Palácio do PlanaltoO presidente em apresentação para os embaixadores: time da campanha que esperava moderação ficou desapontado

Bolsonaro, a Anitta de Lula

Não se sabe se artista (de verdade) elege candidato, mas o grande cabo eleitoral do petista é o presidente desatinado
22.07.22

Abraçada a uma barra de pole dance, com o braço dobrado para sugerir o “L” de Lula e a estrela do PT na nádega esquerda, a cantora Anitta produziu o tuíte mais popular dentre todos os que este ano citaram o petista, que oficializou sua candidatura nesta quinta, 21. A imagem teve 40 mil compartilhamentos e mais de 300 mil curtidas no Twitter. O anúncio de apoio da artista foi comemorado por Lula com uma dancinha em um evento do PT, em Brasília, e levou os especialistas em estratégias digitais a especular sobre como ela poderia conquistar eleitores usando sua presença nas redes sociais. Contudo, a eficiência dos artistas em virar votos, com ou sem internet, nunca foi comprovada. Por enquanto, o melhor cabo eleitoral de Lula continua sendo mesmo o presidente Jair Bolsonaro, que em vez de tentar atrair novos eleitores, segue direcionando o seu discurso principalmente para a franja aloprada que o apoia — e afastando, assim, cidadãos mais ajuizados.

Na segunda, 18, o presidente chegou ao seu ápice como cabo eleitoral de Lula, numa espécie de pole dance golpista. Ele reuniu 40 embaixadores em Brasília, para tentar enfiar pela goela dos dignitários estrangeiros a mentira de que o sistema eleitoral brasileiro, com as suas urnas eletrônicas em uso desde 1996, é fraudulento. Usando um PowerPoint tosco, com erro de grafia da palavra inglesa “briefing” (estava escrito “brienfing”), ele avacalhou a democracia duramente conquistada pela nação. A apresentação causou um vexame internacional — nenhum diplomata presente acreditou na insegurança de um sistema de votação que funciona há mais de um quarto de século sem qualquer indício de fraudes.

No dia seguinte, a Embaixada dos Estados Unidos em Brasília divulgou uma nota com posições contrárias às de Bolsonaro: “As eleições brasileiras, conduzidas e testadas ao longo do tempo pelo sistema eleitoral e instituições democráticas, servem como modelo para as nações do hemisfério e do mundo“. Em seguida, o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, reforçou a ideia em uma entrevista: “Nossa visão é que as eleições têm sido conduzidas pelo capaz e já testado sistema eleitoral brasileiro e instituições democráticas brasileiras ao longo de muitos anos“.

Bolsonaro causou protestos até do Centrão. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do PSD, contestou as afirmações do presidente. “A segurança e a lisura do processo eleitoral não podem mais ser colocadas em dúvida”, afirmou em nota. Com algum atraso, o presidente do STF, Luiz Fux, reiterou sua “confiança total na higidez do processo eleitoral e na integridade dos juízes que compõem o TSE“. E a eles se juntaram associações de juízes, de procuradores, de policiais federais e até mesmo de funcionários da Abin, a agência de inteligência vinculada à presidência da República. Só o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), ficou em silêncio.

