MarioSabino

Chega de defender a democracia

20.05.22

Não sei se você compartilha do meu enfado, mas não aguento mais tanta gente defendendo a democracia todos os dias, de segunda a domingo. Eu mesmo tenho de me policiar para não defender a democracia a cada artigo que escrevo. Jair Bolsonaro ataca o STF para defender a democracia. Alexandre de Moraes ataca Jair Bolsonaro para defender o STF e a democracia. Lula ataca a imprensa para defender a democracia. A Jovem Pan defende a democracia. A Rede Globo defende a democracia. Folha e Estadão fazem editoriais defendendo a democracia. As Forças Armadas defendem a democracia. O TSE responde defendendo a democracia. Daniel Silveira tira a tornozeleira para defender a democracia. Alexandre de Moraes multa Daniel Silveira porque ele tirou a tornozeleira e para defender a democracia. Rodrigo Pacheco pede calma para defender a democracia. Arthur Lira, veja bem, defende a democracia. Juízes fazem manifestos para defender a democracia; advogados criminalistas também; empresários idem.

O aspecto tristemente irônico dessa insistente defesa da democracia é que a democracia para a qual não existem versões conflitantes vai sendo ferida de morte no cotidiano, e com a participação de alguns dos seus defensores intransigentes. A democracia é ferida quando poderosos voltam a ficar imunes à ação da Justiça. A democracia é ferida quando parlamentares se esbaldam com o dinheiro de orçamentos secretos. A democracia é ferida quando cidadãos são aterrorizados por ladrões que roubam celulares. A democracia é ferida por sindicatos que tramam a volta do imposto sindical para financiar indiretamente partidos políticos. A democracia é ferida quando candidatos a presidente pretendem “regular a mídia”. A democracia é ferida quando juízes se arrogam o papel de editores da nação. A democracia é ferida por vagabundos que ameaçam matar autoridades em nome da democracia. A democracia é ferida quando comitês do politicamente correto interditam o debate. A democracia é ferida quando puritanos querem vestir a arte com camisa de força. A democracia é ferida com a incultura do cancelamento nas redes sociais.

Como sair dessa situação no que ela tem de diretamente política? Não ria, por favor, da minha resposta. A saída é o voto. Precisamos votar melhor, mas é preciso construir um sistema eleitoral que nos permita fazer isso e ser melhor representados. Que privilegie gente honesta e com visões estratégicas modernas. Que aponte para a extinção do caciquismo partidário. Que elimine as legendas de aluguel. Um sistema que apele menos à emoção e mais à razão dos cidadãos. Eu já culpei muito os eleitores brasileiros pelo atual estado de coisas, e não os isento de todo, mas a verdade é que fica mesmo difícil achar os bons num sistema eleitoral que seleciona principalmente os maus e subverte a democracia, transformando-a de campo de oportunidades em valhacouto de oportunistas. É por essa mudança que deveríamos nos bater, ao invés de nos contentarmos em fazer catarse no Twitter ou aderir ao enésimo salvador da pátria que nos aparece pelas costas.

A democracia não precisará de tantas defensores lá em Brasília e adjacências, se conseguirmos ser bem representados e, desse modo, instilar no cotidiano das pessoas e das instituições (e as instituições são pessoas) a ideia básica de que, assim como ninguém pode desejar ser escravo, ninguém deve querer ser senhor. Tudo o que diferir dessa ideia não é democracia. Agradeça o resumo a Abraham Lincoln.

Chega de defender a democracia, vamos fazê-la.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O duro é que que, apesar de "eleições diretas", nosso voto é 'indireto', posto que só temos por alternativa votar nos escolhidos de cada partido - e isso já pressupõe muita coisa. Enquanto não houver reforma política, vejo pouca esperança de uma Democracia digna do nome, no Brasil.

  2. Pois é, eu questiono se vivemos mesmo em uma Democracia. Afinal, somos representados no legislativo e executivo? O Sistema eleitoral elege quem a maioria deseja? E aquela história de que só 27 dos 513 deputados foram eleitos com os próprios votos? É difícil...

  3. Discordo em parte. O pior nas eleições é que, mesmo sem um mísero voto, Waldemar, Kassab e cia continuarão mandando nos nossos destinos em troca de dinheiro. Outro ponto q nunca é debatido: pq não há plebiscitos/referendos?

