DiogoMainardina ilha do desespero

A missa do padre Diogo

01.06.18

Crusoé é minha ilha.

Eu, jacobino, passo seis dias por semana em O Antagonista, agarrado à guilhotina, encharcado de sangue, comemorando a degola de Lula, Michel Temer e o resto do Ancien Régime. 

Às sextas-feiras, afasto-me momentaneamente da Place de la Concorde informática e naufrago nesta praia deserta.

O naufrágio de Robinson Crusoé ocorreu em 30 de setembro de 1659. Ele entalhou a data numa tábua e por 28 anos fez uma marca para cada dia.

O calendário improvisado tinha um propósito religioso: apesar de estar sozinho na Ilha do Desespero, Robinson Crusoé insistia em observar o Sabá – o dia de descanso semanal.

Quem está aqui me conhece. Eu gosto de sangue. Não me canso de ver sangue. Nunca vou me cansar.

Mas a prática de reservar um dia por semana para ignorar os acontecimentos terrenos e tratar de assuntos mais elevados – como, por exemplo, o papagaio de Robinson Crusoé – tem de ser preservada.

Sim, concordo: a missa do padre Diogo é muito mais aborrecida do que o espetáculo entusiasmante da guilhotina.

A Crusoé, porém, já é abundantemente ensanguentada. E umas gotas de sangue a mais não acrescentariam nada.

Tenha piedade de mim. E respeite o sétimo dia.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Sim, vcs da Crusoé estão de parabéns, eu bem que estava merecendo ☺ algo assim com excelente qualidade, matérias otimas, textos muito bem escritos, português e pontuação, sendo usados de maneira correta, e vemos a mesma qualidade de escrita nos comentários, então, parabéns Crusoé, e obrigada por tão belo presente. Já podem renovar a minha assinatura 👍👍👋👋

  2. Valentemente Crusoé segue sozinho no barco rumo a ilha, carrega muito peso morto mas sempre ajuda a desviar de mares revoltos. Sera que Crusoé chega na praia ou terá de se desfazer do peso morto. Mas Crusoé é naufrago sobrevivente, Crusoé tem Sexta Feira.

  3. Prática sadia....também a pratico! Não por imposição religiosa mas por necessidade imperiosa de manter contato com minha alma! Sem isso o sangue da guilhotina teria sabor e cheiro humano (vingança) quando o propósito é decapitar animais (justiça). Manter a serenidade exige equilíbrio e este impõe discernir entre o homem fera e o homem humano......Mantenha-se humano Diogo e continue a frequentar a "missa do seu padre interior".....que seja no Sabá então!

  4. SEMPRE BOM VER SEUS COMENTÁRIOS E SARCASMO.... UMA VOZ DISSONANTE ENTRE OS JORNALISTAS A QUE ESTÁVAMOS ACOSTUMADOS. TENTO TE ACOMPANHAR DESDE QUE DEIXOU A "VEJA". ENFIM POSSO AGORA DESFRUTAR DE SUA INTELIGÊNCIA.

  5. Ah! Que coisa mais burguesa essa história de dia santo, fim de semana, etc. Prefiro flanar sem Dias Santos pelo mar intranquilo de cabeças de vento. Esse meu aprendizado civilizatório de praguejar ante a essa corja de ladrões desprezíveis, que atingiram seu sucesso surrupiatório mais pela incompetência e indiferença coletiva que por qualquer grau de inteligência própria (são mais primitivos que eu) me tira qualquer desejo jacobino. Eu estou mais para Kazantzakis: Quero relinchar no final!

  6. Acompanho sua luta, inicialmente isolada, numa ilha de vários nomes e quase sem "sextas-feiras", há mais de 20 anos. Numa destas ilhas, mais precisamente na VEJA, percebi a probidade de seus textos e aprendi a me colocar, também, no lado Jacobino desta revolução silenciosa, que durou quase o mesmo tempo do isolamento do Robinson e do seu. Parabéns a você e a CRUSOÉ, pelo excelente trabalho!

  7. Diogo...essa história de revista Crusoé me deu uma vontade enorme de reler os 60 anos essa história que li aos 13! Adorei..é simples e inesgotável....me fez bem e me ajuda a entender o que você realmente quer dizer! Obrigada!

  8. Gostaria que vc explicasse melhor este assunto, sou Adventista do Sétimo Dia. Como tal, acredito numa inversão de rotação de mente no Sábado para prestar adoração a Deus. Contudo, teria algo parecido com isto este texto da semana? De todas as formas, tenho grande admiração pelo direcionamento firme do teu trabalho. Obrigado.

