Reprodução/TV BahiaA sede do TJ baiano:

Um aperitivo de Lava Toga

A operação que expôs o balcão de sentenças montado no TJ da Bahia e o avanço da investigação sobre a família de Asfor Rocha, ex-presidente do STJ, mostram que, sim, é possível combater a corrupção no Judiciário
22.11.19

Por muito tempo, desde o surgimento das grandes operações de combate a desvios de dinheiro público e corrupção na primeira década dos anos 2000, o Judiciário foi o único poder a manter-se intocável. Com raras exceções, quando uma investigação avançava sobre possíveis crimes praticados por magistrados, em especial aqueles envolvendo cortes superiores e tribunais de Justiça estaduais, o caso era direcionado para alguma gaveta ou crivado pela anulação. Mas esse cenário aparenta passar por uma mudança. Nas últimas semanas, ao menos duas operações da Polícia Federal, a Appius e a Faroeste, investiram contra possíveis crimes praticados por servidores públicos que, em tese, deveriam ser os defensores da lei. A Appius, em São Paulo, promoveu busca nos imóveis do ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça César Asfor Rocha, suspeito de receber 5 milhões de dólares para paralisar a Operação Castelo de Areia, em 2010. Já a Faroeste afastou quatro desembargadores baianos, incluindo o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, e dois juízes suspeitos de venderem sentenças de interesse de um grupo de grileiros de terras.

Mais do que essas investidas já realizadas, assombram alguns gabinetes de magistrados de renome os desdobramentos da Lava Jato no Rio de Janeiro. Como mostrou Crusoé, a delação de Lélis Teixeira, ex-presidente de dois dos principais sindicatos de ônibus do estado, cita a atuação de escritórios de advocacia na intermediação de compra de decisões judiciais e denuncia um caso concreto em que um desembargador teria recebido 6 milhões de reais para sentenciar de acordo com os interesses dos empresários. Uma das consequências da colaboração de Teixeira é a pressão para que os próprios donos da companhia, também interessados em delatar, revelem o alcance da corrupção no Judiciário praticada por eles. Para se ter uma ideia, um desses donos de frotas de ônibus, José Carlos Lavouras, negocia um acordo em que estariam detalhadas práticas ilícitas de quase uma dezena de magistrados fluminenses. Não bastasse, o ex-presidente da Fecomércio, Orlando Diniz, outro alvo da filial da Lava Jato no Rio, também almeja revelar seus crimes e o motivo de ter gastado mais de 180 milhões de reais com escritórios de advocacia, entre eles alguns ligados a ministros do STJ e, também, a integrantes de tribunais federais.

Em todos os casos o modus operandi é parecido. Sempre há um empresário interessado em decisões favoráveis, um juiz disposto a assiná-las e escritórios de advocacia, muitas vezes ligados a parentes dos magistrados, envolvidos na intermediação entre as duas partes. Nas recentes operações da PF, outra característica fica evidente: a atuação de integrantes da cúpula de tribunais na indicação de magistrados aliados para julgar processos em que haja a negociação ilícita de sentença. Na Operação Faroeste, o alvo da PF são grileiros interessados em comprar decisões favoráveis numa disputa de terra que se arrasta desde a década de 1980. Durante a investigação, a PF descobriu que os criminosos pagaram propina por sentenças de magistrados da 1ª e 2ª instâncias estaduais que concluíam que o dono de uma propriedade de 366 mil hectares no oeste baiano seria o borracheiro José Valter Dias e não os agricultores que ocupam a terra há anos. Para obter êxito, diz a PF, o grupo corrompeu quatro desembargadores e dois juízes. Entre eles, o atual chefe do Tribunal de Justiça, Gesivaldo Britto, e sua antecessora, a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago.

STJSTJGesivaldo Britto,do TJ-BA, teria participado do esquema de venda de sentenças
De acordo com a PF, os dois, além de venderem sentenças próprias, atuaram para viabilizar o sucesso dos empresários corruptos. Britto teria indicado ao menos dois juízes suspeitos para comarcas na região das terras em litígio. Sempre segundo a PF, as nomeações impulsionaram o esquema. Da mesma forma, Maria do Socorro, enquanto comandou o tribunal baiano, designou um juiz para a cidade de Formosa do Rio Preto, onde fica a propriedade em disputa, com o propósito, diz a PF, de cumprir o cancelamento de todas as matrículas dos proprietários de terra da região e beneficiar os criminosos. Para se ter uma ideia do tamanho do esquema, a quebra de sigilo dos investigados mostra que os quatro desembargadores citados — e afastados dos cargos pelo STJ — movimentaram em seis anos cerca de 77 milhões de reais. No caso do presidente do TJ-BA, o inquérito mostra que a prática de venda de decisões pode ter ido muito além do episódio dos grileiros. Em interceptação telefônica, o magistrado aparece em conversa com um deputado estadual da Bahia falando sobre a nomeação de um juiz no Tribunal Regional Eleitoral baiano. Depois de falarem sobre a necessidade de indicar o juiz, Britto encerra a conversa com a seguinte frase: “Mas no que depender da gente aqui, já viu, né? Pode mandar brasa”.

Em São Paulo, a Operação Appius avançou sobre dois influentes juristas do país. Além do ex-presidente do STJ César Asfor Rocha, o ex-ministro da Justiça de Lula Márcio Thomaz Bastos (morto em 2014), com direito à quebra de sigilo bancário e fiscal de contas pessoais e dos respectivos escritórios, entre março de 2009 e dezembro de 2011. Baseada na delação do também ex-ministro petista Antonio Palocci, a ação apura se Asfor recebeu 5 milhões de dólares de propina da Camargo Corrêa, depositados numa conta na Suíça por meio do filho Caio César Rocha, para paralisar e depois sepultar a Operação Castelo de Areia, que apurava pagamentos ilícitos da empreiteira a diversos políticos de diferentes partidos, em troca de contratos públicos. O próprio Palocci admitiu ter recebido 1,5 milhão de reais de propina por meio de Thomaz Bastos para fazer lobby junto a Asfor pela anulação da operação. O plano inicial era “suborná-lo” com uma nomeação ao STF, na vaga deixada por Eros Grau, mas Dilma Rousseff acabou indicando Luiz Fux em fevereiro de 2011. Nessa operação, o ex-ministro da Justiça teria recebido 40 milhões, sendo 15 milhões em honorários. Em uma variação do que teria ocorrido na Bahia, a PF suspeita que o ex-presidente do STJ tenha usado sua influência na corte para manipular o julgamento, indicando ministros substitutos alinhados a sua conveniências.