  4. Não me resta dúvida quanto ao seu diagnóstico e sobretudo a solução apresentada para o problema da democracia brasileira. Todos dizem defendê-la à sua maneira, mas, cada vez mais a destroem, porque não são o que deveriam ser ao assumirem a responsabilidade junto ao eleitorado e à nação, tão sòmente se apoderam do mandato que o eleitor lhes outorgou e dão bananas pros eleitores e o exerce como se o cargo fosse sua propriedade e não devesse satisfação a mais ninguém. Usurpam de tudo e de todos.

  5. Libertas quae...I A democracia sangra! Mas todos, sobretudo os canalhas, a defendem. Têm suas razões. Quer dirigir um carro? Pode, mas habilite-se! Quer uma profissão? Pode, mas habilite-se! Quer dinheiro? Pode, mas conquiste! Quer saúde? Pode, mas cuide-se! Quer votar? Pode, mas... Não precisa de nada! Basta um título de eleitor(obrigatório) e para isto basta ter nascido! Dois votos alienados anulando um voto consciente.. Nunca chegaremos lá. É óbvio como resolver. Sem violar a Constituição.

    1. Não temos problemas com maus políticos. Eles são o efeito da causa: maus eleitores , sejam os alienados ou os que direcionam seus votos por interesses espúrios! Não é preciso elitizar o voto. Não é preciso esperar séculos para melhorar o nível do eleitor. Já é possível ensinar o eleitor a votar. Basta usar o que está disponível para melhorar o voto. Mas é claro que isso não interessa à classe política!

  6. Gosto dessa coluna mas desta vez me deixou uma interrogação foi meu primeiro contato com a palavra "valhacouto" pesquisei e entendi o desfecho da coluna grande Sabino...

  7. Mário, não nos iludamos. Se as pessoas lúcidas neste país chegassem a 1% do total eu já me sentiria mais esperançoso. O Brasil ainda se encontra no tempo das capitanias hereditárias, um pouco embaralhadas no sudeste mas vigente com tudo de Minas para cima. Basta dar uma olhada no mapa. E os políticos de baixíssimo nível moral e intelectual se apossaram desde sempre desde a capital Salvador, depois Rio de Janeiro, agora Brasília. Instituições em frangalhos?, disse um dia o Estadão! NÃO! PODRES!!!

  8. As boas e felizes ideias não têm idade nem dono, espalham-se sobre a gente por obra e graça de seres cultos e luminosos como você, Mário Sabino. Obrigada 🙏🏼

  9. Pbns pela lucidez. Enqto os partidos não melhorarem a representação de seus quadros, ao eleitor só restará eleger o menos pior e continuar com a pecha d q não sabe votar!

  10. Um país para funcionar precisa de instituições. Se deseja democracia as instituições tem que funcionar de acordo. Mas o Brasil não construiu as suas instituições por si mesmo, mas as copiou de fora. E todos aqueles com algum poder as adaptaram ao longo do tempo aos piores costumes bananeiros possíveis, sendo o pior de todos o de que o roubo do erário compensa. Todos agora querem uma parte no butim. Tem como mudar isso? Talvez daqui a umas 10 gerações.

    1. O Brasil copiou apenas o que interessou às elites. Os fundamentos da democracia - voto distrital puro e recall de eleitos e nomeados - precisam ser conhecidos e divulgados para que o cidadão seja chefe do seu representante e não o contrário.

  11. Democracia brasileira é peça de ficção. Não temos nem uma república que se preze, considerando a enorme quantidade de intocáveis da classe política. Quando surgiu algo disposto a aplicar a lei nestes intocáveis (operação lava jato), os próprios poderes da república agiram agiram pra desfazer tudo e extinguir a operação. E é bom lembrar que as composições atuais do senado e da câmara tiveram uma grande renovação na eleição de 2018, e conseguiram ser piores que a legislatura anterior.

    1. Depois dessa de o stf rasgar as leis e constituição para soltar um criminoso, definitivamente não há democracia nessa republiqueta bananeira.

  12. Democracia no Brasil é um mero " complemento " das escolhas feitas pelos " Caciques " dos Partidos. O " Modus Operandi " de governar é objeto da criminologia. Pois pela corrupção se governa os Municípios , os Estados e a União. Prefeitos , Governadores e Presidentes não passam de " Alí Babás " de plantão. A mente infértil do intelectual brasileiro é que prefere o eufemísmo a dissertar sobre a nossa inferioridade institucional.