O encontro com embaixadores provocou desânimo no quartel-general eleitoral e no entorno político de Bolsonaro. “Em uma hora de apresentação, o presidente jogou 30 dias de trabalho no lixo”, diz um dos integrantes da campanha. Em meados de julho, havia uma expectativa de que o presidente adotaria um tom mais leve, seguindo os conselhos de seu filho Flávio Bolsonaro e de Valdemar Costa Neto, do PL. Os dois querem montar uma estratégia cuidadosa e baseada em pesquisas, seguindo as recomendações do marqueteiro Duda Lima. A orientação desse grupo era para que Bolsonaro se voltasse mais para temas econômicos. O momento era oportuno para isso: além da aprovação pelo Congresso do aumento do Auxílio Brasil e dos vouchers para caminhoneiros e taxistas, a redução de quase 5% no preço da gasolina vendida para as distribuidoras poderia ter sido alardeada como vitória pelo presidente.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéCarlos Bolsonaro, que comanda a guerrilha digital
Bolsonaro, contudo, mais uma vez fugiu do roteiro e deu outro tiro no pé. Na quinta, 21, ele desdenhou do Auxílio Brasil, que foi feito para beneficiar o seu governo: “Não venda seu voto por uma dentadura, por promessas de emprego ou porque o Bolsa Família vai aumentar para tanto“. Nas demais conversas, o que dominou foi a repetição do ataque às urnas – que contam com a confiança de 73% dos brasileiros, segundo pesquisa Datafolha realizada em maio. Na campanha, os ainda otimistas estimam que só no final de agosto seja registrada a melhora nas pesquisas que se aguardava para o começo do mês.

Ao seguir com discursos que só agradam a seu público mais fiel, Bolsonaro dá também vazão ao seu próprio ego, além de atender aos pedidos de seu filho Carlos Bolsonaro. Na campanha eleitoral, Carluxo assumiu o comando de um gabinete autônomo, com controle das mídias digitais. Sua tática é a da guerrilha, que foi bem-sucedida em 2018. Fazia sentido. Naquele ano, a revolta com a corrupção petista levou milhões de brasileiros a escolher Bolsonaro, que apesar de estar há três décadas no Congresso se colocava como alguém de fora do sistema, um outsider. Mas agora ele é um presidente com quase quatro anos no cargo. Bolsonaro deveria defender o seu mandato e fazer as pessoas acreditarem que poderia entregar mais, no caso de ganhar mais quatro anos no Palácio do Planalto.

Apesar de tudo, o presidente que tenta a reeleição avisou que não irá recuar dos ataques ao sistema eleitoral e aos ministros do Tribunal Superior Eleitoral, o TSE. Ele continuará falando, portanto, apenas para seu grupo de seguidores. Enquanto isso, Lula joga quase parado diante de uma população preocupada principalmente com a inflação. O petista se dedica a tecer alianças no plano estadual, a fim de eleger mais governadores da própria sigla e partidos aliados e uma bancada mais encorpada na próxima legislatura.

Com Lula à frente em todas as pesquisas, o maior desafio da campanha do petista é o de aprender a trabalhar na velocidade das redes sociais e, assim, reduzir a vantagem de Bolsonaro nesse campo. Somando todas as redes e o Youtube, Bolsonaro tem 47 milhões de seguidores, enquanto Lula conta com 14 milhões. Na comparação das interações (curtidas, comentários e compartilhamentos) de todos os candidatos presidenciais, feita pela consultoria Bites, Bolsonaro fica com 64% e Lula com 26%.

O presidente, portanto, tem uma capacidade muito maior de pautar o ambiente digital, que orienta o noticiário e a maior parte das discussões. O apoio de Anitta, de longe a personalidade brasileira com maior influência nesse meio, deu a Lula e a seus aliados a esperança de reverter esse jogo. Uma semana depois, a declaração política da artista se mostrou mais proveitosa para ela do que para ele. Anitta ganhou 300 mil novos seguidores no Instagram e no Twitter, enquanto o petista permaneceu estagnado.

Quanto à capacidade dos artistas de atraírem eleitores, não há evidências que comprovem esse efeito, como mostra nossa outra reportagem. O petista, portanto, não deve botar muita esperança nisso. Ele terá muito mais a comemorar se o presidente Bolsonaro seguir com pavio curto, atacando as urnas eletrônicas e seguindo as táticas duvidosas de guerrilha digital de seu filho Carlos. Ou seja, se continuar a ser a grande Anitta de Lula.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A única coisa que se constata que Anita influencia é sexo. Quando a vemos nas formas em que ela se apresenta, dá logo vontade de comer algo. Dá uma fome! Mas influenciar voto, só se for pra elegê-la rainha do sexo. Quanto a votar em Luladrão, só se for pra carcereiro da prisão pra onde ele irá após as eleições, as quais Bolsonaro ganhará em 1º turno.