Ele paralisou a Castelo de Areia no dia 14 de janeiro de 2010, em pleno recesso forense, concedendo uma liminar inédita a pedido da defesa da Camargo Corrêa, coordenada por Thomaz Bastos. O argumento foi não ser possível autorizar grampos telefônicos em uma investigação baseada apenas em uma denúncia anônima. Quinze dias depois, ele indeferiu um pedido semelhante feito por advogados de funcionários do Incra e despachantes do Mato Grosso acusados de corrupção. Sobre o julgamento dessa liminar que resultou na anulação da operação, em abril de 2011, reside a segunda suspeita da PF. Isso porque dois dos quatro ministros que analisaram o caso haviam sido convocados por Asfor para assumir uma cadeira no STJ. Quando há uma vacância temporária, o presidente da corte tem a prerrogativa de fazer esse movimento. Um deles foi Celso Luiz Limongi, ex-presidente do TJ paulista, que assumiu em fevereiro de 2009, um mês antes da operação, o lugar da desembargadora mineira Jane Ribeiro Silva. Dois anos antes, Limongi já havia criticado publicamente o uso de grampos telefônicos em fase inicial de investigação. Ele morreu em setembro do ano passado. Outro a quem Asfor recorreu foi Francisco Haroldo Rodrigues de Albuquerque, do TJ do Ceará, seu conterrâneo. Em delação, Palocci afirma que se encontrou em 2010 com Limongi, com quem mantinha relação pessoal, para falar sobre a necessidade de paralisar a Castelo de Areia. Segundo o delator, o magistrado disse que, como havia sido convocado por Asfor, iria votar conforme o interesse do então presidente do STJ.

Karime Xavier/FolhapressKarime Xavier/FolhapressSegundo Palocci, Asfor Rocha recebeu propina para enterrar a Castelo de Areia
Asfor era o decano do STJ quando surpreendeu parte do mundo jurídico ao antecipar em seis anos sua aposentadoria, para voltar a atuar na advocacia, em setembro de 2012. Em duas décadas, sua atuação discreta foi permeada por estreitas relações com empresários renomados, como Alexandre Grendene e Carlos Jereissati, e caciques políticos, como Fernando Collor, responsável por sua nomeação em 1992, José Sarney e Renan Calheiros. Dono da fabricante de calçados que leva seu sobrenome, Grendene já emprestou seu jatinho para o ex-ministro fazer turismo no Uruguai. No Carnaval do ano passado, Asfor e a mulher Magda foram recebidos pelo bilionário gaúcho em sua mansão em Punta del Este, para comemorar o 13º aniversário de Kate, a cadela bichon frisé de quem o jurista cearense é considerado padrinho. Atualmente, Asfor defende a empresa Grendene em processos no STJ. Ele afirma que “Palocci é um delinquente condenado que está usando o instituto jurídico da delação para manter milhões roubados dos cofres públicos”.

A pedido do ex-ministro, foi o empresário gaúcho quem fez a ponte com o cartola Fábio Koff, com quem integrava o conselho deliberativo do Grêmio, para que o então presidente do Clube dos 13 indicasse o filho Caio Rocha a uma vaga de auditor do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o STJD, reduto marcado pelo histórico de filhotismo, em 2006. O perfil político herdado do pai o levou à presidência da corte que julga os processos do futebol brasileiro, em 2014, por indicação do ex-presidente da CBF Marco Polo Del Nero, banido pela Fifa por corrupção. Em julho do ano seguinte, conversas encontradas pela PF no celular do advogado Tiago Cedraz, filho do ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União, mostram o advogado Flávio Horta Jardim, dirigente do Volta Redonda e enteado do ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão, pedindo a Cedraz ajuda para falar com Caio Rocha, a fim de obter um “efeito suspensivo” no STJD, que é quando um auditor suspende uma punição dada a um clube ou jogador. As mensagens não indicam algo de ilícito, mas revelam a proximidade dele com Tiago Cedraz, suspeito de praticar tráfico de influência nos tribunais e desviar recursos do Ministério do Trabalho. A Crusoé, Caio Rocha disse que foi indicado ao STJD por um professor que conheceu em seu mestrado, em 2004, e que nunca recebeu nenhum dos citados para tratar de efeito suspensivo.

DivulgaçãoDivulgaçãoA Lava Jato suspeita que Caio Rocha tenha operado para seu pai, Asfor Rocha
Ao mesmo tempo que construía uma carreira independente no mundo desportivo, Caio Rocha acumulava clientes no escritório que montou em sociedade com um ex-procurador e ex-juiz do Ceará em 2002, logo após graduar-se em Direito. Só na corte presidida por Asfor, ele figurava em quase 3 mil processos defendendo os interesses de empresas como Bradesco, Oi, Arena Castelão e a Rodopetro Distribuidora de Petróleo, implicada na Lava Jato por integrar o esquema de corrupção da Petrobras. Outra cliente de Caio Rocha é a construtora Marquise, que hospedou como cortesia os convidados do casamento do advogado em um hotel em Fortaleza. Em 2010, a empresa foi citada em uma operação da Polícia Federal contra sonegação fiscal e corrupção, que prendeu o cunhado de Asfor, o também advogado Armando Campos Junior. Ele foi solto e nenhuma denúncia foi oferecida até agora. No TCU, um consórcio formado por Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão, todas elas devassadas e denunciadas pela Lava Jato, também figura entre os clientes de Caio Rocha, que hoje conta com nove filiais pelo país. A Lava Jato paulista suspeita que Rocha tenha sido o operador do pai enquanto Asfor esteve no STJ. O filho é sócio de oito das nove empresas da família que tiveram o sigilo bancário e fiscal quebrado pela Justiça Federal, conforme revelou Crusoé. Uma delas, a CCVR Participações, foi aberta em dezembro de 2010, para administrar imóveis da família e hoje acumula capital de 26,9 milhões de reais. Da sociedade também consta a mulher Tatiana, filha do empresário do setor de transportes Francisco Feitosa e sobrinha da mulher do ministro Gilmar Mendes. Advogada atuante nos tribunais superiores de Brasília, Guiomar teria ficado incomodada com o uso da influência política de Asfor no Judiciário para angariar clientes e, segundo pessoas próximas, chegou a enviar uma mensagem a ele reclamando da prática.

Feitosa é sócio de Jacob Barata, empresário conhecido como o “Rei do ônibus” no Rio e acusado de corrupção na Lava Jato. Ao menos duas empresas de Barata são defendidas pela família Rocha no Ceará. Em 2017, Feitosa filiou o genro Caio Rocha ao DEM, com o intuito de lançá-lo candidato ao governo do Ceará. O plano contava com o apoio do amigo e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, mas não evoluiu porque o partido decidiu se aliar ao grupo do governador Camilo Santana, do PT, e dos irmãos Ciro e Cid Gomes, do PDT. No mesmo período, o filho do ministro tentou ampliar seus negócios se associando à desconhecida empresa BRfoot Mídia, para abocanhar um contrato de 550 milhões de reais junto à CBF e ter exclusividade nos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro no exterior por quatro anos. Ele chegou a ser o avalista do aporte de 150 milhões de reais que uma holding americana faria na empresa vencedora, mas o contrato não foi adiante porque, segundo um ex-funcionário, a exclusividade não foi garantida pela CBF.

