MarioSabino

Lula e O Incorruptível

11.10.19

Daqui a dois dias vou para Paris. Não estou com nenhuma vontade de ir para Paris, minha segunda cidade, desde que a prefeita socialista Anne Hidalgo, em conluio com os petistas e adjacências, concedeu o título de cidadão honorário parisiense ao corrupto e lavador de dinheiro. Vale tudo para pressionar pela soltura dele, e aquela gente cosmopolita de Brasília deve ter ficado muito impressionada com a honraria.

Eu, que já estava de mal com Paris porque venho acompanhando de perto a sua degradação, sinto a minha irritação aumentar. Ela está mais suja e insegura. Nunca vi tantos ratos. Há infestação de percevejos. Os trens de subúrbio estão imundos. No coração de Saint-Germain, não há qualquer controle sobre o barulho noturno. As moças correm o risco de ser xingadas se saem com sapatos de salto alto e um pouco mais maquiadas. Os fins de semana são motivo de tensão porque as manifestações políticas ocorrem sem que os limites sejam respeitados e, não raro, degeneram em quebra-quebra ou pancadaria.

Para não falar do terrorismo. A polícia francesa é composta por milhares de Inspetores Clouseau. Um terrorista conseguiu trabalhar durante anos na sede da corporação, em Paris, sem despertar a menor suspeita, apesar de todas as evidências de radicalização islâmica. Só descobriram que o sujeito não era um geek depois que ele matou quatro agentes e feriu um quinto. O terrorista tinha acesso aos computadores do serviço de inteligência e, neste momento, 160 Inspetores Clouseau se debruçam sobre as informações contidas numa chave USB que encontraram nos seus pertences. Sim, 160. Mas não foi o terrorismo que incendiou a Notre-Dame. A culpa é da negligência. A catedral foi queimada por bitucas de cigarro de operários contratados para restaurá-la.

A tradição do café ruim continua a ser respeitada, mas não a do bom vinho. Muitos turistas acham que estão bebendo um copo de Bordeaux honesto, coitados, quando, na verdade, são servidos com vinho espanhol da pior qualidade engarrafado como se fosse francês. Pensando bem, não poderia haver melhor cidadão honorário da Paris de Anne Hidalgo do que Lula. Ele bebe qualquer coisa com prazer.

O corrupto e lavador de dinheiro estrangeiro recebe homenagem, mas Maximilien de Robespierre, “O Incorruptível” da Revolução Francesa, continua a ser tabu. Não há logradouro em Paris com o seu nome. Logo depois da Segunda Guerra, batizaram uma praça de Robespierre, perto da rua St. Honoré. Não durou muito. Nos anos 50, a praça foi rebatizada. Volta e meia, a questão vem à baila. O personagem é tabu porque, à frente dos jacobinos, comandou o período do Terror. A guilhotina funcionou incessantemente sob Robespierre — foram cortadas as cabeças de Luís XVI, Maria Antonieta e Danton. O último era o populista da Revolução Francesa. Danton gostava de um acordão, ao contrário de Robespierre. Uma vez guilhotinado, virou uma espécie de mártir e, como tal, dá nome a uma rua perto da minha casa. Há uma estátua dele em frente a cinemas que frequento e um restaurante chamado Danton praticamente do lado da estátua — que inspirou outro, aberto por um petista em São Paulo, nos anos 80. O restaurante paulistano não existe mais, mas o espírito do acordão petista continua vivo.

