O sigilo de Temer

18.05.18

A mais recente prorrogação do inquérito que investiga Michel Temer por suspeita de corrupção no Porto de Santos foi motivada por um problema que irritou os investigadores: o banco Santander atrasou o envio dos dados das contas que tiveram o sigilo quebrado por ordem do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. Outros bancos já encaminharam as informações à Polícia Federal. O trabalho está adiantado. Quem acompanha o caso de perto está animado com o resultado. Os responsáveis pelo inquérito já se inquietam com uma questão de ordem prática: como fazer para preservar as transações privadas do presidente, de maneira que, na hora certa, venham a público apenas aquelas que têm relação com a investigação. Em outras palavras, significa dizer que, sim, acharam operações suspeitas. O novo prazo acaba na primeira semana de julho. Até lá, Temer tem milhares de motivos para se preocupar.

Adriano Machado/CrusoéO presidente em cerimônia nesta quinta-feira, 17 de maio, no Planalto: horizonte sombrio (Adriano Machado/Crusoé)

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Não esqueçamos de seguir o sábio conselho do mesmo: "Temos de manter isso, viu!" Continuemos expondo as pegadas dos nossos canibais políticos e a justiça permaneça investigando, processando e julgando. Quem sabe um dia, não mais seremos conhecidos como o país das propinas.

  2. Independendo do resultado, Temer ficará até o final do mandato, quando aí sim, terá que se rebolar muito pra se livrar da cadeia.

  3. Michel Temer tem uma capacidade de articulação incrível. Como pode uma pessoa com tantas provas, concretas, de corrupção contra si, ainda estar livre?

  4. Agora os petistas ficarão contentes, né? kkk Seja quem for que cometeu crime, cana!!! Já passou da hora de fazer uma faxina neste país. Ficarei contente quando as investigações chegarem na família Sarney. Espero também que o próximos sejam o Jucá e o Renan.

  5. O mesmo banco safado que despediu uma analista porque a Dilma mandou e porque ela falou a verdade. Ah...e é abrigo do mocorongo Henrique Meirelles. Santander: o banco amigo dos corruptos, ladrões e cretinos.

  6. Vocês se lembram da demissão daquela funcionária que enviou um comunicado aos clientes premium do banco Santander, alertando que uma possível reeleição da presidente Dilma Rousseff era uma ameaça à economia? Bom alvo para uma investigação.

  7. Esse cara de pau foi vice de Dilmanta isso quer dizer que estava no mesmo barco, se disser que não sabia de nada não poder ser presidente por incompetência

  8. Esse Lula com diploma tem que ter sua vida financeira exposta. A oficial e a pararela. Como confiar num sujeito que se encontra com gente acusada formalmente de crimes, em subsolos, fora da agenda oficial e a altas horas da noite? Presidência no Brasil é palhaçada, coisa de bandido. Olha os últimos... Lula, Dilma, Temer...e quase foi o Aécio. Só gente acusada, condenada e investigada. Cada povo tem o governo que merece.

  9. Símbolo da impunidade, realmente nāo vejo a hora de 2019 chegar para Temer responder à Justiça. Até lá temos LAME DUCK no Planalto Central.

Mais notícias
Assine agora
TOPO