dirá. A confirmar. A bandidagem nas instituições de Estado se refestela pq encontra neste povo terreno fértil para plantar suas sementes de iniquidade , injustiça e desfaçatez. A Nação é o seu povo. Povinho de quinta, representantes de décima.

    1. OK. "Cada povo tem o governo que merece". Lá elegeram o Putin. Aqui vão eleger quem ?

  21. Foram quatro momentos interligados na semana, mas o Brasil está sofrendo há anos de macabros momentos interligados. Dói é ver que a miséria e a injustiça social continuam sendo afilhadas desses tristes momentos.

  22. Vou sofrer ataques da turba furiosa, mas está mais do que provado: este país é irrecuperável. Lembro- me sempre da piada con Deus qdo construía o mundo. Ao ser alertado por São Pedro, de que aqui Ele só colocava coisas boas, enqto nos outros misturava bom e ruim, Ele falou: “Calma Pedro, tu vai ver o povinho que vou por aí nessa merda de lugar”…é isso: país de merda, povo pior ainda. A solução? Devolver pra Portugal e pedir desculpas pelos estragos.

    1. Álvaro quem, em sã consciência, irá atacá-lo por apenas repetir uma verdade óbvia como esta aqui? Só por que foi dita com palavras, como se diria tempos atrás, de baixo calão? Não, não a verdade é sempre a verdade, independente com quais palavra ela é dita e/ou repetida. Parabéns. Estava sentindo falta de sua verve por estas plagas crusoelentas.

  23. Esse artigo falou tudo, e como falou bem!!!!! Que lucidez! Que raciocínio! Que capacidade crítica e argumentativa! Uau!!!!

  24. O que nos resta é ler seus artigos querido Mario, pelo menos sabemos que ainda resta alguma vida inteligente no País. Tá difícil...

  25. Excelente. Compartilho da sua opinião (essa semana no Papo Antagonista) de que os brasileiros jovens que puderem sair do país, que o façam. Muito triste, mas é a realidade atual.

  26. Esperamos o início dos debates eleitorais. A versão verdadeira dos fatos deverá gritar e se mesmo assim a mentira prevalecer, mesmo assim, será mentira e o tempo mostrará. Viveremos uma tragédia num futuro próximo, talvez.

  27. Parabéns. O comentário mais lúcido que li, sobre essa parafernália de bandidos, togados ou não que destroem o patrimônio ético, moral, institucional e patrimonial deste país.

  28. O Lula ladhrao de volta ao poder vai ser demais pra esse pobre povo. As bandeiras que ele está levantando são a vanguarda do atraso e, caso eleito, transformarão esse país numa Venezuela. Ninguém merece. #nemlulanembolsonaro

  29. brasileiros atolados no lamaçal dos salafrarios....acredito no PODER DA INDIGNAÇÃO...votem Sérgio Moro..aposente-se e desapareça Gilmar

  30. O Brasil virou uma cleptocracia. Os poderes da república estão nas mãos de criaturas grotescas e asquerosas que visam apenas enriquecer a custa do erário. Enquanto o povo permitir isso, nada irá mudar.

  31. Beiçola é o tipo de ministro que envergonha o judiciário brasileiro, essa instituição que já caiu no descrédito da nação. Só a cara desse crá pula me dá ânsia de vômito!

  32. Mais um texto brilhante que se junta a todos os outros escrito por você Mario!! Parabéns! Afinal trata-se de das falas dos participantes de uma quadrilha que juntas roubam e dilapidam o país e o moral dos brasileiros. E junto a eles tantos outros políticos e meios de comunicação que também participam do mesmo objetivo. Quando teremos mudança?? Espero ardentemente que Moro vença e subverta essa tendência que está a destruir o país.

  33. Brilhante, Mario! O único fato que salvou a semana pra mim foi a força que o público mostrou ao fazer doações em massa para o Deltan. Isso me emocionou e lavou minha alma. Tem uma luz no fim do túnel, ainda há juízes em Berlim.

  34. Tudo isso chama-se "dinheiro" fazem qualquer coisa desde que vivam muitooo bem e trabalhando muitooo pouco ou até mesmo nem trabalhando. Minha profissão, meus privilégios, minhas regras ....

  35. Triste demais, Mario. Os canalhas vecem por hora, mas chegará seu momento. Todos ainda cairão. Gente asquerosa e nefasta. 🤮🤮🤮

  36. É desesperador observar como os brasileiros não percebem, ou não querem perceber, o escárnio com que são tratados pelos políticos. É desesperador observar como esse poço em que estamos metidos não tem fundo.

  37. Figurões exdrúxulos e estrelados dos nossos tribunais superiores são INIMPUTÁVEIS sem nenhum impedimento ou cerceamento de sua livre e descabeçada atuação contra os que ousaram, dentro das 4 linhas da legalidade e de seus atributos constitucionais, levar políticos ladrões às barras dos tribunais… com provas e confissões fundamentadas. Parabéns, Mário Sabino, pelos argumentos irrefutáveis!