  13. Os que mais defende democracia são os legisladores, mas os que menos cumprem seus fundamentos, vejam as cações de mandatos de seus membros, o judiciário, o exércitos encobrindo falcatruas. Vamos fazer democracia no dia a dia.

  14. A Venezuela é uma Democracia, né não? Tem cidadão que acha a dita é um sistema de governo, assim como acredita que o governo militar foi exemplo de .....democracia e por aí vai.

  15. Parabéns Mário! A corrupção é o inimigo mortal das Democracias. Precisamos ir às ruas para fazer valer o grito das pessoas de bem e -através do voto- eliminar da vida pública os escroques incrustados nos três poderes.

  16. Sonhar, não custa nada! A saída realmente é pelo voto, porém, não esqueça que temos candidatos péssimos e eleitores que gostam de ser enganados.

  17. Excelente como sempre, Mário. Chega ! Em nome da defesa da democracia muita besteira tem sido dita e passa-se por cima dela sem nenhum respeito.

  18. Prezado! A pergunta é: como fazer a democracia, pelo voto, considerando-se o oportunismo de ocasião das instituições privadas, o relativismo de interesse das instituições públicas, e o contexto corrupto em que permeiam os partidos políticos e submetem e seus candidatos?

  19. Parabéns pelo artigo! Democracia e respeito à vontade popular e nunca estará presente quando o povo, em verdade, vota para eleger apenas 5% de seus representantes na Câmara. O que temos hoje é uma fogueira das vaidades das elites política e jurídica custeada com nosso dinheiro.

  20. O Cláudio Dantas disse q aproximadamente 5% do congresso é eleito via voto direto do povo. O resto - na sua acepção mais derrogatória - entra lá via o famigerado quociente eleitoral pelos “puxadores de voto” dentro daqueles 5%. Isso é vergonhoso e transforma nosso sistema político em qquer outra coisa bem longe da democracia.

    1. Por isso o Moro não pode se candidatar a deputado. Ia levar pra Câmara um monte de merda atrás dele.

  21. Verdade pura! Nosso sistema político, ou partidário, não permite ao eleitor votar bem. Nunca se sabe, ou tem certeza, de que lado está o seu candidato, que ideias ele defende, a quem ele apoia ou combate, o que o seu partido fará, a que lado se venderá. O ruim é que, do jeito que está, se assim ficar, estaremos sempre votando no escuro e possivelmente nos piores.

  22. Grande poesia.Tudo isso se faz com homens íntegros e com verdadeiros valores humanos. Onde estão esses homens no Brasil? É o mesmo que encontrar agulha num palheiro.

  23. O grande problema é quem vota, o povão, ignorante, inculto de baixa escolaridade, acostumado com o assistencialismo e que detem um chip de manada onde os oportunitas da política manobram esta gente de acordo com seu interesse e conveniencia. O Brasil tem investir pesado na educação dos jovens de hoje pra termos a verdadeira nação de um futuro promissor em 15 a 20 anos e pessoas conscientes da sua cidadania mudarem esta classe política nefasta, perdulária e de maioria corrupta nos dias de hoje.

  24. Perfeito Mário. Nessas eleições, fica cada vez mais evidente que o nosso processo eleitoral impede qualquer pessoa com capacidade e boas intenções de chegar à urna. Os partidos se ajuntam e escolhem os melhores (para eles) que, na verdade, são os piores (para nós). Como sonho em poder exercer meu direito de voto com dignidade. Mas essa palavra, assim como a democracia, está cada vez mais castigada.

  25. Mas sabe, Mário, em 2018 votei no Amoedo e ouvi muita gente dizer q votaria em Bols no 1º turno e ñ em Amoedo pq este ñ conseguiria enfrentar o PT. Havia opção melhor do q Bolsonaro e Haddad, pelo menos 3 candidatos eram melhores do q os 2. Mas a lógica do raciocínio foi essa. Muitos q ñ entregariam a própria barraquinha de cachorro quente para Bolsonaro ou Lula gerenciar, entregaram o país.. Pior é ver q essa lógica ñ mudou. Olhar o currículo do sujeito é válido só para contratar o aux.adm...