Embora Caio Rocha tenha processado uma terceira empresa envolvida na transação, cobrando uma dívida de cerca de 1,2 milhão de reais, o fracasso da empreitada não arranhou seu patrimônio. Em fevereiro deste ano, ele comprou um apartamento de 720 mil dólares no distrito de Sunny Isles Beach, em Miami. Teria sido este o destino da última viagem que a família Asfor Rocha fez à Flórida, no início deste mês, na véspera da operação de busca e apreensão da PF nos imóveis de São Paulo, Brasília e Fortaleza. As Operações Faroeste e Appius mostram que é possível investigar os desvios dos togados e que a blindagem aos magistrados pode estar com os dias contados. Trata-se de um bom aperitivo para a Lava Toga.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Pra entender todo esse emaranhado de nomes, seria bom fazer um power point, pra ver qual o chefe dessa quadrilha.E os pobres sem saúde e saneamento básico.Canalhas!

  2. Além das sentenças, certamente deveria haver processos engavetados e arquivados tb, pq onde há oportunidade, há dinheiro para ser feito. Os próprios vendedores devem servir de parâmetros de si mesmos para se condenarem, pois é óbvio que eles adotavam critérios diferentes para os seus "CLIENTES" (os COMPRADORES) e os "NÃO-CLIENTES". Uma boa análise estátistica é capaz de revelar coisas escabrosas.

  3. Outros fatores que deveria ser considerados é o tempo de tramitação dos processos, tanto no caso de decisões favoráveis quanto de arquivamentos e prescrição de processos. Certamente as decisões favoráveis tinham tramitação relâmpago em relação aos mesmos casos dentro do judiciário e até mesmo com o mesmo VENDEDOR, além de que não certamente seria possível se ver diferença no teor das decisões quando se trata de um sentença "normal" e uma vendida.

  4. Além do mais, é necessário se criar frentes múltiplas para que os CORRUPTOS tenham que sair da toca e se expor diante de todos, além de se erodir a base da PIRÂMIDE DA CORRUPÇÃO gradualmente. Quanto mais o castelo de cartas montado pelos CORRUPTOS tiver que ser içado a altitudes cada vez mais insustentáveis, melhor, pq assim as contradições dentro do JUDICIÁRIO chegarão a um nível em que nem os IDIOTAS serão capazes de negar, restando só os PARASITAS e CORRUPTOS lutando contra os moinhos.

  5. Não basta que tudo esteja bem amarrado, é necessário que tudo seja apresentada da forma mais didática e inteligível possível. Inclusive, as apresentações deveriam ser elaboradas para que fossem o mais simples de serem compreendidas, qq cidadão inculto e desinformado deveria ser capaz de ligar os pontos e enxergar o quadro completo. Menos palavras e mais imagens, gráficos, diagramas, mapas, setas, hierarquia (inclusive entre os elementos gráficos, ex. círculo grande e pequeno indicando posição).

  6. A força de uma corrente está em seu elo mais fraco. Seria bom se um PREPOSTO desgarrado fosse pego, desde que ele apresentasse todos os critérios para que praticamente não houvesse qq justificativa para ele ser libertado da cadeia. Por exemplo, alguém que não atuou em processos suspeitos, mas recebeu honorários provenientes de VENDA DE SENTENÇAS. Unindo a divergência no padrão de distribuição de processo e decisões com o mapeamento da rede e os fluxos de comunicação não deve deixar qq saída.

  7. Portanto, considerando-se o JUDICIÁRIO inteiro, então os mesmos padrões tenderão a se repetir tanto a nível estadual quanto no STF e no STJ. Inclusive, é razoável se esperar que haja uma interseção, sobretudo dos INTERMEDIÁRIOS, e dos COMPRADORES, em menor escala, pois estes estão concentrados em lugares específicos. É um verdadeiro escândalo, praticamente nenhum dos advogados e escritórios mais renomados escapará de ser pego, o que torna o problema mais difícil de ser "resolvido".

  8. Uma vez que há uma relação incestuosa entre o JUDICIÁRIO e o MEIO POLÍTICO, através de uma conjunção entre VENDEDORES (pois eles já estão lotados dentro do JUDICIÁRIO e tem interesse em aumentar sua envergadura), INTERMEDIÁRIOS (que se já possuem uma convergência natural com os VENDEDORES para "infectarem" o JUDICIÁRIO inteiro) e o MEIO POLÍTICO (que obviamente almeja COBERTURA e PROTEÇÃO), todos eles trabalharão para colocar seus ovos de serpente no JUDICIÁRIO.

  9. Afinal, se o INTERMEDIÁRIO se constitui em canal para o VENDEDOR, é natural que ELE passe a concentrar os COMPRADORES e a MONOPOLIZAR o acesso ao VENDEDOR. Não é razoável que um VENDEDOR disperse seu(s) PREPOSTO(S) por vários INTERMEDIÁRIOS. Isto significa que estes tenderão a se elevar acima da arraia-miúda. Fora tudo isto, outra coisa tb razoável de se inferir é a dispersão dos tentáculos dos INTERMEDIÁRIOS (contando com ajuda dos PREPOSTOS, quando não sendo um destes, e os VENDEDORES).

  10. Nas ações em que os PREPOSTOS atuam de forma direta é obviamente mais fácil se identificar as "transações", enquanto que no caso de INTERMEDIÁRIOS TERCEIRIZADOS (sem serem PREPOSTOS, mas alojando estes em seus quadros) seria necessário se recorrer à repetição reiteradas de determinados processos e COMPRADORES nas mãos de um único VENDEDOR, além claro, de decisões sempre favorecendo os COMPRADORES. Outra inferência lógica é que os INTERMEDIÁRIOS serão mais ANABOLIZADOS que outros escritórios.

  11. Como as transações "comerciais" precisam ser dissimuladas e camufladas, tb é razoável que os PREPOSTOS dos VENDEDORES (que tb podem ser adicionados ao diagrama esquemático) figurem como INTERMEDIÁRIOS eles mesmos ou lotados em algum INTERMEDIÁRIO. Só com isto já seria possível se identificar possíveis vendedores se analisando a presença de PREPOSTOS de VENDEDORES com ações nos tribunais em que estes atuam ou lotados em INTERMEDIÁRIOS com ações lá.

  12. Afinal, não é possível quebrar o padrão natural do SISTEMA sem se afastar da distribuição estatística padrão deste, a não ser que o judiciário inteiro operasse sob a mesma lógica de venda de sentenças. Do contrário, VENDEDORES precisam dar um jeito de direcionar os processos que envolvem os INTERMEDIÁRIOS E COMPRADORES para si. Ademais, é tb razoável que haja um concentração de processos nas mãos de um VENDEDOR envolvendo sempre os mesmos INTERMEDIÁRIOS e COMPRADORES.