Entre os epítetos aplicados a mim e aos meus colegas de site, está o de “jacobino”. Eu nunca mandaria cortar a cabeça de ninguém, só talvez a cabeleira daquele advogado que pode entrar de bermuda no Supremo Tribunal Federal. No Brasil, contudo, isso já é radical demais. Embora eu seja apenas um jacobino barbeiro, acho que Robespierre deveria ser nome de rua em Paris, depois da gestão desastrosa de Anne Hidalgo na prefeitura da cidade, até como manifestação contra a socialista lulista franco-espanhola (Hidalgo, nascida em San Fernando, é como o vinho que servem a turistas). Se Napoleão Bonaparte, o “flagelo da Europa”, tem uma rua para chamar de sua, além do túmulo magnífico nos Invalides, por que ele não teria? É um personagem histórico, ora bolas, e Napoleão não teria existido e matado tanta gente em nome da França — nem roubado tantas obras de arte para rechear os museus franceses —, sem um Robespierre que o antecedesse.

Alguns pontos a favor de Robespierre. Era bom de slogan. Ele logo percebeu que Liberdade, Igualdade, Fraternidade, que está na fachada de quase todos os prédios públicos da França, deveria ser adotado como lema. Tudo bem que Igualdade ofende uma premissa do liberalismo econômico, mas a frase é boa como propaganda até hoje, e ninguém a levou tão a sério como ele. Robespierre tinha o defeito de acreditar em tudo o que dizia e fazia, mas, passado tanto tempo, dá para transformar o defeito em qualidade. Era também, como diz a alcunha, “O Incorruptível” — e, para efeito de homenagem, pode-se pegar apenas a parte boa desse seu fanatismo. Por último, sabia fazer autocrítica, mesmo decepando tantas cabeças. Em fevereiro de 1794, três meses antes de ir para a guilhotina, ele disse:

Nós somos intratáveis, como a verdade, inflexíveis, uniformes, eu quase digo insuportáveis, como os princípios.

Deem o nome de Robespierre a uma ruazinha de Paris — e revoguem a honraria dada ao corrupto e lavador de dinheiro de quem o jacobino cortaria a cabeça. 

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Parabéns, Mario! Não se dê ao trabalho de responder aos que lhe ofendem! Curta sua família francesa, os museus maravilhosos, nos cafés peça chá... Enjoy!

  2. Hahaha, muito bom!! Conselho: troque sua casa em Paris por um apê em Orlando!! Paris é como o Rio, q vc definiu tão bem naquele artigo que falava da cegueira dos cariocas!! A “tolerância” esquerdista (que só é tolerante com o crime, a miséria e a desordem) está sufocando essa cidade q já foi a mais linda do mundo!

  3. Que texto delicioso , Mário ! Sou do tempo do “ Danton “ de pinheiros. O tempo passou rápido . Sou praticamente a versão feminina de Robespierre . 🙄

  4. Mário ...que show !! História , atualidade , guilhotina e barbeiro . Escuta , será que dá para cortar aquela barba também além do cabelo ? Aspecto asqueroso né ? Andando de bermuda , barba e cabelo no STF . Lá e lugar de pendurar tudo no cabide ...para que bermuda ?

    1. Paulo ...”bobinho “ . Esta dificuldade em interpretar textos tem remédio ta ? Anta...

    2. Porque minha mulher é francesa e tem família aqui, Paulo.

  5. Paris perdeu o seus encantos quando virou colonialista com o macron, que tornou um ferro com os coletes amarelos e resolveu puxar o saco da esquerda festiva, açoitando Chicos , raoni achando que vai conseguir uma reeleição dizendo-se um país amazônico. porquê não invade os usa, que também está pegando fogo, como um país que também é americano, tem várias colônias. na América.

  6. Achei Paris excitante porque pude ver in loco tudo o que estudei nos livros. Apesar da sujeira gostei da cidade. Não passei fome graças ao McDonalds. Sempre que me dirigia a algum frances, eu falava em frances que não sabia falar a lingua deles e se eles me permitiam falar ingles. Eles concordavam e diziam: Oui! Não consegui me comunicar. A França é linda mas se não tivesse os franceses, seria melhor.