  26. Compartilho do seu enfado. Razão acima da emoção para votar é treinamento q, ao q parece, ainda ñ tentamos no BR. Em países desenvolvidos, ao menos, já foi iniciado. Ainda q alguns se percam em meio a tanta 'democracia'. A 1ª mudança, na minha humilde opinião: 'político' ñ pode ser profissão.. só ocuparia cargo político quem tivesse profissão, preferencialmente gente bem sucedida.. Mas seguimos, com a certeza de q só podemos escolher um capeta para o inferno q construímos..

  27. "Que ingenuidade pedir a quem tem poder para mudar o poder" Giordano Bruno (1548-1600). Foi cremado vivo em praça pública na Roma da inquisição.

  28. Não existe democracia no Brasil. Temos uma oligarquia cleptocrata que se apropriou de uma "república" ainda não consolidada. E assim, essa elite vai se perpetuando ao trocar ou substituir seus cadáveres por familiares e amigos.

  29. Brasil não é democrático: no acesso à meios de produção, renda, justiça, saúde, habitacao,educação, renda e condições de vida e progresso real. Não defendo essa CLEPTOCRACIA, OLIGARCA E CORRUPTA!

  30. Bravo, Mario! abaixo o regime de senhores x escravos. Par isso precisamos de Democracia mas para termos Democracia, só com Educação e Justiça - com letras maiúsculas.

  31. Realmente muito difícil escolher bons representantes se o sistema partidário é comandado por oportunistas delinquentes reunidos em castas familiares que se pretendem eternizarem no poder. Com o beneplácito de um judiciário de iguais características.

  32. Por isso que, pela enésima vez, defendo o parlamentarismo. Por contraditório que possa parecer, ao pararmos de nos preocupar com presidentes que, entre outras coisas, são reféns do congresso, prestaremos mais atenção nos candidatos ao congresso. Sou muito criticado por essa posição e sei que ela não é perfeita (não existe solução perfeita!), mas é a saída que vejo pra afastar os ditadores de plantão. Outra saída pro país, é o Franco Montoro, entendedores entenderão. Bom final de semana!

  33. Mario, grato pelo resumo lucidissimo de nossa situação O conjunto de coisas citadas, no fim das contas não concluem que o brasileiro não tem nenhuma experiência de fato do que é democracia?

  34. É difícil sermos bem representados pelo voto uma vez que o Congresso Nacional é o espelho do povo, que não é propriamente um campeão de honestidade. É este CN que vai, junto com o presidente, preencher os tribunais superiores de Justiça, os ministérios, os mandatários de estatais e orgãos de controle. É quem decide o roubo de boa parte do dinheiro arrecadado com impostos. Vale a máxima "cada povo tem o dirigente que merece".

  35. Muito bem escrito. E na minha opinião a culpa dos nossos problemas no Brasil é completamente do povo que tem um nível de exigência muito baixo para escolher em quem votar. E não são apenas os menos favorecidos. Em todas as eleições sempre tivemos opções melhores do que os incompetentes eleitos e reeleitos.

  36. Boa, Sabino! E sendo assim: um regime que todos transgridem e defendem ao mesmo tempo, não seria a hora de escolher algo melhor? Ou é questão de se educar melhor população para que aprenda a participar da democracia, sobretudo na escolha de seus representantes?!!!!

  37. A definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes. Li em vários lugares que essa frase é de Einstein, mas parece que não é. Porém, ela é ótima! E parece que se aplica à nossa situação...

  38. Temos leis de sobra, o que tem que mudar são as pessoas. Existem pessoas boas na política, o problema é que são poucas no universo de canalhas. Comece com o bom uso do dinheiro na educação (não precisa aumentar o gasto). Qual o motivo de não ensinarem filosofia nas nossas escolas desde o ensino básico ?

  39. Tenho 76 anos e, democraticamente, estou cansado da democracia. Vamos tentar os algoritmos. Pior não vai ficar, inexiste computador ladrão, pois agride a eficiência. As big techs estão se dando bem e algumas tem bilhões de clientes.

    1. Concordo. Um banco de dados com o currículo completo de todos os candidatos e suas conexões e apoiadores. Com certeza os algoritmos resolveriam com mais rapidez, a um custo muito menor e um resultado infinitamente melhor.