  13. No entanto, esta similaridade determinada pela própria dinâmica de cada magistrado e tribunal não seria observada no caso dos VENDEDORES, já que se os processos não forem direcionados para eles, então se torna impossível se vender e comprar sentenças. Além do mais, certamente seria possível se ver que há um padrão que envolve os INTERMEDIÁRIOS e COMPRADORES, os processos envolvendo estes tenderiam a se concentrar nas mãos dos mesmos VENDEDORES de sempre.

  14. Portanto, um diagrama esquemático simples poderia incluir os VENDEDORES, INTERMEDIÁRIOS E COMPRADORES. Além disto, há tb as decisões-alvo nas quais os COMPRADORES mais têm interesse. É razoável tb supor que haja uma concentração de certos processos na mão dos VENDEDORES, o que implica que bastaria pegar um magistrado e analisar as decisões emitidas por ele. Na média haveria uma similaridade entre os processos julgados por magistrados de acordo com as competências exercidas por eles.

  15. É razoável supor que se há alguém vendendo sentenças, então há alguém querendo comprar. Por outro lado, tb é razoável supor que os "compradores" tenham interesse em estreitar relações com os "vendedores", já que estes são donos de um "monopólio". Mas é óbvio que a transação "comercial" não pode ser dar de forma transparente e direta, mas sim dissimulada e camuflada. Uma vez que o esquema está em andamento, ele se torna automatizado e intrínseco ao MECANISMO.

  16. Esse de corrupção do Judiciário é conhecido faz muito tempo pelos operadores do Direito. A Lava Jato vai sofrer muitas restrições ao ponto de desaparecer, não tanto pelo estrago que fez ao mundo dos políticos mas por ter chegado na "jóia da coroa", a corrupção dos tribunais (minúscula proposital) , por que afeta interesses de grandes empresas. Atras de uma sentença em 2a., 3a. e STF comprada existe um interessado (empresa /bandidos) de grosso calibre.

  17. Da pra imaginar quantas vezes mais $$ de corrupção uma Lava-togas descobriria em relação á Lava-jato ? Dá pra imaginar que não seriam poucas vezes mais !

  18. Temos aqui a assombrosa dimensão- maior ainda do que a que se vislumbra nos casos, tornados públicos, do "Mensalão" e do "Petrolão/L. Jato"- da corrupção no ambiente judiciário do Brasil. Maior, porque se dá no ambiente-símbolo da defesa dos interesses da sociedade, da democracia e, por isso, do próprio Estado nacional! Da próxima revisão constitucional- e ela logo virá- será imperioso constar, do CPP, a previsão de pena máxima a tal tipo, escabroso, de delito- preferencialmente, a pena Capital.

  19. A única forma da Operação Lava Toga ter continuidade será através de uma posição radical do governo central...não há possibilidade dela dar certo enquanto tivermos um grupo de maus políticos dando guarida a esses "magistrados", por conta do famoso "rabo preso"...

  20. CRUSOÉ poderia ajudar a Bahia e os baianos com um jornalismo investigativo intenso sobre o Poder Judiciário local. Há muitos advogados, promotores e juízes sérios que tem vontade de falar, mas têm medo de represália.

  21. Sem comentários! Alguém realmente acreditava que teríamos chegado a este nível de "mal feitos" sem advogados espertos e juízes corruptos???

  22. Vergonha nacional, envolvimento generalizando, não é atoa que partiu do Rio de Janeiro está gracinha para acabar com O COAF- São eles mesmos os Magistrados corruptos que estão se protegendo...e ficam junto com o Presidente da Câmara o Sr Rodrigo em um Conluio sem fim, fingindo que estão trabalhando, mas hora engaveta votações que vem do Senado e hora o engavetar vem do próprio Senado- como por exemplo os pedidos de impeachment dos "STJ" que aí sim acabaria com a farra destes Maus Servidores...

  23. Apesar de indigesta, uma grande reportagem! É deste jornalismo investigativo que precisamos. Só assim vamos poder acompanhar toda a ação da Lava-Jato, agora Lava-Toga. Se este foi o aperitivo... Longa vida a Crusoé!!! Longa vida a Lava-Toga!!!

    1. A possível punição para juízes e desembargadores é a aposentadoria compulsória; afastamento da função mantendo seus míseros vencimentos de 80.000,00, mais mordomias. Toma, gado. (Nós).

  24. E a mesada de R$ 100.000,00 q o Sr Tofoli recebe ? E pensão de R$ 50.000, q ele paga para sua primeira esposa ? Estranho, muito estranho. Aí ele breca o COAF q tinha sua esposa número 2 no radar. Estranhíssimo 🤔 J Walter

  25. Não é de hoje que sabemos que o judiciário é corrupto . O descrito é apenas mais uma confirmação. Com nossos políticos corruptos não acredito em lava toga. Com esses presidentes da Câmara e do Senado com rabo preso na Lava Jato então mais difícil. Estamos sem saída e o povo é que tem que ir para a rua com muito esforço ou seja em tudo o povo é que leva ferro infelizmente.

  26. Leite e Serapiao, reportagem muito elucidativa, neste mundo opaco do nosso Judiciário com seus corruptos e corruptores agindo para obtenções de vantagens indevidas, lesando o erário à custa do dinheiro dos contribuintes.

  27. Que a corrupção chegou ao judiciário e faz tempo a gente já sabia. Mas o que espanta é o tamanho e a expansão em que ela se encontra. Também , o entrelaçamento dos corruptos envolvidos . De norte a sul do Brasil aparecem nomes conhecidos envolvidos em todo tipo de tramóias. Sempre esses bandidos , não os verdadeiros,mas os donos de fato do País , continuam mandando e desmandando dentro da maior impunidade. Prisão em segunda instância já!! Lava Toga já!!

    1. Há pouco tempo atrás perguntaram à um historiador americano porque o Brasil e os EUA, apesar de quase a mesma idade como país são tão diferentes? Ele respondeu: Um judiciário corrompido impede completamente todo o desenvolvimento de uma nação. Lava toga já

  28. Alguns protegidos pela parte podre da Justiça e a grande maioria comendo "miolo de tripa". "Estes juízes" mandam e são intocáveis. Até quando ? Qualquer ação que os envolvem, a resposta é defesa à Democracia !

  29. UMA PARTE DO JUDICIÁRIO BAIANO TA TODO PODRE.COMO PODE ,OS CARAS TEM UM SALÁRIO LINDO E MESMO ASSIM NAO SE CONTENTAM!LIXOS MERECEM PRISÃO PERPÉTUA OU PENA DE MORTE!