  9. Não é a toa que te aprecio tanto, também sou jacobina e clamo todos os dias por uma Revolução a la francesa aqui nas terras tupiniquins! Chamo por Robspierre, mas ele não me ouve!

  10. Viver no Brasil é não ter o direito à fim de semana ou férias remuneradas. Que o digam os 20 milhões de desempregados e sub-empregados gerados pela inoperância do estado.

  11. Morava numa ilha perdida e deserta Deserta, ilha deserta da dor. O seu amor é canibal Comeu meu coração mas agora eu sou feliz O seu amor é canibal Meu coração agora é todo carnaval....#pracimadeles crusoé

  12. Sempre fui uma voz no deserto quando manifestava minhas desconfianças do Sr Lula da Silva. Assim como vc o tempo me deu razão e confirmou pior que eu imaginava. Espero do fundo do coração estar errada mas tudo leva crer que o militarismo voltará a dominar o Brasil. Infelizmente o povo cego foi e cego continua.

  13. Diogo, sei un Grande ! Non ti rende conto il Bene che fai per il nostro Brasil. Auguri , avanti , anche se la predica del prete veneziano, Diogo, sia noiosa, kkk. Quello che vale sono i contenuti e gli abbonda valori !!! Avanti con tua nuova spiaggia! Caro saluto

  14. Continue com estes assuntos “mais elevados”, por favor! São importantes para nossa oxigenação e refrescância neurológica!

  15. Diogo, com o devido respeito e admiração, acho que tá na hora de vc se libertar desse cordão umbilical que é continuar metaforizando com o Crusoé . Caceta, ok, todo mundo já sacou a analogia. Volte a escrever com letras de zarabatana. Alvos tem de montão por aí.

    1. ... São 28 colunas/semanas meticulosamente planejadas com talentro e maestria. --- --- Veremos o que virá depois.

    2. Concordo. Talvez minha vivência não esteja à altura de Crusoé, ou o aventureiro precisa nadar mais perto da Pátria Amada Brasil, aqui também tem índio pra todo lado.

  16. O problema é que nesse sétimo dia sem sangue Gilmar Mendes ataca, e você sabe, ninguém vai pra guilhotina por livre e espontânea vontade. Bom descanso!

  17. Estou cansada do povo brasileiro querer escolher o caminho mais facil, como pedir a intervenção militar. É a mesma coisa do governo que, em vez de trabalhar para gerar mais riqueza, prefere aumentar impostos. As eleições vem ai, espero não reeleger ninguém.

  18. Sou fã de seus meninos faz tempo! Agora tenho a chance de admirar sua filha! Que use o sangue da Crusoé para restaurar a vida de muitos! Saudades de vocês pelas ruas perigosas do Rio de Janeiro!

  19. Se Crusoé imaginasse apenas por um momento a solidão de nossos sonhos e esperanças, aqui onde estamos ancorados sem farol , descansaria feliz no sétimo dia.

  20. Voto em Bolsonaro. Sem Bolsonaro votaremos no General Ozório. Queremos o Capitão no Planalto e os Generais em todos os Ministérios no Brasil. Fim dos Corruptos.!

  21. Voto em Bolsonaro. Sem Bolsonaro votaremos no General Ozório. Queremos o Capitão no Planalto e os Generais em todos os Ministérios no Brasil. Fim dos Corruptos.!

  22. Isto mesmo Diogo, precisa descansar no sétimo dia! E também aproveitar para rezar... Vocês precisam muita garra e sabedoria para nos colocar tantas coisas ocultas. Valeu!

  23. Desde os tempos da Veja, a única coisa que lia, além das páginas amarelas. Forte abraço. O Brasil estava precisando de Jornalismo deste calibre (12 cano duplo).

  24. Não foram as sabatinas que salvaram o Crusoé. (Salvo, não retornou ao Brasil pelo desprezo dos "papists.") Foi salvo pela fé (fruto da desgraça) nos seus pressentimentos. Interpretou estes como "uma prova da conversa dos espíritos, e uma comunicação secreta entre os encarnados e os não encarnados." Além de ser ótimo jornalista, você pressente as assombrações do Umbral político brasileiro. Espero os seus outros "exemplos notáveis no restante da [sua] residência solitária neste lugar sombrio."

  25. E eu que descobri que também estou jacobina? Mas não pra guilhotina. Rápido demais. Quero ver a execração pública. Quero ver a suprema desconstrução da falsa justiça.