  40. Quem quiser entender porque NÃO vivemos em uma democracia, comece lendo alguns artigos super didáticos do Fernão Mesquita em vespeiro.com Infelizmente, nossos formadores de opinião não passaram do primeiro parágrafo e continuam a ignorar as soluções para lidar com os pecados intrínsecos da natureza humana. O sistema (político e institucional) precisaria se colocar à prova desses pecados. Vamos acordar quando?

  41. Perfeito Mário! Tudo no seu lugar. Cláudio Dantas apresentou outro dia o Movimento 200+, fiquei animada, seria uma boa luz no fim do túnel. Será o movimento está evoluindo ou os meliantes já estão agindo para enterrá-lo?

  42. Os eleitores do Brasil são ótimos! Alguém sabe quantos presidentes foram eleitos (sem golpes, sem ditaduras) desde 1900? O povo é traído por políticos, mas continua fiel na crença em dias democráticos melhores. Não se vinga; não se vangloria; passa por dez mudanças de moeda em menos de um século; é xingado por intelectuais que dizem que "o povo não sabe votar"; é roubado por propinodutos e lucros exasperantes de bancos, de petrobrás; e continua um povo fundado na ética do trabalho.

  43. Democracia de verdade exige ferramentas (eleitorais, leis, regras) para manter o cidadão como chefe de seus representantes. E não o contrário. Começa por voto distrital puro e recall de eleitos e nomeados. O Fernão Mesquita pode esclarecer porque vivemos todos jornalistas, políticos e público em geral em um teatro onde cada um finge do seu modo a democracia que lhe convém

  44. Bom dia, Mario Maravilha, sempre completo, sempre original, sempre bem informado, culto, inteligente, excelente jornalista, não desista!!

  45. Perfeito,Mário.Com esse sistema político eleitoral,apenas referendamos quem os caciques polícos nos empurram de goela abaixo.Quando teremos candidaturas avulsas e sistema distrital puro? NUNCA!!!!

    1. Que texto lindo e verdadeiro....Infelizmente o nosso país é dominado por hipocritas de todos os tipos...

  46. Assino embaixo, com todas as letras. Não é nada complicado, só é difícil, num país onde quem não está vilipendiando o poder, está leniente e passivo com os vis que os oprimem. Uma simbiose estranha entre o espoliador e o espoliado. Enqto este povo não acreditar que pode, sim, virar a mesa, se deixar de brigar por bandido de estimação; e se unir contra todos os bandidos que usurpam do poder, independentemente da coloração ideologica.

    1. Xará, fala-se tanto em defesa da democracia pois ela vem sendo ameaçada pelo governo Bolsonaro, e por seu grupo político , um dia sim e outro também. Acho que deveríamos falar mais ainda em defesa da democracia. Antes não se falava, pois os governos do PT e do PSDB respeitaram as instituições.

  47. Como vc tb estou cansada! Eu imagino o quanto deve ser insuportável para vcs terem que lidar com isso diariamente por décadas e ver que não há avanços, só retrocessos! O voto é nossa melhor arma, porém o sistema elimina os poucos que realmente querem fazer algo pelo país!

    1. Oi? PT e PSDB respeitaram as Instituições? Mensalão, Petrolão, Metrô, Rodoanel… etc, etc..

  48. Uau! Gostei! Será que alguém vai fazer uma lista dos votáveis com sua biografia , para as pessoas tentarem escolher e votar melhor??

    1. Quem é de centro-direita pode votar em qualquer candidato do Novo, sem medo de errar ...

  49. Muito bom! Concordo. Mas até a próxima eleição não conseguiremos mudar nada. Ao contrário, o que já estava muito ruim, piora mais a cada dia.

  50. Isso aqui não é democracia! É oligarquia de poderosos instalados no Poder Judiciário, no Poder Legislativo e suas redes de interesses espalhados no meio empresarial! Quando os concursos públicos são fraudados para abraçar filhos de poderosos; quando negociatas são arranjadas para enriquecer filhos de poderosos; quando direitos adquiridos são ignorados para beneficiar filhos de poderosos. A democracia é abalada em sua estrutura diariamente neste país. Portanto, não vivemos um estado democrático.