    1. isso vem confirmar a ocorrência de artilheiros advogados e juízes em 1087 no sul da Bahia, na época éra presidente da údr no es e baía

  30. Nosso país deixou de ser democracia e se tornou uma cleptocracia quando o judiciário entrou para o esquema de corrupção. O único poder com autonomia para punir os políticos corruptos se tornou corrupto. Agora, com o STF dizendo que quem decide se um político pode ser preso e a Câmara ou Senado, ninguém mais vai ora prisão. E os juízes corruptos tem como pena máxima a aposentadoria. VERGONHA DE SER BRASILEIRO

    1. Tambem nao devemos assumir papel de derrotados, nunca!!!

    2. Não devemos nos envergonhar! Vamos à luta para mudar isso ai>

  31. O não acreditar no legislativo (hoje eivado de safados), nem no executivo, ainda tem-se como contornar. Mas, quando ficamos céticos quanto ao judiciário, a situação fica complicada. Magistrados safados, na minha modesta opinião, deveriam ser empalados em praça pública.

    1. verdade o judiciário é o pior deles, só mesmo a polícia para limpar.

  32. A Polícia está começando a investigar práticas criminosas deste poder "Judiciário" existentes desde o início da república.

  33. Parabéns, Cruzoe! Cada vez mais acho que valeu a pena ter rasgado veja assinando -a por mais de uma década, nao assistindo mais a Globo lixo, boicotando essa folha comunista por uma mídia como cruzoe e antagonista. Quanto a esse judiciário ditador e corrupto, acho, que está no fim e que o resultado será como no Peru: cadeia pra eles.

  34. Já estamos acostumados, esta corrupção é apenas uma das pontas do iceberg, quando entrarem no STF aí vamos ver o que é venda de sentença. E T: Bolsonaro estamos esperando abrir a caixa preta do B N D S, não seria bom trocar o presidente do banco novamente?

  35. Bandido maior! Marcio Thomaz Bastos foi um dos maiores bandidos de gravata deste país. Através dele, Lula e sua camarilha organizaram e executaram inúmeras operações, tudo com compadrio de togados corruptos. Elemento chave da organização criminosa do PT, que pela graça de Deus, está morto e enterrado.

  36. Nunca haverá justiça neste país com esta canalhada nos tribunais no âmago do judiciário da política em todas as esferas de poder este país é uma imundície que inominável

    1. Há que haver o clamor das ruas a favor do LAVATOGA , o legislativo com voto exposto, vota com o povo. A população tanto de esquerda como de direita vota pela LAVATOGA, apenas os deputados e senadores de esquerda são contra para proteger o Lula, pois sem ele a esquerda não tem nenhum líder. Nenhum, é um bando de incompetentes. Veja o Tofolli.

  37. Fico a imaginar: Se um juiz de primeira instância na Bahia (Estado governado pelo PT há mais de uma década), consegue movimentar 14 milhões de reais na conta bancária, quanto de dinheiro não circula nas contas pessoais dos notórios integrantes do sexteto "supremo"? Suponho que a "caixa preta" do Poder Judiciário apenas será aberta com a CPI Lava Toga, que certamente também explicará as escandalosas mudanças de posicionamento jurídico dos "senhores supremos". Ahh, Brasil de canalhas...

  38. E dizem que a Lava Toga desestabiliza o equilíbrio entre os 3 poderes e a república, cria um clima de incertezas no Brasil. E a falta de vergonha na cara dos magistrados, não. Forca ou guilhotina, podem escolher

  39. Não há necessidade de retrospecto. O Brasil deslanchou no ítem corrupção na era PT como nunca. A única situação diferente foi que o PT ensinou como intensificar e fazer descaradamente.

  40. pqp! um enxadada uma dz de minhocas. tudo está podre. ruindo, comido por cupins. meus país tá fudido? não existe uma área onde impere a decência!!!!

  41. Então OAB, vocês não vão falar nada? Uma imensa bandidagem de "Adevogados" militantes e tantos outros indicados para os Tribunais, em cumprimento ao lamentável Terço Constitucional, só roubando? Vocês "doutores" dirigentes NÃO TEM VERGONHA? Se forem HONESTOS e HONRADOS, que venham à público criticar ou defender os seus filiados. Difícil, né?

  42. Excelente reportagem. O Judiciário necessita de uma limpeza completa, junto com todos os “escritórios de advocacia” de influência pré arranjada.

  43. Parabéns ao meu conterrâneo Fábio Serapião, um dos repórteres responsáveis pela corajosa reportagem. Num momento em que toda imprensa brasileira, putrefata está emudecida com relação à Lava-Toga, considero esta matéria um ato heróico.

    1. Antônio Cedraz Eu gostaria de saber se as universidades formam advogados para defender honestidade, honradez ou tem uma matéria que ensina a roubar? Pois logo que ingressam na advocacia criam escritórios para corromper juízes de todas as instâncias e os senhores juízes que vieram daí, se corrompem com a maior cara de pau. Ainda são dissimulados pousando pessoas honradas acima de qualquer suspeita, cheios de empáfia e arrogância. Se consideram deuses intocáveis. Ressalvando a parte honesta.

  44. Realmente quando a justiça e formada por elementos como os da reportagem é que podemos imaginar o que os do STF tem a esconder. Como diz o poeta, "...se gritar pega ladrao, não fica um...". Nossa Mae...

  45. Lugar de ladrão é na cadeia,seja juiz ou quem for. Tem que acabar o privilégio dos Juízes e Promotores de roubar e ser premiado com aposentadoria!!!

  46. Somos 2 países. Bem diferente um do outro. Uma parte trabalha, produz, paga imposto pra kcte. A outra rouba de todas as formas. Tenho um apto. Que com comprei da odebrecht, em campinas. Paguei 100%, tenho recibo de quitação, mais não consigo registrar a escritura. A obra foi financiada pelo BB. O juiz de Campinas, não deve ter lido o processo ou e conivente com a odebrecht. Paguei faz 4 a 5 anos, e não tenho escritura. Esse é o outro Brasil, de quem rouba, e trabalha para os criminosos.

  47. Estou aguardando este aperitivo da Lava-toga pra conhecer os camarins da corrupção das excelências do judiciário brasileiro. Conto com a CRUSOÉ na investigação jornalista!

  48. É muito difícil passar o Brasil a limpo , tendo a suprema corte liberando todos os grandes marginais do país , e sabendo que temos um judiciário cheio de bandidos de toga , e o pior e saber que mesmo sendo provado os crimes , ao invés de irem para a penitenciária , vão curtir a vida recebendo a gorda aposentadoria compulsória para o resto da vida como prêmio pelos crimes cometidos, é muita inversão de valores no nosso país , são leis feita sob medida para os grandes criminosos .

  49. Eles são pagos com o nosso dinheiro para nos defender de criminosos e fazem ao contrário. Então a pena destas pessoas tem que ser a de morte.

  50. Tão grave quanto os desvios de conduta é a inexistência de punição a esta categoria de servidores, pelo contrário, premiação com uma gorda aposentadoria se (e se) for pego delinquindo.