  2. As nádegas da Anitta fazem bem aos olhos, as besteiras que o Bozó fala machucam os ouvidos e o cérebros das pessoas que tem um pouco de discernimento. Nem nos meus piores pesadelos pensei que o governo do Bozó seria pior e mais corrupto do que os do PT. Deveriam expulsa-lo do País como o expulsaram do exército.

  3. Concordo plenamente com a reportagem. Bolsonaro perde muitas oportunidades de ficar calado sobre certos temas. Essa fala dele na reunião com os embaixadores não foi um tiro no pé, foi no próprio peito. Desse jeito, além de não conquistar eleitores indecisos perde esses votos.

  4. Eu já não suportava ela, vir a ser uma influenciadora de um comprovado corrupto, para mim ela não está nem aí para o povo brasileiro… com certeza nosso imbecil do Bozo será o grande responsável pela conta de em ex presidiário ao poder, e com muita sede de poder. Pobre povo brasileiro

    1. .. Ana com todo respeito às mulheres livres, corajosas e batalhadoras neste país de tolos quem tem rabo dotoso ou tatuado faz milagres ou promove desgraças mil ... ainda lembra da Roze Noronha? sumiu providencialmente "esquecida" ... que Zeus dê longa vida à Gretchen esta sim que usou seu belo bumbum por arte e se deu bem limpamente.

  5. Pessoas com baixo nivel intelectual tem grande dificuldade em seguir um planejamento, te grande dificuldade tambem em fazer gestao, cercar se de pessoas de alto Qi e qualificadas pois precisam execer o poder pelo medo e jamais a lideranca por competencia. Todos estes atributos se reunem na pessoa deste ser que ocupa o planalto, infelizmente com minha ajuda em 2018. Porem a epoca valeu o perdido por perdido, truco. Hadad nao dava ne, entao valeu a aposta mas o preco foi colossal.

  6. Bolsonaro se não mudar rapido, vai entregar o país de volta ao atraso com Lula, que ergue bandeira partidaria, vermelha, como se fosse a bandeira nacional

  7. A psicanálise explica tudo em uma palavra Bolsoanro. Narcisista.!!!! e seu filho Carluxo em outra. Frustrado.!!!! e o povo brasileiro. Ignorante!!!!

    1. Totalmente de acordo. A sociopatia parecer ser em família!!!!

    2. Somente uma colocação, Renato: a Psiquiatria Forense estuda o comportamento (e feitos!) de delinquentes. ... Seria aplicável? Ponto.

  8. Não conspurcarei meu voto com marginal, ladrão, traidor, boçal, egoísta, ególatra e celerado algum. O voto-protesto poderá ter mais utilidade ao BRASIL - para que se saiba quantos BRASILEIROS DECENTES não desceram à barbarie de eleger a baixeza de nenhum desses trastes - do que a escolha do menos pior com suas alianças e promessas de alianças espúrias.

    1. O meu sagrado voto não levarão. Este ficará comigo e bem protegido, fará parte do GRANDE AVISO, do GRANDE ALERTA, do GRANDE COMUNICADO sobre tudo o que o POVO BRASILEIRO DECENTE ODEIA no legado amaldiçoado que esses trastes malditos estão deixando para NÓS e para as NOVAS GERAÇÕES.

  9. Simone Tebet, e se não der, vamos de nulo no segundo turno. Certo é que ninguém mais tolera Bolsonaro e Lula.

    1. concordo. uma pena que o " corone" seja o que e' pois e' o mais articulado da outra opcao aos 2. Portanto restou Tebet nao por escolha mas por falta desta.