    1. Paris não é a França, assim como parisienses, embora franceses, não representam a população francesa.

    2. Wanderson, eu adoro a França e sua história maravilhosa, culinária e bons vinhos, perfume etc...já está França seria maravilhosa sem os Franceses, que são tremendamente mal educados com os turistas, como se não dependessem deles, detestam falar inglês mesmo quando entendem, e para completar cheiram a gambá pois não gostam de tomar banho Roze Silva

  7. Minha esposa e eu vivemos nos EUA, ela me enche o saco pra ir pra Paris , Com Las Vegas , New York , Orlando , Yellowstone, Minneapolis, Chicago etc , respondo melhor seria o Hawaii

  8. Nunca fui à Paris. Um amigo fez recentemente uma viagem de férias, passando por Londres, Berlim, algumas cidades da Itália e Paris. Ratificando Sabino, o cara detestou a cidade, não apenas por essa sujeira toda relatada, mas pela já tristemente famosa falta de educação dos franceses. Paris...não vi e não gostei.

    1. Paris é uma cidade maravilhosa, não podemos culpar seus habitantes pelas atitudes de seus governantes. Sofremos do mesmo mal, temos fama de tudo que não presta.

    2. Desculpe, mas vá a Paris. É uma cidade maravilhosa! Em lugar de olhar o chão para ver os ratos e sujeira, admire os impressionistas. Não morra sem ver Paris!

  9. Homenageando Lula ela arrumou uma problema sério com os brasileiros honestos. Fui uma vez a Paris e se Deus quiser nunca mais voltarei.

  10. O que esta prefeita franco-espanhola fez com a homenagem ao presidiário-mor é uma afronta ao Brasil e aos brasileiros. Os governos hoje no poder da França estão aniquilando um país de muitas tradições. Vale que em breve serão varridos de lá.

  11. Lula 2022 pessoal ! Quem aí duvida? Vces não enxergaram ainda ? E a culpa é da " rachadinha",desta vez não a da Gleise...

  12. Soltem Lula e deem a ele um passaporte. Veremos se estas "esquerdas perfumadas" o aceitariam como cidadão de seus respectivos países...

  13. Parabéns pelo seu belo texto Sabino ! Eu não tenho casa em Paris, mas já passei por lá algumas vezes e realmente , da última vez que fui, fiquei com a mesma impressão que você! Suja, abandonada,! Não a Paris que conheci quando fui da primeira vez!

    1. Sem contar que o metrô de SPaulo dá de 10 x 0 no de Paris.

  14. Perfeito, é absurdamente raro ler um texto que tire a máscara da revolução Francesa, principalmente de Robbespier, por uma ironia do destino, que tivemos nosso Janot que quis ser um Robbespier tupiniquim, graças as bobagens que disse, de certa forma foi guilhotinado na sua pretensa imagem de "o incorruptível".

  15. Os esquerdopatas socialistas se igualam qdo homenageiam um corrupto lavador de dinheiro, um imoral que um dia usou o poder pra se locupletar e sepultar o passado de um dia ter sido um operário e que nunca representou a classe trabalhadora, apenas se serviu dela pra suas maracutaias.

    1. Concordo que Robespierre, merece ser nome de uma Rua, pelo menos, e que pedissem de volta ao Lula a credencial que recebeu! Mas todo esquerdista pensa mais ou menos da mesma forma!

  16. Fui a Paris, por primeira vez, em 1970. Fiquei encantada. Passei por Paris em 2014. Fiquei decepcionada. Não é mais a Cidade Luz. Não a reconheci. Paris já era! Prefiro Praga hoje! Porém, Lula continua enganando o mundo. Há que se reconhecer que essa esquerda festiva é bem unida e craque na propaganda enganosa. É chique e descolado pertencer a essa seita que vive de ilusão e palavras vãs.

  17. Paris que foi considerado outrora um lugar de visita obrigatória por qualquer turista que fosse para a Europa, hoje tornou-se um lixo. Como diz o texto, sujo e inseguro. Quem te viu e quem te vê... é uma pena...

