Gabriel La Serralde/PixabayManifestação LGBTQIA+: fixação em traços identitários como gênero, raça e sexo são a razão de ser da “cultura woke”

Lula será um refém da cultura “woke”

Se tivesse que fazer uma previsão a respeito da cultura brasileira com o retorno do petista ao poder, seria esta: Lula tentará conciliar as duas vertentes da cultura de esquerda durante a campanha, mas, ao vencer, terá de ceder aos identitários
05.05.22

Como as pesquisas mostram que Lula ainda é o provável vencedor do pleito que acontecerá em outubro, arrisco fazer neste texto um exercício de futurologia e prever como o Brasil se comportará culturalmente, caso o comando retorne ao poderoso chefão.

Na verdade, o risco nem é tão grande. Sabemos o que a maioria dos artistas e intelectuais fará, se Lula for eleito pela terceira vez. Eles comemorarão como se não houvesse amanhã e gritarão que finalmente “a democracia e a civilização retornaram”. Para essa casta, Bolsonaro não passa de um “soluço fascista” e, depois do interregno que foi o seu desgoverno, um projeto de país será finalmente recuperado — sempre, é claro, com o patrocínio estatal. 

Acredito, no entanto, que a realidade pode abreviar essas comemorações.

Como diz o italiano Enzo Traverso (entrevistado nesta edição de Crusoé), a vontade de mudar a realidade por meio de uma “educação do imaginário” fracassou e deixou em seu rastro uma certa “melancolia de esquerda“, que nada mais é do que a digestão mal feita das derrotas da esquerda no século XX. Gente acometida dessa melancolia reinou na cultura brasileira por muito tempo. Nos últimos dez ou quinze anos, contudo, dois fenômenos surgiram para confrontá-la. De um lado, aquilo que os politólogos chamam de populismo de direita”, representado pelo americano  Donald Trump, o húngaro Viktor Órban, a francesa Marine Le Pen ou o nosso Jair Bolsonaro. De outro, como broto inesperado de uma esquerda que sempre quis falar em nome de interesses universais, a “cultura woke”, que faz de traços identitários como gênero, raça e sexo a sua razão de ser. “Woke” é “desperto” em inglês. Esses ativistas acreditam que enxergam tudo que o “sistema” deseja esconder. Conseguem ser ainda mais arrogantes e nocivos do que seus antecessores, que pregavam o politicamente correto.

No Brasil, em particular, a cultura woke, inspirada nas obras de Frantz Fanon, Sueli Carvalho, Sílvio Almeida e Djamila Ribeiro, tomou de assalto a “educação do imaginário”. O resultado disso é que, se antes o PT parasitava o politicamente correto, agora a “cultura woke”, que se tornou a regra nas redações jornalísticas, nas universidades e no mercado editorial, encurrala o partido vetusto. Dois fatos recentes mostram como o diálogo entre a velha e a nova esquerdas culturais pode ser problemático.

O primeiro evento foi a publicação de um artigo do sociólogo Antonio Risério na Folha de S. Paulo, em janeiro deste ano. Ele criticava duramente o racismo estrutural (um dos conceitos favoritos dos identitários), que existiria não só entre negros e brancos, mas também entre os próprios negros, inclusive com toques de antissemitismo em alguns casos. As redes sociais explodiram de ódio organizado. Risério, um esquerdista que participou da administração de Gilberto Gil quando ele foi ministro de Cultura, foi linchado impiedosamente. Houve até um motim na redação da Folha, com um manifesto assinado por cerca de 140 jornalistas, condenando não só o texto, mas também a sua publicação, considerada imprópria por disseminar “ideias antidemocráticas”.

O segundo evento foi o recente lamento de Lula, dizendo que o mundo está “muito chato”, porque ninguém pode contar piadas politicamente incorretas. O mal-estar na esquerda e nos bastidores da campanha do PT foi generalizado. Mas, ao contrário do que aconteceu com Risério, fizeram vista grossa para Lula.

Lula está emparedado entre a cultura woke e a dos melancólicos de esquerda, que acreditavam na revolução e pregavam a igualdade, mas não deixavam de fazer piadas sobre gênero, raça, etnia ou forma corporal. Se tivesse que fazer uma previsão a respeito da cultura brasileira com o retorno do petista ao poder, seria esta: Lula tentará conciliar as duas vertentes da cultura de esquerda durante a campanha, mas, ao vencer, terá de ceder aos identitários. Com seu comportamento de seita intolerante, essa turma terá num governo petista o mesmo papel que a de Olavo de Carvalho teve por mais de dois anos no governo Bolsonaro. A discussão será regida por gente que usa “todes” no lugar de “todos”, e o cidadão brasileiro, além de não ter dinheiro para pagar o botijão de gás, ficará paranoico ao descobrir que é um racista estrutural desde o nascimento. 

É autor de Um Democrata do Direito (Metalivros, 2021)
Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Estamos entre a cruz e a calderinha… de um lado Bolsonaro, do outro Lula outra vez , salvai-nos Senhor!!!

