Transferência sob suspeita

21.02.20

Ao avançar sobre desvios de 50 milhões de reais de contratos de informática firmados entre a empresa B2T e o antigo Ministério do Trabalho entre 2016 e 2018, a Polícia Federal identificou repasses a dezenas de pessoas jurídicas e físicas. As transferências eram feitas logo depois de o governo liberar os pagamentos à firma. Uma delas foi para o Instituto de Estudos em Relações Governamentais e Políticas, que tem entre seus sócios Luís Inácio Adams, advogado-geral da União nos governos petistas. O instituto recebeu 45,9 mil reais da B2T. A Justiça Federal já mandou bloquear o dinheiro. A Crusoé, Adams disse que não se recorda nem da empresa nem do pagamento.

Jane de Araújo/Agência SenadoJane de Araújo/Agência SenadoAdams diz desconhecer o repasse para o instituto

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Acredito. 50 milhões é pouco, não dá para lembrar. Se fossem 50 milhões de dolares, aí talvez ...

  1. Havia um zumzumzum de que seria indicado ao stf. Recebeu $50 mil e vendeu-se barato. Foi desqualificado. A turma é de $500 mil cada parcela

  2. Enquanto houver diferença na interpretação das leis entre poderosos e povo “comum”, fisiologismo, corrupção e lesão da Naçao continuarão. É assim no mundo inteiro. Portanto: todo apoio irrestrito aos PR+Moro+Guedes+Heleno+Weintraub+aliados honestos!!

  3. Pô, na época da mulher sapiens esse pessoal movimentava milhões para cá, outros milhões para lá.... depois que veio o impeachment, a bolha estourou e os rendimentos ficaram ridículos: menos de 50 mil de repasse? Isso é preço de xepa, seu Adams !!!

Mais notícias
Assine agora
TOPO