  18. Caríssimo, nunca é demais ressaltar como aprecio seu texto requintado e oportunamente direcionado... hoje, contudo e respeitosamente, me permito divagar... será também sua missão intelectual, como foi para o admirável René Descartes, vencer o ceticismo com a desconstrução?

  19. Sr. Mário Sabino, texto excelente, maravilhoso, lúcido e agradável de se ler. De fato, nada mais adequado à prefeita socialista, à cidade ratificada (putz, saiu sem querer) e ao presidentinho babaca do que o molusco podre, corrupto, traidor e mentiroso. Mas de todo modo, os petralhas adoraram....

  20. Nada mais justo! Eu me aponto para marchar contra Paris, digo contra a Prefeita de lá. Paris, despois que seja limpo, desratizado, despoluido, des...tudo, vai brilhar novamente, é a Cidade Luz do Mundo, independentemente das ratazanas que falam francés e daquelas que (pensam) falam português.

  21. Nada mais justo! Eu me aponto para marchar contra Paris, digo contra a Prefeita de lá. Paris, despois que seja limpo, desratizado, despoluido, des...tudo, vai brilhar novamente, é a Cidade Luz do Mundo, independentemente das ratazanas que falam francés e daquelas que (pensam) falam português.

  22. Mário, adoro seus textos e tb seus podcast, entendo que pra vc Paris está uma meleca mas como ainda não pude conhece-la adoraria estar no seu lugar. Então, não reclama de barriga cheia pq apesar de estar odiando o Brasil Bolsonarista não tenho recursos pra sair da cidade nem por uns dias.

  23. Tenho pensado muito nisso , depois que v i os noticiários da imundície que virou a cidade luz. Além do mais , o islamismo tomou conta. Ainda bem que já fui lá ha uns 12 anos atrás. Até na região escandinava, que fui ano passado , não se vê mais cultura local, só manifestação de cultos islâmicos pelas praças e o povo local acuado. Acabou a Europa ocidental. O Brasil, apesar dos pesares, ainda é melhor.

    1. Sim , para um reino podre, nada melhor que um rei larápio.... Que ele, além de cidadão de lá, seja " deportado" , transferido, alijado, para Lá!

  24. CRIMINOLOGIA NO BRASIL. As riquezas e os cofres da União são alvos exclusivos dos " quatrocentões " ( sangue azul ). O cofre do trabalhador é feudo dos sindicatos. Os bens da classe média são "res " exclusivas dos ladrões comuns. A criminologia " crítica " atacava a legislação protetora ( co0mo a nossa ) dos " colarinhos brancos ". Moro , como Robespierre , ataca os Barões da Corrupção " se não ficar esperto acabará como o Francês ( PAULO FRANCIS ?

  25. Danton era o cabeça de uma grande organização de corruptos ( Cia. da Índias ) foi a paris para falar com Robespierre emd efesa de seus asseclas. Antes de ser degolado avisou a Robespierre que ele também o seria. Os corruptos eram muitos. Danto foi ingênuo ao tentar avisar a seu insensível amigo que os corruptos ( CENTRÃO ? ) conspiravam para matá-lo. Os cofres do Sindicato e da União são a fonte do prestígio e das amizades do LULA.

  26. "Anne Hidalgo, em conluio com os petistas e adjacências, concedeu o título de cidadão honorário parisiense ao corrupto e lavador de dinheiro." Quem conhece o 'modus operandis' do pt e dos petistas, jamais poderá se dar ao luxo de imaginar, sequer, que a "honraria" tenha sido dedicada ao cachaceiro eneadáctilo em razão de suas capacitâncias intereletródicas, mas decerto mediante uma, digamos assim, propina, em euros, é claro. Se se seguir o dinheiro discobrir-se-á que isso não é mera suposição.

    1. Pô,cara.. depois de tanto floreio vernacular escorregar em "discobrir-se-á" é o fim da picada..

  27. Espero que não seja vizinho do Chico Buarque de Holanda. Não sei qual seria a pior companhia.Se a dele ou dos ratos e percevejos.