  2. Quem opta por ladrao, se nao o eh, gostaria de ser, entao se realiza elegendo um candidato que o represente com muita dignidade, mas em pais serio, a unica dignidade de ladrao eh sempre uma boa cadeia, mas no Brasil a nossa justica nao pode ver um ladrao politico preso que arranja logo um alibe para os soltar e os tornar elegiveis. Que justica eh esta que temos neste Brasil? Triste realidade. Estas castas dominantes continuam fazendo a todos de otarios. Ate quando?

  3. Parabéns aos ANTAS - termo que JAMAIS havia usado antes - que em sua cruzada anti-Bozo trarão de volta o atraso (turbinado pela estupidez e a arrogância sem limites desses militantes). Nunca fui bozonarista, sempre apoiei a “Tese do Mal Menor”, mas a cruzada de jornalistas manipuladores, desonestos e comprometidos com o próprio bolso, aliada à histeria e ao cinismo nosso de cada dia, nos trarão dias tormentosos. A cada brasileiro será garantido “15 minutos de cadeia” por qualquer bobagem.

    1. E antes que entre em vigor a verdadeira ditadura da “minoria” (que na verdade é maioria) e ela casse totalmente o que se conhece por “direito de expressão”… WOKE É MINHA BOLA ESQUERDA‼️🫵🏻🫵🏻🫵🏻🫵🏻🫵🏻🫵🏻 Que se lasque os filhos e os netos da pátria, sou uma pessoa lúcida e não fiz filho em ninguém… 🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️

  4. Esse movimento é muito coerente; policia bullies com bullying; prega a tolerância e inclusão através da intolerância, cancelamento e censura. São vândalos aplaudidos pela imprensa e governo americanos. Essa belíssima ideologia é a fase 2 - o PC foi a muito bem sucedida fase 1 - da implantação do newspeak/novilíngua. O sonho dessa gente é 1984, acusando seus opositores de facistas, ditadores, daquilo que são. É paz e amor. Depois que cumprirem seu papel, os idiotas úteis serão descartados.

  5. finalmente descobrirão que Lula é a versão polida do Bolsonaro e que na verdade os dois são as variedades do tiozão do pavê e suas piadas malogradas.

  6. Sinto que a Crusoé depois que o Uol, está participando está com uma tendência para a esquerda,Pt não estou gostando nada disso,só salva Cláudio e Diogo,é bom olhar os detalhes,acompanho ao Antagonist e Crusoé desde que criaram,

    1. Acorda, dona… o bonde vc já perdeu, Moro não será candidato a nada. A continuar nessa alienação vc ainda acabará em um sanatório…

  7. Excelente matéria. A esquerda, na verdade, busca inventar a roda e sempre quebra a cara, porque se afasta dos princípios da natureza humana.

  8. Acho que, quando Lula assumir, os simpatizantes vão achar Lula completamente ultrapassado, saudosista e semi-analfabeto. Vai ser um banho de água fria! A realidade vai ser dura pra essa gente.

    1. Salta uma mortadela quente com mussarela e catchup que o pessoal vai aceitar fácil. O povão se contenta com tudo aquilo que consegue entender.E o erário paga.

    1. É o orgulho de expor a própria ignorância. Ou racismo mesmo, já que reforça o inglês errado falado pelos pretos. (Pretos, marrons e brancos; alvos, pardos e negros.)

    2. Eles já confessam a sua ignorância a partir do nome. Ou seria racismo, cimentando e expondo o inglês errado dos pretos? (Pretos, marrons e brancos, alvos, pardos e negros.)

    1. São os intelectuais mais arrogantes e manipuláveis que há.

  9. Não creio. Os woke são chatos demais mas, aqui no Brasil, o calculismo do grupo permite engolir e calar face a qualquer coisa que o Lula faça ou diga. Exemplos são muito. O que pode fazer o Lula agir pra agradar essa plateia não será pressão exterior, mas sim de dentro de casa, já que sua esposa é do grupo e parece ter grande influência n campanha e no candidato, restando saber se também terá na sua política, caso seja eleito

  10. O JB está sendo tão ruim, que a cambada está optando pelo ladrão. Então vai a minha sugestão VOTE CERTO, VOTE NO DR TUDO ZERO CONFIRMA

  11. Essa esquerdalha rastaquera liderada pelo Lularápio vai encher a paciência por muito tempo juntamente coma direita acéfala que vem atazanando sob a liderança do Pangaré Sociopata.

  12. Eu tô falando q não é pra eleger nem o Lula nem o Bolsonaro, que o desastre só fica maior com esses dois e a gente esquisita q os acompanha... Ninguém me escuta! 😜🙄

    1. Escuta não.. brasileiro, de modo gersl, é surdo, cego e mudo.. são incapazes e destituídos do menor resquício de bom senso.. brasileiro é aquele que tira a mascara, qdo usa, pra espirrar..

