… e os desfechos possíveis

15.03.19

O Palácio do Planalto já foi informado de que o inquérito aberto pela Polícia Federal para apurar se o atentado ao presidente foi praticado a mando de alguém pode não chegar a uma conclusão cabal. A ideia inicial era descartar por completo ou confirmar a existência de um mandante ou um patrocinador. Mas, a depender do resultado de diligências que a Polícia Federal ainda pretende concluir, já se cogita uma terceira via: considerar que os elementos coletados são inconclusivos, de modo que não seria possível dizer com segurança se havia, ou não, uma mão oculta por trás do ato de Adélio Bispo. Há, entre as autoridades que acompanham a investigação de perto, quem compare o caso com o assassinato do presidente americano John Kennedy, que até hoje inspira teorias que as autoridades jamais conseguiram comprovar.

Sergio Lima/FolhapressSergio Lima/FolhapressA investigação pode ganhar o incomum carimbo de “inconclusiva”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Ridículo! Não chegar a uma conclusão cabal? Uma banca caríssima de advogados vão a Juiz de Fora fazer a¨caridade¨de defender Adélio? Me poupe!!

  2. Kkkkkkfala sério até quando vamos ver assassinatos políticos e atentados políticos engavetados quando o interesse e da esquerda caso Mariele tá aí pra provar o que estou dizendo

  3. Se mandarem a OAB calar o raio da boca e dizerem a ela que sigilo profissional que acoberta crime, não pode existir. É só seguir o dinheiro dos causídicos e que sejam ouvidos com carinho seus corações generosos e a inconclusão acaba. Parece que há uma vontade política, de deixarem o pé rapado do quase assassino num manicômio e que com brevidade aparecerá "suicidado". E fim de papo.

  4. "inconclusivo" só atesta o óbvio: a PF é incompetente! quem pagou os honorários daqueles advogados? se eles não conseguem responder essa pergunta, são uns ineptos.

  5. A investigação vai chegar a nenhuma conclusão, provavelmente, porque não há interesse em divulgar o nome do mandante. Se Adélio é doido não teria capacidade de agir sozinho, bolando esse plano tão certeiro.

  6. Os três porquinhos,advogados,só quizeram fazer uma caridade,os atiradores de Marielle também precisam dos préstimos maravilhosos desses rábulas, que advogam por amor a profissão,tem bobo pra tudo!

  7. Estão querendo abafar o caso. Não sei por que ainda não descobriram quem assinou a entrada na Câmara dos Deputados como se fosse o Adélio. Vai dar em nada. Não há interesse em descobrir o que houve. Provavelmente os desdobramentos dessa descoberta provocariam um choque na população. Então, julgaram melhor esquecer tudo. Fica o dito pelo não dito.

    1. Concordo. Deve ser isso mesmo! O cara tem uma penca de advogados caros , que não diz por quem foram contratados e fica tudo por isso mesmo. Me poupem, acham que a gente é idiota?

    1. Porque nós (simples mortais) se declararmos, no IR que pagamos um médico ou dentista, caímos na malha fina, temos que marcar hora na receita federal para levar os documentos, esperar a boa vontade de um fiscal fazer análise e decida se pode liberar o imposto retido, liberando-o depois de 3 a até 8 anos de atraso,e os bonecos afiliados da OAB não são obrigados a informar quem os pagou. Estranho este país de bananas.

  8. Por muito pouco os brilhantes investigadores não concluirão que o próprio JB se esfaqueou e que Bispo é um maluco sugestionável que passava por ali. E pior, é que o passo seguinte vai ser "baixar" o próprio Bispo, para deletar arquivo. All clear, como na morte de Kennedy. No caso Celso Daniel todas as testemunhas válidas resolveram morrer.Simples não? Lembra aquela frase do Chefe de Polícia no filme "Casablanca": - Prendam os suspeitos de sempre. Depois encerrarei o caso por falta de autoria...

    1. Muito bom seu comentário,quando não se pode com o bandido,adere a ele.

  9. Han? Isto foi uma PIADA?! Nada a ver com o ‘Caso’ Kennedy... Lá não houve nem prisão do assassino e nem pintou ‘advogado’ (e $$$) pô!!! Ficou claro que o Adélio é POBRE e ‘pau mandado’. A dinheirama PAGA aos seus Advogados já é uma clara PROVA que houve MANDANTE (S)... Louco ou não, nem importa!!! Se há dinheiro (e advogado, cúmplice ou não), já passa da hora de dar uma PRENSA nos envolvidos! Foi um big ATENTADO à Democracia pô! Não cabe ai esta balela de ‘sigilo profissional’, porra nenhuma!

  10. Que tem um mandante eu e a torcida do Flamengo sabemos. Também é obvio que seja quem for o mandante escolheria um "debil mental" para praticar o ato e não gerar suspeitas

  11. Isso é inacreditável, não da para comparar anos 60 com hj em que a investigação dispõe de inúmeros recursos técnicos e tecnológicos, façam-me o favor, não somos idiotas esquerdopatas pra acreditar em tamanha sandice.

  12. É interessante esse negócio, parece que ninguém tem interesse de esclarecer nem a própria vitima. Com a quantidade de material e de pessoas envolvidas os advogados do cara que aparecem do nada “de jatinho” com os caras mortos na pensão “ tudo coincidência? Não se conclui nada. Estranho...

  13. E evidente que há alguém por trás, ou não teriam surgido do nada os 4 advogados milionários, isso até meu filho de 4 anos conclui sozinho. O incrível é que a própria Justiça impede o esclarecimento dos fatos ao impedir a investigação sobre os suspeitíssimos causídicos...

  14. Sem a possibilidade de rastrear os recebimentos do advogado parece que a PF não tem mais como concluir o caso. Porém, acho que vale refletir sobre o excesso de direitos de agentes da justiça. Todo mundo sabe que o grande número de celulares encontrados nos presídios são levados pelos advogados que não podem ser revistados. A OAB há pelo menos uma década tem se manifestado em defesa dos corruptos, dos traidores da pátria. Para o bem dos bons profissionais isso precisa mudar.

    1. Chris quem te disse que advogado entra com celulares em presídios? Passam por detector de metal como qualquer outro visitané nem mesmo entra com bolsa ou pastas e falam com os clientes através de telefone, pois não têm contato direto com eles. Celulares, drogas, etc... que entram nos presídios muito provavelmente chegam até eles com a conivência de alguns maus funcionários dos presídios.

Mais notícias
Assine agora
TOPO