Propostas contraditórias

24.06.22

Passou despercebida uma bizarrice nas diretrizes do programa de governo de Lula, divulgadas nesta terça, 21. Como já havia sido antecipado, o PT e seus aliados não mostram intenção nenhuma de retirar a autonomia do Banco Central. Ao mesmo tempo, o documento sugere que haverá uma tentativa de controle cambial – o que seria atribuição do BC. “A orientação passiva para a política cambial dos últimos anos acentuou a volatilidade da moeda brasileira em relação ao dólar com consequências perversas para o índice de preços.” São propostas contraditórias. Dá-lhe incerteza.

DivulgaçãoDivulgaçãoDá-lhe incerteza: Lula não quer controlar o BC, mas quer controlar o câmbio

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. É a vanguarda do atraso, dizia Roberto Campos

  1. Será que Lula entende alguma coisa sobre a necessidade, ou não, de autonomia do BC? Eu só vejo ele falando besteiras, comparando tudo com cerveja, futebol, mulher. Se vestindo ora de executivo, ora de Maduro e as vezes de galã de novela da Globo. O que faz parte substancial querer a volta do ex-presidiário? Eis a questão?

Mais notícias
Assine agora
TOPO