    1. Claro que este ex ídolo da minha vida por usas composições deve estar envolvido nisso. Chico Buarque , inimigo dos menos favorecidos brasileiros.

  28. Boa viagem Mario! Quem sabe, com outro prefeito em Paris, Robespierre ganhe uma rua com o nome dele. Lula como "cidadão honorário parisiense" é o fim da picada!

  29. Eu também acho que as honrarias e títulos honoríficos não significam nada pq deturparam todos. Boa viagem e breve regresso caro Mário.

  30. Triste notícia essa do Lula. Mas as esquerdas toleram tudo que as fortalece e seguem o decálogo de Lenin ao pé da letra. Anne Hidalgo representa a degradação de Paris!

  31. Robespierre pregava a liberdade econômica, menos interferência do estado, razão acima de tudo; tudo ao contrário do homenageado de Paris! Dá pra entender a França!

  32. Mario Sabino, cansei de lhe dar os parabéns pelos seus textos. Hoje só vou pedir que não se demore muito em Paris. marque um novo encontro com a gente em São Paulo.

  33. Não poderia ser diferente. Dar essa honraria ao sapo barbudo ladrão do poderia ter vindo de alguém q admira essa escória. Não conheço Paris e nunca tive vontade de conhecer, agora então.... Se amam tanto esse ladrão deveriam ficar com ele. Aliás, Hidalgo e Macron poderiam levar o pacote todo com Raoni a tiracolo .. alguém vai sentir falta?

  34. Parece que outro jornalista admirador de Paris é Reinaldo Azevedo, em foto recente já está vestido a caráter, de "Sebastião-codinome Pierre- o ultimo exilado". Este ao contrário do Sabino adora mademoiselle Anne Hidalgo.

  35. Não dou a mínima para a esnobe Parri, se o Irã errar o míssil e mandar pelos ares o Louvre, dormirei tranquilo. Prefiro NYC que, além de repudiar o Trumpetudo, não serve de esconderijo 5 estrelas para Sinistros do STF, políticos com dinheiro do contribuinte escondido em meias, cuecas e, quem sabe, em orifícios do corpo humano, nem “intelectuais” com quadro do Che na sala. O problema de NYC é eventualmente encontrar globais sem berço, que acreditam que o mundo é a extensão da cada deles. Argh!!!

  36. Cortem a cabeça dele! como esbravejar ia a Rainha de Copas em Alice no País das Maravilhas. E, de quebra, a arrogância e a calhordice.

  37. Segundo Roberto Campos, liberal da melhor estirpe e capitalista convicto, a igualdade é essencial, mas somente no acesso; no sucesso, não. Este depende exclusivamente do talento, da dedicação e da capacidade de cada um.

  38. Disse tudo....vc sabe que lá ninguém sabe a verdade sobre o Brasil, possuem suposições , daí a honraria entregue a Lula........Foram mal informados a respeito......

  39. Muito bom e certeiro o "tiro" no corrupto, cafajeste, ordinário, falso, bandido e ordinário LULA. Nota-se aqui logo de cara que tem "cumpanheiros" da QUADRILHA do chefe LULA ficando nervosinhos. Que meda! Mas é isso: o safado LULA montou uma estrutura com o DINHEIRO PÚBLICO também em Paris além de outros países exatamente para "parecer" que os gringos falam sério. Todos babacas e criminosos que querem voltar a assaltar os cofres públicos. Você me fez lembrar do CAI CAI, o "Vampiro brasileiro".

  40. Se Lulalau houvesse convivido com Jacobinos e monarquistas nos anos da Revolução Francesa, certamente não seria um jacobino artesão de metais qualquer. Seria amigo de Robespierre, torneiro da guilhotina que assumiria a liderança dos revoltosos depois da decapitação do amigo, da dissolução do movimento e da volta dos monarquistas. Poderia ser preso por corrupção e disfarce do roubo. Mas tentaria, por todos os meios, comprar os julgadores na Bastilha para voltar à ribalta. A prefeita é inocente.