  51. Tomara que isso aconteça, pois sem uma limpeza no judiciário, sem segurança jurídica, o Brasil continua distante do capital estrangeiro, necessário para o desenvolvimento econômico.

  52. O mais grave no caso baiano é que o tribunal de justiça da Bahia é a mais antiga corte das Américas! Esse fato, por si só, seria mais do que suficiente para que seus membros fossem compelidos a dar bons exemplos, de modo que o TJBA fosse uma reserva moral do Poder Judiciário brasileiro. Infelizmente, a maioria dos juízes e desembargadores da Bahia são indignos dos importantes cargos que ocupam, e o que foi descoberto pela Polícia Federal é só a ponta do iceberg.

    1. A função máxima de uma constituição é materializar os valores defendidos por uma sociedade. a atual constituição, não mais expressa os valores caros aos brasileiros.

  53. De tudo isso que estamos assistindo fica evidenciado a necessidade urgente de se reformamos o nosso país! Ah e claro os nossos três poderes, sem exceção!

  54. Quando poltico, juiz ou qualquer autoridade fala com sotaquw nordestino ja me revolta o estomago. que povinho.. de cima a abaixo... merecem seus representantes..

    1. Preconceito é desvio de comportamento. Sabia, senhor idiota. E esse seu post pode ser usado como prova deste seu desvio, ok?

    2. Preconceito é desvio de comportamento. Sabia, senhor idiota? E esse seu post pode ser usado como prova deste seu desvio, ok?

  55. Muita sujeira nesse judiciário que não aplica a Lei, mas deturpam e ficam ilesos. Um simples mortal jamais teria chance de Vitória nas mãos desses intocáveis. Punição severa pra os doutores da Lei.

  56. Historicamente, os magistrados comprometidos com esquemas de corrupção recebem como punição uma pomposa aposentadoria e são submetidos à nefasta lei do silêncio. Depois que o Lula foi solto num entendimento político da jurisprudência sobre prisão em segunda instância e as manobras que estão sendo feitas para anular as sentenças contra aquele meliante petista, não tenho mais esperança de nada.

  57. Parabéns pela matéria !!! Fazer uma limpa nesse Judiciário apodrecido, principalmente nas cortes superiores. Retrata o medo dos ministros pela Lava Jato, devem e temem, motivo de tentarem denegrir a imagem dos procurados como faz Gilmar Mendes, Lewandoviski e Toffoli. Espero que chegue no STF !!!

  58. Excelente reportagem, parabéns Revista Crusoé, é com esse tipo reportagem que se faz um excelente e responsável jornalismo!

  59. Não causa surpresa alguma. um órgão que estabelece as regras da justiça e se coloca acima dela própria...não poderia dar outra coisa anão ser corrupção em cima de corrupção... Vamos ver se disso tudo daí alguma coisa de útil.

  60. Fico estarrecido em como os grandes sequestradores e bandidos nunca se atendaram em fisgar esses tubarões do país e os trocam por peixinhos. Até nisso essa gente está atrasada

  61. Espetacular esta matéria e agora sim vejo jornalismo investigativo de verdade. Confesso que até cancelei minha assinatura da Crusoé mas com está matéria pautada na verdade já valeu por todas as bobeiras que publicaram.

  62. A podridão, aos poucos, está vindo a tona. Todos os autos escalões estão envolvidos em corrupção. O povo paga por tudo isso e não tem nenhuma contrapartida. Estava na hora do povo acordar e exigir a prisão imediata desses bandidos intocáveis.

    1. Acredito que diante dessas duas operações feitas pela PF em São Paulo e na Bahia e nos resultados alcançados, a Lava-toga se torna mais evidenciado da necessidade dessas investigações já que as grandes bancas de advogados estão sob julgamento e essas bancas operam em todos tribunais com ramificações entrelaçadas com o poder judiciário e Modo operante similares! Que órgãos de investigações sigam em frente na certeza que tem "peixe na linha no STF" com mesmo modus operante!!

  63. Este jornal abre o caixão de bandidos e continua informando aos que lêem este, com toda clareza indo ao fundo do mar nojento da corrupção ! Este jornal, CRUSOÉ é o melhor, sem corruptos de fora. Leio somente o CRUSUÉ !!!

  64. Limpeza no judiciário urgente! É só isso que pedimos. Seria muito melhor começando pelo STF, onde estão os que têm certeza de que são Deuses.

  65. Como os políticos sempre declararam “ td é política e td só se resolve se for atravez da política”. Seja em kal setor for, lá está a indicação apadrinhada ou parentizada para q td ocorra e se resolva para os bolsos próprios. Tds sabemos dos roubos aos cofres governamentais mas, qdo o judiciário se associa e acoberta à corrupção ... kem paga são os brasileiros q não tem água tratada, esgoto canalizado e tratado, hospitais decentes, segurança presente e são tratados como “massa de manobra”.

  66. Já bati boca na tribuna do STJD com esse tal de Caio. Sujeitinho soberbo, pedante. Agora entendi pq ocupava aquele cargo; certamente não era em razão de "elevados conhecimentos".

  67. Agora entendo porque Toffoli, Gilmar e Levan estão como baratas tontas e falando nada com nada. Quero viver para ver os podres destes juizezinhos virem a tona.

  68. Essa materia deveria ser lida no parlatorio do Congresso em sessão presidida por Alcolumbre e ao final que fosse feita a ele um pergunta direta. Até onde vai a compromisso dele com a canalhice???? E que esse questionamento e a resposta se houver, fosse difundida por todo o pais.

    1. Boa Luiz, exatamente o que deveria ser feito, vamos sugerir aos Senadores do renova Senado, para que procedam dessa forma. Aí quero ver a reação do Batoré.

  69. Uma brilhante exposição do que acontece neste mundo denominado pelo Magistrado Barroso de " elite oligárquica " . Este relato corrobora o que sociedade já imagina ser o motivo de movimentações de certos magistrados.

  70. Ótima e saudável reportagem! Parabéns! Continuem no seu trabalho incansável de trazer à luz o Brasil, contaminado, infestado, pelas baratas e ratos do esgoto do poder! Somente exposição destes seres nocivos, permite seu extermínio!

  71. Excelente matéria! Todos os caminhos levam às togas emporcalhadas de juízes corruptos! STJ e STF são os piores! Trancafiar todos os juízes sujos e fazer devolver até o último centavo obtido ilicitamente.

  72. Impressionante como este nosso judiciário é corrupto, e ninguém consegue colocar a mão nestes bandidos, e pior, quem poderia fazer alguma coisa, que é o congresso e o senado, eles fazendo de conta que este assunto não e com eles e engavetam tudo o que aparecer a respeito do judiciário. VERGONHA

  73. É verdade, tudo que estamos vendo uma pequena dose do que ocorre em nosso país, o nosso presidente ganhou a campanha com o refrão que era um cabra macho, e iria resolver a corrupção em qualquer dos poderes, depois virou um gatinho bem domesticado, pelo os poderes legislativo e judiciário.