    2. Simone na cabeça!!!!! mulher, inteligente, competente, e digna dos votos dos brasileiros!!!!

    1. Sim, pois representa muito bem o povo brasileiro, desprovida de inteligência e informação.

    1. Concordo com o missivista Cláudio Roberto Moreira da Rocha: a 'raba' da Anitta ainda dá o tom do arranca-rabo --- desculpe o trocadilho --- entre Bolsonaro e o Nove Dedos! Rsrsrs... .

  10. Duda, parabéns pela capa! Arrasou! (Tem 1 equívoco no penúltimo parágrafo q diz q a Anitta é atriz 😬). Acho q vc está certo: ñ há melhor lulete nesse país q o próprio Bolsonaro! O bolsonarismo é raso, baixo e só é ilimitado nas grosserias -eu, pelo menos, sempre me surpreendo- nas ideias é (muito) limitado, ñ aguenta discussões, parte p a agressão; ñ tolera críticas, joga a culpa no outro; ñ tem proposta, curte o poder, dane-se qm paga sua conta. Mas, nesse momento, preferia q ele fosse Cirete!

    1. vou de Tebet chega de bobagem lulaxbozo

    2. Sem Moro vou de Simone, no segundo turno vou de Nulo e seja o que Deus quiser! Lena

  11. LIVRO “O INROTULÁVEL” do Sir CLAITON MORO Senador/DELTAN Deputado! NULO p PRESIDENTE: o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! Os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Triunfaremos👊

  12. Com tecnologia de 1996 e não podendo ser auditadas, as urnas eletrônicas são seguras sim. Kkkk A propósito, os EUA confiam tanto nesse sistema, que não o usam.

    1. As urnas eletrônicas são utilizadas nos Estados Unidos sim. No entanto, lá os estados são independentes e há alguns mais conservadores, em geral governados pelo partido Republicano, que insistem no voto impresso e contagem manual.

    2. Você está mal informado, não sabe do que está falando. Só está repetindo o que o bolsonaro anda espalhando por aí. Vá se informar com uma fonte confiável!

  13. Como já perdi as esperanças em uma 3ª Via ou 3ª opção votarei NULO. E tudo indica que Lula ganhe. Torço somente para que ele não aguente o tranco e Alckmin assuma. Bom não sei se é, mas pelo menos é educado e tem mais cultura que esses dois tr.ates . Acredito que não vai dar tantos vexa.mes quanto Lularápio ou BozoAsno.

  14. Falta uma outra "reportagem" trocando os protagonistas de lugar, listando as declarações do candidato do P T assustando os eleitores sobre o risco de Venezualização/Argentinização. Já cansei de ser otário para pagar para ler meras opiniões e palpites. Lembrem também as inúmeras maluquices ditas e feitas pelos "candidatos" Do ria Miami, Ciro Maridão & Irmão Escavadeira, Marina Sumida, Amoedo Lacrou de Novo, etc. Não falta assunto.

    1. Tenho dito aqui e repito: nas próximas eleições vote certo vote no DR TUDO ZERO ZERO CONFIRMA

    2. No 1. turno vou votar em qualquer um que não se chame Lula ou Jair Messias. No 2. (se houver...) também. Mas se esses dois elementos forem os candidatos no 2. turno, anulo, sem dó de mim mesmo.

    3. Eu vou de Ciro Gomes pois tem projeto de governo e bom, pois é preparado e experiente. Mesmo que não realize tudo, vai avançar para a direção certa.

    4. Voto nulo é um voto de protesto! Não é computado para nenhum dos dois candidatos. Nem para o ex-presidiário nem para o futuro presidiário.

    5. Cada voto nulo é mais um voto para nosso amado Lula. Obrigado cumpanhero.

  15. Artistas ainda são idolatrados em sociedades ignorantes e aqui sua influência é baixa inversamente proporcional a seus egos tolos e oportunistas ... uma gente que vive na lua e só consegue enxergar o espelho ou o velho toba do qual extraem seu talento e ganho ... se imaginando zeuses os que se acolitaram à quadrilha passaram anos enriquecendo à custa do dinheiro que faltou ao povo e quando acabada a mamata mostram seu ódio cínico e ressentido ... excesso de lixo a infectar a nossa cultura.