  51. Meu LIVRO “O INROTULÁVEL”. Link de acesso: https://www.amazon.com.br/dp/B09HP2F1QS/ref=cm_sw_r_wa_awdo_PQSA5Z6AXXH2SX16NH87 #MOROouNULO: o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  52. Que tal um movimento para admitir candidaturas fora de partidos. Ou que o voto branco ou nulo fossem computados, para saber se aquela eleição vale? E por fim: eliminar a reeleição simplesmente não votando em quem está tentando se reeleger.

    1. É isso aí. Ainda que essa proposta precise de mais estudo, seria muito bom. Neste momento os brasileiros não conhecerão a quantidade de insatisfeitos com esses políticos de m…

  53. Mario, concordo mas jamais chegaremos lá. Tudo armado em prol dos ignorantes que decidem as eleições. Já perdi a esperança.

  54. Texto é bonito, mas como fazer a democracia com essa gente? teriamos que mudar 2/3 do congresso e 2/3 do senado? essa gente que esta no congresso e não sai nunca não iria votar contra eles mesmos, Lava a Jato estava condenada, ao tentar fazer um país democratico mais justo, os Politicos,o Judiciário,a OAB, as Elites(empresariais,militares etc),iriam deixar? claro que não, estamos condenados ao salvador da pátria , que vem dos proprios circulos, somente com alguma mudança no visual.

  55. Corretíssimo se uma democracia precisa ser defendida é qualquer menos a dita cuja ... e aqui neste patropi da estupifez , ignorância e do cinismo o que existe mesmo é a DEDOCRACIA indicatória de ministros ditadores de uma corte que a estupra quando seu dever é protegê-la ... o Brasil é o mesmo de Cabral onde mulheres engravidam nas coxas ou nos banheiros masculinos por desaviso de se aliviarem depois de um macho alfa claro ... a democracia se vive mesmo combatendo ditadores ad eternum.

  56. Excelente como sempre, aliás, esse é um tema em que penso sempre. Só vejo saída numa reforma política profunda e que nunca acontecerá, porque quem a faria seriam aqueles que nunca a farão porque não querem perder os privilégios. Assim, não vejo saída, mas espero que minhas netas que são crianças hoje, vivam em um país melhor; por isso, estou com processo de cidadania portuguesa para elas terem chance de coisa melhor.

  57. Também não aguento mais, inclusive porque que é uma hipocrisia de todos. A nossa “democracia “ é uma democracia de fachada, na qual existem os mais iguais do que os outros. A nossa Constituição é um livrinho de ficção.

  58. Excelente, Mário. Mas o sistema está tão corrompido, que nem o voto tem esse poder de mudar as coisas. Nós não escolhemos os candidatos e sim os donos e partidos, interessados em aumentar sua conta nos fundos partidários e sugar nosso dinheiro. A política não atrai gente interessada em fazer diferente, a maioria só quer reproduzir essas práticas. Executivo, legislativo, Judiciario, Imprensa (com poucas exceções, como vcs)…todo mundo parece muito satisfeito, é um grande acordão.

  59. Democracia é o cumprimento da lei, não a modificação dela no primeiro momento em que ela deixa de atender o interesse de quem pode modificá-la. Belo texto, democracia: "vamos fazê-la."

  60. Todos os "defensores a democracia" defendem o que lhes garanta a manutenção de seus privilégios e maracutaias. Apenas discurso para iludir a patuléia.

  61. Olá Mario, me permita discordar; a única saída é boicotar a eleição. Não saiam de casa e não votem, essa é a maneira de quebrar esse sistema arcaico e corrupto, fazê-lo implodir por falta de participação mínima.

    1. Não é branco ou nulo, é não comparecimento! Menos de 30% de comparecimento anula a eleição.

    2. Abstenção, voto branco e nulo, em qualquer percentual, não anulam as eleições brasileiras e não quebram nenhum sistema. Não existe participação mínima para validar as eleições.

    1. Não se discute voto distrital por falta de informação, Luis. Seria a única maneira de resolver diversos problemas enunciados no artigo, eliminando o "efeito Tiririca", entre outros.

  62. Mario Sabino em momento de lucidez captou o espírito de encheção de saco que é esta tal de “Defesa da Democracia” que todos dizem defender. Parabéns pelo artigo, faltava alguém dizer a verdade que todos sabem mas preferem a sua própria versão

  63. Maravilhoso artigo! Precisa ser enquadrado e exposto em praça pública aos defensores e aos agressores da democracia! Grande Sabino!

Mais notícias
Assine agora
TOPO