  26. Vc merece Diogo mas não consigo afastar nem um dia os olhos desses abutres que se alimentam de nossas carcaças, se deixarmos de vigiar por uma hora, mais um pedaço eles arrancam da gente.

  27. que Crusoé tenha piedade de nós! Por que só nos passa o texto feito no sétimo dia? Queremos o velho Diogo de volta, o cara que escreveu Lula é minha Anta, o que chutava lojas quando era um guri (meio) revolucionário.

  28. Kkkkk...o náufrago sobrevivente: merece o sétimo dia " de descanso"...desde , é óbvio, que esteja descansando em posição estratégica de observação!

  29. A minha outra ilha, maior e em águas, aparentemente, mais calmas e profundas, uma vez por semana, calmamente, vou navegando pelas bordas. Vou e volto, aproveitando cada paisagem. Meu amigo de sangue está sempre lá e é uma maravilha meu encontro com ele. E, nessa ilha, sim, eu posso me comunicar, trocar ideias com os habitantes, tenho liberdade e sou feliz. Porém, em ambas, eu me junto aos outros náufragos e tácale pau na petralhada. Assim, a semana inteira me sinto bem (ou, às vezes, mal...)!

  30. Eu tenho duas ilhas. Em uma, que fica num arquipélago, eu apronto uma correria para não perder nada que passa por perto. É sangue de gota em gota, derramando-se sobre nossas cabeças e corações. Sou mazinha nessa ilha que mais parece um vulcão lançando fogo, chamas e luz por todo o canto. Fico na praia para não perder nenhum espetáculo. Só que não mais me deixam dirigir a palavra aos outros moradores. Assim, fico solitária e frustrada, mas não deixo meu arquipélago por nada. E a outra?

    1. E por falar em sarcasmo, abraços do Aurélio e do Houaiss! Ambos mandam lembranças e cobram uma visita sua! 😘

    2. E por falar em sarcasmo, abraços do Aurélio e do Houaiss! Ambos mandam lembranças e cobram uma visita sua! 😘

  31. Caro Diogo, acompanho teu trabalho ha muito tempo. No Antagonista desde os primeiros passos. A aversão às idéias petistas nos une. Parabéns pela luta, conta com meu apoio. Abs

  32. Grande Diogo, suas colunas no passado eram pérolas em conteúdo, minha grande inspiração ao assinar Crusoé era ter o prazer de degusta las novamente. Até agora não senti fôlego suficiente, mas sou otimista vou esperar...

    1. O sarcasmo e talento não mudou. Ele vai perceber o interesse ( ou desinteresse) de seus leitores.

    2. Tá mais do que na hora do Diogo voltar a ser o que era, porque até agora tá mais metafórico que o proprio Platão.

  33. Estamos todos com sangue nos olhos. Queremos ver corrupto na jaula. É a satisfação que nos resta, após anos e anos sendo roubados por políticos canalhas.

  34. Como sempre brilhante! Mas uma observação te cuida, precisamos de textos, quando não polêmicos e políticos e nos das está alegria semanal!

  35. Amo este seu dia em que nos brinda com sua “ missa semanal “ tão repleta de significados e mistérios ! Jamais nos prive dela ! É um refrigério ! Precisamos do mistério , de senti-lo, de vivenciá-lo para sobrevivermos à aridez da vida bruta e insípida do cotidiano ! Sim, apiedo-me de você, respeito-te e mais que isto peço-te que persevere e nos envolva às sextas-feira com estas maravilhas de textos !!! Muito Obrigada por nos oferecê-los hoje e sempre !!! Amémmm !!!

  36. Não tem de mim nenhuma "pena", Diogo! Nem metafórica, nem intrínseca. Quero sua hábil guilhotina "vernacular" nestes párias, com até mais verbos e menos substantivos. Abraços e parabéns por Crusoé!!!

  37. Acho que estou começando a entender. Mas de qualquer forma Eu estou contigo. Também gosto de vêr sangue escorrendo lá de Brasília. Palácio do Jaburu, Senado e Câmara.

    1. E do STF! Não podemos nos esquecer do sangue que jorra de lá. Das grandes hemorragias que se estancam num mover da pena de deuses togados, Adoro ver o sangue escorrendo aos borbotões, criando riachos carmins que convoluteiam no chão áspero. E então quando achamos que a lama de sangue vai igualar o chão, amaciando-o para podermos seguir adiante, o riacho e todos os seus respingos desaparecem mágicamente no volteio de uma pena que escreve "Habeas Corpus".