  13. Se essa previsão acontecer prefiro morrer a viver no inferno. Se esses identitáriios já são um porre agora , imagine oque será das pessoas sensatas?,,,

  14. Essa turma da esquerda é de uma hipocrisia sem tamanho, chamam os outros de "nazistas", mas fazem alianças internacionais com o que há de pior no antissemitismo moderno: Irã, Hamas, etc. Chamam os outros de "fascistas" mas quem montou o perfeito esquema fascista foi o Lula no mensalão e no petrolão: um fascio de políticos que com a ajuda de empresários corruptores, artistas e jornalistas comprados, aniquilaram a economia nacional em favor do seu grupo de gravetos podres.

  15. Vai ser uma tragédia! Todos querendo o erário público para patrocinar seus espetáculos. Incapazes de fazer uma análise financeira entre ativo e passivo acreditam que o Estado é bom e mau, quando comandado pela direita ele é mau e pela esquerda bom. Desconhecem que os tempos são outros, o mundo não gera crescimento como nos dois governos Lula, assim não se tem receita para bancar desmandos e interesses da casta. Artista o Estado tem de produzir riquezas. O desastre será total!!!

    1. Tudo difícil nessa eleição de somente duas pontas...ou vamos para a ponta esquerda, ou vamos para a ponta direita. E o maravilhoso "caminho do meio " ? Quero o mapa para atingi_lo.....ELIZABETH.

  16. O Brasil só sairá do atoleiro quando abraçar e executar a agenda liberal traçada pelas teorias institucionalistas. O resto é poeira que o vento leva e se dissipa rapidamente.

  17. Os movimentos do Lula e PT indicam a tragédia que será uma eventual retomada do poder por essa turma. Vale lembrar que eles não têm limites pra atingir seus objetivos ideológicos, e permanecer no poder, vide Petrolão... #nemlulanembolsonaro

    1. Já jair é conhecido por seus limites. Quem votar (ou não) verá.

  18. Não há mais dúvida que a clepto-quadrilha perderá nas urnas e a única forma barrar isto é que o poder ditador impeça a candidatura Bolsonaro algo que tentam fazer pois a nação acordou e dará resposta à altura matando de vez nas urnas o líder ladrão capaz de tudo ... o Legislativo jaz sob terror submissão e covardia e a ditadura clara e ousada quer impor sua vontade mas AINDA PODE SER FREADA de forma legal e precisa com o Art 142 da CF que pacificaria a nação .. sem neura, sem ódio e sem medo.

  19. Meu LIVRO “O INROTULÁVEL”. Link de acesso: https://www.amazon.com.br/dp/B09HP2F1QS/ref=cm_sw_r_wa_awdo_PQSA5Z6AXXH2SX16NH87 #MOROouNULO: o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  20. Excelente texto, Martim. Estou curioso para ver quem engolirá quem, se Lula engolirá os woke ou vice-versa. Será que veremos a história do gr*lo duro e de Pelota exportadora de v*ados sendo usado como munição pela esquerda contra o Lula? Somente a direita fala disso, vai ser curioso essa virada.

  21. Lula no meio cultural é uma piada.A única cultura que conhece é o populismo. Assim foi e será mais uma vez, se for eleito. A cultura deve estar de mãos dadas com a educação.Sem educação a cultura fica órfã.Ambas são desprezadas. Há muita retórica e pouca vontade política.

  22. O velho Lula é um rotundo blefe. Como denunciado pela namorada há anos, o mequetrefe é o próprio espelho da mentira e da enganação. Mesmo “polido” e “lixado” por uns pseudo- intelectuais da década de 40,50 e alhures, ainda é agarrado às sua bazófias, incensado pelos Mararazzo da vida, que se achavam moderninhos, ao criarem vínculos com a chama “esquerda festiva”, sem nunca esquecer de seus rolex no pulso, e uma indisfarçada cultura de “fachada”. Lula não mudou nada de lá pra ca. -segue-

    1. * espertíssimo General Golbery (do Couto e Silva)

    2. 3 - lula é um racista enrustido, formado sindicalista pela AFLCIO norte-americana, em alguns cursinhos de fim de semana, em Chicago. O mesmo que pressionou sua namorada dos anos 60 a fazer o aborto de sua filha Lurian. É um mentiroso inqualificável. Uma farsa ambulante. E milhares de seus aulicos nunca perceberam isso. Querem saber quem é o verdadeiro Lula? Consultem o Robson Tuma filho, autor do livro sobre esse falso socialista, falso sindicalista e discípulo dileto do Gal. Golbery.

    3. 2- Segue na sua trajetória errática, sem nunca ter sido o que nunca foi. Essa história de ser discípulo de Fidel Castro, ser sócio da criação do tal Fôro de São Paulo, ser socialista e igualitário, ser um falso “pai dos pobres”, é tudo oportunismo de fachada, incentivado pelos seus “adoradores” de plantão. Lula, e muitos sabem disso foi um Cabo Anselmo que deu certo, informante do espertísdimo General Golbery, ícone do golpe de Março de 64, chamdo por ele nos bastidores de Revolução dos Milicos.

Mais notícias
Assine agora
TOPO