  38. É bom ler o Sabino, porque ele, com elegância, descreve a situação dantesca do Brasil atual. Políticos, altos magistrados, empresários, todos suspeitíssimos, se sentindo o máximo. Intocáveis. Vencedores. Mais uma vez no controle. Bilhões para si mesmos, legalmente. Sem prestar contas. Já imaginaram que situação mais cômoda? E a multidão de desdentados, doentes e analfabetos funcionais que os aplaude e idolatra segue, acorrentada, rumo ao precipício.

  39. MEU LIVRO “O INROTULÁVEL”. Link de acesso: https://www.amazon.com.br/dp/B09HP2F1QS/ref=cm_sw_r_wa_awdo_PQSA5Z6AXXH2SX16NH87 ..............................................……. o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  40. O Mecanismo em busca de vingança. Será que Moro acabará sendo transformado numa versão Tupiniquim de Alexei Navalny? Com Lula isso é certo, mas com Bolsonaro uma possibilidade. #moropresidente #naovotonoluladejeitonenhum

  41. Para mim, Blaise Pascal foi mais matemático do que filósofo (e haja muro para se equilibrar-todo mundo pela de medo ao falar do tal Deus). Foi, sim, na minha opinião irracional. Os que mandam degolar, exercendo o seu poder ilimitado estão com ele, no "reino dos céus (seriam vários deuses?) se isto existe.". O miraculoso perdão torna esses camaleônicos poderosos- à beira da morte- até santos. sem necessidade de STF.

  42. c. O Brasil é Gilmar. O Brasil é Salomão. O Brasil é Lula. O Brasil é Renan. O Brasil é o brasileiro, sempre à espera de uma oportunidade para ganhar vantagem desonestamente. O Brasil provoca asco.

  43. c. O Brasil é Gilmar. O Brasil é Salomão. O Brasil é Lula. O Brasil é Renan. O Brasil é o brasileiro, sempre à espera de uma oportunidade para ganhar vantagem desonestamente. O Brasil provoca asco.

  44. Mais uma vez seu texto é de uma qualidade admirável. A realidade que você reporta é angustiante, os personagens, infelizmente verdadeiros, são deformados física e moralmente, tanto quanto Ricardo III. Dá um aperto no coração aqui deste brasileiro...

  45. Acho que essa revista ganharia muitos assinante se, pelo menos uma vez a cada mês ou dois messes, abrissem para compartilhar artigos.

    1. Jornalismo isento e investigativo precisa cumprir seu destino de influenciar o povo e não apenas nosso restrito mundo de assinantes da Crusoe… texto de hoje deveria ser o editorial dos grandes jornais!

  46. Mário, passei uma semana péssima, pois não aguentei o diálogo de Gilmar com Bolsonaro, e a injusta punição a Dallangnol. Já não tenho esperança de nada, já não sonho com nada. Estou como os condenados, esperando o meu fim. Meu único consolo é ler vocês.

  47. Já li a coluna do Diogo e não estou suportando tanta realidade, vou dar um tempo e ler o Mario mais adiante. Se a população brasileira,ou melhor, se os 80% dos brasileiros analfabetos funcionais por ventura lessem as duas colunas de hoje, ou as da semana passada , ou as anteriores, enfim...lessem, não estaríamos nesta posição de aceitação da desgraça,por falta de cognição. A situação é degradante em relação a decência, justiça e futuro trágico do Brasil.

    1. Você citou Realidade, Márcia. . Eu também uso Realidade ao invés de verdade. O Bananão é um lugar onde a Vdd. foi abreviada. ... Todos os comentários, posições contra ou a favor, se resumem a um Vdd.

    2. Esse é o problema: O analfabetismo funcional do povo.

  48. Que vergonha para o STF , a mobilização para "pagamento ao ladrão " em nome do dr Dallagnol. A Globo é seus "Marinhos" são como os mosquitos, vão onde tem mais sangue.

  49. Perdemos a capacidade de indignação seguida da ação, da manifestação contundente do que se pode e não pode no país. O país foi terceirizado para essa gente imunda. São os donos. E qq dia desses ainda vão expulsar daqui os brasileiros de bem. Literalmente ou não.

  50. Blaise Pascal foi corretamente irracional nesta sua frase sobre deus. Na verdade deus, criado pelos homens que acorrentam e degolam para que estes “arrependidos” sejam perdoados e tomem o tal reino do céu. Ah! Criaram também o demônio para espalhar o medo e, no sétimo dia, criaram deus para mitiga’-lo e “vende-lo”como a salvação.

    1. Medo eu teria do deus esse que "protege,ajuda, dá esperança" e espalhou pela Terra representantes coletores de impostos fdp.A religião é uma M.É um empreendedorismo de ouro que deu certo,lucro de 100%,aposta na ignorância e o retorno é certo .

  51. Mais que triste, já é deprimente ser brasileira. Somos instrumentos utilitários e descartáveis dessa gente burra, tosca e gananciosa. Chega!

Mais notícias
Assine agora
TOPO