Um patriota no setor elétrico

12.05.22

Em reunião com Jair Bolsonaro e Ciro Nogueira, o novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, disse que se empenhará na aprovação do PL 414/2021, novo marco do setor elétrico. Mas lavou as mãos sobre a emenda do Brasduto, que direciona 100 bilhões de reais do pré-sal para a construção de gasodutos que beneficiarão o empresário Carlos Suarez, ex-OAS. Sachida disse que só aprovarão “o que for de interesse do país“. Bolsonaro concordou e Ciro ficou calado. O Centrão gosta muito da ideia dos gasodutos.

Marcelo Casal/Agência BrasilMarcelo Casal/Agência BrasilSachsida: ele lavou as mãos em relação ao gasodutos que o Centrão quer

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. se é para beneficiar o empresário, será aprovada rapidamente. É dinheiro no bolso dele. sai governo, entra governo e nada muda. Só corrupção.

  2. PAIS DE FAZ DE CONTA. Nossos " políticos " quer: Educação (0) Segurança (0). Quanto pior melhor. Assim eles compram votos por migalhas pagando com dinheiro público. GRANDE NEGÓCIO.

    1. Com esse dinheiro, o Moro faria chover na educação e anticorrupção + erradicação da miséria.

  3. Não tem gás pra esse Brasduto. Se aprovado o PL e construídos os gasodutos, serão elefantes brancos e talvez um novo propinoduto

Mais notícias
Assine agora
TOPO