  74. Existem escritórios de advocacia sérios e aqueles que não passam de lobby e comércio de sentenças. Isso tem que parar, custe o que custar. Para haver segurança jurídica será necessário a tão sonhada "lava toga".

  75. Por isso temos que defender a lava jato sempre sobre a mira dos corruptos querendo destrui-la. Haja água para lavar essa sujeira. O país é grande e não existe um Estado onde a máfia togada não atue. É um trabalho de David contra Golias. Mas onde há vida sempre deve haver esperança. Estamos vivos. E cada um deve fazer a sua parte.

  76. ESTAMOS EM GUERRA COM ESSE JUDICIARIO CORRUPTO!!! ELES QUE PROTEGEM BANDIDOS E DEIXAM QUE OS POLITICOS APROVEM QUALQUER COISA SEM MEDO DE NENHUMA MEDIDA CAUTELAR!!!! TEMO QUE CORTAR A CABEÇA DO JURIDICO PARA CONSEGUIR FAZER MELHOR A LIMPEZA!!!! TODOS JUNTOS POR UM BRASIL MELHOR!!!!! CADEIA NELES!!!

    1. plenamente de acordo. A política tem sua parte suja porque essa corja de juízes safados os protege

  77. Sabe, lendo tudo isso fica apenas uma certeza. A corrupção está tão entranhada em todos os setores públicos e privados desse país que infelizmente será dificílimo sairmos desse poço. Uma pena!

  78. Tudo indica que muitos brasileiros de hoje ainda são "brasileiros" no sentido original do termo, com o seu sufixo "eiro" como designativo de profissão. São profissionais que exercem a exploração do nosso Brasil como sua atividade principal, usando a corrupção como ferramenta. Isso explica o atraso do país; não é necessário procurar outros motivos, porque tudo o mais, decorre dela.

    1. A maior desigualdade social social no Brasil não é entre pobres e ricos, é entre corruptos (que fiquem de fora os ricos honestos que são muitos) e não corruptos(o povo trabalhador)

  79. Quem tem uma boa formação moral não se corrompe ! Resiste aos assédios corruptores ! Daí a necessidade de todos nós termos uma boa educaçao em casa, seguindo os conselhos e exemplos de nossos pais.

    1. Boa educação em casa, nos dias de hoje, é pura utopia.

  80. O cara se colocar como avalista de um aporte de 150 mi U$ a ser feito por uma ‘holding’ americana. . . Deve ter muito caroço nesse Angu!

  81. resumo: apareceu o nome do Gilmar?Mais duas operações que serão enterradas. Só o povo salvará esse país e a rua é o seu palco!!!

    1. O Brasil é realmente um país onde a corrupção está enfronhada em grande parte da população. Tristeza.

    2. Pedro, a reportagem é cuidadosa em dizer que D. Guiomar se incomodava com a exploração de prestígio da parentada em que converge com os Asfor Rocha, rs!

  82. Parabéns pela excelente reportagem. Um leve desnude de uma faceta podre desse país. As cifras são astronômicas, impensável para pobres mortais, mas mostra o tamanho do sangramento que esses canalhas fazem sua estado brasileiro. E nosso milhões morrem em hospitais, o sistema educacional permanece um lixo, as pesquisas para melhorar o padrão do país fica na miséria. A cadeia a esses desgraçados é pouco, deveriam passar pela perna capital, pagar com as próprias vidas as vidas que foram ceifadas.

  83. Acho que agora todos entenderão a necessidade que muitos tem de desacreditar o ministro Sérgio Moro e a lava jato. Haja detergente e desinfetante para limpar o Brasil.

  84. O país aguarda que essas investigações do MPF alcancem o Supremo Tribunal Federal! Com toda a certeza, muitos podres surgirão! Alguns envolvendo dois Ministros e suas esposas já são de conhecimento público, embora o presidente do STF tenha impedido o prosseguimento das investigações. Espero que a votação do compartilhamento de dados do COAF, Receita Federal e MPF seja favorável às investigações. Caso contrário, estaremos escancarando a porta para a corrupção e a lavagem de dinheiro, sem punição.

  85. Todo mundo sabe desse submundo do judiciário. Da mesma forma que há o submundo do crime, no judiciário não é diferente. Não é à toa que tantos juízes de Tribunais, com recursos limitados, vivem por aí esbanjando riquezas. É mais fácil manipular a caneta e esconder os rastros. E como eles são corporativistas, a quadrilha judiciária só cresce no obscuro mundo jurídico. O Brasil precisa se livrar desses canalhas de toga, que se diz aplicar o direito e fazer a justiça.

  86. Quando a corrupção chega na esfera jurídica a democracia fica comprometida. É fundamental apurar e punir exemplarmente (e não com aposentadoria) esses bandidos que habitam as cortes brasileiras.

  87. Que lixo, juízes sem a menor credibilidade que resolvem tudo por compadrismo, juntamente com empresários corruptos que se fizeram bilionários às custas de tanta sujeira, gente fútil, chego a nausear

  88. É chafurdando no lixo do judiciário que porcos imundos da estirpe de GILMAR MENDES, JOSÉ ANTONIO DIAS TOFFOLI, RICARDO LEWANDOWSKI, conseguem prosperar, porque mérito juridico eles não tem nenhum........

  89. O ser humano + poder + uma dose exagerada de corporativismo = bandalheira E isso é só uma amostra, se fuçar vem muito mais.....

  90. kkk. em Gottham vi tu, os malfeitores casam entre si para refinar o DNA. Os rebentinhos passam a reluzir, impossível que o Batman não os veja ate mesmo no escuro. kkk

  91. Não à toa os concursos públicos do Poder Judiciário, em sua maioria fraudados. Os primeiros colocados são sempre os de qi (quem indica) mais elevado...

  92. O que impressiona são as ramificações: esporte, empresas de ônibus, amigos e parentes bem posicionados em diferentes órgãos estatais. Esse é o Brasil profundo...

    1. Perfeito, cara Míriam! Também me impressionei com as ramificações. Dominam tudo. Que desânimo!

  93. É vexaminosa a forma como a corrupção se alastra em um ambiente hermeticamente protegido pelo corporativismo como o jurídico-legal. Começamos a ver com um pouco mais de nitidez o delineamento da banda podre do judiciário e do setor advocatício em conluio com falsos "empresários", que devem ser chamados de BANDIDOS! Parabéns à "dupla Fábios" pela pontinha do iceberg!!

  94. você fica tonto, e com tanta maracutaia, é uma rede que se estende de norte a sul do Brasil, entregado em todos os estados praticamente, praticada por quem deveria defender a lei. parece que esse país precisa de uma ação energética tipo Revolução Francesa com guilhotina e tudo mais.

