Alckmin começa a entregar

01.07.22

Os petistas acham que Geraldo Alckmin começou a entregar o que esperavam dele: azeitar as relações entre Lula e o empresariado brasileiro. Nos últimos dez dias, foram três os jantares fechados com representantes do PIB. Em um deles, Alckmin foi aplaudido depois de sustentar que, com os governos de Fernando Henrique Cardoso e Lula, o Brasil experimentou um raro período estendido de desenvolvimento econômico e humano, graças ao casamento de responsabilidade fiscal e programas fiscais. No dia 20, na casa do presidente do Insper, Claudio Haddad, coube a Alckmin quebrar o gelo entre Lula e a presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Teresa Vendramini.

Ricardo Stuckert/PTRicardo Stuckert/PTAlckmin e Lula: em dez dias, três encontros do petista com empresários

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Essa amizade colorida não dá o direito de Alckmin afirmar sobre responsabilidade fiscal e luloptismo. O Congresso Nacional criou uma rede de impermeabilidade a Lula, apesar do mensalão e até por causa dele. Lembrem-se que o mensalão financiou a vida do centrão e que tais. A dupla Dilma (na verdade Lula) manteve, até onde pode o Congresso quieto (até onde pode, diga-se) na (ja’) era Dilma. O amor é lindo!

  2. Dois sem-vergonha x o nefasto que nos desgoverna... Estamos perdidos! Quem diria que, um dia, eu iria depositar as últimas esperanças no Ciro Gomes? 🙄 A essa altura do campeonato, não posso mais me dar ao luxo do voto idealista, aquele no Sérgio Moro presidente... Vamos lá, Cirão da massa!!!! 😩

  3. Alckmin está fadado ao ostracismo junto ao petismo, se Lula for eleito presidente da república. Pôs no lixo o pouco que ainda restava, de decência em sua reputação. Se mostrou um oportunista de plantão, ao trocar uma candidatura de governador por São Paulo, pelo seu novo partido, ao cargo sem expressão, de vice do Lula. O Lula é uma metamorfose ambulante como mesmo se definiu. Isso lhe dá o direito do que diz hoje, mudar amanhã, sem constrangimentos, com tem feito. Imbecil quem acredita nele.

    1. Alberto, Lula tá com 76. Será q o xuxu não pensa em ser PRESIDENTE?

  4. 🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️🤷🏻‍♂️

  5. Cuidado Alckimin! O 9 dedos vai dar um pé na sua bunda, caso eleito. O cara é mais traira do que o pior dos traidores.

    1. Hahaha ! Boa ! Essa dupla promete no Executivo ! Quem Rouba mais ?? O nota de 3 ou o nota de 4 ??

  6. Alckmin quer ser presidente de qualquer forma. Vai torcer pela morte ou queda de Lula, como fez o Temer com a Dilma. Essa dupla não combina. Alckmin chamou esse aí de bandido e ladrão até recentemente.

    1. Kkkk Seria uma boa ! Menos pior dos 2 polos ! Quem vai ajeitar o cianureto ?

    1. Discordo, Eliana. Aquele lá tirou atestado de burrice em Harvard, 100% confiável!!! Garanto que é o presidente mais burro que essas terras tropicais já testemunharam!!! O maior problema é que, além de burro de carteirinha, o infeliz é desonesto, desleal, desobediente e desastrado... Não poderíamos estar em piores mãos!

    2. Não gosto de Lula nem bolsonaro. Mas entendo que governar um país do tamanho do Brasil con seus contrastes de pobreza e concentração de renda , é preciso muita competência em saber ouvir e negociar o possível. Com a liberação da compra de armas pesadas, milícias, privilégios descabidas às polícias estaduais e ao exército , temo por uma tragédia e matança antes das eleições. Muito medo é o que sinto desse Bolsonaro. Burro ele não é.

  7. Era o que o Lula precisava. Como é tosco, não sabe falar com empresários. Populista só sabe interpretar, fazer-se de herói, se fingir de humilde etc. É fácil falar com o povaréu que acredita em qualquer besteira que o agrade.

Mais notícias
Assine agora
TOPO