  16. Bolsonaro vem se autodestruindo desde a posse. Sua obsessão em repetir fake news é doentia. Contra vacinas, máscaras, distanciamento e a favor de cloroquina , vendo fraude comprovadamente inexistente nas urnas e entrando de cabeça nas mais absurdas teorias de conspiração reduzem seguidamente seu eleitorado. Volta a ter o mesmo tamanho que sempre teve na sua vida: insignificante. Ele tem claramente sintomas de sociopatia. Precisa de tratamento médico. Ele, Carluxo e seus seguidores aloprados.

    1. Ou seja, não está e nunca esteve à altura do cargo de Presidente da República

    2. Ivan, concordo plenamente com você. Desde o exército ele não fez nada de construtivo pelo país, só cria intrigas, ataca as instituições e estimula o ódio entre o povo.

  17. Esta história de que as urnas eletrônicas existem desde 1996 e por isso são confiáveis não come ninguém, até porque o problema em sí não está nas urnas, mas nos órgãos e instituições/pessoas que as compõem. A totalidade dos países de primeiro mundo hoje que as adotaram, o fizeram porém com a impressão do voto, condição sinequanom para se confiar e sobretudo auditar de verdade, né seo BARROSO?

    1. Sua informação é tendenciosa, e está errada. Nos Estado Unidos e na França o voto impresso existe, mas é adotado parcialmente, somente em algumas regiões. Dependendo do sistema adotado para o voto impresso, ele pode ser uma brecha para a prática de fraudes.

    2. Pois é JOEL fico na maior dúvida para saber o mais adequado símbolo do Brasil ... as urnas eletrônicas ou o toba tatuado da Anita? páreo duro.

  18. ...cada vedete ordinária como essa, sertanejo, roquero ou forrozeiro brega me dá asco e não voto, em nenhum pilantra desses2. CIRO!

    1. CIRO! TEM PROGRAMA, TEM PROPOSTAS. VOTE EM UM, SE LIVRE DE DOIS !

    1. É a disputa entre o M e o B, ambos apoiados pelos dia…..rreias

    1. Não seja cúmplice de ladrão ou corrupto. Você tem a opção de votar em nenhum dos dois.

  19. Carluxo deve continuar com a estratégia adotada, assim vai beneficiar o inimigo! Capetão Destruição e Luladrão Dedos Leves são farinha podre do mesmo saco! O Brasil merece se livrar desses dois pesadelos celerados!

  20. Enquanto isso a terceira via se esfarela cada vez mais, com o auxílio luxuoso da imprensa, inclusive desta Crusoé. Quando Moro foi ludibriado pelo sistema partidário iníquo e perdeu sua chance Crusoé deveria ter demonstrado que realmente queria uma terceira via. Mas em vez disso, ajudou a minar as chances de todos os candidatos, com ataques a Dória, Simone e a Eduardo Leite, quando na verdade, precisaríamos trabalhar por um dos três. Eu fico com o que restou, Tebet, ou voto nulo no segundo turno

    1. Concordo e tenho esperança que ela e Ciro Gomes que tem experiência e projeto consigam avançar com a campanha na rua. Ciro na Fiesp e Ciesp fez ótimas explanações

    2. Concordo, caro Avelar mas faço um reparo: deveria ter sido menos cruel com o Doria, com todos os problemas foi o melhor governador (a pandemia que o diga) e se encantou com o blefe Eduardo Leite. A importância desta respeitável revista conta, sim, para nós que defendemos a ética. Agora, leio uma tendencia luloptista. De novo, o péssimo ou o “menos pior”. Basta de participar de erros em desfavor do bem feito. Menos pior é desculpa cinica, a meu ver. Não irei votar.

Mais notícias
Assine agora
TOPO