  38. Toda sociedade precisa ter um Diogo Mainardi, seja para concordar como para discordar. Preciso desse jacobino que habita você, para sangrar meu neurônios de forma a construir novos conceitos, especialmente para contestar. Preciso dessa sua provocação sangrenta. PS - No confessionário de sua missa do sétimo dia, confesso que concordo muito mais do que discordo, desde o tempo de você na VEJA.

  39. Morei em Israel, lá me dava ao luxo de qual dia descansar. Na Sexta dos Muçulmanos, no Sábado dos Judeus ou no Domingo dos Cristãos. Optei pela segunda feira, pois nesse dia observei que os sapateiros, mesmo sem eu ter nada a ver com esse nobre oficio, não trabalhavam. Mantenho essa tradição até hoje mesmo morando, como agora, no Reino Unido.

    1. Opa aprendi o feriado das religiões. Como aposentado emendo os sete dias.

  40. O Sabá brasileiro haverá de se libertar da sina de eterna missa de sétimo dia. A ‘nigredo’ e a ‘albedo’ em perspectiva da ‘rubedo’, quem sabe um dia... sem futuro.

    1. ... De modo que, o luto seja convertido em jubileu e a missa de Sétimo Dia em casamento alquímico.

  41. Mais uma coluna sem pé nem cabeça. Esperava -- e espero -- muito mais de Diogo Mainardi. Já tá enchendo o saco essas metáforas idiotas sobre o naufrágio de Robison Crusoé. Para quem escrevia "Lula, minha anta", é um decepção só. Minha expectativa com a coluna "Na ilha do desespero" naufragou junto com ela. Sai dessa, Diogo. Tá parecendo um "trip".

  42. Muito boa a ideia de criar a Crusoé, após a criação do O Antagonista. Parabéns, Diogo Mainardi, Mário Sabino, Cláudio Dantas e Felipe Moura Brasil, talentosos e, sobretudo, honestos jornalistas. Vida bem longa às duas publicações.

  43. Só não está claro para mim quem seria a “nova política”. O Bolsonaro? Ele seria “novo” por quais razões? Como mesmo? Quem será a “nova política”?

    1. Vendo a feira funcionar a quantidade de bagre é insuportável nossos políticos são ridículos corruptos e sem senso algum,para muitos um limpa fossa resolveria.

  44. Sempre amei suas colunas. Na época da Veja, começava a leitura pelo texto do Diogo, sempre um tiro certeiro. Acompanho o Antagonista desde o início, leitura obrigatória, companhia indispensável para não desistir do Brasil. Mas confesso que a leitura que mais me emocionou, que tocou fundo em minha alma, foi A Queda. E suas colunas na Crusoé sempre me fazem lembrar esta obra do Diogo. Obrigada.

  45. Diogo, Estava refletindo sobre sua coluna, quando meus pensamentos foram invadidos por um acontecimento de alguns anos atrás. O Roberto Civita disse mais ou menos assim: “ O Diogo Mainardi era seu canhão no Convés do Navio da Veja.” Eu fiz um comentário na época, que ele estava enganado, que o verdadeiro Canhão era o Reinaldo Azevedo. Hoje, percebo que estava enganado. Sou leitor do Antagonista e assisto o M. Connection todos os domingos. Além de competente, você tem caráter.

  46. Diogo , voce está sendo muito criticado pelo o que você não está escrevendo ... Foi bom você já revelar que a coluna e para você ! Você merece um relax em uma ilha deserta ! Aproveita teu descanso semanal .... Sou teu fã apesar desta escolha

  47. VOCÊ É EXCEPCIONAL! TE ADORO! TENHO GRATIDÃO PELO SEU TRABALHO INCANSÁVEL NA DEFESA DO BRASIL! 👏👏👏👏👏👏👏💖💖💖💖💖

  48. VOCÊ É EXCEPCIONAL! TE ADORO! E TENHO A MAIOR GRATIDÃO PELO SEU TRABALHO INCANSÁVEL NA DEFESA DO BRASIL! 👏👏👏👏👏👏👏👏💖💖💖💖💖

  49. Esta ilha resistiu sozinha por 3 mandatos e um tanto de tempo ruim e tempestades, agora, já sonha com dias mais calmos e ensolarados.

  50. O mais legal é ver que essa ilha não é artificial. Não é um encarte faz de conta de uma ilha construída com dinheiro de estatais

Mais notícias
Assine agora
TOPO