  41. Realmente muito triste a situação de Paris. Recordo-me da vida feliz que levei vivendo em frente a Place Saint Sulpice quando jovem. Levei meu filho de 16 anos para conhecer e ele ficou chocado e voltou correndo para Barcelona. Só vale a pena se a pessoa estiver disposta a gastar muito dinheiro e frequentar somente lugares muito caros, mas aquela vidinha boa de brasseries, bistrôs e passear pelas ruas acabou.

  42. Jack Wais a Paris , que tal conferir se é verdade que FHC , O Belo , tem um APs, de 11 milhões de euros aí no champs Elisiêêês. Publicaram uma foto no face,duvido que ele tenha essa "competência ".

  43. Isso é que é gostar de ser chique: ir para uma cidade tão degradada somente porque ''tenho uma casa em Paris'' dá a aparência de bom vivant

  44. Quando li , a desconfiança de o dedo faltante do lullaladrao nesta “estória”...pois o prêmio poderia ser O MAIOR FARSANTE DA HISTÓRIA, caberia bem...

  45. Parafraseando de Gaulle "'Paris não é uma cidade séria'. Homenagear um populista, apoiador de ditaduras cruéis e ladrão!?!?!?

    1. É bonito um cidadão digno brasileiro tbm ter residência em Paris.nao importa kem seja o político de plantão... ele (ela) sai um dia. O q nos impõe nossos políticos e nós nos abaixamos e aceitamos. Temos com urgência “brigar” para o voto facultativo, só assim os menos instruídos ou os mais gananciosos nos livraram dos usurpadores da Nação. Qdo a mentira encontra eco, a Justiça não se firma. Qdo o cidadão é iludido ... ele não se encontra.

  46. Que ironia, justo eu que gostava tanto daquela sua crônica em Cartas de um Antagonista, Estou indo para Paris, e vej só no que transformaram aquela cidade tão linda e ímpar. Virou simplesmente um moquifo.

  47. Foi direto na aorta. Definiu Paris de hoje com detalhes. Notei isso da última vez em que fui lá. Melhor ficar com as lembranças. Parabéns!

  48. na verdade os europeus amam os corruptos brasileiros pelo dinheiro que eles deixam nos bancos da Europa, nos gastos nababescos, em restaurantes com guardanapos na cabeça, e muito dinheiro no bolso.

  49. Boa! Lula na guilhotina da prefeita Hidalgo. Ou ela na dele. Ela não sabe o que faz. Nem ele, pois são muitos os degolados no Brasil.

  50. Palmas Sabino. Você, embora seja mesmo um jacobino reencarnado, (do povo das montanhas,pessoas perigosas) merece viver da pena, admito. Mas sua alegoria peca por falhas estruturais. O Robespierre brazuca não quer implantar nada de novo, mas resgatar o sonho que já foi quase realidade. Bem diverso de nosso Danton, que incensado em vida e certamente imortalizado após a morte, não passa de um corrupto cachaceiro oportunista e sem princípios. Os Luíses foram a doença, Robespierre o começo da cura.

    1. Irretocável. Sabino, tem alguém que te entende.

    2. Tem que prestar atenção para visualizar os alvos de Sabino. O comentário é preciso.

    3. Perfeito comentário.. palmas 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

  51. Pois é. Paris é mais um exemplo de que o socialismo funciona muito bem. Em todos os lugares onde foi experimentado o resultado foi exatamente o mesmo, sobreveio a degradação e a miséria.

    1. Pessoal , podem ficar tranquilos, o ano que vem, tem eleições para prefeitos e tudo indica que a Hidalgo vai cair!

Mais notícias
Assine agora
TOPO