  95. Essa corrupção do judiciário é endêmica em todos os estados da federação, em todas as instâncias . Foi um dos motivos que fizeram eu desistir de seguir dessa carreira da advocacia depois de formado. Quando você realiza que, dependendo de qual juiz pegar o seu processo, a decisão favorável será dada a quem tem QI e não a melhor fundamentação ou peça de defesa.

  96. o Judiciário do Brasil inteiro esta contaminado com ilícitos - basta ver a evolução patrimonial dos: Juízes; Desembargadores; Ministros do STF...etc...Simples de ser analisado através da Receita Federal. havendo Fiscalização sem protecionismo, o Brasil será passado a limpo.

    1. Exatamente por isso que nosso Pais precisava mudar. E vai mudar!!! Deixem de lado o PT, PSOL, PCdoB e vamos passar para o lado correto da política. MORO neles!!!

    2. ao contrario, Carlos. Petistas e Bolsonaristas são cidadãos como todos nós, igualmente afetados, igualmente indignados. só compactuam com mal feitos aqueles que deles se valem.

    3. Bolsonarista e petistas não devem ter gostado dessa reportagem.

  97. Isso tudo prova a que níveis chegou a corrupção no país. Aí vem de mi-mi-mi se achando Deuses, só se for do lado negro. Passa a régua em todos os níveis, LAVA A JATO e cadeia neles, mas sem aposentadorias. Minha sugestão é mudar a lei, autoridades corruptas, mantém 20 % das aposentadorias.

  98. A força de Renam Calhorda, vem destes magistrados, que são corrompidos, e por isso que nenhum processo dele segue adiante, e também os processos do Sarnento , mumificado, do maranhao.

    1. Pelo que soube, eles estão negociando lá uma cobertura "tripréx" suntuosíssima que caberá todos eles!! E parece que quem está construindo é um pool de empreiteiras famosas... (bem que podia ser o Sérgio Naya, rs)

  99. A atuação do STF referenda a corrupção de juízes sem caráter como um comportamento normal. A proteção aos corruptos os incentiva à prática de abusos e crimes.

  100. NÃO devemos parar de nos indignar! Infelizmente vivemos em um país onde a corrupção impera absoluta em todas as da sociedade... Felizmente as coisas estão começando a mudar, embora ainda muito lento...

  101. O que não pode é sustentarmos tantos luxos do Judiciário...pagarmos altos salários...os maiores do país...e eles ainda acharem pouco...e trabalharem como intermediários dos amigos.

  102. Nojentos! Destruidores da Nação! Asquerosos! Não vejo a hora de limparmos i Brasil das pragas que assolam o Judiciário, Legislativo e Executivo! Merecem CADEIA!!!!!!!!

  103. Com relação a operação faroeste, torço pra que encontre as falcatruas de gde parte dos prefeitos da Bahia, tem operação fraternos paralisadas, operação Genesis, e por aí vai.

  104. Alguém acredita que isto só acontece nos tribunais citados? Se investigar vai encontrar em todos. Honestos e éticos são a minoria!

  105. a limpeza do Brasil deve ser feita de alto a baixo. legislativo ainda falta destronar os coronéis políticos sobreviventes da prática da República Velha e os togados que permanecem intocados desde o Império como lídimos representantes dos Deus Sol em homenagem ao absolutismo.

  106. O Brasil exige; - Impeachment de Toffoli e Gilmar; - Lava Toga; - Fim da liberdade após a condenação em 2ª instância; - Fim do foro privilegiado. Que o Congresso Nacional se mexa de acordo com as necessidades do país e as manifestações do seu povo.

    1. Antonio eu gostaria de acrescentar mais uns itens a sua lista. acabar com os carros oficiais, aptos oficiais,plano de saúde com um teto igual ao que uma pessoa de classe média pode pagar, seguranças(se o político não tem nada a temer então para que seguranças) escola e universidades pagar com o dinheiro público. E muito mais....

  107. Que me desculpem os magistrados honestos, mas se começarem a investigar o que acontece nos bastidores do Judiciário quando o caso envolve gente influente, vide caso Barba, ixi! Não sobra pedra sobre pedra.

  108. Neste pais vao continuar mandando as quadrilhas, sob a protecao dos excelencias do Sacanagem, Trambique & Corrupcao uber alles.

  109. É uma “macarronada” de interesses escusos, para limpar toda essa sujeira levará tempo e obstáculos, mas a Lava Toga seria o primeiro passo

  110. Judiciário podre e nojento, caipiras bregas e corruptos de terceiro mundo. Juiz corrupto é como médico assassino, como soldado traidor, como babá pedófila. Faz o oposto do que jurou fazer. Deveria haver pena de morte para eles.

    1. Concordo! Ajudaria muito a colocar as pessoa na linha.

  111. infelizmente não tem nada que escape dessa sujeira está em todos os níveis e ainda tem gente que detonam o ministro Sérgio Moro

  112. O mundo do judiciário no Brasil é quase tão podre quanto o político. Uma operação levaria dez anos ou mais para desbaratar as ações. Além disso, o mundo dos escritírios de advocacia talvez seja a maior lavanderia de dinheiro do país. Contudo, é quase impossível ocorrer uma ação nesse sentido. Por que o avalista teria de ser o próprio judiciário, principalmente as cortes superiores. Não há muitas esperanças de algo amplo e profundo. Pouca coisa deve submergir.

    1. Ederson é triste essa conclusão do seu comentário, o esquema é muito bem montado, isso, entretanto, mostra a razão porque políticos como Renan Calheiros não cai, Gilmar Mendes nem falar, enfim está todo meio jurídico aparelhado. Portanto o que nos brasileiros temos é a Lava Jato. Com certeza Moro é o homem mais odiado por todos eles por encarnar a Lava Jato.

  113. Lagostins, lagosta-sapateira, tipo "grandene". Isto é amostra grátis. A auditoria do poder judiciário sendo externa, seria mais rápida.

    1. Deve ser esclarecida a participação do Sr. Grendene nesta lama podre, visto que houve uma doação de 40 milhões de reais para a Sta. Casa de Poa. Este dinheirão será usado na construção do hospital cujo nome será Nora Teixeira, esposa do empresário gaúcho. Por favor o grande Dr. Luchese poderia explicar a origem desta doação ? Há vínculo com o caso ?

  114. Grande reportagem, o final de ano no judiciário será tenso, as ratazanas estão agitadas, haja Rivotril. Parabéns CRUSOÉ...

    1. Tudo tem um começo ! A partir da Faroeste , outros advogados e pessoas q foram prejudicadas vai denunciar e haverá um efeito dominó !! O Brasil cansou destas coisas , primeiro foi o PT, agora será o judiciário corrompido ! Devagar , mas vai acontecer !!

Mais notícias
Assine agora
TOPO